sexta-feira, 30 de maio de 2008

Murilo participa de Concurso na Holanda

Recebo do Rio de Janeiro, de Murilo, filho de Gleuza e Darci, sobrinho da Déa, uma importante informação, segundo a qual ele participará na Holanda de um concurso internacional.

Ele, que na foto aparece ao lado do filho Igor, é artista plástico especializado em trabalhos voltados para a indústria náutica.


Leiam abaixo o que ele nos mandou.


Na foto, Murilo ao lado do filho Ígor.


FRISIAN SOLAR CHALLENGE

Este concurso envolve Universidades de diversos países e tem como objetivo incentivar a pesquisa e desenvolver novas tecnologias.

Os concursos mais conhecidos envolvendo embarcações são o SOlar splash, nos EUA e o Frisisan SOlar Challenge na Holanda.

Este ano a data dos dois concursos coincidiu, então como primeira participação internacional, escolhemos o Frisian, que acontecerá na região da Frísia de 23 a 38 de junho.

Escolhemos o desafio na Holanda por envolver um maior grau de desafio para nossa equiipe. Esta competição é similar a um rali, onde o que conta não é apenas velocidade, mas como cada equipe administra a energia fornecida pelos painéis solares.

Esta energia é armazenada em baterias que alimentam um motor elétrico. Nosso único combustível será o sol! (que não é nem um pouco igual ao nosso!). O percurso é interessante, pois através de canais, percorreremos várias cidades.

Bom, em resumo é isso! E para completar, somos a única equipe não européia a participar. Uma grande responsabilidade defender a Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Para maiores informações: http://www.frisiansolarchallenge.nl/

Limite de Velocidade



kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk



Enviado por Joseoly Moreira, Fortaleza/Ce

REDAÇÃO DE ADVOGADO

Um professor perguntou a um dos seus alunos do curso de Direito:

- Se você quiser dar a Epaminondas uma laranja, o que deverá dizer?

O estudante respondeu: - Aqui está, Epaminondas, uma laranja para você.O professor gritou, furioso:

- Não! Não! Pense como um Profissional do Direito!

O estudante respondeu:

- Ok, então eu diria:
Eu, por meio desta, dou e concedo a você, Epaminondas de tal, CPF e RG nºs., e somente a você, a propriedade plena e exclusiva, inclusive benefícios futuros, direitos, reivindicações e outras dicações, títulos, obrigações e vantagens no que concerne à fruta denominada laranja em questão, juntamente com sua casca, sumo, polpa e sementes, transferindo-lhe todos os direitos e vantagens necessários para espremer, morder, cortar, congelar, triturar, descascar com a utilização de quaisquer objetos e, de outra forma, comer, tomar ou, de qualquer forma, ingerir a referida laranja, ou cedê-la com ou sem casca, sumo, polpa ou sementes, e qualquer decisão contrária, passada ou futura, em qualquer petição, ou petições, ou em instrumentos de qualquer natureza ou tipo, fica assim sem nenhum efeito no mundo cítrico e jurídico, valendo este ato entre as partes, seus herdeiros e sucessores, em caráter irrevogável e irretratável, declarando Paulo que o aceita em todos os seus termos e conhece perfeitamente o sabor da laranja, não se aplicando ao caso o disposto no Código do Consumidor.

E o professor então comenta:

- Melhorou bastante, mas não seja tão sucinto...



Enviado por Dilson de Almeida, Rio de Janeiro/RJ

Reunião na "Sede" da AFA

Da esq p/direita

Carlos Almir, Guto, Lelo, Sérgio e Aldemir.

Paula, Sofia, Itacoeli, Carmen e Camila

Não peça o IMPEDÍVEL

O que a "cara-de-pau" pode fazer com os seus relacionamentos.

A cada dia me convenço mais de que o "semancol" anda em falta no mercado. O que tem de cara-de-pau por aí pedindo o "impedível", não dá para acreditar! Pena, porque o bom senso na hora de fazer pedidos é imprescindível para interagir com os outros. Mais ainda: essa habilidade é fundamental para ter sucesso na vida e na carreira. Infelizmente, o que se vê é uma total falta de bom senso. Eu mesma sou surpreendida a toda hora por gente que quer ganhar um exemplar de um de meus livros. Quem o faz, além de se revelar um "pidão" juramentado, mostra que não conhece como são as coisas no mundo editorial. Para quem não sabe, quando um autor lança uma obra, recebe da editora um número limitadíssimo de exemplares. Ou seja, os outros livros são pagos por ele.

Outro dia, uma secretária me confidenciou que seu executivo a obriga a fazer os trabalhos de faculdade do filho e, pasme, quando o rapaz é mal avaliado, ela ainda leva bronca. Além de ser uma atitude desonesta (afinal, a secretária foi contratada pela empresa e não pelo executivo), esse pai está dando um péssimo exemplo ao filho. Acho que é por causa de atitudes assim que, vez em quando, assistimos a esses shows de falta de ética e de honestidade. O jeitinho, gente, já era! Seja assertivo e saiba dizer "não" a todos aqueles pedidos que, francamente, jamais deveriam ser feitos a você.

Diga "não" sem medo de ser feliz àquele colega que veio lhe pedir para ser seu fiador. Isso é o tipo de coisa que a gente deve pedir somente aos familiares ou a alguns amigos íntimos.

E àquele outro que vive lhe pedindo o celular emprestado? Um "não" redondo para ele também. Só devemos usar o celular de outra pessoa em casos de urgência urgentíssima.

Também merece um não bem dado quem lhe pede para utilizar sua lista de contatos. Hoje, no mercado de trabalho, o correto é Know-how (conhecimento) e não know-who (conhecer pessoas). Apelar para a última alternativa é usar o jeitinho para conseguir o que você quer, e isso não é ético.

Tenha certeza de que é possível acrescentar inúmeras situações a essa lista: pedir roupas ou acessários emprestados de quem você não é íntimo, pedir para dar uma voltinha no carro novo de seu colega de trabalho, pedir um livro e demorar a devolvê-lo, e fitar cigarro dos outros, alegando que está parando de fumar. Tudo isso entra na categoria dos "impedíveis". Para não errar, a regra é sempre se colocar. Ela vai ficar constrangida? Então, por favor, não peça nada. Além de faltar com a ética, você também estará sendo tremendamente deselegante.

Fonte: Exame Você S/A - 30 Lições de Etiquetas - Por Célia Leão

quinta-feira, 29 de maio de 2008

NEUROCIÊNCIA para não esquecer

O neurocientista Ivan Izquierdo fala sobre novas pesquisas envolvendo a memória dos idosos e sobre como a leitura pode ajudar a aumentar a durabilidade das lembranças



FLÁVIA MANTOVANI ENVIADA ESPECIAL A BENTO GONÇALVES (RS) - Folha de São Paulo


Por que muitos idosos têm dificuldade para saber o que comeram no dia anterior, apesar de se lembrarem com detalhes de fatos da infância? A resposta pode estar em quatro letrinhas: BDNF, uma proteína que, segundo estudos recentes, tem papel fundamental na persistência das memórias.

Líder do grupo que faz essas pesquisas, o neurocientista Ivan Izquierdo é um dos principais estudiosos da memória do mundo. Coordenador do Centro de Memória da PUC-RS, ele falou sobre o tema no 4º Congresso Brasileiro de Cérebro, Comportamento e Emoções, realizado em Bento Gonçalves (RS) na última semana.

À Folha, Izquierdo falou sobre suas descobertas e citou estudos que buscam uma droga que melhore a falta de persistência -sobre os quais ainda não pode revelar detalhes porque estão em andamento. Enquanto não se descobre um remédio que aumente a durabilidade das lembranças, é possível driblar o problema com um hábito que, segundo ele, é o melhor para estimular a memória: a leitura. "Quando lemos, fazemos um scanner do universo inteiro que o cérebro conhece."

Folha - O que os estudos têm mostrado sobre o papel da BDNF no mecanismo da memória? Ivan Izquierdo - Ela atua na persistência, na duração das memórias. Cerca de 12 horas depois da aquisição de uma memória, essa proteína é produzida e liberada no hipocampo [uma região do cérebro]. Sem ela, a memória grava, mas não dura. Provavelmente é isso que acontece quando envelhecemos. Essa falta de persistência é característica da memória dos idosos, que se lembram de fatos da infância, mas não de coisas atuais.

Folha - Nos idosos, então, há uma falha na produção de BDNF?

Izquierdo - Seguramente há um problema nos mecanismos ligados à BDNF, não sabemos se na produção e liberação ou se nos passos anteriores a isso.

Folha - Mas pessoas jovens também sofrem de falta de persistência.

Izquierdo - Todos temos falta de persistência em algum momento. Mas é mais notório na idade avançada. É uma característica da idade, não tem significado patológico. Todas as funções corporais declinam com a idade, mas podem melhorar.

Folha - Como podemos exercitar a memória?

Izquierdo - A melhor forma é lendo. A leitura envolve memória visual, verbal, relação com o contexto, tudo isso processado em milissegundos. Quando lemos, fazemos um scanner do universo inteiro que o cérebro conhece. Não há nenhuma outra atividade cerebral que chegue perto disso. Fazer palavras cruzadas, por exemplo, ajuda, mas ler ajuda muito mais. A prova disso é que as pessoas que mais lêem, que são os professores e os atores, são os que têm melhor memória. Quando eles têm doença de Alzheimer, a têm mais tardiamente, e, na fase inicial, de forma mais leve. Uma pessoa que tinha uma grande memória e depois a perdeu foi o presidente [Ronald] Reagan, dos EUA. Ele tinha essa capacidade porque era ator, não por ser um homem inteligente.

Folha - Inteligência e memória não são sinônimos, certo?

Izquierdo - Não. Inteligência abrange memória. Mas é mais inteligente uma pessoa que tem uma agenda com telefone de quem possa informá-la de algo do que alguém que tenta se lembrar de tudo, porque não vai conseguir nunca.

Folha - Por que a memória melhora quando é exercitada?

Izquierdo - Todas as funções que envolvem sinapses melhoram com o uso. Isso é facilmente perceptível nas funções atléticas. Os músculos de um goleiro funcionam melhor na hora de dar um pulo do que os de uma pessoa sedentária. A estimulação repetida de um nervo melhora o tamanho e a função dele. Já a falta da estimulação faz com que ele atrofie. O mesmo acontece com a memória. Aquelas pessoas que nunca aprendem nada perambulam por aí como fantasmas. A forma de evitar isso é aprender, ler.

Folha - Os estudos com a BDNF foram feitos com animais. Há previsão de estudos com humanos?

Izquierdo - Tudo o que sabemos de memória que tem interesse prático foi feito em animais. Os estudos envolvem a colocação de cânulas para injetar drogas, análises do tecido cerebral, o que é impossível em humanos. Nos humanos, podemos fazer outros tipos de teste. Agora, por exemplo, estamos fazendo estudos com humanos idosos e não idosos para ver se há algum remédio psiquiátrico que possa melhorar a falta da persistência. Estamos na fase de finalização dos resultados.


