quarta-feira, 31 de março de 2010

Platão

Não há nada de errado com aqueles que não
gostam de política, simplesmente serão
governados por aqueles gostam.

30 minutos do seu dia


Esse é o tempo que você precisa reservar para cuidar melhor da saúde do corpo e da mente.

POR MARCELA CARLINI - Revista Viva Saúde

O que você faz em meia hora? Pensando na rotina frenética, pode-se dizer que neste tempo não conseguimos fazer muita coisa. Para os sortudos, que trabalham perto de casa, é o período que se leva para chegar ao escritório. Também dá para tomar um café da manhã mais reforçado, ou engolir um almoço rapidinho. Há quem utilize meia hora do dia cuidando da beleza, mas o máximo que dá para fazer é uma escova nos cabelos. Também é possível pagar uma conta, varrer o quintal, preparar um bolo, levar o cachorro para dar uma voltinha, enfim, em 30 minutos não dá para mudar o mundo, mas é possível mudar sua vida se você dedicar esse mísero tempo para praticar alguma atividade física.

Segundo a professora da academia Body Systems e personal trainer, Marcia Angeli, quando pensamos em diminuir os riscos de desenvolver doenças crônicas, melhorar o humor e ter mais energia, 30 minutos diários de exercícios físicos ajudam a tornar um sedentário em uma pessoa fisicamente ativa e, com isso, obter melhora da saúde do corpo e da mente.

Para o cardiologista e professor da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), Flávio Cure Palheiro, a prática de atividade física beneficia diversos órgãos e sistemas do organismo, melhora a condição cardiovascular, músculo- -esquelética, evita doenças, garante perda de peso, aumento de massa magra e tudo isso fornece um melhor desempenho corporal.

O especialista afirma, também, que a execução de um plano de atividade física diminui a pressão arterial, o nível de triglicérides (gorduras), o aumento dos níveis do colesterol bom (HDL) e a provável diminuição do colesterol ruim (LDL). Assim, a pessoa que se exercita regularmente sofre uma adaptação em seu organismo, sua frequência cardíaca e sua pressão arterial não sobem do mesmo modo que na pessoa sedentária.

ADEUS, SEDENTARISMO

Marcia Angeli lembra que o sedentarismo é definido como a falta e/ou ausência e/ou diminuição de atividades físicas. Considerado como a doença do século, ele é resultado direto do conforto da vida moderna (carro, escada rolante, elevador). E muitas pessoas dizem sofrer de “falta de tempo” para a prática de atividade física.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), 70% das pessoas do mundo são sedentárias e estão sujeitas a desenvolver doenças cardíacas e obesidade. Ainda com dados da OMS, a falta de atividade física é responsável por 54% do risco de mortes por infarto cardíaco, 50% por acidente vascular cerebral (AVC) e 37% por câncer.

O indivíduo sedentário tem maior probabilidade de desenvolver problemas do aparelho cardiorrespiratório e circulatório, e mais predisposição a vários tipos de câncer, como o de cólon, pâncreas, rim e mama. Aumenta também o risco de desenvolver osteoporose, lombalgia, impotência e enfraquecimento do sistema imunológico.

Doenças do sistema endócrino, como o diabetes do tipo 2 e a obesidade, poderiam ser combatidas com a prática regular de exercícios. A doença de Parkinson, Alzheimer e esclerose múltipla são outras patologias que podem estar associadas à falta de exercícios.

PREPARE O SEU PLANO

Flávio Cure Palheiro lembra que entre os grupos mais sujeitos ao sedentarismo estão os idosos, as mulheres, pessoas de nível socioeconômico mais baixo e os incapacitados. Ao apresentar o Plano Nacional de Atividade Física em 2009, no Rio de Janeiro, o ministro da Saúde, José Gomes Temporão, defendeu a ideia dos 30 minutos diários. Segundo ele, o objetivo não é formar atletas, mas lembrar a população do quão importante é fazer uma caminhada todos os dias.

Durante o evento, o secretário municipal de Saúde do Rio, o cardiologista Hans Dohmann, reforçou a recomendação. Disse que meia hora de exercícios “tem mais efeitos que os remédios” na prevenção de infartos e AVC.

Para conscientizar a todos, a OMS comemora em 10 de março o Dia Nacional de Combate ao Sedentarismo. Mas não é preciso esperar até lá para tomar um rumo diferente em sua vida. A funcionária pública Maria José Morandi incluiu os exercícios físicos em sua rotina há três anos e não consegue mais parar. “No início eram atividades leves e espaçadas, mas com o tempo senti necessidade de fazer musculação todos os dias”. Com 48 anos, Maria José reserva pelo menos meia hora do dia para ir à academia e praticar o plano criado por seu personal. Ela confessa que seu corpo e sua saúde são outros: “Tenho mais disposição para tudo. Não sinto dores nas costas, estou menos ansiosa e meu corpo está cada dia mais bonito”, comemora.

terça-feira, 30 de março de 2010

Aniversário Célia Regina


Hoje quem completa mais um ano de vida é a sócia Celia Regina, filha do casal Carmen e Aldemir. Célia é mãe, mulher, atleta nas horas vagas, esposa, amiga e companheira para um cinemas às sextas-feiras e também para um encontro com as diversas turmas: a das dentistas, a dos amigos do mar e também sua turminha de filhos.
Mamãe é daquelas que arruma tempo para fazer de tudo um pouco, não estranhe encontrá-la na beira-mar numa caminhada ou em alto mar. Além, de todas estas tarefas ela ainda encontra espaço na agenda para cuidar de muitos sorrisos, o dos seus pacientes.
Legenda - Célia e Eduardo com seus filhos Matheus, Mariana, Sofia, Camila, Daniele e Matheus.
A AFA deseja muitas felicidades!!!

CONVITE


A Sociedade de Assistência aos Cegos tem a satisfação em convidar a todos para se fazerem presentes à apresentação da PAIXÃO DE CRISTO, composto inteiramente de deficientes visuais.

A Paixão de Cristo é uma atividade educacional que contemplará a história de Jesus Cristo realizada todos os anos por essa Entidade com o objetivo de compartilhar através da arte cênica a história de vida de Jesus Cristo, bem como ressaltar a eficiência da pessoa com deficiência visual.


Dia: 30 de Março de 2010

Local: Anfiteatro da Avenida Beira Mar, em Fortaleza/Ce

Horário: 18:30h

Duração: 45 minutos

Obs: O evento sairá em procissão tendo como partida: as Quadras de Vôlley e termirá no Anfiteatro da Av. Beira Mar onde Jesus Cristo será crucificado.

Enviado por Cássia Aquino, da SAC, Fortaleza/Ce

CONHEÇA AS QUATRO UTILIDADES QUE ESTÃO ESCONDIDAS EM SEU CELULAR.

04 coisas que você nunca soube sobre seu celular.
Será útil manter essas informações com você.
Existem algumas coisas que podem ser feitas em caso de emergência.
Seu celular é uma ferramenta que pode salvar sua vida.
Veja o que ele pode fazer por você:

Emergência I
O número universal de emergência para celular é 112
Se você estiver fora da área de cobertura de sua operadora e tiver alguma emergência, disque 112 e o celular irá procurar conexão com qualquer operadora possível para enviar o número de emergência para você, e o mais interessante é que o número 112 pode ser digitado mesmo se o teclado estiver travado. Experimente!

Emergência II
Você já trancou seu carro com a chave dentro?
Seu carro abre com controle remoto? Bom motivo para ter um celular.
Se você trancar seu carro com a chave dentro e a chave reserva estiver em sua casa, ligue pelo seu celular, para o celular de alguém que esteja lá. Segure seu celular cerca de 30cm próximo à porta do seu carro e peça que a pessoa acione o controle da chave reserva, segurando o controle perto do celular dela. Isso irá destrancar seu carro, evitando de alguém ter que ir até onde você esteja, ou tendo que chamar socorro. Distância não é impedimento. Você pode estar a milhares de quilômetros de casa, e ainda assim terá seu carro destrancado.

Emergência III *3370#
Vamos imaginar que a bateria do seu celular esteja fraca. Para ativar, pressione as teclas: *3370#
Seu celular irá acionar a reserva e você terá de volta 50% de sua bateria. Essa reserva será recarregada na próxima vez que você carregar a bateria.

Emergência IV *#06#
Para conhecer o número de série do seu celular, pressione os seguintes dígitos: *#06#
Um código de 15 dígitos aparecerá. Este número é único. Anote e guarde em algum lugar seguro. Se seu celular for roubado, ligue para sua operadora e dê esse código. Assim eles conseguirão bloquear seu celular e o ladrão não conseguirá usá-lo de forma alguma.. Talvez você fique sem o seu celular, mas pelo menos saberá que ninguém mais poderá usá-lo. Se todos fizerem isso, não haverá mais roubos de celular.

PS: Essas informações não são conhecidas, por isso passe para seus amigos e familiares.


Enviado por Déa de Almeida Azicoff, Rio de Janeiro/RJ

segunda-feira, 29 de março de 2010

MULHER

Ser mulher...
É viver mil vezes em apenas uma vida.
É lutar por causas perdidas e
sempre sair vencedora.
É estar antes do ontem e depois do amanhã.
É desconhecer a palavra recompensa
apesar dos seus atos.

Ser mulher...
É caminhar na dúvida cheia de certezas.
É correr atrás das nuvens num dia de sol.
É alcançar o sol num dia de chuva.


Ser mulher...
É chorar de alegria e muitas vezes
sorrir com tristeza.
É acreditar quando ninguém mais acredita.
É cancelar sonhos em prol de terceiros.
É esperar quando ninguém mais espera.

Ser mulher...
É identificar um sorriso triste e uma lágrima falsa.
É ser enganada, e sempre dar mais uma chance.
É cair no fundo do poço, e emergir sem ajuda.

Ser mulher...
É estar em mil lugares de uma só vez.
É fazer mil papeis ao mesmo tempo.
É ser forte e fingir que é frágil...
Pra ter um carinho.

Ser mulher...
É se perder em palavras e
depois perceber que se encontrou nelas.
É distribuir emoções
que nem sempre são captadas.

Ser mulher...
É comprar, emprestar, alugar,
vender sentimentos, mas jamais dever.
É construir castelos na areia,
ve-los desmoronados pelas águas.
E ainda assim amá-los.

Ser mulher...
É saber dar o perdão...
É tentar recuperar o irrecuperável.
É entender o que ninguém mais conseguiu desvendar.

Ser mulher...
É estender a mão a quem ainda não pediu.
É doar o que ainda não foi solicitado.


Ser mulher...
É não ter vergonha de chorar por amor.
É saber a hora certa do fim.
É esperar sempre por um recomeço.

Ser mulher...
É ter a arrogância de viver
apesar dos dissabores,
das desilusões, das traições e
das decepções.

Ser mulher...
É ser mãe dos seus filhos...
Dos filhos de outros.
É amá-los igualmente.