A jornalista Flávia Mantovani viajou a convite do 4º Congresso Brasileiro de Cérebro, Comportamento e Emoções

quarta-feira, 28 de maio de 2008

Sábado tem Coroação




Clique sobre as imagens para ampliar



A Arte de Calar

O silêncio é um momento em que a criatura se cala, mas o espírito fala.



Calar sobre sua própria pessoa, é humildade.

Calar sobre os defeitos dos outros, é caridade.

Calar quando a gente está sofrendo, é heroísmo.

Calar diante do sofrimento alheio, é covardia.

Calar diante da injustiça, é fraqueza.Calar quando o outro está falando, é delicadeza.

Calar quando o outro espera uma palavra, é omissão.

Calar e não falar palavras inúteis, é penitência.

Calar quando não há necessidade de falar, é prudência.

Calar quando deus nos fala no coração, é silêncio.

Calar, diante do mistério que não entendemos, é sabedoria.



Fonte: Autor Desconhecido

terça-feira, 27 de maio de 2008

Viagem

Por motivo de viagem, possivelmente as postagens de hoje até quinta-feira poderão ficar prejudicadas.

Sérgio Almeida Franco, Salvador/Ba

A CIÊNCIA É MESMO FANTÁSTICA !!!

PROBLEMA DE FÍSICA

Um professor de Física quis pregar uma peça em seus alunos e lhes disse:

- Aqui vai um problema: Um avião saiu de Amsterdam com uma velocidade de 800 km/h, à pressão de 1.004,5 milibares; a umidade relativa do ar era de 66% e a temperatura 20,4 graus Celsius.

A tripulação era composta por 2 pilotos e 5 aeromoças; a capacidade era de 145 assentos para passageiros e o banheiro estava ocupado.

A pergunta é...Quantos anos eu tenho? (Aí ele deu aquele risinho de quem se sente superior). Os alunos ficam assombrados.

O silêncio é total.Então o Joãozinho, lá no fundo da sala e sem levantar a mão, diz de pronto: - 44 anos, professor!

O professor, muito surpreso, o olha e diz: - Caramba, é certo. Eu tenho 44 anos. Mas como você calculou?

E Joãozinho: - Bem, na verdade, eu deduzi, porque eu tenho um primo que é MEIO bobão , e ele tem 22 anos...

Enviado por Maria Luíza de Abreu Sobral, Fortaleza/Ce

segunda-feira, 26 de maio de 2008

Flagrantes da Confraternização

Eduardo, Mateus e Raul se divertem à frente da câmera



Frases


Albert Einstein


"A mente que se abre a um novo conhecimento jamais retorna ao seu tamanho original."


"É mais fácil desintegrar um átomo do que um preconceito".


"Há duas formas para viver sua vida: Uma é acreditar que não existe milagre... a outra é acreditar que todas as coisas são um milagre..."


"O único lugar onde sucesso vem antes do trabalho é no dicionário."


"Sempre que existir homens existirão guerras."


"Procure ser um homem de valor, em vez de procurar ser um homem de sucesso".


"A imaginação é mais importante que o conhecimento."


"O tempo e o espaço são modos pelos quais pensamos e não condições nas quais vivemos..."


"Não dá para resolver um problema com o mesmo raciocínio que o causou."

Idosos utilizam jogos para tentar manter mente ativa


MÁRCIO PINHO da Folha de S.Paulo
Manter a cabeça ativa é uma estratégia para evitar a perda de memória em idosos e minimizar ou adiar o aparecimento de demências.
Apostando nisso, empresas de eletrônicos têm colocado no mercado jogos on-line ou de videogame voltados a esse público.

Atividades que antes eram feitas apenas no papel, como cruzadinhas, sudoku e variados exercícios para treinar a mente agora podem ser feitos em aparelhos eletrônicos.

Idosos assistem colega "jogar boliche" no videogame Wii; produtos oferecem "treinamento cerebral" com o intuito de melhorar memória .

Diversas pesquisas foram realizadas para comprovar os benefícios dos jogos. Muitas delas, com patrocínio das próprias empresas fabricantes.
Porém, médicos ligados à saúde dos idosos ouvidos pela Folha questionaram até que ponto os produtos podem melhorar o funcionamento cognitivo.
Eles defendem que os jogos e outras atividades ajudam a preservar a mente, mas que os benefícios são restritos.

domingo, 25 de maio de 2008

ACADEMIA CEARENSE DE MEDICINA CONCEDE “IN MEMORIAM”O TÍTULO DE MEMBRO HONORÁRIO AO DR. FRANCISCO WALDO PESSOA DE ALMEIDA


No Auditório Castelo Branco da UFC, no dia 16 de maio de 2008, às 20h, o Presidente da Academia Cearense de Medicina, Acadêmico Vicente de Paulo Leitão de Carvalho, em Sessão Solene deu posse da nova Diretoria para o biênio Maio-2008/Maio-2010, presidida pelo Acadêmico Paulo Eduardo Garcia Picanço.


Na oportunidade, comemorou-se o trigésimo aniversário da Academia e foi concedido, “In memoriam”, o título de Membro Honorário ao Dr. Francisco Waldo Pessoa de Almeida. O orador da solenidade foi o Acadêmico Geraldo Wilson da Silveira Gonçalves. Após a sessão foi servido coquetel nos jardins da Reitoria.
Enviado por Alexandre Almeida, Fortaleza/Ce

A AFA no Rio de Janeiro

O simpático e sempre elegante Maurício Azicoff é sócio da AFA. É casado com nossa prima Déa

Jeitos de medir o amor


Um coelho empenhado em dizer a seu pai o quanto o quer bem


por Gláucia Leal


É possível mensurar o quanto gostamos de alguém?

Há como dizer em que grau o som de sua voz e o calor de sua pele nos fazem falta ou com que intensidade queremos seu bem?

O curioso é que, mesmo quando temos certeza da imensidão do sentimento que nos invade, muitas vezes surge o desejo -– e o desafio -– de oferecer ao outro as dimensões desse afeto. Surgem daí os diálogos entre apaixonados que, depois de um beijo e antes de um carinho, se divertem contabilizando o querer.

E também as conversas de pais e filhos pequenos que calculam o amor de formas às vezes curiosas – por meio de braços abertos, de gigantes enfileirados ou estrelas que nem existem mais (das quais só restaram o brilho que ainda vislumbramos no céu negro). É com essa idéia de quantificar o amor que brinca o livro Adivinha o quanto eu te amo, de Sam McBratney, delicadamente ilustrado por Anita Jeram.

Publicado originalmente em Londres e lançado no Brasil pela Martins Fontes, o livro tem como personagem um coelhinho empenhado em dizer ao seu pai o quanto gosta dele: ‘“Eu te amo a altura do meu pulo!’, riu o Coelhinho saltando para lá e para cá. ‘E eu te amo a altura do meu pulo’, riu também o Coelho Pai, e saltou tão alto que suas orelhas tocaram os galhos da árvore”. O diálogo prossegue nessa linha e, para felicidade do filhote, resta-lhe uma certeza antes de fechar os olhinhos cheios de sono e adormecer em sua cama de folhas: ele é ouvido e querido.

O livro, ilustrado em tons de aquarela, pode ajudar crianças e adultos a falar sobre sentimentos – uma tarefa nem sempre fácil.

Afinal, talvez não seja por acaso que nos consultórios psicológicos os profissionais ouçam com tanta freqüência o desabafo de pacientes adultos que, de alguma forma, se ressentem por jamais ter escutado um “eu te amo” de seus pais.

Não raro, na vida adulta muitos se debatem diante do desejo de pronunciar essas palavrinhas com aura mágica a seus companheiros, amigos queridos, pais e até aos próprios filhos, mas se sentem incapazes de dizê-las, temendo parecer exagerados – ou até mesmo ridículos.

Ao longo da terapia a maioria dessas pessoas reconhece o que foi impossível aos adultos que os criaram: expressar em palavras o que sentiam.

Eles, sem dúvida, demonstraram dedicação e desvelo de outras maneiras, embora às vezes inadequadas ou insuficientes por pura impossibilidade de fazer algo melhor.

Para algumas dessas pessoas, superar a barreira do que não lhes foi dito e encontrar as próprias palavras para contornar afetos são uma verdadeira libertação.

sábado, 24 de maio de 2008

Cafeína pode reduzir risco de Alzheimer, diz estudo

Pesquisa sugere que cafeína protege o cérebro contra substâncias químicas danosas.



A cafeína pode proteger o cérebro contra os danos causados por dietas ricas em colesterol e prevenir doenças como o mal de Alzheimer, sugere um estudo publicado nesta quinta-feira na revista científica Journal of Neuroinflammation.


Segundo a pesquisa, a cafeína reforça a barreira sangüínea do cérebro - estrutura que protege o sistema nervoso central contra substâncias químicas presentes no sangue.


Estudos anteriores haviam mostrado que um nível alto de colesterol no sangue prejudica o isolamento da barreira, o que, segundo especialistas em Alzheimer, tornaria o cérebro mais vulnerável a danos que podem causar ou estimular a doença.


A equipe de pesquisadores da Universidade de Dakota do Norte, nos Estados Unidos, alimentou coelhos com uma dieta rica em colesterol e dividiu os animais em dois grupos - um recebeu o equivalente a uma xícara de café diária e o outro não recebeu nenhuma dose de cafeína.
Depois de 12 semanas, os pesquisadores realizaram vários exames nos coelhos e identificaram que a barreira sangüínea daqueles que haviam ingerido cafeína tinha sido menos danificada pelo nível de colesterol do que a dos outros animais.

Alzheimer
Segundo Jonathan Geiger, que liderou o estudo, os resultados ajudariam a explicar porque o colesterol é um fator de risco para o mal de Alzheimer e como a cafeína pode ser usada no tratamento.


"A cafeína parece bloquear os efeitos danosos do colesterol que prejudicam o isolamento da barreira sangüínea", disse. "É uma droga segura e disponível e sua habilidade de estabilizar a barreira sangüínea no cérebro significa que a substância pode ter um papel importante no tratamento de problemas neurológicos", concluiu o pesquisador.


De acordo com a chefe de pesquisa da organização britânica Alzheimer Disease Society, Susanne Sorensen, o estudo traz informações importantes sobre os benefícios da cafeína na prevenção da doença.


"Esta é a melhor prova de que uma quantidade de cafeína equivalente a uma xícara de café por dia pode proteger o cérebro contra o colesterol", afirmou Sorensen.


Apesar disso, ela afirma que mais pesquisas são necessárias para avaliar se o impacto da ingestão de cafeína também pode ser observado em humanos

A Revanche


Depois de tantos e-mails machistas pela internet...Eis a revanche!!!


CORAÇÃO DE MULHER É IGUAL A CIRCO...

sempre tem lugar para mais um palhaço.


O QUE SE DEVE DAR A UM HOMEM QUE PENSA QUE TEM TUDO?

Uma mulher para ensiná-lo como funciona!


POR QUE OS HOMENS QUEREM CASAR COM VIRGENS?

Porque eles não suportam críticas!


O QUE TÊM EM COMUM O CLITÓRIS, OS ANIVERSÁRIOS E O VASO SANITÁRIO?

Os homens sempre erram!


POR QUE MUITAS MULHERES FINGEM O ORGASMO?

Porque muitos homens fingem as preliminares.


QUAL A DIFERENÇA ENTRE HOMENS E PORCOS?

Porcos não viram homens quando bebem...


QUAL A DIFERENÇA ENTRE UM HOMEM E UM PAPAGAIO?

Você pode ensinar o papagaio a falar cordialmente.


POR QUE OS HOMENS NA CAMA SÃO COMO COMIDA DE MICROONDAS?

30 segundos e já está pronto!


QUAL O NOME DA DOENÇA QUE PARALISA AS MULHERES DA CINTURA PRA BAIXO?
Casamento!


O QUE ACONTECEU À MULHER QUE CONSEGUIU ENTENDER OS HOMENS?

Ela morreu de tanto rir e não teve tempo de contar a ninguém.


POR QUE É QUE OS HOMENS TÊM A CONSCIÊNCIA LIMPA?

Porque nunca a usam...


POR QUE DEUS CRIOU PRIMEIRO O HOMEM, E DEPOIS A MULHER?

Porque as experiências são feitas primeiro com animais e depois com humanos!!!


POR QUE OS HOMENS GOSTAM DE MULHERES INTELIGENTES?

Porque os opostos se atraem!


QUAL O LIVRO MAIS FINO DO MUNDO?

"Tudo o que os homens sabem sobre as mulheres"


QUAL A DIFERENÇA ENTRE OS HOMENS E AS FRUTAS?

Um dia, as frutas amadurecem...


POR QUE AS PILHAS SÃO MELHORES QUE OS HOMENS?

Porque elas têm pelo menos um lado positivo...


QUAL A SEMELHANÇA ENTRE O HOMEM E O CARACOL?

Ambos se arrastam, tem chifres, e acreditam que a "casa" é deles!!!


POR QUE SÃO NECESSÁRIOS MILHÕES DE ESPERMATOZÓIDES PARA FERTILIZAR UM ÚNICO ÓVULO?

Porque os espermatozóides são masculinos e se negam a perguntar o caminho!!!


QUANDO É QUE UM HOMEM PERDE 90% DE SUA INTELIGÊNCIA?

Quando fica viúvo!


E QUANDO É QUE ELE PERDE OS 10% RESTANTES?

Quando morre o cachorro...


Fonte: Site Trainingleader

Falta de sono torna atividade cerebral instável, indica pesquisa

A falta de sono torna as funções cerebrais instáveis, segundo estudo da Universidade Duke, nos Estados Unidos e da Universidade Nacional de Cingapura.

De acordo com os autores, mesmo com a privação do sono, o cérebro pode operar normalmente por certo tempo e processar operações visuais simples, mas, em seguida, responde lentamente a estímulos que requerem atenção e interpretação, pois as áreas do cérebro ligadas ao sentido passam a não funcionar direito.

Na pesquisa, os voluntários que passaram uma noite em claro tiveram mais dificuldades em identificar a diferença de tamanho de letras maiúsculas e minúsculas que piscavam em um painel. E a ressonância magnética mostrou a instabilidade em sua atividade cerebral.

Os autores acreditam que isso tem implicações diretas para pessoas que trabalham durante a noite, pois “os períodos de funcionamento aparentemente normal do cérebro podem dar falsa idéia de competência e segurança”.

Fonte: Blog Boa Saúde

sexta-feira, 23 de maio de 2008

Obrigações

O texto a seguir foi tirado do livro de Leonardo Boff, PRINZIP MITGEFÜHL, que em 2001 eu traduzi do alemão para o português e que foi publicado pela Editora Vozes com o título O PRINCÍPIO DE COMPAIXÃO E CUIDADO. Reproduz a primeira das quatro normas indispensáveis promulgadas pelo Parlamento das Grandes Religiões em sua Declaração sobre o Etos Mundial.

O texto a seguir foi tirado do livro de Leonardo Boff, PRINZIP MITGEFÜHL, que em 2001 eu traduzi do alemão para o português e que foi publicado pela Editora Vozes com o título O PRINCÍPIO DE COMPAIXÃO E CUIDADO. Reproduz a primeira das quatro normas indispensáveis promulgadas pelo Parlamento das Grandes Religiões em sua Declaração sobre o Etos Mundial.

Enviado por Carlos Almeida Pereira, Campina Grande/Pb

52. Obrigações

Inúmeras pessoas, em todas as regiões e religiões, estão empenhadas por uma vida que seja determinada não pelo egoísmo mas pelo compromisso em favor do próximo e do mundo em que vivemos. E no entanto existe no mundo de hoje uma quantidade infinita de ódio, inveja, ciúme e violência: não só entre as pessoas individuais, mas também entre os grupos sociais e étnicos, entre as classes e raças, nações e religiões. O uso da violência, o tráfico de drogas e o crime organizado, dispondo muitas vezes dos mais modernos recursos técnicos, alcançaram dimensões globais. Em muitos lugares se governa com o terror vindo “de cima”; ditadores violentam seus próprios povos, e a violência institucional está amplamente difundida. Até mesmo em muitos países onde existem leis para a proteção das liberdades individuais, os presos são torturados, as pessoas mutiladas e os reféns assassinados.
Mas das grandes e antigas tradições religiosas e éticas da humanidade ressoa esta advertência: Não matarás! Ou, formulado positivamente: Respeitarás a vida! Reflitamos, pois, novamente sobre as conseqüências desta antiqüíssima norma: Todo homem tem direito à vida, à integridade física e ao livre desenvolvimento de sua personalidade, enquanto isto não ofenda os direitos dos outros. Pessoa alguma tem o direito de torturar física ou psiquicamente outro semelhante, e muito menos de matar. E nenhum povo, nenhum estado, nenhuma raça, nenhuma religião tem o direito de discriminar, de “limpar”, de exilar e muito menos de liquidar uma minoria de características e crenças diferentes.
É certo que, onde existem seres humanos, hão de existir conflitos. Mas tais conflitos devem ser solucionados basicamente sem violência dentro de uma ordem de direito. Isto vale para o indivíduo, da mesma forma que para os estados. Justamente os detentores do poder político são solicitados a se restringirem à ordem de direito e a defenderem na medida do possível as soluções não violentas e pacíficas. Deveriam engajar-se por uma ordem internacional de paz, que por sua vez precisa de proteção e defesa contra os que usam de violência. Armar-se é um erro, o desarmamento é uma exigência do momento. Que ninguém se engane: não existe sobrevivência da humanidade sem paz no mundo!
Por isso, já na família e na escola, deveriam os jovens aprender que a violência não pode ser um meio de discussão com os outros. Só assim é possível criar-se uma cultura da não-violência.
A pessoa humana é infinitamente preciosa e precisa ser protegida a todo custo. Mas também a vida dos animais e das plantas, que povoam conosco este planeta, merece proteção, respeito e cuidado. A exploração desenfreada dos recursos vitais da natureza, a destruição brutal da biosfera, a militarização do cosmos, é um crime. Como pessoas humanas nós temos – em consideração, precisamente, com as gerações futuras – uma responsabilidade especial pelo planeta Terra e o cosmo, o ar, a água e o solo. Neste cosmo, nós todos estamos interligados uns com os outros e dependemos uns dos outros. O bem de cada um depende do bem do todo. Por isso é válido dizer: Não é a dominação do homem sobre a natureza e o cosmo que deve ser alardeada, mas a comunhão com a natureza e o cosmo deve ser cultivada.
Dentro do espírito de nossas grandes tradições religiosas e éticas, sermos verdadeiramente humanos significa sermos cuidadosos e solícitos, e isto tanto na vida privada como na vida pública. Nunca deveríamos agir sem solicitude e com brutalidade. Todo povo deve ter para com o outro, toda raça para com a outra, toda religião para com a outra, tolerância ou mesmo respeito. As minorias – sejam elas de natureza racial, étnica ou religiosa – precisam de nossa proteção e de nosso apoio.






.

Como distinguir o sexo de uma mosca???


Uma mulher entra em casa e encontra o marido com o mata moscas na mão...

O que esta fazendo?

E ele responde: "Matando moscas…

"E já matou alguma?

Sim, 3 machos e 2 fêmeas!

Intrigada ela pergunta: Como sabe quais são machos e quais são as fêmeas?

Ele responde: 3 estavam pousadas num copo de cerveja e 2 no telefone!

quinta-feira, 22 de maio de 2008

As Meninas Cahen d'Anvers - Rosa e Azul


Pierre Auguste Renoir Pierre-Auguste Renoir (nasceu em Limoges, 25 de fevereiro de 1841 e morreu em Cagnes-sur-Mer, 3 de dezembro de 1919) foi um dos mais célebres pintores franceses e um dos mais importantes nomes do movimento impressionista.

José Carreras e Plácido Domingos, Uma História Real



José Carreras e Plácido Domingos





Uma história real Acho essa história maravilhosa e fiquei encantada por ela ter acontecido de verdade!

Não era fã de Plácido Domingo, mas a partir dai fiquei! Possivelmente você já ouviu ao menos falar sobre os três tenores. O italiano Luciano Pavarotti, os espanhóis Plácido Domingos e José Carreras.
É possível mesmo que os tenha assistido pela TV, abrilhantando eventos como Copa do Mundo de futebol.

O que talvez você não saiba é que Plácido Domingos é madrileno e José Carreras é catalão. E há uma grande rivalidade entre madrilenos e catalães.

Plácido e Carreras não fugiram à regra. Em 1984, por questões políticas,tornaram-se inimigos.
Sempre muito requisitados em todo o mundo, ambos faziam constar em seus contratos que só se apresentariam se o desafeto não fosse convidado.

Em 1987, Carreras ganhou um inimigo mais implacável que Plácido Domingos. Foi surpreendido por um terrível diagnóstico de leucemia. Submeteu-se a vários tratamentos, como auto-transplante de medula óssea etrocas de sangue. Por isso, era obrigado a viajar mensalmente aos Estados Unidos.

Claro que sem condições para trabalhar, e com o alto custo das viagens edotratamento, logo sua razoável fortuna acabou.Sem condições financeiras para prosseguir o tratamento, Carreras tomou conhecimento de uma instituição em Madrid, denominada Fundación Hermosa. Fora criada com a finalidade única de apoiar a recuperação de leucêmicos. Graças ao apoio dessa fundação, ele venceu a doença. E voltou a cantar.