Ser mulher...
É ter confiança no amanhã e
aceitação pelo ontem.
É desbravar caminhos difíceis
em instantes inoportunos.
E fincar a bandeira da conquista.

Ser mulher...
É entender as fases da lua
por ter suas próprias fases.

( autor desconhecido)


Enviado por Carmen Holanda, Fortaleza/Ce

domingo, 28 de março de 2010

O poder da palavra

Certa vez, um homem tanto falou que seu vizinho era ladrão, que o
vizinho acabou sendo preso.

Algum tempo depois, descobriram que o rapaz era inocente, ele foi
solto, e, após muita humilhação resolveu processar seu vizinho (o
caluniador).

No tribunal, o caluniador disse ao juiz:
- Comentários não causam tanto mal... - e o juiz respondeu:
- Escreva os comentários que você fez so bre ele num papel, depois
pique o papel e jogue os pedaços pelo caminho de casa e amanhã, volte
para ouvir a sentença!

O homem obedeceu e voltou no dia seguinte, quando o juiz disse:
- Antes da sentença, terá que catar os pedaços de papel que espalhou ontem!
- Não posso fazer isso, meritíssimo! - respondeu o homem - o vento
deve tê-los espalhados por tudo quanto é lugar e já não sei onde
estão!
Ao que o juiz respondeu:
- Da mesma maneira, um simples comentário que pode destruir a honra
de um homem, espalha-se a ponto de não podermos consertar o mal
causado; se não se pode falar bem de uma pessoa, é melhor que não se
diga nada!

Sejamos senhores de nossa língua, para não sermos escravos de nossas palavras.

'No mundo sempre existirão pessoas que vão te amar pelo que você é,
e outras que vão te odiar pelo mesmo motivo.
Acostume-se...'

Quem ama não está em busca de defeitos.
Quem odeia não está em busca de qualidades

Enviado por Carmen Holanda, Fortaleza/Ce

Coisas que a vida ensina depois dos 40


(Artur da Távola)



Amor não se implora, não se pede não se espera...
Amor se vive ou não.
Ciúmes é um sentimento inútil. Não torna ninguém fiel a você.
Animais são anjos disfarçados, mandados à terra por Deus para
mostrar ao homem o que é fidelidade.
Crianças aprendem com aquilo que você faz, não com o que você diz.
As pessoas que falam dos outros pra você, vão falar de você para os outros.
Perdoar e esquecer nos torna mais jovens.
Água é um santo remédio.
Deus inventou o choro para o homem não explodir.
Ausência de regras é uma regra que depende do bom senso.
Não existe comida ruim, existe comida mal temperada.
A criatividade caminha junto com a falta de grana.
Ser autêntico é a melhor e única forma de agradar.
Amigos de verdade nunca te abandonam.
O carinho é a melhor arma contra o ódio.
As diferenças tornam a vida mais bonita e colorida.
Há poesia em toda a criação divina.
Deus é o maior poeta de todos os tempos.
A música é a sobremesa da vida.
Acreditar, não faz de ninguém um tolo. Tolo é quem mente.
Filhos são presentes raros.
De tudo, o que fica é o seu nome e as lembranças a cerca de suas ações.
Obrigada, desculpa, por favor, são palavras mágicas, chaves que
abrem portas para uma vida melhor
O amor... Ah, o amor...
O amor quebra barreiras, une facções,
destrói preconceitos,
cura doenças...
Não há vida decente sem amor!
E é certo, quem ama, é muito amado.
E vive a vida mais alegremente...

(Artur da Távola)

Paulo Alberto Monteiro de Barros
* Rio de Janeiro, RJ. – 03 de Janeiro de 1936 d.C
+ Rio de Janeiro, RJ. – 09 de Maio de 2008 d.C

Artur da Távola, pseudônimo de Paulo Alberto Monteiro de Barros, político, escritor, poeta e jornalista brasileiro.


Enviado por Arnaldo Almeida, Fortaleza/Ce

Astrid homenageia seu sogrão


Quando posso, invariavelmente assisto ao programa Happy Hour de Astrid Fontenelle, minha nora que é uma competente apresentadora de TV. Astrid, para quem ainda não sabe, é casada com meu youngster Fausto.

Pena que nem todo dia tenho a chance de assistir a esse programa, o qual muito enriquece o conhecimento de quem a capacidade de utilizar a TV como instrumento a favor do saber.

Nesse sábado, por acaso, na Reunião de nosso Clube do Jazz, aqui em Salvador, Juciara Melo, uma amiga querida e muito importante na Bahia e no Ceará, me falou que no dia Dia do Sogro, 10 de março, Astrid me prestou uma homenagem que hoje ao saber, até me envaideceu.

Além de Astrid, Fred Lessa, inteligente protagonista do Happy Hour,também teceu elogiosas palavras a mim. Gostei bastante, embora ache que não mereço.

Juciara, que me deu essa informação, é a profissional de marketing que levei como convidada na última Convenção da AFA, no SESC de Iparana, há dois anos. Ela é a baiana contratada pelo Governo do Estado do Ceará para cuidar da imagem de meu Ceará fora dos limites das fronteiras cearenses, inclusive no exterior. Se o Ceará está dando esse banho no turismo hoje, minha querida amiga/irmã Juciara tem para isso uma grande colaboração.

Saber da homenagem que recebi de Astrid através de Juciara de certa forma compensou a frustração de não haver ouvido ao vivo as palavras de Astrid.

Mesmo tardiamente, quero agradecer a Astrid e a Fred Lessa pelas palavras a mim dirigidas.

Parabéns aos dois pelo excelente programa.

Recomendo o programa Happy Hour, no Canal GNT, de segunda a sexta, às 19:00 horas. Tem reprise às 02:00 da madruga e às 12:30 horas do dia seguinte.

O Happy Hour é uma prova de que ainda resta vida inteligente na TV, pelo menos na TV por assinatura.

QUERO SER FELIZ E VOCÊ ?

Ser feliz ou ter razão?!

*Oito da noite, numa avenida movimentada.
O casal já está atrasado para jantar na casa de uns amigos.
O endereço é novo, bem como o caminho que ela consultou no mapa antes de sair.
Ele conduz o carro.
Ela orienta e pede para que vire, na próxima rua, à esquerda.
Ele tem certeza de que é à direita...
Discutem.
Percebendo que além de atrasados, poderão ficar mal-humorados, ela
deixa que ele decida.
Ele vira à direita e percebe, então, que estava errado.
Embora com dificuldade, admite que insistiu no caminho errado,
enquanto faz o retorno.
Ela sorri e diz que não há nenhum problema se chegarem alguns minutos atrasados.
Ele questiona: - Se tinhas tanta certeza de que eu estava indo pelo
caminho errado, por que não insistiu um pouco mais?
Ela diz: - Entre ter razão e ser feliz, prefiro ser feliz!!! Estávamos
à beira de uma discussão, se eu insistisse mais, teríamos estragado a
noite!

Jegue de grife

sábado, 27 de março de 2010

Veja dicas simples de como economizar energia em casa


Apagar as luzes ao deixar um ambiente é o primeiro conselho para quem quer economizar energia em casa, seja por uma preocupação ambiental ou para diminuir a conta no fim do mês. Mas há outras medidas simples que fazem você gastar mesmo sem perceber, como é o caso dos aparelhos deixados no stand by.

Veja abaixo algumas dicas simples para reduzir o gasto de energia:

Computador

O computador gasta uma quantidade considerável de energia elétrica. Se o aparelho tiver potência de 250 W e ficar ligado durante seis horas por dia, gastará cerca de 45 kWh/mês.


DICAS PARA ECONOMIZAR ENERGIA

A utilização de lâmpadas fluorescentes compactadas, no lugar das incandescentes, pode representar uma economia de até 80% de energia

Veja outras formas de evitar o desperdício
Teste: você é ecologicamente correto?
HSW: como economizar dinheiro com energia
Filtro de linha ajuda a poupar energia
O monitor tradicional é responsável pelo consumo de 60% a 80% da energia gasta pelo computador. Por isso, prefira a tela de cristal líquido, que economiza até 40% em relação ao total gasto pelo computador, apesar de mais cara.

Lâmpada fluorescente

A utilização de lâmpadas fluorescentes compactadas, no lugar das incandescentes, pode representar uma economia de até 80% de energia elétrica. Uma lâmpada fluorescente compacta de 15 watts corresponde a uma lâmpada normal de 60 watts. Em média, as fluorescentes duram dez mil horas, enquanto uma lâmpada normal de 60 watts, apenas mil horas.

Ao comprá-las, procure, nas embalagens, o selo Procel (indicativo de que a luz consome pouca energia).

As lâmpadas fluorescentes são mais caras que as comuns. Uma fluorescente de 20 watts, por exemplo, custa seis vezes mais do que sua similar incandescente. Contudo, a durabilidade das lâmpadas fluorescentes atinge entre 8 e 10 mil horas (sua vida útil é estimada em até 10 anos), enquanto as incandescentes duram em média 1.000 horas (ou 1 ano).

Vale lembrar que, apesar de economizar energia, as lâmpadas fluorescentes podem causar danos ao meio ambiente se descartadas no lixo comum, já que apresentam metais pesados como o mercúrio metálico.

Chuveiro elétrico

É o eletrodoméstico que mais gasta energia em uma casa. Se você usar um chuveiro com potência de 4.500 watts durante 30 horas por mês, gastará 135 kWh. Por isso, utilize um sistema de aquecimento solar, ao invés de do chuveiro elétrico.

A organização não-governamental (ONG) Sociedade do Sol oferece, em seu site (www.sociedadedosol.org.br), download com manual disponível para fazer o sistema de aquecimento em casa, com materiais simples e de baixo custo.

Ferro elétrico

Esse aparelho também é um dos grandes “inimigos” da economia de energia elétrica. Acumule a maior quantidade possível de roupas, para passá-las de uma só vez, porque o ferro consome mais energia no aquecimento inicial. Reserve as roupas leves (por exemplo, as feitas de nylon ou lingeries) para serem passadas logo que você desligar o ferro, pois este permanecerá quente por uns 10 minutos.

Um ferro de 1.000 watts, usado durante 15 horas/mês, consome 15 kWh.

Geladeira

Segundo a Companhia Paulista de Força e Luz (CPFL), a geladeira é o segundo equipamento que mais consome energia em uma residência, ficando atrás apenas do chuveiro. Ela contribui com 25 a 30% do valor de sua conta de luz. Veja algumas dicas para diminuir o gasto de energia deste eletrodoméstico:

• Para gastar menos energia com o uso da geladeira, descongele-a regularmente. A crosta de gelo aumenta o consumo energético.
• O termostato deve estar entre 2º e 6º. No inverno, deve ficar em 2º ou 1º. De qualquer forma, ajuste-o sempre de acordo com o manual de instruções do fabricante.
• Instale sua geladeira em local bem ventilado, sem encostá-la na parede ou em móveis.
• Deixe-a longe de raios solares e de fontes de calor, como fogões e estufas.
• Nunca utilize a parte traseira da geladeira para secar panos ou roupas.
• Procurar abrir a geladeira o menos possível. Guarde os alimentos de uma só vez. Se for preparar uma refeição, retire todos os ingredientes antes de começar a prepará-los.
• Nunca coloque alimentos quentes ou recipientes com líquidos destampados na geladeira, para não exigir um esforço, maior que o habitual, do motor.
• Quando for comprar uma geladeira nova, escolha um modelo de tamanho compatível com as necessidades de sua família.
• Verifique o consumo declarado pelo fabricante e também se a geladeira tem o selo de economia de energia Inmetro/Procel.
• Não se esqueça de manter as borrachas de vedação da porta em bom estado. Para testar a vedação da porta, coloque uma folha de papel entre esta e sua borracha. Deixe metade da folha para fora da geladeira. Feche a porta e tente puxar o papel. Se este sair facilmente, a vedação está comprometida, o que compromete a eficiência do aparelho. Uma geladeira com 200 W, se for utilizada pelo período de 300 horas/mês, gastará 60 kWh de energia.

Freezer

Se você quer economizar energia, evite usar o freezer. Se possível, coloque os alimentos no congelador da geladeira. Isto representa uma economia de 50 kWh por mês. Um freezer de 400 watts, usado por 300 horas/mês, gasta 120 kWh.

Máquina de lavar roupas

Acumule o maior número de peças de roupa para colocar na máquina de lavar. Use a capacidade máxima determinada pelo fabricante da lavadora. Utilize a quantidade adequada de sabão, para não repetir a operação de enxágüe. Se lavadora de roupas tiver 1.500 W, e ficar ligada durante 15 horas, gastará, em um mês, 22,5 kWh.

Secadora

Evite usar este eletrodoméstico que gasta energia desnecessariamente, já que a luz solar é suficiente para secar as roupas durante quase todo o ano. Uma secadora de 3500 watts é uma grande vilã da economia de energia elétrica: se for usada por 15 horas durante o mês, o consumo será de 52,5 kWh.

Micro-ondas

Se utilizado por 15 horas/mês, um forno de microondas padrão gastará 19,5 kWh. Por isso, quando possível, prefira o fogão a gás.

Televisor com monitor de tubo

Apague a luz quando for ver TV. Não durma com a TV ligada; use o desligamento automático. Uma televisão com monitor de tubo, de 20”, com potência de 90 W, se ligada durante 90 horas por mês, utilizará 8,1 kWh.

Se possível, use monitores de televisão LCD – Liquid Crystal Display –, pois consomem menos energia. A potência média de um televisor com esta tecnologia, de 20'', é de 55 W. Uma televisão com esta potência, se utilizada durante 90 horas mensais, gastará cerca de 4,9 kWh.

Ar-condicionado

Muitas vezes, o ventilador pode substituir o ar condicionado. Além disso, sistemas de ventilação natural (janelas, esfriamento pelo solo, entre outros) também podem dispensar o uso deste aparelho. O ar condicionado é um dos inimigos do combate ao consumo de energia elétrica. Quanto mais BTUs (Unidade Térmica Britânica, que mede a capacidade de resfriamento do aparelho) tem um ar-condicionado, mais energia ele consome. O ar-condicionado de 2.600 W (18000 Btu/h), se ligado durante 45 horas/mês, consome 117 kWh.

Secador de cabelo

Embora o tamanho dos secadores de cabelo seja pequeno, seu consumo de energia elétrica é bastante elevado. Se for usado durante 15 horas por mês, um secador com potência de 1.000 W gastará 15 kWh.

*Fonte: Página 3 Pedagogia&Comunicação, com consultoria de Nélio Bizzo, professor da Faculdade de Educação da USP (Universidade de São Paulo)/UOL

Piadinhas Politicamente Ligeiramente Incorretas

A mãe do bahiano vai viajar pro exterior e pergunta ao filho:
- Quer que mãinha lhe traga alguma coisa da viagem, meu dengo?
- Oh, minha mãe... Por favor, me traga um relógio que diz as horas.
- Ué, meu cheiro... E o seu, não diz não?
- Diz não, mãinha... Eu tenho de olhar nele pra saber...

O bahiano, deitadão na varanda :
- Ô mãinha , a gente temos aí pomada pra queimadura de taturana?
- Pur que, meu dengo? Uma taturana encostou em ti, foi ???
- Foi não, mas ela tá cada vez mais perto...


Três horas da tarde. Dois baianos encostados numa árvore à beira da estrada.
Passa um carro a grande velocidade e deixa voar uma nota de cem reais, mas o dinheiro vai cair do outro lado da estrada.
Passados cinco minutos, um fala para o outro:
- Rapaz, se o vento muda, a gente ganha o dia...
.........................................................
- Meu rei, veja aí pra mim... A braguilha da minha calça tá aberta?
- Olhe... Tá não...
- Então vou deixar pra mijar só amanhã...

Quatro baianos assaltam um banco e param o carro uns quilômetros à frente.
Um deles pergunta ao chefe da quadrilha:
- E aí, meu rei... Vamos contar o dinheiro?
- E pra que esse trabalhão? Vamos esperar o noticiário da TV...

Dois baianos estirados nas redes estendidas na sala:
- Óxente, será que tá chovendo?
- Sei não, meu rei...
- Vai lá fora e dá uma olhada. ..
- Vai você...
- Vou não, tô cansadão...
- Então, chame nosso cão...
- Oxente, chame você...
- Ô Fernando Afonso!
O cachorro entra na sala, pára e deita de costas para os dois.
- E então, meu rei, tá chovendo?
- Tá não... O cão tá sequinho.

Dois baianos, que eram primos, vão servir ao exército.
Chegando lá são entrevistados pelo sargento:
- Qual o seu nome? (pergunta ao primeiro)
- É Tonho, meu rei.
- Negativo. De agora em diante você será "Antônio". E o que você está fazendo aqui?
- Tô dando um tempo.
- Negativo. Você está servindo à Pátria.
- E o que é aquilo? (Pergunta apontando para a Bandeira do Brasil)
- É a bandeira.
- Negativo. De agora em diante ela é a sua Mãe.
Vira-se para o segundo e pergunta:
- Qual o seu nome?
- É Pedro.
- E o que você está fazendo aqui?
- Servindo à Pátria.
- E o que é aquilo (apontando para a bandeira)?
- É minha tia. Mãe de Tonho...

Fazendeiro instala televisores para tentar melhorar produção de leite


Um fazendeiro russo está testando uma fórmula um tanto quanto curiosa para conseguir que seu rebanho de vacas produza mais leite. Mandou instalar televisores de LED no curral. Assim, quando as vacas estiverem confinadas, comendo ração, elas terão à disposição agradáveis imagens dos Alpes suíços.

Um grupo de vacas será criado junto aos televisores. Outro, sem o mimo. De acordo com o site EnglishRussia, depois de um tempo o fazendeiro vai comparar a produtividade dos dois grupos. Será que as vacas entretidas produzirão mais leite? Talvez fosse melhor criá-las num pasto de verdade.
Fonte: Site Vírgula/UOL
Vejam bem a escolha das imagens. Ainda bem que não é o programa do Gugu, Faustão ou esse famigerado Big Brother. São agradáveis imagens dos alpes suícos.

sexta-feira, 26 de março de 2010

Você Sabe Porque Vemos a Lua Durante o Dia?


A Lua sempre pode ser vista de dia se estiver em posição favorável. Por volta do quarto crescente ela é vista na parte da tarde e no quartro minguante na parte da manhã.

O brilho da Lua é suficientemente forte para ultrapassar o brilho do azul do céu, basta que ela esteja alta no céu e longe das fases cheia (só é visível à noite) e nova (muito próxima do brilho do Sol).

Fonte: site Você Sabia

Kit Relaxamento



Às vezes o estresse aparece e deixa tudo mais difícil. A boa notícia é que dá para combatê-lo com a ajuda de aliados simples, que cabem dentro da bolsa. Monte já esse arsenal do bem e mande a tensão para bem longe

Por Patrícia Affonso - Revista Vida Natural


Mais que mil palavras

Muitas vezes, quando algo nos tira do eixo, tudo o que desejamos é ver um rosto amigo. Isso nos faz sentir que, apesar das dificuldades, não estamos sozinhos no mundo e, assim, o peso dos problemas pode ser dividido com alguém, tornando a vida mais leve.

Acontece que nem sempre estamos ao lado da pessoa a quem atribuímos o título de porto seguro. Cada um tem suas obrigações, horários, sem falar daqueles que moram longe. Por isso, é tão comum que as pessoas guardem na carteira fotos daqueles a quem querem bem. Pode ser um parente, amigo, namorado... E não é que a sensação de conforto vem rapidinho ao visualizamos aquele rosto tão querido?



Revista Vida Natural

quinta-feira, 25 de março de 2010

Manoel e Joaquim

Dois noruegueses chamados Manoel e Joaquim estavam a trabalhar para o Departamento de Urbanismo da Prefeitura.
Um escavava um buraco e o outro vinha atrás e voltava a encher o buraco. Trabalharam num lado e depois no outro lado da rua.
No fim, passaram à rua seguinte, sem nunca descansar. Um escavava um buraco e outro enchia o buraco outra vez.
Um espectador, divertido com a situação, mas não entendendo porque eles faziam isto, foi perguntar ao cavador:
- Estou impressionado com o esforço que os dois põem no trabalho, mas não compreendo porque é que um escava um buraco e, mal acaba, o parceiro vem atrás e volta a enchê-lo.
O cavador, limpando a testa, suspira:
- Bem, isto pode parecer estranho porque, normalmente, somos três homens na equipe; eu cavando, outro plantando as árvores e outro cobrindo o buraco, mas hoje o gajo que planta as árvores telefonou a dizer que está doente......

Enviado por Arlindo de Almeida Simões, Fortaleza/Ce

MULTA DE TRANSITO : essa você não sabia

MAIS UMA QUE NÃO SABÍAMOS

No caso de multa por infração leve ou média, se você não foi multado pelo mesmo motivo nos últimos 12 meses, não precisa pagar multa. É só ir ao DETRAN e pedir o formulário para converter a infração em advertência com base no Art. 267 do CTB. Levar Xerox da carteira de motorista e a notificação da multa.. Em 30 dias você recebe pelo correio a advertência por escrito. Perde os pontos, mas não paga nada.Código de Trânsito BrasileiroArt. 267 - Poderá ser imposta a penalidade de advertência por escrito à infração de natureza leve ou média, passível de ser punida com multa, não sendo reincidente o infrator, na mesma infração, nos últimos doze meses, quando a autoridade, considerando o prontuário do infrator, entender esta providência como mais educativa.
DIVULGUEM PARA O MAIOR NÚMERO DE PESSOAS POSSÍVEL. VAMOS ACABAR COM A INDÚSTRIA DA MULTA!!!