Tornando a receber altos cachês, tratou de se associar à fundação. Foi então que, lendo os estatutos, descobriu que o fundador, maior colaborador e presidente era Plácido Domingos. Mais do que isso. Descobriu que a fundação fora criada, em princípio, para atender a ele, Carreras. E que Plácido se mantinha no anonimato para não o constranger por ter que aceitar auxílio de um inimigo.
Momento extraordinário, e muito comovente aconteceu durante uma apresentação de Plácido, em Madrid. De forma imprevista, Carreras interrompeu o evento e se ajoelhou a seus pés.
Pediu-lhe desculpas. Depois, publicamente lhe agradeceu o benefício de seu restabelecimento.
Mais tarde, quando concedia uma entrevista na capital espanhola, uma repórter perguntou a Plácido Domingos por que ele criara a Fundación Hermosa. Afinal, além de beneficiar um inimigo, ele concedera a oportunidade de reviver a um dos poucos artistas que poderiam lhe fazer alguma concorrência.

A resposta de Plácido Domingo foi curta e definitiva:"

-Porque uma voz como essa não se podia perder."

História de autoria de Eugênia Morais

Por que é comemorado o Corpus Christi?


O Corpus Christi é um dos poucos feriados religiosos que ainda permanece em pé. Nessa data, católicos fiéis do mundo todo celebram o “Corpo de Cristo”. Mas, o que exatamente significa isso e por que esse feriado não é comemorado sempre no mesmo dia, em todos os anos?A festa de Corpus Christi celebra a presença do corpo e sangue de Cristo e é um dos sacramentos da Eucaristia. Segundo as religiões cristãs, na quinta-feira santa, dia que antecedeu a sua morte, Jesus Cristo reuniu os seus apóstolos para a Última Ceia, quando disse: “Isto é o meu corpo (apontando para o pão), e isto é o meu sangue (apontando para o vinho)”. Os católicos do mundo todo agradecem então, o dom da Eucaristia, no qual crêem que Deus é o alimento espiritual da alma.

Já a história da celebração da data teve início em 1193, através da religiosa belga Juliana de Cornellon, que disse ter visto a Virgem Maria pedindo para que ela realizasse uma grande festa com o intuito de honrar o corpo de Jesus na Eucaristia. Anos mais tarde, em 1964, o papa Urbano IV consagrou a festa (que já acontecia) à Igreja Universal. Através da publicação da bula Transituru do Mundo, Urbano IV decretou a celebração como sendo oficial, e com a tríplice finalidade: honrar Jesus Cristo, pedir perdão a Jesus pelo o que foi feito a ele pelos ateus, e protestar contra aqueles que negavam a presença de Deus na hóstia sagrada.De acordo com a Igreja Católica, durante a missa, no momento em que o sacerdote proclama as palavras “Isto é o meu corpo e isto é o meu sangue”, ocorre o ato da transubstanciação, através do qual a substância do pão e vinho (neste caso, a hóstia e o vinho) se transforma no corpo e sangue de Cristo. Este é o momento mais importante de toda a celebração de Corpus Christi – as hóstias até então não consagradas, tornam-se consagradas.


Hóstias

As hóstias são feitas de farinha de trigo e água. Antigamente eram feitas apenas por religiosos, mas hoje em dia, a coisa mudou. Existem fábricas espalhadas pelo mundo todo que produzem apenas hóstias. Elas são comercializadas em pacotes de mil unidades. Não existe “fórmula secreta”, já que os ingredientes não podem variar, porém, de acordo com os fabricantes, o segredo está em bater e cortar a massa, para que ela fique consistente e não esfarele quando for partida pelo padre durante a santa missa. As hóstias têm ainda um prazo de validade – 6 meses – e, atualmente, são comercializadas até pela Internet. Mas, lembre-se, hóstia consagrada só mesmo após a transubstanciação.


Além da missa, outro ponto forte da celebração de Corpus Christi é a procissão. Em muitas cidades é costume enfeitar as ruas por onde os fiéis passarão. Para tanto, são confeccionados tapetes coloridos e feitos com os mais variados materiais como papel, serragem colorida, isopor, tampinhas de garrafas, flores, folhas e vidro moído. Nesse tapete são confeccionados desenhos que lembram a figura de Jesus, o cálice e o pão.


No Brasil, algumas procissões são famosas, como a da cidade histórica de Ouro Preto, em Minas Gerais, que foi inclusive a primeira cidade brasileira a enfeitar as ruas nessa data. As cidades do interior do Brasil são as que mais se destacam no “quesito” procissões. Matão, no interior de São Paulo, realiza uma das procissões mais famosas do Brasil. Destaque também para as procissões de Castelo (ES), São José do Rio Preto (SP), Rodeio (SC), Cabo Frio (RJ), entre outras.


E quando se comemora Corpus Christi?

O feriado de Corpus Christi é uma das festividades móveis que giram em torno da Páscoa. A Páscoa é comemorada no primeiro domingo depois da lua cheia de 21 de março. Veja como funcionam essas festividades móveis que são calculadas a partir da Páscoa:- Quaresma: período que compreende os 40 dias que antecedem a Páscoa;- Domingo de Ramos: domingo que antecede o domingo de Páscoa;- Pentecostes: celebrado após 50 dias do domingo de Páscoa;- Corpus Christi: celebrado na quinta-feira após o domingo de Pentecostes - em 2008 é celebrado em 22 de maio.
Fonte: How Stuff Works Brasil - UOL

quarta-feira, 21 de maio de 2008

A Importância de Conhecer o Cliente



Uma dona de casa, num vilarejo bem distante da cidade, ao atender às palmas em sua porta e à voz "oi de casa, estou entrando!", depara-se com um homem jogando esterco de cavalo em seu tapete da sala.

A mulher apavorada pergunta: - O senhor está maluco? O que pensa que está fazendo em meu tapete.
O comerciante, não deixando a mulher falar mais nada, responde. - Boa tarde! Eu estou ao vivo oferecendo meu produto, e ao vivo eu provo para senhora que nossos aspiradores são os melhores e os mais eficientes do mercado, tanto que eu estou agora fazendo um desafio: se eu não limpar esses estercos em seu tapete, eu prometo que irei comê-los!
A mulher retirou-se para a cozinha sem falar nada.
O comerciante curioso perguntou: - A senhora vai aonde? Não irá ver a eficiência do meu produto?A mulher responde: - Vou pegar uma colher, sal, pimenta e um guardanapo de papel, e uma cachaça para abrir o apetite, pois aqui em casa não tem energia elétrica.

Fonte: Site Trainingleader

A importância da Pontuação

Show da língua portuguesa!'

Um homem rico estava muito mal, agonizando. Pediu papel e caneta. Escreveu assim:

'Deixo meus bens a minha irmã não a meu sobrinho jamais será paga a conta do padeiro nada dou aos pobres´.

'Morreu antes de fazer a pontuação. A quem deixava a fortuna? Eram quatro concorrentes.

1) O sobrinho fez a seguinte pontuação:

Deixo meus bens à minha irmã? Não! A meu sobrinho. Jamais será paga a conta do padeiro. Nada dou aos pobres.

2) A irmã chegou em seguida. Pontuou assim o escrito:

Deixo meus bens à minha irmã. Não a meu sobrinho. Jamais será paga a conta do padeiro. Nada dou aos pobres.

3) O padeiro pediu cópia do original. Puxou a brasa pra sardinha dele:Deixo meus bens à minha irmã? Não! A meu sobrinho? Jamais! Será paga a conta do padeiro. Nada dou aos pobres.

4) Aí, chegaram os descamisados da cidade. Um deles, sabido, fez esta interpretação:

Deixo meus bens à minha irmã? Não! A meu sobrinho? Jamais! Será paga a conta do padeiro? Nada! Dou aos pobres.

Moral da história:'A vida pode ser interpretada e vivida de diversas maneiras. Nós é que fazemos sua pontuação. E isso faz toda a diferença... "

Enviado por Arlindo de Almeida Simões, Fortaleza/Ce

Alexandre Almeida

Um dos primeiros a chegar à Festa de Confraternização, quando o local ainda se encontrava vazio, Alexandre exibiu sua simpatia para a câmera.

terça-feira, 20 de maio de 2008

AH, ESSE CELSO...! GAROTO "ESSSPERTO".

VERÍDICO E EXCELENTE!

- Bom dia, é da recepção? Eu gostaria de falar com alguém que me desse informações sobre um paciente. Queria saber se certa pessoa está melhor ou piorou...

- Qual e o nome do paciente?- Chama-se Celso e está no quarto 302.

- Um momentinho, vou transferir a ligação para o setor de enfermagem...

- Bom dia, sou a enfermeira Lourdes. O que deseja?

- Gostaria de saber as condições clínicas do paciente Celso do quarto 302, por favor!

- Um minuto, vou localizar o médico de plantão.

- Aqui é o Dr. Carlos plantonista. Em que posso ajudar?

- Olá, doutor. Precisaria que alguém me informasse sobre a saúde do Celso que está internado há três semanas no quarto 302.

- Ok, meu senhor, vou consultar o prontuário do paciente... Um instante só!Hummm! Aqui está: ele se alimentou bem hoje, a pressão arterial e pulso estão estáveis, responde bem à medicação prescrita e vai ser retirado do monitor cardíaco até amanhã. Continuando bem, o médicoresponsável assinará alta em três dias.

- Ahhhh, Graças a Deus! São notícias maravilhosas! Que alegria!

- Pelo seu entusiasmo, deve ser alguém muito próximo, certamente da família!?

- Não, sou o próprio Celso telefonando aqui do 302!

É que todo mundo entra e sai desta m.... deste quarto e ninguém me diz p.... nenhuma.

Eu só queria saber como estou...

Enviado por Heloísa Helena Abreu Sobral, Fortaleza/Ce

segunda-feira, 19 de maio de 2008

LÓGICA MASCULINA

Em um julgamento de divórcio, o casal briga pela guarda do único filho ..

A mãe, muito emocionada, tenta se defender:

- Excelentíssimo Juiz... Esta criança foi gerada dentro de mim...

Ela saiu do meu ventre, portanto eu mereço ficar com ela!

O juiz, emocionado e quase convencido, passa a palavra para omarido,que resolve usar o seu lado lógico:

- Senhor Juiz, tenho apenas uma pergunta: quando eu coloco uma moeda em uma máquina de refrigerantes, a latinha que sai é minha ou da máquina?.....

Enviado por Arlindo de Almeida Simões, Fortaleza/Ce

Tríduo e Coroação

Nosso Tríduo que teve início desde o dia oito, ficando distribuido assim:

08- Residência Wilma - Romeu

15 " Eliane - Airton

29 " Zeldinha - Arnaldo

A Coroação acontecerá dia 31, na residência de Lúcia - Vanderilo.

Enviado por Carmen

A vingança do berimbau



Miguezim de Princesa

Superado pelo tempo,
Ensinando muito mal,
Fabricando mil diplomas
Para entupir hospital,
O doutor da faculdade
Botou, com toda maldade,
A culpa no berimbau.