Enviado por Dr. Arlindo Simoes, Fortaleza;Ce

quarta-feira, 24 de março de 2010

AS VANTAGENS ADQUIRIDAS QUANDO SE CHEGA A UMA CERTA IDADE

Vejam essa contribuição que o Dr. Arlindo nos manda, de Fortaleza


1. OS SEQüESTRADORES NãO SE INTERESSAM MAIS POR VOCê.

2. De um grupo de reféns, provavelmente será um dos primeiros a
ser libertado.

3. As pessoas lhe telefonam às nove da manhã e perguntam: 'te
acordei?'
4. Ninguém mais o considera hipocondríaco.

5. As coisas que você comprar agora não chegarão a ficar velhas.

6. Você pode, numa boa, jantar às seis da tarde.

7. Você pode viver sem sexo, mas não sem os óculos.

8. Você curte ouvir histórias das cirurgias dos outros.
9. Você discute apaixonadamente sobre planos de aposentadoria.

10. Você dá uma festa e os vizinhos nem percebem.
11. Você deixa de pensar nos limites de velocidade como um desafio.

12. Você pára de tentar manter a barriga encolhida, não importa
quem entre na sala.
13. Você cantarola junto com a música do elevador.

14. A sua visão não vai piorar muito mais.

15. O seu investimento em planos de saúde finalmente começa a
valer a pena.

16. As suas articulações passam a ser mais confiáveis do que
serviço de meteorologia.
17. Seus segredos passam a estar bem guardados com seus amigos,porque
eles os esquecem.

18. 'Uma noite e tanto', significa que você não teve que se
levantar para fazer xixi.
19. Sua mulher diz 'vamos subir e fazer amor', e você
responde: 'escolha uma coisa ou outra, não vou conseguir fazer
as duas!'.

20. As rugas somem do seu rosto quando você está sem sutiã.

segunda-feira, 22 de março de 2010

PASSEIO SOCRÁTICO

Belo texto esse enviado por Carmen Holanda, nossa grande Presidente de Honra



Ao viajar pelo Oriente mantive contatos com monges do Tibete, da Mongólia, do Japão e da China. Eram homens serenos, comedidos, recolhidos e em paz nos seus mantos cor de açafrão.
Outro dia, eu observava o movimento do aeroporto de São Paulo: a sala de espera cheia de executivos com telefones celulares, preocupados, ansiosos, geralmente comendo mais do que deviam. Com certeza, já haviam tomado café da manhã em casa, mas como a companhia aérea oferecia um outro café, todos comiam vorazmente. Aquilo me fez refletir: 'Qual dos dois modelos produz felicidade?
Encontrei Daniela, 10 anos, no elevador, às nove da manhã, e perguntei: 'Não foi à aula?' Ela respondeu: 'Não, tenho aula à tarde'. Comemorei: 'Que bom, então de manhã você pode brincar, dormir até mais tarde'. 'Não', retrucou ela, 'tenho tanta coisa de manhã...'. 'Que tanta coisa?', perguntei. 'Aulas de inglês, de balé, de pintura, piscina', e começou a elencar seu programa de garota robotizada. Fiquei pensando: 'Que pena, a Daniela não disse: 'Tenho aula de meditação!'
Estamos construindo super-homens e super-mulheres, totalmente equipados, mas emocionalmente infantilizados.
Uma progressista cidade do interior de São Paulo tinha, em 1960, seis livrarias e uma academia de ginástica; hoje, tem sessenta academias de ginástica e três livrarias! Não tenho nada contra malhar o corpo, mas me preocupo com a desproporção em relação à malhação do espírito. Acho ótimo, vamos todos morrer esbeltos: 'Como estava o defunto?'. 'Olha, uma maravilha, não tinha uma celulite!' Mas como fica a questão da subjetividade? Da espiritualidade? Da ociosidade amorosa?
Hoje, a palavra é virtualidade. Tudo é virtual. Trancado em seu quarto, em Brasília, um homem pode ter uma amiga íntima em Tóquio, sem nenhuma preocupação de conhecer o seu vizinho de prédio ou de quadra!
Tudo é virtual. Somos místicos virtuais, religiosos virtuais, cidadãos virtuais. E somos também eticamente virtuais...
A palavra hoje é 'entretenimento'. Domingo, então, é o dia nacional da imbecilização coletiva. Imbecil o apresentador, imbecil quem vai lá e se apresenta no palco, imbecil quem perde a tarde diante da tela. Como a publicidade não consegue vender felicidade, passa a ilusão de que felicidade é o resultado da soma de prazeres: 'Se tomar este refrigerante, calçar este tênis, usar esta camisa, comprar este carro, você chega lá!' O problema é que, em geral, não se chega! Quem cede desenvolve de tal maneira o desejo, que acaba precisando de um analista. Ou de remédios. Quem resiste, aumenta a neurose.
O grande desafio é começar a ver o quanto é bom ser livre de todo esse condicionamento globalizante, neoliberal, consumista.
Assim, pode-se viver melhor. Aliás, para uma boa saúde mental, três requisitos são indispensáveis: amizades, auto-estima, ausência de estresse.
Há uma lógica religiosa no consumismo pós-moderno. Na Idade Média, as cidades adquiriam status construindo uma catedral; hoje, no Brasil, constrói-se um shopping center. É curioso: a maioria dos shoppings centers tem linhas arquitetônicas de catedrais estilizadas; neles não se pode ir de qualquer maneira, é preciso vestir roupa de missa de domingo.
E ali dentro sente-se uma sensação paradisíaca: não há mendigos, crianças de rua, sujeira pelas calçadas... Entra-se naqueles claustros ao som do gregoriano pós-moderno, aquela musiquinha de esperar dentista. Observam-se os vários nichos, todas aquelas capelas com os veneráveis objetos de consumo, acolitados por belas sacerdotisas. Quem pode comprar à vista, sente-se no reino dos céus. Se deve passar cheque pré-datado, pagar a crédito, entrar no cheque especial, sente-se no purgatório. Mas se não pode comprar, certamente vai se sentir no inferno... Felizmente, terminam todos na eucaristia pós-moderna, irmanados na mesma mesa, com o mesmo suco e o mesmo hambúrguer do Mc Donald's...
Costumo advertir os balconistas que me cercam à porta das lojas:
'Estou apenas fazendo um passeio socrático. Diante de seus olhares espantados, explico: 'Sócrates, filósofo grego, também gostava de descansar a cabeça percorrendo o centro comercial de Atenas. Quando vendedores como vocês o assediavam, ele respondia: "Estou apenas observando quanta coisa existe de que não preciso para ser feliz!"

NÃO COMPLIQUE A VIDA!!!!



Sherlock Holmes e Dr. Watson vão acampar.

Montam a barraca e, depois de uma boa refeição e uma garrafa de vinho, deitam-se para dormir.

Algumas horas depois, Holmes acorda e cutuca seu fiel amigo:


- Meu caro Watson, olhe para cima e diga-me o que vê.

Watson responde:

- Vejo milhares e milhares de estrelas..

Holmes então pergunta:

- E o que isso significa?

Watson pondera por um minuto, depois enumera:

1) Astronomicamente, significa que há milhares e milhares de galáxias e, potencialmente, bilhões de planetas.
2) Astrologicamente , observo que Saturno está em Leão e teremos um dia de sorte.
3) Temporalmente, deduzo que são aproximadamente 03h15min pela altura em que se encontra a Estrela Polar.
4) Teologicamente, posso ver que Deus é todo poderoso e somos pequenos e insignificantes.
5) Metereologicamente, suspeito que teremos um lindo dia pela manhã. - Correto?

Holmes fica um minuto em silêncio, então responde:

- Watson, seu imbecil! Significa apenas que alguém roubou nossa barraca!


Conclusão:
"A VIDA É SIMPLES. NÓS É QUE TEMOS A MANIA DE COMPLICAR... "

22 de março - Dia Mundial da Água


História do Dia Mundial da Água

O Dia Mundial da Água foi criado pela ONU (Organização das Nações Unidas) no dia 22 de março de 1992. O dia 22 de março, de cada ano, é destinado a discussão sobre os diversos temas relacionadas a este importante bem natural.

Mas porque a ONU se preocupou com a água se sabemos que dois terços do planeta Terra é formado por este precioso líquido? A razão é que pouca quantidade, cerca de 0,008 %, do total da água do nosso planeta é potável (própria para o consumo). E como sabemos, grande parte das fontes desta água (rios, lagos e represas) esta sendo contaminada, poluída e degradada pela ação predatória do homem. Esta situação é preocupante, pois poderá faltar, num futuro próximo, água para o consumo de grande parte da população mundial. Pensando nisso, foi instituído o Dia Mundial da Água, cujo objetivo principal é criar um momento de reflexão, análise, conscientização e elaboração de medidas práticas para resolver tal problema.

No dia 22 de março de 1992, a ONU também divulgou um importante documento: a “Declaração Universal dos Direitos da Água” (leia abaixo). Este texto apresenta uma série de medidas, sugestões e informações que servem para despertar a consciência ecológica da população e dos governantes para a questão da água.

Mas como devemos comemorar esta importante data? Não só neste dia, mas também nos outros 364 dias do ano, precisamos tomar atitudes em nosso dia-a-dia que colaborem para a preservação e economia deste bem natural. Sugestões não faltam: não jogar lixo nos rios e lagos; economizar água nas atividades cotidianas (banho, escovação de dentes, lavagem de louças etc); reutilizar a água em diversas situações; respeitar as regiões de mananciais e divulgar idéias ecológicas para amigos, parentes e outras pessoas.

Declaração Universal dos Direitos da Água

Art. 1º - A água faz parte do patrimônio do planeta.Cada continente, cada povo, cada nação, cada região, cada cidade, cada cidadão é plenamente responsável aos olhos de todos.

Art. 2º - A água é a seiva do nosso planeta.Ela é a condição essencial de vida de todo ser vegetal, animal ou humano. Sem ela não poderíamos conceber como são a atmosfera, o clima, a vegetação, a cultura ou a agricultura. O direito à água é um dos direitos fundamentais do ser humano: o direito à vida, tal qual é estipulado do Art. 3 º da Declaração dos Direitos do Homem.

Art. 3º - Os recursos naturais de transformação da água em água potável são lentos, frágeis e muito limitados. Assim sendo, a água deve ser manipulada com racionalidade, precaução e parcimônia.

Art. 4º - O equilíbrio e o futuro do nosso planeta dependem da preservação da água e de seus ciclos. Estes devem permanecer intactos e funcionando normalmente para garantir a continuidade da vida sobre a Terra. Este equilíbrio depende, em particular, da preservação dos mares e oceanos, por onde os ciclos começam.

Art. 5º - A água não é somente uma herança dos nossos predecessores; ela é, sobretudo, um empréstimo aos nossos sucessores. Sua proteção constitui uma necessidade vital, assim como uma obrigação moral do homem para com as gerações presentes e futuras.

Art. 6º - A água não é uma doação gratuita da natureza; ela tem um valor econômico: precisa-se saber que ela é, algumas vezes, rara e dispendiosa e que pode muito bem escassear em qualquer região do mundo.

Art. 7º - A água não deve ser desperdiçada, nem poluída, nem envenenada. De maneira geral, sua utilização deve ser feita com consciência e discernimento para que não se chegue a uma situação de esgotamento ou de deterioração da qualidade das reservas atualmente disponíveis.

Art. 8º - A utilização da água implica no respeito à lei. Sua proteção constitui uma obrigação jurídica para todo homem ou grupo social que a utiliza. Esta questão não deve ser ignorada nem pelo homem nem pelo Estado.

Art. 9º - A gestão da água impõe um equilíbrio entre os imperativos de sua proteção e as necessidades de ordem econômica, sanitária e social.

Art. 10º - O planejamento da gestão da água deve levar em conta a solidariedade e o consenso em razão de sua distribuição desigual sobre a Terra.

domingo, 21 de março de 2010

Cadeira elétrica

Dois homens condenados à cadeira elétrica foram levados para a mesma ante-sala no dia da execução.

O padre lhes deu a extrema-unção, o carcereiro fez o discurso formal e uma prece final foi rezada pelos participantes.

O carrasco, voltando-se ao primeiro homem, perguntou:

- Você tem um último pedido?

- Tenho. Como eu adoro forró, axé e arrocha, gostaria de ouvir os CDs do Calcinha Preta, Saia Rodada, Calypso, Mulheres Perdidas, Cavaleiros do Forró, Moleca 100 Vergonha, Banda Dejavú, Faraós, Aviões do Forró, e pela última vez antes de morrer, se for possível, os CDs do Robério e seus teclados, Frank Aguiar, Ivete e pra encerrar, o Belo.

- Ok, tudo bem. Seu pedido será realizado - respondeu o carrasco.


O carrasco virou para o segundo condenado e perguntou:

- E você, qual seu último pedido?

- Posso morrer primeiro?

VOCÊ ACHA QUE NÃO ENVELHECE?


Leiam esta que nos enviou nossa querida Presidente de Honra, Carmem Holanda


Muito engraçada. A gente só acha que os outros envelhecem.

Já aconteceu de você, ao olhar pessoas da sua idade e pensar: Não posso estar assim tão velho (a)?!!!
Veja o que conta uma amiga:

- Estava sentada na sala de espera para a minha primeira consulta com um novo dentista, quando observei que o seu diploma estava dependurado na parede.
Estava escrito o seu nome e, de repente, recordei de um moreno alto, que tinha esse mesmo nome.
Era da minha classe do colegial, uns 30 anos atrás, e eu me perguntava:
Poderia ser o mesmo rapaz por quem eu tinha me apaixonado à época?
Quando entrei na sala de atendimento imediatamente afastei esse pensamento do meu espírito.
Este homem grisalho, quase calvo, gordo, com um rosto marcado, profundamente enrugado, era demasiadamente velho pra ter sido o meu amor secreto.
Depois que ele examinou o meu dente, perguntei-lhe se ele estudou no Colégio Sacré Coeur.
- Sim, respondeu-me.
- Quando se formou? Perguntei.
- 1965 . Por que esta pergunta? Respondeu.
- É que... bem... você era da minha classe, eu exclamei.
E então, este velho horrível, cretino, careca, barrigudo, flácido, filho de uma p..., lazarento me perguntou:
- A Sra. era professora de quê ?


kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk... PODE??????????????????

Mais novidades sobre a poesia de Flávia Assaife



Leiam mensagem recebida de Flávia Assaife, do Rio de Janeiro


Amigos,


Novidades no blog: http://flviaflor.blogspot.com/

Acessem, leiam e deixem seus comentários. Sua visita é sempre uma grande alegria!

Entre Maio e Junho estarei lançando o 2º Livro: Sussurros da Alma, pela editora Multifoco, aqui no Brasil. Será na Lapa. Ficarei esperando por você.

Beijos

Flávia Assaife


- Olá Flávia,

Excelente o Blog: Suas poesias, pensamentos de autores consagrados, plasticamente muito bem construído e uma boa música de fundo.

A AFA lhe deseja todo o sucesso em sua carreira e também no lançamento de seu segundo livro.

Parabéns!

sábado, 20 de março de 2010

Equinócio - Hoje é dia dele


Iluminação da Terra pelo Sol no momento do equinócio


A palavra equinócio vem do Latim, aequus (igual) e nox (noite), e significa "noites iguais", ocasiões em que o dia e a noite duram o mesmo tempo. Ao medir a duração do dia, considera-se que o nascer do Sol (alvorada ou dilúculo) é o instante em que metade do círculo solar está acima do horizonte e o pôr do Sol (crepúsculo ou ocaso) o instante em que o círculo solar encontra-se metade abaixo do horizonte. Com esta definição, o dia e a noite durante os equinócios têm igualmente 12 horas de duração.

Os equinócios ocorrem nos meses de março e setembro e definem as mudanças de estação. No hemisfério norte a primavera inicia em março e o outono em setembro. No hemisfério sul é o contrário, a primavera inicia em setembro e o outono em março.

Fonte: Wikipedia

Mensagem do dia

“Quando todos pensam igual é porque ninguém está pensando.”

Walter Lippman (1889-1974), escritor, jornalista e comentarista estadunidense.

Tenha um bom dia!

Saudades...

Vejam que belo texto. Quem ler até o fim, vai se deliciar

Sou do tempo em que ainda se faziam visitas. Lembro– me de minha mãe
mandando a gente caprichar no banho porque a família toda iria visitar
algum conhecido. Íamos todos juntos, família grande, todo mundo a pé.
Geralmente, à noite.

Ninguém avisava nada, o costume era chegar de paraquedas mesmo. E os
donos da casa recebiam alegres a visita. Aos poucos, os moradores iam
se apresentando, um por um.

– Olha o compadre aqui, garoto! Cumprimenta a comadre.
E o garoto apertava a mão do meu pai, da minha mãe, a minha mão e a
mão dos meus irmãos. Aí chegava outro menino. Repetia – se toda a
diplomacia.
– Mas vamos nos assentar, gente. Que surpresa agradável!

A conversa rolava solta na sala. Meu pai conversando com o compadre e
minha mãe de papo com a comadre. Eu e meus irmãos ficávamos assentados
todos num mesmo sofá, entreolhando–nos e olhando a casa do tal
compadre. Retratos na parede, duas imagens de santos numa cantoneira,
flores na mesinha de centro... casa singela e acolhedora. A nossa
também era assim.

Também eram assim as visitas, singelas e acolhedoras. Tão acolhedoras
que era também costume servir um bom café aos visitantes. Como um anjo
benfazejo, surgia alguém lá da cozinha – geralmente uma das filhas – e
dizia:
– Gente, vem aqui pra dentro que o café está na mesa.

Tratava–se de uma metonímia gastronômica. O café era apenas uma parte:
pães, bolo, broas, queijo fresco, manteiga, biscoitos, leite... tudo
sobre a mesa.

Juntava todo mundo e as piadas pipocavam. As gargalhadas também. Pra
que televisão? Pra que rua? Pra que droga? A vida estava ali, no riso,
no café, na conversa, no abraço, na esperança...

. Era a vida respingando eternidade nos momentos que acabam.... era a vida
transbordando simplicidade, alegria e amizade...

Quando saíamos, os donos da casa ficavam à porta até que virássemos a
esquina. Ainda nos acenávamos. E voltávamos para casa, caminhada
muitas vezes longa, sem carro, mas com o coração aquecido pela ternura
e pela acolhida. Era assim também lá em casa. Recebíamos as visitas
com o coração em festa. A mesma alegria se repetia. Quando iam
embora, também ficávamos, a família toda, à porta. Olhávamos,
olhávamos... até que sumissem no horizonte da noite.

O tempo passou e me formei em solidão. Tive bons professores:
televisão, vídeo, DVD, e–mail... Cada um na sua e ninguém na de
ninguém. Não se recebe mais em casa. Agora a gente combina encontros
com os amigos fora de casa:
– Vamos marcar uma saída!...ninguém quer entrar mais.

Assim, as casas vão se transformando em túmulos sem epitáfios, que
escondem mortos anônimos e possibilidades enterradas.

Cemitério urbano, onde perambulam zumbis e fantasmas mais assustados que assustadores!

Casas trancadas.. Pra que abrir? O ladrão pode entrar e roubar a
lembrança do café, dos pães, do bolo, das broas, do queijo fresco, da
manteiga, dos biscoitos do leite, do Carinho, do Afeto...

Que saudade do compadre e da comadre!"


José Antônio Oliveira de Resende,
Professor de Prática de Ensino de Língua Portuguesa, do Departamento
de Letras, Artes e Cultura, da Universidade Federal de São João
Del-Rei)

Enviado por Maria Lúcia, Salvador/Ba

sexta-feira, 19 de março de 2010

Pontualidade

É a coincidência de duas pessoas chegarem com o mesmo atraso.

19 de Março - Dia de São José




O culto a São José começou provavelmente no Egito, passando mais tarde para o Ocidente, onde hoje alcança grande popularidade. Em 1870, o papa Pio IX o proclamou "O Patrono da Igreja Universal" e, a partir de então, passou a ser cultuado no dia 19 de março.
Em 1955 Pio XII fixou o dia 1º de maio para "São José Operário, o trabalhador".
Apesar de ter grande importância dentro da Igreja Católica, o nome de São José não é muito citado dentro das fontes bibliográficas da Igreja, sendo apenas mencionado nos Evangelhos de S. Lucas e S. Mateus.

Descendente de Davi, São José era carpinteiro na Galiléia e comprometido com Maria. Segundo a tradição popular, a mão de Maria era aspirada por muitos pretendentes, porém, foi a José que ela foi concedida.

Quando Maria recebeu a anunciação do anjo Gabriel de que daria à luz ao Menino Jesus, José ficou bastante confuso porque apesar de não ter tomado parte na gravidez, confiava na fidelidade dela. Resolveu, então, terminar o noivado e deixá-la secretamente, sem comentar nada com ninguém. Porém, em um sonho, um anjo lhe apareceu e contou que o Menino era Filho de Deus e que ele deveria manter o casamento.

José esteve ao lado de Maria em todos os momentos, principalmente na hora do parto, que aconteceu em um estábulo, em Belém.

Quando Jesus tinha dois anos, José foi novamente avisado por um anjo que deveria fugir de Belém para o Egito, porque todas as crianças do sexo masculino estavam sendo exterminadas, por ordem de Herodes.

José, Maria e Jesus fugiram para o Egito e permaneceram lá até que um anjo avisasse da morte de Herodes.

Temendo um sucessor do tirano, José levou a familia para Nazaré, uma cidade da Galiléia.