II

Disse o doutor Natalino
Que o baiano é um mocó,
Sem coragem e inteligência,
Preguiçoso de dar dó,
Só liga pra carnaval
E só toca berimbau
Porque tem uma corda só.

III

O sujeito ignorante
Não conhece o berimbau,
Que atravessou o mundo
Com toda a força ancestral.
Na fronteira da emoção,
Traz da África a percussão
Da diáspora cultural.

IV

Nem Baden Powel resistiu
À percussão milenar,
Uma corda a encantar seis
Na tristeza camará
De Salvador da Bahia.
Quem toca e canta poesia
Na dança sabe lutar.

V

O doutor, se estudou,
Na certa não aprendeu nada:
Diz que o som do Olodum
Não passa de uma zoada
E a cultura baiana
É uma penca de bananas,
Primitiva e atrasada.

VI

Jimmy Cliffi, Michael Jackson,
Paul Simon e o escambau
Se renderam ao Olodum
Com seu toque genial,
Que nasceu no Pelourinho
E hoje abre caminho
No cenário mundial.

VII

O baiano é primitivo?
Veja só o resultado:
Ruy foi o Águia de Haia;
Castro Alves, verso-alado
De poeta condoreiro,
E gente do mundo inteiro
Se curvou a Jorge Amado.

VIII

Bethânea, Caetano e Gil,
Armandinho, Dodô e Osmar,
Gal Costa, Morais Moreira,
Batatinha a encantar
João Gilberto, Bossa Nova
Novos Baianos são prova
Da grandeza do lugar.

IX

Glauber, no Cinema Novo;
Gregório, velha poesia;
Gordurinha, no rojão;
Milton, na Geografia;
Anísio, na Educação;
Dias Gomes, na encenação;
João Ubaldo e Adonias.

X

Menestrel da cantoria
Temos o mestre Elomar,
Xangai, Wilson Aragão,
Bule-Bule a improvisar,
Roberto Mendes viola
A chula - semba de Angola,
Nosso samba de além-mar.

XI

Se eu fosse citar todos
Que merecem citação,
Faria um livro de nomes
Tão grande é a relação.
Desculpe, Afrânio Peixoto,
Esse doutor é um roto
Procurando promoção!

XII

Com vergonha do que fez:
Insultar toda a Nação,
O tal doutor Natalino
Pediu exoneração
E não encontra ninguém,
Nem um nazista do além,
Para tomar a lição.

XIII

O baiano é pirracento,
Mas paga com bem o mal:
Dá uma chance a Natalino
Lá no Mercado Central
De ganhar alguns trocados
Segurando o pau dobrado
Da corda do berimbau.
Enviado por Frederico Martins, Salvador/Ba

Eu sou do Ceará com muito orgulho.



Sou do Ceará.




Ricardo Gondim.




Ser do Ceará é mais do que nascer no Ceará, é conseguir reconhecer, à distância, uma cabecinha redonda, um sotaque cantado, uma orelha de Abano, um jeito maroto de encarar a vida.
Ser do Ceará é saber a estação certa de colher um sapoti, conhecer OS vários tipos de manga e nunca comprar ata Verde demais; é Dar sabor a um baião de dois com queijo coalho.
Ser do Ceará é gostar de cocada, de suco de tamarindo, de sirigüela Vermelha, de água de coco docinha.

Ser do Ceará é engolir o final dos diminutivos - cafezinho vira cafezim; Antônio vira Toim; bonzinho vira bonzim. Lá se fala aperreio na hora do Sufoco; o apressado é avexado; o triste FICA de lundu; quem cria problemas, bota boneco.
Ser do Ceará é morar onde OS muros são baixos; quer dizer, lá todo mundo sabe dos outros. A melhor conversa entre cearense é fofocar sobre a vida alheia. Aparecer em coluna social é o máximo; OS que pertencem a uma família com pedigree, fazem parte dos eleitos. Os Studarts, OS Frotas, OS Távoras, OS Jeiressatis são considerados o supra-sumo.
No Ceará não se compra Casa do lado do Sol; isto é, ninguém valoriza uma Propriedade com a frente voltada para o poente. O Sol não perdoa; é Inclemente, ardido, feroz, cansativo. Lá quem não souber lidar com o Astro rei, não dura muito tempo. Entre dez DA manhã e cinco DA tarde, o Sol deixa todo mundo melado; não existem peles secas no Ceará, todas são oleosas.
Ser do Ceará é aprender a dormir de rede, a gostar do cheiro de lençol Limpo, a tomar banho frio, a valorizar a brisa do mar. Lá o perfume de Sabonete tem outro valor. No Ceará as mulheres não usam meias finas, OS Homens não toleram gravatas e as crianças não sabem o que é uma blusa de lã.
Ser do Ceará é ter orgulho de afirmar que pertence à terra de José de Alencar, Patativa do Assaré, Fagner, Eleazar de Carvalho, Clóvis Bevilácqua. Lá amam-se as artes; cria-se repente com facilidade, Conversa-se com rima.

Ser do Ceará é lidar com umidade, com camisas molhadas de suor, com mofo, com moscas aos milhões, com muriçocas impertinentes, com baratas avantajadas, com viroses brabas, com desidratações súbitas. Lá OS fracos morrem rapidamente; o darwinismo com sua teoria DA sobrevivência dos mais fortes se prova com facilidade.
No Ceará nuvens negras são prenúncio de bom tempo e relâmpago, uma bênção. Em dia chuvoso ninguém gosta de sair de Casa.

Ser do Ceará é rir por tudo. E tudo vira piada; lá sobra humor até para Vaiar o Sol quando interrompe a chuva. Os cearenses são antes de tudo uns fortes; ao mesmo tempo deliciosamente bons e perversamente maus. Lá é terra de pistoleiro e de Santo; de revolucionário e de coronel caudilho; de guerreiro e de preguiçoso. Sou cearense. E por mais que tenha tentado, não consegui apagar o meu Amor por esse chão que me acolheu no mundo. Lá nasci, casei e tive filhos.

No Ceará despertei para o mundo e infelizmente, sepultei o restim de esperança que nutria pela humanidade. O Ceará foi o meu ninho e é o meu túmulo; maior alegria e pior desgraça.

Contudo, apesar de tudo, continuo enamorado do meu berço. Não consigo desvencilhar-me de ti, loira desposada do Sol.


Enviado por Heloísa Helena de Abreu Sobral, Fortaleza/Ce

A Juventude na AFA

Chamam a atenção a presença e a participação de jovens nos eventos da AFA. Sinal de que há espaço para todas as faixas etárias e de que a chama continuará acesa.

Em primeiro plano, vemos Ana Iracema, Loana e Sofia (da esq p/direita)


O poder da palavra no dia-a-dia

No nosso dia-a-dia, podemos perceber que as palavras ditas pelo outro nos atingem seja de forma agradável ou não.

O efeito que ela produzirá em nós, dependerá de nossa capacidade de absorvê-la, compreendê-la e manter ou não aquela sintonia.Um exemplo: o chefe do seu setor reclama com você. As palavras ditas vêm com uma carga de energia muito negativa. Se você responder no mesmo tom, completará este circuito, se sintonizando com esta carga de energia negativa. Mantendo-se em equilíbrio e calado,este circuito não será completado, sendo assim, a carga negativa se manterá em sua origem, produzindo assim posteriormente, uma espécie de curto circuito. Podemos perceber que sempre quando nos mantemos serenos diante destas situações, a pessoa que disse as palavras ofensivas, se sente mal, geralmente logo após o gesto, pede desculpas ou por conta de motivos dos mais diversos, prefere guardar consigo o mal estar (o curto circuito) que é produzido.

Temos de ter sempre em mente que a palavra tem o poder tanto de construir como de destruir, de revelar e esconder, de expressar o bem e o mal. Todos nós temos a capacidade da fala, utilizá-la da melhor maneira para benefício de si mesmo e do outro, cabe a cada um optar.

Lembrando de Caetano: a palavra também tem o poder de construir e destruir coisas belas.

Fernando Martins

Fonte: Site Trainingleader

Como envelhecer com o corpo e a mente sã


Atualmente, a nutrição, a medicina, a estética e os profissionais da atividade física sabem diagnosticar o envelhecimento como um todo
O que acontece em nosso organismo é complexo mas totalmente possível de ser adiado ao máximo para se ter uma 3ª idade mais saudável e livre de doenças. O objetivo é que, em qualquer idade, se busque o melhor dele, da atividade cerebral e orgânica do ser humano. Abaixo algumas informações, sobre o que acontece com nosso corpo e as medidas possíveis de serem adotadas para prevenção do envelhecimento.


Cronograma antienvelhecimento


- 25 aos 35 anos


O que acontece? Os hormônios ativadores das funções orgânicas (Hormônio de Crescimento) da hipófise, DHEA da supra renal e Tiroxina da tireóide) estão em seus níveis máximos; O risco cardiológico nesta fase se dá pelo sedentarismo que leva a um aumento do percentual de gordura e atrofia muscular; É comum a ocorrência de oleosidade na pele e acne além dos riscos de exposição ao Sol;


O que fazer?


Manter uma alimentação saudável com alimentos orgânicos, vegetais e frutas e evitar gorduras saturadas, hidrogenadas (trans) e alimentos industrializados; Manter uma atividade física regular; Uso de filtros solares e limpeza, tonificação, hidratação de pele regularmente com produtos de nutrição para pele.


- 35 aos 45 anos


O que acontece?


Os níveis de DHEA começam a cair (até 20% nos homens e até 40% nas mulheres); Nos últimos 20 anos triplicou o número de mulheres que engravidam nesta faixa etária onde o risco de pressão alta na gravidez é duas vezes maior; Inicia-se a perda da densidade óssea e aumento das taxas de colesterol e triglicerídeos naqueles que não tem cuidados alimentares e são sedentários; Alteração nas fibras de colágeno e elastina iniciam a formação de rugas superficiais.


O que fazer?


O controle da qualidade da alimentação tem que ser aumentado; Atividade física torna-se quase obrigatória, incluindo musculação, principalmente para os sedentários; Iniciar tratamento cosmético anti-envelhecimento aliado a alimentação e suplementação AntiAging.


- 45 aos 55 anos


O que acontece?


Os níveis dos hormônios estimuladores das funções orgânicas caem mais (o hormônio de crescimento cai 50%, o DHEA cai em até 40% no homem a testosterona cai em até 25%, nas mulheres, inicia o climatério com a menopausa); O hormônio cortisol que causa declínio imunológico, neurológico e aumento do depósito de gordura corporal aumenta em até 30%; A perda de massa óssea pode chegar a 0,3% ao ano, neurologicamente a memória e o raciocínio declinam, os olhos perdem capacidade de focalizar objetos próximos e há diminuição da capacidade de ouvir tonalidades mais agudas; Os sucos digestivos e a velocidade de trânsito intestinal começam a diminuir.


O que fazer?


O controle médico AntiAging é muito importante para combater esses declínios hormonais, e nos manter jovens; A estimulação glandular ou reposição hormonal bioidêntica é indicada; A atividade física é obrigatória preferencialmente sob supervisão profissional; A alimentação deve ser extremamente saudável e controlada para evitar inflamações (exemplo: por alergias alimentares); A suplementação alimentar e tratamento cosmético Antienvelhecimento; Evitar e saber exercer domínio próprio sob o stress estresse e realizar atividades afetivamente.



- 55 aos 70 anos


O que acontece?


Os níveis hormonais e as funções orgânicas caem mais (hormônio de crescimento cai em até 65% em relação ao jovem, os níveis de DHEA caem em 50%, o hormônio da tireóide cai e diminui a velocidade do metabolismo); No homem a testosterona chega a cair 55% diminuindo o volume seminal, nas mulheres após a menopausa (climatérico) aumenta a massa gorda em até 35%; Continua a perda da massa óssea com risco de osteoporose; Continua a diminuição dos sucos e funções digestivas e intestinais; Aumento do risco de aterosclerose, acidentes vasculares cerebrais e infarto; Estresse oxidativo que leva a degeneração dos tecidos.


O que fazer?


Controle médico clínico e cardiológico; Alimentação focada na melhora de todos os sintomas (climatério, aumento de gordura corporal) aliada a uma adequada suplementação; As reposições hormonais podem estar indicadas (consulte seu médico); Cuidados com a saúde e a flora bacteriana do sistema digestivo e com a qualidade da alimentação; Atividade física sob orientação para melhora da força muscular e da mobilidade articular; Tratamento antienvelhecimento para evitar a oxidação tecidual e a perda das funções orgânicas; Indispensável: Uso de filtros solares e limpeza, tonificação, hidratação de pele regularmente.


- Após os 70 anos


O que acontece?


Os hormônios podem chegar a 20% dos níveis de quando jovem; O tecido neurológico começa a perder as suas funções com quadros de dificuldade de memória e chegando até a Doenças como Parkinson ou Alzheimer; Diminuição importante das funções digestivas e conseqüente diminuição da absorção de nutrientes e nutrição dos órgãos; Diminuição da capacidade respiratória; Diminuição da capacidade de articulação com grande perda de massa magra (músculos); Aumentam riscos de problemas cardíacos e AVC por aterosclerose e perda da elasticidade dos vasos causados por oxidação dos tecidos pelos radicais livres.


O que fazer?


Rígido controle médico; Tratamento (médico e/ou nutricionista) para melhora das funções digestivas e conseqüente melhora nutricional; Suplementação Alimentar para compensar as deficiências bioquímicas, combater radicais livres e metais tóxicos; Atividade física sob orientação para melhora da capacidade respiratória e articular além da muscular; Tratamento antienvelhecimento para evitar a oxidação tecidual e a perda das funções orgânicas; Indispensável: Uso de filtros solares e limpeza, tonificação, hidratação de pele regularmente.
Fonte: Site Minha Vida

1

domingo, 18 de maio de 2008

Casal romântico

Carmen e José Aldemir, casal próximo das Bodas de Ouro, exibe todo o seu romantismo.


10 Palavras

A palavra de duas letras mais egoísta...

"EU"

VAMOS EVITÁ-LA…

A palavra de tres letras mais venenosa...

"EGO"

VAMOS ELIMINÁ-LA…

A palavra de quatro letras mais usada...

"AMOR"

VAMOS PRATICÁ-LA...

A palavra de seis letras mais rápida...

"FOFOCA"

vamos ignorá-la…

A palavra de seis letras mais necessaria…

"PERDÃO"

vamos aplicá-la…

A palavra de tres letras mais satisfatoria...

"NÓS"

vamos usá-la…

A palavra de NOVE letras mais AGRADÁVEL…

"HUMILDADE"

VAMOS APRENDÉ-LA...

a palavra de nove letras mais essencial..

."CONFIANÇA"

TENHAMOS FÉ…

Autor Desconhecido

O Poder da Paixão


Danuza Leao

Do primeiro ela gostou porque era ciumento ? para muitos, ciúme é prova de amor.
Ele controlava sua vida, telefonava o dia todo e, se ela tivesse ido ao cinema, pedia para contar o filme; armava ciladas para ver se descobria alguma contradição e às vezes até parecia decepcionado por não conseguir flagrá-la em nenhuma mentira.
Ciumentos não precisam de razão para sofrer.
Um dia acabou, claro, e ela partiu para o oposto. Esse tinha a cuca bem fresca e, se chegasse em casa depois dele, não havia perguntas; podia sair para jantar com uma amiga, na volta ele já estava dormindo e dormindo continuava.
Como não há mulher que suporte isso, o romance também acabou. Aí ela resolveu ficar sozinha por uns tempos: homens são muito espaçosos, criam muito caso, e com eles não se tem tempo para nada.
Quem mora só desfruta de todos os direitos, entre eles o de manter a geladeira vazia, fazer ginástica à noite e dormir cheia de cremes na cara, o que não tem preço.
Mas não demorou muito a lua-de-mel com ela mesma; achou que já era hora de arranjar um namorado novo, mas estava determinada: morar junto, nunca mais. Difícil mesmo foi combinar as regras do novo jogo: vale telefonar às 11 da noite para dar um beijinho de boanoite? Vale, claro.
Mas, se o outro não estiver em casa, dá para perguntar por onde ele andava? E, se o telefone estiver ocupado durante horas, é lícito perguntar: "Com quem você estava falando?" De preferência, não, pois perguntar já é controle, e isso não pode.
Começou a não dar certo. Se ele dormisse na casa dela toda noite, virava casamento; mas, se dizia "Te ligo amanhã", ela se sentia rejeitada. Acabaram chegando ao impasse: ou se separavam ou iam morar juntos e ter um filho.
Tiveram juízo e preferiram acabar. Mas, pensou, não é possível passar a vida juntando e separando, juntando e separando.
Como viver nesse vai-e-vem emocional? Qual a saída? Descobriu que "saída" não existe e que ninguém é feliz 24 horas por dia; que viver junto é ótimo, mas às vezes um verdadeiro inferno (e viver só também).
Então, passou a se preparar para os futuros namoros (ou casamentos).
Quais as qualidades mais importantes para conseguir viver a dois sem sucumbir aos ímpetos assassinos que às vezes surgem?
Começou a se perguntar se era paciente, tolerante, se tinha jogo de cintura, se era capaz de mudar de opinião quando preciso, se gostava de crianças (não existe homem a partir dos 25 que não venha com pelo menos duas).
Conseguiria não ter ciúmes delas nem da mãe delas? Seria capaz de fazer das tripas coração e passar a noite de Natal com a família dele, sorrindo e sem beber uma só gota de álcool (reuniões familiares são estressantes e a combinação stress + álcool não costuma dar certo), tendo a coragem de reconhecer que queria estar numa praia do Nordeste com ele ou sem ele, talvez de preferência sem?
E chegou à conclusão de que é capaz de tudo isso, sim, e de muito mais, com uma única condição: estar apaixonada.

sábado, 17 de maio de 2008

REVISÃO GRAMATICAL FEITA PELO 'CLUBE DAS LOIRAS'


ABREVIATURA - ato de se abrir um carro de policia;
ALOPATIA - dar um telefonema para a tia;
BARBICHA - boteco para Gays;
CÁLICE - ordem para ficar calado;
CAMINHÃO - estrada muito grande;
CATÁLOGO - ato de se apanhar coisas rapidamente;
COMBUSTÃO - mulher com peito grande;
DESTILADO - aquilo que não está do lado de lá;
DETERGENTE - ato de prender indivíduos suspeitos;
DETERMINA - prender uma garota;
ESFERA - animal feroz amansado;
HOMOSSEXUAL - Sabão utilizado para lavar as partes íntimas;
LEILÃO - Leila com mais de 2 metros de altura;
KARMA - expressão mineira para evitar o pânico;
LOCADORA - uma mulher maluca de nome Dora;
NOVAMENTE - diz-se de indivíduos que renovam sua maneira de pensar;
OBSCURO - 'OB' na cor preta;
QUARTZO - partze ou aposentzo de um apartamentzo;
RAZÃO - lago muito extenso porém pouco profundo;
RODAPÉ - aquele que tinha carro mas agora roda a pé;
SAARA - muulher do Jaaco;
SEXÓLOGO - sexo apressado;
SIMPATIA - concordando com a irmã da mãe;
SOSSEGA - mulher desprovida de visão;
TALENTO - característica de alguma coisa devagar;
TÍPICA - o que o mosquito nos faz;
UNÇÃO - erro de concordância muito frequente (o correto seria um é);
VATAPÁ - ordem dada por prefeito de cidade esburacada;
VIDENTE - dentista falando sobre seu trabalho;
VIÚVA - ato de ver uva;
VOLÁTIL - sobrinho avisando onde vai.


Enviado por Maria Luíza de Abreu Sobral, Fortaleza/Ce

Jovens que bebem demais podem prejudicar memória, diz estudo

Estudo britânico diz que beber muito álcool de uma vez só prejudica cérebro.

Da BBC entre em contato

Adolescentes que ingerem grandes quantidades de bebidas alcoólicas de uma só vez correm risco de sofrer problemas de memória dias depois e os efeitos podem permanecer no longo prazo, segundo um novo estudo britânico.
Os pesquisadores das universidades de Northumbria e de Keele afirmaram, durante uma conferência da British Psychological Society, que o hábito pode ser prejudicial para cérebros que ainda estão se desenvolvendo.
O estudo comparou a memória de jovens entre 17 e 19 anos, divididos em dois grupos. O primeiro era formado por adolescentes que bebiam, em média, 15 unidades de álcool em uma só noite, o equivalente a 11 doses de uísque de 35 ml, duas vezes por semana. O segundo grupo reunia jovens que não bebiam exageradamente.
Os adolescentes foram testados três a quatro dias depois da última vez que haviam bebido, para que seus organismos estivessem livres do álcool

Enviado por Maria Luíza de Abreu Sobral, Fortaleza/Ce

O ato coexistencial do amor

O texto da presente mensagem já foi, em substância, remetido anteriormente (mensagem no. 12: Amor a 3 dimensões". Ele retorna agora mais completo, porque foi objeto de reflexão em nosso grupo de leitura, tendo-se demonstrado como altamente substancioso. Espero que os amigos não fiquem irritados com a repetição. Já se dizia, no seminário de Ipuarana, que "repetitio est mater studiorum", sem a repetição o estudo morre de inanição.
Um abraço a todos!