Outro momento da vida de Cristo em que José aparece na condição de Seu guardião foi na celebração da Páscoa Judaica, em Jerusalém, quando Jesus tina 12 anos.

Em companhia de muitos de seus vizinhos, José e Maria voltavam para a Galiléia com a certeza de que Jesus estava no meio do grupo.

Ao chegar a noite e não terem notícias de seu filho, regressaram para Jerusalém em uma busca que durou 3 dias.

Para a surpresa do casal, Jesus foi encontrado no templo em meio aos doutores da lei mais eruditos, explicando coisas que o deixavam admirados.

Apesar da grande importância de José na vida de Jesus Cristo não há referências da data de sua morte.

Acredita-se que José tenha morrido antes da crucificação de Cristo, quando este tinha 30 anos

Fonte: Site Cultural Brasil



Última esperança

De acordo com a crença popular, São José é o último santo na trilogia dos pedidos para um bom inverno. O início foi em 13 de dezembro, Dia de Santa Luzia, quando são colocadas 12 pedrinhas de sal, que são deixadas no "sereno". Se ficarem úmidas ou secas é sinal de chuva ou de tempo ruim. Outra data importante para o homem do campo, é 20 de janeiro, Dia de São Sebastião.

A crença ultrapassa gerações. Por isso, João Evonilson de Sousa também aposta nesta mudança do tempo, a partir de hoje. Só que não espera apenas pela natureza e realiza neste sábado, seminário com as organizações locais para discutir o problema da safra. Em janeiro, animados com as primeiras chuvas, os agricultores de Tauá plantaram, mas perderam. "Desde fevereiro que não chove", conta, afirmando que o município possui os seus profetas populares. São homens que, à luz da sabedoria popular e da própria experiência, tentam entender, através de sinais da natureza o que vai acontecer com o tempo. "Eles não estão muito esperançosos com o inverno deste ano".


Fonte: Diário do Nordeste, Fortaleza/Ce

A Flor da Honestidade


Conta-se que por volta do ano 250 a.c, na China antiga, um príncipe da região norte do país, estava às vésperas de ser coroado imperador, mas, de acordo com a lei, ele deveria se casar.
Sabendo disso, ele resolveu fazer uma "disputa" entre as moças da corte ou quem quer que se achasse digna de sua proposta.
No dia seguinte, o príncipe anunciou que receberia, numa celebração especial, todas as pretendentes e lançaria um desafio.
Uma velha senhora, serva do palácio há muitos anos, ouvindo os comentários sobre os preparativos, sentiu uma leve tristeza, pois sabia que sua jovem filha nutria um sentimento de profundo amor pelo príncipe.
Ao chegar em casa e relatar o fato à jovem, espantou-se ao saber que ela pretendia ir à celebração, e indagou incrédula :

- Minha filha, o que você fará lá? Estarão presentes todas as mais belas e ricas moças da corte.
Tire esta ideia insensata da cabeça, eu sei que você deve estar sofrendo, mas não torne o sofrimento uma loucura.
E a filha respondeu :
- Não, querida mãe, não estou sofrendo e muito menos louca, eu sei que jamais poderei ser a escolhida, mas é minha oportunidade de ficar pelo menos alguns momentos perto do príncipe, isto já me torna feliz.
À noite, a jovem chegou ao palácio.
Lá estavam, de fato, todas as mais belas moças, com as mais belas roupas, com as mais belas joias e com as mais determinadas intenções.
Então, finalmente, o príncipe anunciou o desafio :
- Darei a cada uma de vocês, uma semente.
Aquela que, dentro de seis meses, me trouxer a mais bela flor, será escolhida minha esposa e futura imperatriz da china.
A proposta do príncipe não fugiu às profundas tradições daquele povo, que valorizava muito a especialidade de "cultivar" algo, sejam costumes, amizades, Relacionamentos etc...
O tempo passou e a doce jovem, como não tinha muita habilidade nas artes da jardinagem, cuidava com muita paciência e ternura a sua semente, pois sabia que se a beleza da flores surgisse na mesma extensão de seu amor, ela não precisava se preocupar com o resultado.
Passaram-se três meses e nada surgiu.
A jovem tudo tentara, usara de todos os métodos que conhecia, mas nada havia nascido.
Dia após dia ela percebia cada vez mais longe o seu sonho, mas cada vez mais profundo o seu amor.
Por fim, os seis meses haviam passado e nada havia brotado.

Consciente do seu esforço e dedicação a moça comunicou a sua mãe que, independente das circunstâncias retornaria ao palácio, na data e hora combinadas, pois não pretendia nada além de mais alguns momentos na companhia do príncipe.
Na hora marcada estava lá, com seu vaso vazio, bem como todas as outras pretendentes, cada uma com uma flor mais bela do que a outra, das mais variadas formas e cores.
Ela estava admirada, nunca havia presenciado tão bela cena.
Finalmente chega o momento esperado e o príncipe observa cada uma das pretendentes com muito cuidado e atenção.
Após passar por todas, uma a uma, ele anuncia o resultado e indica a bela jovem como sua futura esposa.
As pessoas presentes tiveram as mais inesperadas reações.
Ninguém compreendeu porque ele havia escolhido justamente aquela que nada havia cultivado.
Então, calmamente o príncipe esclareceu :
- Esta foi a única que cultivou a flor que a tornou digna de se tornar uma imperatriz.

A flor da honestidade, pois todas as sementes que entreguei eram estéreis.A honestidade é como uma flor tecida em fios de luz, que ilumina quem a cultiva e espalha claridade ao redor.

Fonte: Site Bilibio

Por que os brasileiros contam piadas sobre português?

Segundo a folclorista Maria do Rosário Tavares de Lima, no mundo todo é comum o colonizador ser tratado pelo colonizado de forma jocosa. “É como se fosse uma pequena vingança psicológica contra aquele que o dominou”, justifica.
De acordo com ela, os australianos, colonizados por ingleses, também fazem piadas destes, assim como os canadenses fazem dos franceses. Trata-se de uma maneira de ridicularizar o repressor. “De maneira análoga, o colonizador também faz piadas a respeito dos colonizados”. Ela conta que ouviu muitas anedotas sobre brasileiros quando esteve em Portugal.

Fonte: Site Cultura Popular

quinta-feira, 18 de março de 2010

Definição de NETWORKING




NETWORKING
por: Max Gehringer

Existem cinco estágios em uma carreira profissional de sucesso:
O primeiro estágio é aquele em que o funcionário precisa usar crachá, porque
quase ninguém na empresa sabe o nome dele.
No segundo estágio, o funcionário começa a ficar conhecido dentro da empresa
e seu sobrenome passa a ser o nome do departamento em que trabalha.
Por exemplo, Eduardo de Contas a Pagar...
No terceiro estágio, o funcionário passa a ser conhecido fora da empresa e o
nome da empresa se transforma em sobrenome: Eduardo da Empresa Tal.
No quarto estágio, é acrescentado um título hierárquico ao nome dele:
Eduardo, Diretor da Empresa Tal.
Finalmente, no quinto estágio, vem a distinção definitiva. Pessoas que mal
conhecem o EDUARDO passam a se referir a ele como "o meu amigo DUDA",
Diretor da Empresa Tal'.
Esse é o momento em que uma pessoa se torna, mesmo contra sua vontade, um
"amigo profissional".
Existem algumas diferenças entre um amigo que é amigo e um amigo
profissional.
Amigos que são amigos trocam sentimentos. Amigos profissionais trocam
cartões de visita.
Uma amizade dura para sempre. Uma amizade profissional é uma relação de
curto prazo e dura apenas enquanto um estiver sendo útil ao outro.
Amigos de verdade perguntam se podem ajudar. Amigos profissionais solicitam
favores.
Amigos de verdade estão no coração. Amigos profissionais estão numa
planilha.
É bom ter uma porção de amigos profissionais. É isso que, hoje, chamamos
networking, um círculo de relacionamentos puramente profissional.
Mas é bom não confundir uma coisa com a outra. Amigos profissionais são
necessários.
Amigos de verdade, indispensáveis...
Algum dia - e esse dia chega rápido... - os únicos amigos com quem poderemos
contar serão aqueles poucos que fizemos, quando amizade era coisa de
amadores, e não de profissionais.

Mensagem enviada por Déa Azicoff, Rio de Janeiro.

Aniversário de Delane


Quem hoje aniversaria é Delane Meyre F. de Sousa. Por muitos anos trabalhou na Serval. Porém, com o nascimento de Célia Regina, uma criança muito fofinha, fruto de seu casamento com Aélio Jalles Monteiro (nosso Lelo), resolveu ficar em casa cuidando da filha e ao mesmo tempo assesorando o marido.

A AFA deseja à aniversariante muitas felicidades e muitos anos de vida

Nota elaborada por Carmen Holanda, nossa Presidente de Honra.

Terremoto


Terremoto ou sismo são tremores bruscos e passageiros que acontecem na superfície da Terra causados por choques subterrâneos de placas rochosas da crosta terrestre a 300m abaixo do solo. Outros motivos considerados são deslocamentos de gases (principalmente metano) e atividades vulcânicas. Existem dois tipos de sismos: Os de origem natural e os induzidos.

As maiorias dos sismos são de origem natural da Terra, chamados de sismos tectônicos. A força das placas tectônicas desliza sobre a astenosfera podendo afastar-se, colidir ou deslizar-se uma pela outra. Com essas forças as rochas vão se alterando até seu ponto de elasticidade, após isso as rochas começam a se romper e libera uma energia acumulada durante o processo de elasticidade. A energia é liberada através de ondas sísmicas pela superfície e interior da Terra.

Calcula-se que 10% ou menos da energia de um sismo se reproduz por ondas sísmicas. Existem também sismos induzidos, que são compatíveis à ação antrópica. Originam-se de explosões, extração de minérios, de água ou fósseis, ou até mesmo por queda de edifícios; mas apresentam magnitudes bastante inferiores dos terremotos tectônicos.

As conseqüências de um terremoto são:
• Vibração do solo,
• Abertura de falhas,
• Deslizamento de terra,
• Tsunamis,
• Mudanças na rotação da Terra.

Além de efeitos prejudiciais ao homem como ferimentos, morte, prejuízos financeiros e sociais, desabamento de construções etc. As regiões mais sujeitas a terremotos são regiões próximas às placas tectônicas como o oeste da América do Sul onde está localizada a placa de Nazca e a placa Sul-Americana; e nas regiões em que se forma novas placas como no oceano Pacífico onde se localiza o Cinturão de Fogo. O comprimento de uma falha causada por um terremoto pode variar de centímetros a milhões de quilômetros como, por exemplo, a falha de San Andreas na Califórnia, Estados Unidos.