Carlos Almeida Pereira, Campina Grande/Pb

O A m o r não é simplesmente um meio para obter prazer e satisfazer uma necessidade pessoal. Como ser tridimensional (físico-psíquico-espiritual), a pessoa humana que ama pode apreender outra pessoa na mesma tríplice dimensão, isto é, em toda a extensão de sua “existência”. Por isso dizemos que o amor é um “ato coexistencial”, porque liga uma existência a outra. Mas ele pode permanecer numa relação em duas, ou mesmo em apenas uma dimensão. Nesse caso pode-se chegar a um contato físico e psíquico, mas não a um ato coexistencial.
A relação unidimensional consiste em um interesse meramente sexual no parceiro, despertado por sua atratividade corporal. Já um envolvimento bidimensional apresenta uma relação com a estrutura psíquica do parceiro, cujas qualidades, comportamentos e irradiação despertam a emocionalidade, ou a "paixão". Mas até aqui o parceiro ainda pode ser trocado ou substituído por outro que tenha qualidades ou comportamentos semelhantes. Só o amor “verdadeiro” penetra até o âmago da outra pessoa, toma consciência de seu núcleo essencial e inconfundível. É o espírito apreendendo o espírito.
A pessoa que ama dessa maneira já não está excitada em sua dimensão corporal, nem estimulada em sua dimensão psíquica, mas sim tocada em sua profundidade espiritual: tocada pelo portador espiritual da corporalidade e do psiquismo do parceiro, por seu núcleo pessoal. Amor, então, é o estar voltado diretamente para a pessoa espiritual do amado, no que ela possui de único e irrepetível. Àquele que se envolveu sexualmente, ou ao apaixonado, agrada uma característica corporal ou uma propriedade psíquica no parceiro, portanto uma coisa que essa pessoa tem. Mas aquele que ama não ama somente alguma coisa na pessoa amada, mas sim a própria pessoa; portanto, não algo que a pessoa amada tem, mas o que a pessoa é.
Não se quer afirmar que não se possa vez por outra estar apaixonado, mas sim que, quando nunca se chega a uma relação mais profunda entre duas pessoas, está faltando na vida do homem uma grande área de realização. (A não ser que se renuncie a isto voluntariamente, seja com o fim de intensificar uma relação transcendente mais intensa, ou de ficar “livre” para o serviço do próximo, duas coisas que implicam também uma proximidade espiritual a um Alguém, embora sem expressão corporal, e que por isso representam uma área semelhante de realização.) Isto significa, para a pessoa individual, que
- ou ela estacionou no estágio do interesse puramente sexual, o que limita seu campo de percepção e vivência ao instinto sexual e sua ab-reação, ou
- que ela estacionou na veneração de um tipo anônimo de parceiro, e sempre de novo “deixa-se apanhar” por quem pertencer a esse tipo.
Para o casamento isto significa ainda que:
- o casamento está relativamente pouco exposto a crises quando cada parceiro encontra o outro no mesmo degrau do amor, e sobretudo que a melhor situação é aquela em que o encontro se dá no degrau mais elevado do amor verdadeiro, mas que
- hão de ocorrer crises, principalmente relações infelizes ou irrealizadas, e bloqueios sexuais, quando os parceiros encontram um ao outro em degraus diferentes do amor.
As parcerias matrimoniais correm maior risco quando se questiona que um parceiro de amor não pode ser trocado, ou que uma relação de amor tem que ser permanente. Para o verdadeiro amor, tal questionamento é inconcebível. Pois os estados corporais são passageiros, as atitudes de sentimento não permanecem, mas os atos espirituais sobrevivem de certa maneira a si próprios. O amor a outra pessoa, como se sabe, sobrevive até à morte dessa pessoa.
Uma das grandes tarefas da pedagogia é ajudar para que se supere o estágio do puro interesse sexual e da simples paixão, e que as pessoas cresçam até ao plano do amor verdadeiro. Quando isto acontece, a pessoa está capacitada também para a fidelidade (o parceiro não pode ser trocado) e para a estabilidade (a relação de amor é permanente), e nas condições normais surgirá por si mesma uma vida sexual sadia.
O homem moderno, apesar de toda sua presunção, sente-se tão inseguro que tem necessidade de que lhe sejam novamente reveladas as coisas mais simples e naturais que constituem a sabedoria da vida, mesmo as que já se acham incorporadas ao tesouro da humanidade. Muitas vezes ele não sabe o que quer. Não sabe o que fazer com seu tempo livre, e isto constitui um inacreditável atestado da penúria do nosso tempo. Nem sabe como educar os filhos, como o mostra a grande confusão reinante entre os pais de hoje. E por último não sabe mais o que é amor.
Precisamos, pois, aprender novamente a amar. Este “aprender a amar” pode receber um empurrãozinho de fora, se deixarmos de ficar indiferentes e de nos conformarmos com as atitudes erradas, passando a discuti-las.
Consideramos o amor autêntico e verdadeiro como uma condição prévia da sexualidade humana. Pois sabemos que a sexualidade não pode ser bem sucedida quando esta condição estiver ausente. Mas quando consideramos toda esta “onda de sexo” que varre os povos, quando cresce a massa de informações sobre práticas sexuais, o que é um sinal inconfundível de que anda mal a sexualidade praticada, quando vemos tudo isso, temos a certeza de que toda uma geração não soube encontrar o amor.

[Fonte: Elisabeth Lukas, Prevenção Psicológica, p. 124 ss.]





Põe-me como um selo sobre teu coração,
como um selo sobre teu braço!
Porque é forte o amor como a morte,
e a paixão é violenta como o abismo.
Suas centelhas são centelhas de fogo,
labaredas divinas.
Águas torrenciais não conseguirão apagar o amor,
nem rios poderão afogá-lo.
Se alguém quisesse comprar o amor
com todos os tesouros de sua casa,
se faria desprezível.

Cantares 8,6-7

sexta-feira, 16 de maio de 2008

APENAS A LÍNGUA PORTUGUESA NOS PERMITE ESCREVER ISSO...

Pedro Paulo Pereira Pinto, pequeno pintor português, pintava portas, paredes, portais.
Porém, pediu para parar porque preferiu pintar panfletos.
Partindo para Piracicaba, pintou prateleiras para poder progredir.
Posteriormente, partiu para Pirapora.
Pernoitando, prosseguiu para Paranavaí, pois pretendia praticar pinturas para pessoas pobres. Porém, pouco praticou, porque Padre Paulo pediu para pintar panelas, porém posteriormente pintou pratos para poder pagar promessas.
Pálido, porém personalizado, preferiu partir para Portugal para pedir permissão para papai para permanecer praticando pinturas, preferindo, portanto, Paris.
Partindo para Paris, passou pelos Pirineus, pois pretendia pintá-los.
Pareciam plácidos, porém, pesaroso, percebeu penhascos pedregosos, preferindo pintá-los parcialmente, pois perigosas pedras pareciam precipitar-se principalmente pelo Pico, porque pastores passavam pelas picadas para pedirem pousada, provocando provavelmente pequenas perfurações, pois, pelo passo percorriam, permanentemente, possantes potrancas.
Pisando Paris, permissão para pintar palácios pomposos, procurando pontos pitorescos, pois, para pintar pobreza, precisaria percorrer pontos perigosos, pestilentos, perniciosos, preferindo Pedro Paulo precaver-se.
Profundas privações passou Pedro Paulo.
Pensava poder prosseguir pintando, porém, pretas previsões passavam pelo pensamento, provocando profundos pesares, principalmente por pretender partir prontamente para Portugal. Povo previdente! Pensava Pedro Paulo...
Preciso partir para Portugal porque pedem para prestigiar patrícios, pintando principais portos portugueses.
- Paris! Paris! Proferiu Pedro Paulo.
- Parto, porém penso pintá-la permanentemente, pois pretendo progredir.
Pisando Portugal, Pedro Paulo procurou pelos pais, porém, Papai Procópio partira para Província. Pedindo provisões, partiu prontamente, pois precisava pedir permissão para Papai Procópio para prosseguir praticando pinturas.
Profundamente pálido, perfez percurso percorrido pelo pai. Pedindo permissão, penetrou pelo portão principal.
Porém, Papai Procópio puxando-o pelo pescoço proferiu: Pediste permissão para praticar pintura, porém, praticando, pintas pior.
Primo Pinduca pintou perfeitamente prima Petúnia. Porque pintas porcarias?
- Papai, proferiu Pedro Paulo, pinto porque permitiste, porém, preferindo, poderei procurar profissão própria para poder provar perseverança, pois pretendo permanecer por Portugal. Pegando Pedro Paulo pelo pulso, penetrou pelo patamar, procurando pelos pertences, partiu prontamente, pois pretendia pôr Pedro Paulo para praticar profissão perfeita: pedreiro! Passando pela ponte precisaram pescar para poderem prosseguir peregrinando.
Primeiro, pegaram peixes pequenos, porém, passando pouco prazo, pegaram pacus, piaparas, pirarucus.
Partindo pela picada próxima, pois pretendiam pernoitar pertinho, para procurar primo Péricles primeiro.
Pisando por pedras pontudas, Papai Procópio procurou Péricles, primo próximo, pedreiro profissional perfeito.
Poucas palavras proferiram, porém prometeu pagar pequena parcela para Péricles profissionalizar Pedro Paulo.
Primeiramente Pedro Paulo pegava pedras, porém, Péricles pediu-lhe para pintar prédios, pois precisava pagar pintores práticos.
Particularmente Pedro Paulo preferia pintar prédios. Pereceu pintando prédios para Péricles, pois precipitou-se pelas paredes pintadas. Pobre Pedro Paulo, pereceu pintando...
'Permita-me, pois, pedir perdão pela paciência, pois pretendo parar para pensar...
Para parar preciso pensar. Pensei. Portanto, pronto pararei'.

E vc ainda se acha o máximo qdo consegue dizer:

'O Rato Roeu a Rica Roupa do Rei de Roma'?

Enviado por Augusto César (Guto), Fortaleza/Ce

quinta-feira, 15 de maio de 2008

Aniversário de Isadora



Quem aniversaria hoje é Isadora, essa gracinha que está entre seus pais, Isabele e Carlos Augusto.




A AFA deseja à aniversariante muitas felicidades e muitos anos de vida.

quarta-feira, 14 de maio de 2008

Frank Sinatra: Dez anos sem o “Blue Eyes”






























Há dez anos morria Frank Sinatra.
E eu por coincidência estava com a Itacoeli nos Estados Unidos nessa ocasião e justamente em Los Angeles, onde morava e morreu o cantor.

“Sinatrólogo de carteirinnha” que sou, nem deu vontade de sair do Hotel para assistir a tantos programas especiais na TV com aquele que foi o maior cantor do mundo de todos os tempos. Em alguns desses programas especiais ele estava ao lado do nosso Tom Jobim, de quem Sinatra era fã incondicional e com quem fez a gravação de um álbum somente com músicas de autoria do compositor brasileiro. Nenhum outro artista do mundo teve esse privilégio, ou seja, ter um álbum de Sinatra somente com músicas de sua autoria. Mas o nosso Tom era o Tom.