Só nos Estados Unidos acontecem cerca de 13 mil terremotos por ano que variam de aproximadamente 18 grandes terremotos e um terremoto gigante sendo que os demais são leves ou até mesmo despercebidos.
A escala mais usada para medir a grandeza dos terremotos é a do sismólogo Charles Francis Richter. Sua escala varia de 0 a 9 graus e calcula a energia liberada pelos tremores. Outra escala muito usada é a Mercalli-Sieberg, que mede os terremotos pela extensão dos danos. Essa escala se divide em 12 categorias de acordo com sua intensidade.

Por Gabriela Cabral
Equipe Brasil Escola

Quintino Cunha

Desconcertando o adversário



Conta-se que, numa audiência em Fortaleza (CE), um professor de hipnose era acusado de furto.

A certa altura, disse este, em sua defesa:

– Se eu quisesse fugir, poderia fazer todos aqui dormirem!

O advogado Quintino Cunha, figura folclórica do Ceará, que acompanhava a audiência, interveio:

– Não é preciso, deixe isso a cargo de seu advogado!


--------------------------------------------------------------------------------
Noutra feita, corria uma audiência quando o causídico adversário disse:

– Doutor Quintino, eu estou montado na lei!

– Pois saiba que é muito perigoso montar num animal que não conhece bem.

(Adaptado do livro “Anedotas do Quintino”, de Plautus Cunha.

terça-feira, 16 de março de 2010

O IMPORTANTE É O FOCO

Um paciente vai num consultório e diz pro psiquiatra:
- Toda vez que estou na cama, acho que tem alguém embaixo. Aí eu
vou embaixo da cama e acho que tem alguém em cima. Pra baixo, pra
cima, pra baixo, pra cima. Estou ficando maluco!
- Deixe-me tratar de você durante dois anos. Venha três vezes por
semana, e eu curo este problema - diz o psiquiatra.
- E quanto o senhor cobra? - pergunta o paciente.
- R$ 120,00 por sessão - responde o psiquiatra.
- Bem, eu vou pensar - conclui o sujeito.
Passados seis meses, eles se encontram na rua.
- Por que você não me procurou mais? - pergunta o psiquiatra.
- A 120 paus a consulta, três vezes por semana, dois anos = R$
37.440,00, ia ficar caro demais, ai um sujeito num bar me curou por
10 reais.
- Ah é? Como? - pergunta o psiquiatra.
O sujeito responde:
- Por R$ 10,00 ele cortou os pés da cama...


Muitas vezes o problema é sério, mas a solução pode ser muito
simples...
HÁ GRANDE DIFERENÇA ENTRE FOCO NO PROBLEMA
E FOCO NA SOLUÇÃO...

Foque uma solução ao invés de ficar pensando no problema!


Enviado por Airton Momteiro, Fortaleza/Ce

Encontro das Águas

Quintino Cunha*

Vê bem, Maria aqui se cruzam: este
É o Rio Negro, aquele é o Solimões.
Vê bem como este contra aquele investe,
como as saudades com as recordações.


Vê como se separam duas águas,
Que se querem reunir, mas visualmente;
É um coração que quer reunir as mágoas
De um passado, às venturas de um presente.


É um simulacro só, que as águas donas
D'esta região não seguem o curso adverso,
Todas convergem para o Amazonas,
O real rei dos rios do Universo;


Para o velho Amazonas, Soberano
Que, no solo brasílio, tem o Paço;
Para o Amazonas, que nasceu humano,
Porque afinal é filho de um abraço!

Olha esta água, que é negra como tinta.
Posta nas mãos, é alva que faz gosto;
Dá por visto o nanquim com que se pinta,
Nos olhos, a paisagem de um desgosto.

Aquela outra parece amarelaça,
Muito, no entanto é também limpa, engana:
É direito a virtude quando passa
Pela flexível porta da choupana.

Que profundeza extraordinária, imensa,
Que profundeza, mais que desconforme!
Este navio é uma estrela, suspensa
Neste céu d'água, brutalmente enorme.

Se estes dois rios fôssemos, Maria,
Todas as vezes que nos encontramos,
Que Amazonas de amor não sairia
De mim, de ti, de nós que nos amamos!...



*Quintino Cunha - Poeta cearense e advogado, personagem do folclore do Ceará do início do século passado.

Enviado por Airton Monteiro, Fortaleza/Ce

Só de passagem ...



Conta-se que no século passado, um turista americano foi à cidade
do Cairo no Egito, com o objetivo de visitar um famoso sábio.
O turista ficou surpreso ao ver que o sábio morava num quartinho
muito simples e cheio de livros.
As únicas peças de mobília eram uma cama, uma mesa e um banco.
- Onde estão seus móveis? Perguntou o turista.
E o sábio, bem depressa olhou ao seu redor e perguntou também:
- E onde estão os seus...?
- Os meus?! Surpreendeu-se o turista.
- Mas estou aqui só de passagem!
- Eu também... - concluiu o sábio.

"A vida na Terra é somente uma passagem... No entanto, alguns vivem
como se fossem ficar aqui eternamente, e se esquecem de ser
felizes."

Enviado por Arlindo de Almeida Simões, Fortaleza/Ce

Neila faz aniversário


Neila Maria Ximenes Almeida é casada com Augusto César (Guto), "o caixa forte de nossa Associação". O casal tem filhos: Aroldo Neto e João Pedro. Neila é uma pessoa muito carismática, que está sempre disponível quando solicitada. É Gerente de uma das Agências do Banco Itaú.

A AFA deseja à aniversariante muitas felicidades e muitos anos de vida.
Nota enviada por Carmen Holanda, nossa Presidente de Honra.

segunda-feira, 15 de março de 2010

As Peneiras da Sabedoria

Meia-noite em ponto!
Mais uma jornada na construção do Templo terminara.
Cansado por mais um dia, Mestre Hiram recostou-se sob o frescor do Ébano para o tão merecido descanso. Eis que, subindo em sua direção, aproxima-se seu Mestre Construtor predileto, que lhe diz:
– Mestre Hiram... Vou lhe contar o que disseram do segundo Mestre Construtor...
Hiram com sua infinita sabedoria responde:
– Calma, meu Mestre predileto...
Antes de me contares algo que possa ter relevância, já fizeste passar a informação pelas "Três Peneiras da Sabedoria?".
– Peneiras da Sabedoria??? Não me foram mostradas, respondeu o predileto!
– Sim... Meu Mestre! Só não te ensinei, porque não era chegado o momento; porém, escuta-me com atenção: tudo quanto te disserem de outrem, passe antes pelas peneiras da sabedoria e na primeira, que é a da VERDADE, eu te pergunto:
– Tens certeza de que o que te contaram é realmente a verdade?
Meio sem jeito o Mestre respondeu:
– Bom, não tenho certeza realmente, só sei que me contaram...
Hiram continua:
– Então, se não tens certeza, a informação vazou pelos furos da primeira peneira e repousa na segunda, que é a peneira da BONDADE. E eu te pergunto:
– É alguma coisa que gostarias que dissessem de ti?
– De maneira alguma Mestre Hiram... Claro que não!
– Então a tua estória acaba de passar pelos furos da segunda peneira e caiu nas cruzetas da terceira e última; e te faço a derradeira pergunta:
– Achas mesmo necessário passar adiante essa estória sobre teu Irmão e Companheiro?
– Realmente Mestre Hiram, pensando com a luz da razão, não há necessidade...
– Então ela acaba de vazar os furos da terceira peneira, perdendo-se na imensa terra. Não sobrou nada para contar.
– Entendi poderoso Mestre Hiram. Doravante somente e boas palavras terão caminho em minha boca.
– És agora um Mestre completo. Volta a teu povo e constrói teus Templos, pois terminaste teu aprendizado.

Porém, lembra-te sempre:

As abelhas, construtoras do Grande Arquiteto do Universo, nas imundícies dos charcos, buscam apenas flores para suas laboriosas obras, enquanto as nojentas moscas, buscam em corpos sadios as chagas e feridas para se manterem vivas...!

Diane faz aniversário

Na foto, Diane e Arnaldo em um dos eventos da AFA.
A aniversariante de hoje é a simpaticíssima Diane Fernandes de Almeida, que é casada com Arnaldo Felipe. Diane é natural de Quixeramobim/Ce, terra onde também nasceuo beato Antônio Conselheiro, esse importante personagem da do início do período republicano, que na Bahia protagonizou um dos episódios mais marcantes da história do País . No final do século XIX Conselheiro se estabeleceu numa fazenda abandonada às margens do rio Vaza-Barris, numa afastada região do norte da Bahia, conhecida como Canudos. Essa lembrança de Conselheiro se deve ao apego de Diane à sua cidade natal que ela constuma visitar sempre que o trabalho na Sociedade de Assistência aos Cegos permite.
A AFA deseja à aniversariante muitas felicidades, muita saúde e muitos anos de vida.

domingo, 14 de março de 2010

Esses advogados...


Advogado Morrendo
O advogado, no leito da morte, pede uma Bíblia e começa a lê-la avidamente. Todos se surpreendem com a conversão daquele homem ateu, e uma pessoa pergunta o motivo. O advogado doente responde:
- Estou procurando alguma brecha na lei.

Na Bebida
Dois advogados saem do escritório cansados... Com a gravata semi-aberta, o cigarro no canto da boca depois de um dia estafante de trabalho, um vira para o outro e pergunta:
- Vamos tomar alguma coisa?
O outro arregala os olhos empolgado e responde:
- Vamos!!! De quem????

Fazendo Perguntas
O sujeito chega para um amigo, advogado e diz:
- Quanto você cobra para me responder duas perguntas?
- Quinhentos reais! Qual é a segunda?

Pai e filho
Dois advogados, pai e filho, conversam:
- Papai! Estou desesperado. Não sei o que fazer. Perdi aquela causa!
- Meu filho, não se preocupe. Advogado não perde causa. Quem perde é o cliente!

Advogados Juntos
Dois advogados, sócios em um escritório, saem juntos e vão almoçar. Já no meio da refeição um vira para o outro e reclama:
- Puxa vida, esquecemos de trancar o escritório!
E o outro responde:
- Não se preocupe, estamos os dois aqui.

Na faculdade
Aluno de Direito ao fazer prova oral:
- O que é uma fraude?
- É o que o senhor, professor, está fazendo - responde o aluno.
O professor fica indignado:
- Ora essa, explique-se.
Então diz o aluno:
- Segundo o Código Penal, "comete fraude todo aquele que se aproveita da ignorância do outro para o prejudicar".

Advogados no ar
O avião estava com problemas nos motores e o piloto pediu às comissárias de bordo para prepararem os passageiros para uma aterrissagem forçada.
Depois, ele chama uma atendente para saber se tudo está bem na cabine e ela responde:
- Todos estão preparados, com cinto de segurança e na posição adequada, menos um advogado, que está entregando o seu cartão aos passageiros!

Pessoas diferentes
Certo dia estavam dois homens caminhando por um cemitério quando se depararam com uma sepultura recente.Na lápide lia-se: "Aqui jaz um homem honesto e advogado competente".
Ao terminar a leitura um virou-se para o outro e disse:
- Desde quando estão enterrando duas pessoas na mesma cova?