Lembro e costumo citar um comentário do nosso primo brasiliense Zé Airton sobre o Sinatra, quando este ainda era vivo:

- Você já viu quando o Frank Sinatra canta que ele não costuma rebolar, nem dançar, nem fazer essas piruetas no palco ?

- Sim. Respondi.

- Pois é, lembrou ele. Sinatra não precisa: Ele tem voz!

Em Los Angeles, bati fotos até do Hospital onde ele morreu, o Hospital Cedars-Sinai Medical Center. Também não dispensei uma visita à calçada da fama onde tiramos fotos ao lado da estrela de um dos meus maiores ídolos.

Pura tietagem.
Mas foram mais de 50 anos de sucesso. Devo ter pelo menos uns 50 CD´s de Sinatra.

Está para existir outro cantor igual.
Vamos homenageá-lo escutando "I´ve Got You Under My Skin", do genial Cole Porter. Um clássico.
Clique no endereço a seguir e ligue as caixas: http://www.youtube.com/watch?v=X--QWXGjXfg

Sérgio Almeida Franco, Salvador/Ba









Entrevista com um médico sincero

kkkkkkkkkkkkk Muito engraçado!!!



Não me perguntem que médico é esse...com certeza a agenda dele deve estar lotada até 2010!!!...
Um médico sincero foi questionado sobre vários conselhos que sempre nos são dados...
Pergunta: Exercícios cardiovasculares prolongam a vida, é verdade?
Resposta: O seu coração foi feito para bater por uma quantidade de vezes e só... não desperdice essas batidas em exercícios.
Tudo gasta-se eventualmente.
Acelerar seu coração não vai fazer você viver mais: isso é como dizer que você pode prolongar a vida do seu carro dirigindo mais depressa. Quer viver mais? Tire uma soneca !!!
Pergunta: Devo cortar a carne vermelha e comer mais frutas e vegetais?
Resposta: Você precisa entender a logística da eficiência... .
O que a vaca come?
Feno e milho. O que é isso? Vegetal. Então um bife nada mais é do que um mecanismo eficiente de colocar vegetais no seu sistema. Precisa de grãos? Coma frango.
Pergunta: Devo reduzir o consumo de álcool?
Resposta: De jeito nenhum.
Vinho é feito de fruta. Brandy é um vinho destilado, o que significa que, eles tiram a água da fruta de modo que vc tire maior, proveito dela.
Cerveja também é feita de grãos. Pode entornar!
Pergunta: Quais são as vantagens de um programa regular de exercícios?!
Resposta: Minha filosofia é: Se não tem dor...tá bom!
Pergunta: Frituras são prejudiciais?
Resposta: VOCÊ NÃO ESTÁ ME ESCUTANDO!!! ...
Hoje em dia a comida é frita em óleo vegetal.
Na verdade ficam impregnadas de óleo vegetal.
Como pode mais vegetal ser prejudicial para você?
Pergunta: Flexões ajudam a reduzir a gordura?
Resposta: Não! Exercitar um músculo faz apenas com que ele aumente de tamanho.
Pergunta: Chocolate faz mal?
Resposta: Tá maluco? !!!! Cacau!!!! Outro vegetal!!
É uma comida boa pra se ficar feliz !!!
E lembre-se: A vida não deve ser uma viagem para o túmulo, com a intenção de chegar lá são e salvo, com um corpo atraente e bem preservado.
Melhor enfiar o pé na jaca - Cerveja em uma mão - tira gosto na outra - e um corpo completamente gasto, totalmente usado, gritando:
VALEU !!! QUE VIAGEM!!!!!! !!!!!!
P S.: SE CAMINHAR FOSSE SAUDÁVEL O CARTEIRO SERIA IMORTAL.

TOLERÂNCIA TEM LIMITES!

Pra testar o caráter de um novo empregado, o dono da empresa mandou colocar 500 reais a mais no salário dele. Passam os dias, e o funcionário não relata nada.

Chegando no outro mês, o dono faz o inverso: manda tirar 500 reais. No mesmo dia, o funcionário entra na sala pra falar com ele:

- Doutor, acho que houve um engano e me tiraram 500 reais do salário.

- É ? Curioso é que, mês passado, eu coloquei 500 a mais e você não falou nada.

- É que um erro eu tolero, doutor. Mas DOIS, eu acho um absurdo!!!


Enviado por José Antônio Pinho, Salvador/Ba

terça-feira, 13 de maio de 2008

Charadas

Marina fugiu do hospital, mas foi atropelada por um trenó puxado por 20 mil éguas. Qual o nome do filme?
- 20 mil Éguas sobre Marina.

O que é que para colocar você tem que abrir as pernas?
- Os óculos.

Como o homem ajuda a mulher na limpeza da casa?
- Levantando as pernas, quando ela passar o aspirador.

O que é que se quebra com um ovo, mas não se quebra com uma pedra?
-O jejum.

O que é que se pode encontrar debaixo do tapete de um manicômio?
- Um doido varrido!

O que é que a banana suicida falou?
-Macacos me mordam.

Como as enzimas se reproduzem?
- Fica uma enzima da outra. (Que prático!)

Dicas para não adoecer

SE NÃO QUISER ADOECER, FALE DE SEUS SENTIMENTOS
Emoções e sentimentos que são escondidos, reprimidos, acabam em doenças como gastrite, úlcera, dores lombares, dor na coluna. Com o tempo, repressão de sentimentos degenera até o câncer. Vamos desabafar, confidenciar, partilhar intimidades, segredos, pecados. Diálogos, falas, palavras são poderosos remédios, excelente terapia.

SE NÃO QUISER ADOECER, TOME DECISÃO
A pessoa indecisa permanece na dúvida, na ansiedade, na angústia. A indecisão acumula problemas, preocupações, agressões. A história humana é feita de decisões. Para decidir é preciso saber renunciar, saber perder vantagem e valores para ganhar outros. As pessoas indecisas são vítimas de doenças nervosas, gástricas e problemas de pele.

SE NÃO QUISER ADOECER, BUSQUE SOLUÇÕES
Pessoas negativas não enxergam soluções e aumentam os problemas. Preferem a lamentação, a murmuração, o pessimismo. Melhor acender o fósforo que lamentar a escuridão. Pequena é a abelha, mas produz o que de mais doce existe. Somos o que pensamos. O pensamento negativo gera energia negativa, que se transforma em doença.

SE NÃO QUISER ADOECER, NÃO VIVA DE APARÊNCIAS
Quem esconde a realidade, finge, faz pose, quer sempre dar mpressão de que está bem, quer mostrar-se perfeito, bonzinho, está acumulando toneladas de peso, uma estátua de bronze com pés de barro. Nada pior para a saúde que viver de aparências e fachadas, ter muito verniz e pouca raiz. Seu destino é a farmácia, o hospital, a dor.

SE NÃO QUISER ADOECER, ACEITE-SE
A rejeição a si próprio, a ausência de auto-estima, faz com que sejamos algozes de nós mesmos. Ser eu mesmo é o núcleo de uma vida saudável. Os que não se aceitam são ciumentos, imitadores, competitivos, destruidores. Aceitar-se, aceitar ser aceito, aceitar as críticas, é sabedoria, bom senso e terapia.

SE NÃO QUISER ADOECER, CONFIE
Quem não confia não se comunica, não se abre, não se relaciona, não cria liames profundos, não sabe fazer amizades verdadeiras. Sem confiança não há relacionamento. A desconfiança é falta de fé em si, nos outros e em Deus.

SE NÃO QUISER ADOECER, NÃO VIVA SEMPRE TRISTE
O bom humor, a risada, o lazer e a alegria recuperam a saúde e trazem vida longa. A pessoa alegre tem o dom de alegrar o ambiente m que vive. O bom humor nos salva das mãos do doutor. Alegria é saúde e terapia.

Enviado por Maria Luiza de Abreu Sobral, Fortaleza/Ce

Vaticano admite que pode haver vida fora da Terra

Assimina Vlahou De Roma, para a BBC Brasil

O diretor do observatório astronômico do Vaticano, padre José Gabriel Funes, afirmou que Deus pode ter criado seres inteligentes em outros planetas do mesmo jeito como criou o universo e os homens.

"Como existem diversas criaturas na Terra, poderiam existir também outros seres inteligentes, criados por Deus", disse o diretor do observatório conhecido como Specola Vaticana.

"Isso não contradiz nossa fé porque não podemos colocar limites à liberdade criadora de Deus", acrescentou Funes, em entrevista ao jornal L'Osservatore Romano, órgão oficial de imprensa da Santa Sé.

Na entrevista ao jornal do papa, o padre Funes, jesuíta argentino de 45 anos de idade, cita São Francisco ao dizer que possíveis habitantes de outros planetas devem ser considerados como nossos irmãos.

"Para citar São Francisco, se consideramos as criaturas terrestres como 'irmão' e 'irmã', por que não poderemos falar tambem de um 'irmão extraterrestre'?", pergunta o padre. "Ele tambem faria parte da criação."

O QUE É GLOBALIZAÇÃO?

SIMPLESMENTE FANTÁSTICA A DEFINIÇÃO.

Pergunta: Qual é a mais correta definição de Globalização?

Resposta: A Morte da Princesa Diana.

Pergunta: Por quê?

Resposta: Uma princesa inglesa com um namorado egípcio, tem um acidente de carro dentro de um túnel francês, num carro alemão com motor holandês, conduzido por um belga, bêbado de whisky escocês, que era seguido por paparazzis italianos, em motos japonesas.

A princesa foi tratada por um médico americano, que usou medicamentos brasileiros.

E isto é enviado a você por um brasileiro, usando tecnologia americana -(Bill Gates), e, provavelmente, você está lendo isso em um computador genérico que usa chips feitos em Taiwan, e um monitor coreano montado por trabalhadores de Bangladesh, numa fábrica de Singapura, transportado em caminhões conduzidos por indianos, roubados por indonésios, descarregados por pescadores sicilianos, reempacotados por mexicanos e, finalmente, vendido a você por judeus, através de uma conexão paraguaia.

Isto é, caros amigos, GLOBALIZAÇÃO!!!

Enviado por Joseoly Moreira, Fortaleza/Ce

Entre dois amores

Carmen recebe o carinho do mano Aroldo sob o olhar de seu amado José Aldemir.


"Entre dois Amores" é o título em português de um lindo filme (Out of Africa) estrelado por Robert Redford e Meryl Streep.

QUANDO UM HOMEM USA BRINCO

Um dia, no escritório, um homem reparou que o seu colega, muito conservador, estava usando um brinco.
- Não sabia que você gostava desse tipo de coisas - comentou.
- Não é nada de especial,
é só um brinco - replicou o colega.
- Há quanto tempo você o usa?
- Desde que a minha mulher o encontrou no meu carro na semana passada.

Enviado por José Carlos Silva, Salvador/Ba