Diferenças
Sabe qual a diferença entre Juizes de primeira Instância e os de Segunda?
Os primeiros pensam que são Deus...
Os outros já têm certeza!!!

Atropelamento
Dois trabalhadores estavam caminhando pelo acostamento da Via Dutra, voltando de uma Indústria onde haviam trabalhado duro o dia inteiro, quando um Advogado, que vinha a toda velocidade no seu carro importado, atropela os dois.
Um deles atravessou o pára-brisa e caiu dentro do carro do advogado, enquanto o outro voou bem longe, a uns dez metros do local do atropelamento.
Três meses depois, eles saíram do Hospital e, para surpresa geral, foram direto para a cadeia... Um, por "invasão de domicílio" e o outro por "se evadir do local do acidente".
Enviado por Arlindo de Almeida Simões, Fortaleza/Ce

Uso de salto alto aumenta os riscos de hérnia de disco, alerta especialista




Em nome da vaidade, muitas mulheres não abrem mão do salto alto, e acabam pagando um alto preço por isso. A postura exigida para "manter-se no salto" pode levar a problemas na coluna como a hérnia de disco, segundo o fisioterapeuta Helder Montenegro, do Instituto do Tratamento da Coluna Vertebral. Dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) mostram que a hérnia de disco atinge cerca de 5,4 milhões de pessoas no Brasil.

O especialista destaca que o uso do salto alto exige mudanças posturais ao pisar. Os pés ficam em posição de flexão plantar (ponta do pé), e, com a mudança do eixo de gravidade mais anteriorizado, a base de apoio diminui na região do calcanhar, centralizando a sustentação do peso na região dos dedos dos pés. "O salto alto é um veneno para a coluna feminina, pois provoca mudanças na angulação do cérvix do fêmur, que tende a pressionar a cartilagem do acetábulo e, com o tempo, desgastá-la causando deformidades, descontrole postural e mudanças na marcha", explica o fisioterapeuta.

Fonte: Site Boa Saúde

O TESTAMENTO DO JEGUE

Miguezim de Princesa

I
De tanta decepção,
Surgiu no meu pensamento
A idéia de que virei,
Do dia pra noite, um jumento
E, na virada do ano,
Botei em prática este plano
De escrever meu testamento.
II
Nas costas de um jumento,
Jesus Cristo foi levado
Por São José e Maria
Quando era procurado:
Num momento muito tenso,
Rei Herodes fez o censo
E o queria capturado.
III
Porque fugiu com Jesus,
O jegue é bicho sagrado,
Mas o progresso chegou,
Infame e descontrolado:
Trouxe a moto pro sertão
E o jumento, nosso irmão,
Vive hoje abandonado.
IV
Foi expulso do roçado
E cumpre uma sina pesada:
Sem abrigo e sem ração,
A vagar pela estrada,
Herdeiro da escravidão,
Sentindo a ingratidão
Dos que não lhe pagam nada.
V
Diz a lenda que o jumento
Carrega nas costas uma cruz,
Deixada por um pipi
Do menininho Jesus,
E é um sinal do novo,
Da caminhada do povo
Em busca de uma nova luz.
VI
Pois, em nome do jumento,
Deixo ao povo esse sinal:
Quem trabalha a vida toda,
Na labuta desigual,
Tenha comida na mesa
E viva com a certeza
De nunca mais passar mal.
VII
Que toda a força do jegue
Se transfira pro mais fraco,
Que vive de espinha quebrada
Se afundando no buraco
E se enche de gratidão
Quando ganha uma refeição
E uma telha pro barraco.
VIII
Deixo o rabo do jumento
Para toda hipocrisia,
As mentiras deslavadas
Que ouço no dia a dia,
Quando a vida só piora
E a promessa de melhora
Vem de esmola numa bacia.
IX
Deixo o coice com as duas patas
Para toda exploração
De quem paga cesta básica
E tem lucro de R$ 1 bilhão,
Camuflando o capital
No paraíso fiscal
Do verdadeiro ladrão.
X
E por fim eu vou deixar,
Enterrada na areia,
A parte mais delicada,
Que o povo chama de peia,
Para açoitar por detrás
O político ladravaz
Que põe dinheiro na meia.

sexta-feira, 12 de março de 2010

Aniversariantes do dia - Isabelle e Sâmia

Isabelle Laporte Monteiro, enfermeira formada pela Unifor, exerce com dedicação e zelo a profissão que escolheu Casada há 11 anos com Carlos Augusto de cujo matrimônio nasceu Isadora. Atualmente desenvolve seu trabalho no Hospital Cura Daris, desempenhando suas atividades com os bêbes recém nascidos.

Sâmia Nogueira Brilhante, casada com André Jalles Monteiro, o casal tem 2 filhos: Artur já cognominado de "mascote" e Ana Júlia. Sâmia é Bioquímica, formada pela Universidade Federal do Ceará. Sâmia se apaixonou pela vida universitária, hoje além de trabalhar nos laboratórios da UFC também exerce suas atividades lecionando nos cursos da área da saúde, de odontologia e outros.

A AFA deseja a todas um FELIZ ANIVERSÁRIO.

texto - Carmen Monteiro

SEU LUNGA


Quem é a figura : foi ourives em Juazeiro do Norte, Ceará, vendedor de sucatas, pai de 13 filhos, quase analfabeto. Candidatou-se uma vez a vereador e perdeu.
Ganhou fama pela língua solta e afiada.

"Seu" Lunga descansava na rede. Manda o sobrinho trazer-lhe um pouco de leite. O garoto pergunta :
- No copo ? Ele responde :
- Não. Bota no chão vem empurrando com o rodo, f.... de uma p... !!!


O funcionário do banco veio avisar : - "Seu" Lunga, a promissória venceu.
- Meu filho, pra mim podia ter perdido ou empatado. Não torço por nenhuma promissória.

"Seu Lunga", no elevador (no subsolo-garagem). Alguém pergunta :
- Sobe ?
Ele: - Não, esse elevador anda de lado.


"Seu" Lunga vai saindo da farmácia, quando alguém pergunta :
- Tá doente ?
- Quer dizer que se eu fosse saindo do cemitério, eu tava morto ?

"Seu" Lunga dava uma tremenda surra no filho e o menino gritava :
- Tá bom, pai ! Tá bom, pai ! Tá bom, pai !
- Tá bom ? Quando tiver ruim, você me avisa, que eu paro.

O amigo de "seu" Lunga o cumprimenta :
- Olá, tá sumido ! Por onde tem andado ?
- Pelo chão, não aprendi a voar ainda...

Na década de 70, "seu" Lunga chega num bar e fala pro atendente :
- Traz uma cerveja e bota o disco de Luiz Gonzaga pra eu ouvir!
- Desculpe, "seu" Lunga, não posso botar música hoje...
- Mas por que ?
- Meu avô morreu !
- E ele levou os discos, foi ?

Durante a madrugada, a mulher do "seu" Lunga passa mal :
- Lunga ! Ta me dando uma coisa...
- Receba !
- Mas é uma coisa ruim !
- Então devolva !

"Seu" Lunga entrando em uma agropecuária.
-Tem veneno pra rato ?
-Tem ! Vai levar ? - pergunta o balconista.
-Não, vou trazer os ratos pra comer aqui ! - responde seu Lunga.

O telefone toca. "Seu" Lunga : - Alô !
- Bom dia ! Mas quem está falando ?
- Você !


Enviado Por Airton Moneiro, Fortaleza/e

Amor sem Ilusões

(Autor desconhecido)

Conta-se que um jovem caminhava pelas montanhas nevadas da velha Índia, absorvido em profundos questionamentos sobre o amor, sem poder solucionar suas ansiedades.
Ao longo do caminho, à sua frente, percebeu que vinha em sua direção um velho sábio. E porque se demorasse em seus pensamentos sem encontrar uma resposta que lhe aquietasse a alma, resolveu pedir ao sábio que o ajudasse.
Aproximou-se e falou com verdadeiro interesse: - Senhor, desejo encontrar minha amada e construir com ela uma família com bases no verdadeiro amor. - Todavia, sempre que me vem à mente uma jovem bela e graciosa e eu a olho com atenção, em meus pensamentos ela vai se transformando rapidamente.- Seus cabelos tornam-se alvos como a neve, sua pele rósea e firme fica pálida e se enche de profundos vincos. - Seu olhar vivaz perde o brilho e parece perder-se no infinito. Sua forma física se modifica acentuadamente e eu me apavoro.
- Desejo saber, meu sábio, como é que o amor poderá ser eterno, como falam os poetas?
Nesse mesmo instante aproxima-se de ambos uma jovem envolta em luto, trazendo no rosto expressões de profunda dor. Dirige-se ao sábio e lhe fala com voz embargada: - Acabo de enterrar o corpo de meu pai que morreu antes de completar 50 anos. - Sofro porque nunca poderei ver sua cabeça branca aureolada de conhecimentos. Seu rosto marcado pelas rugas da experiência, nem seu olhar amadurecido pelas lições da vida. - Sofro porque não poderei mais ouvir suas histórias sábias nem contemplar seu sorriso de ternura. - Não verei suas mãos enrugadas tomando as minhas com profundo afeto.
Nesse momento o sábio dirigiu-se ao jovem e lhe falou com serenidade: - Você percebe agora as nuanças do amor sem ilusões, meu jovem? - O amor verdadeiro é eterno porque não se apega ao corpo físico, mas se afeiçoa ao ser imortal que o habita temporariamente. - É nesses sentimentos sem ilusões nem fantasias que reside o verdadeiro e eterno amor. A lição do velho sábio é de grande valia para todos nós que buscamos as belezas da forma física sem observar as grandezas da alma imortal. O sentimento que valoriza somente as aparências exteriores não é amor, é paixão ilusória. O amor verdadeiro observa, além da roupagem física que se desgasta e morre, a alma que se aperfeiçoa e a deixa quando chega a hora, para prosseguir vivendo e amando, tanto quanto o permita o seu coração imortal. Pense nisso!

As flores, por mais belas que sejam, um dia murcham e morrem... Mas o seu perfume permanece no ar e no olfato daqueles que o souberam guardar em frascos adequados. O corpo humano, por mais belo e cheio de vida que seja, um dia envelhece e morre. Mas as virtudes do espírito que dele se liberta continuam vivas nos sentimentos daqueles que as souberam apreciar e preservar, no frasco do coração

quinta-feira, 11 de março de 2010

A Fábula do Rato


Um rato, olhando pelo buraco na parede, vê o fazendeiro e sua esposa abrindo um pacote. Pensou logo no tipo de comida que haveria ali.

Ao descobrir que era uma ratoeira ficou aterrorizado.

Correu ao pátio da fazenda advertindo a todos:

- Há uma ratoeira na casa, uma ratoeira na casa !!

A galinha disse:

- Desculpe-me Sr. Rato, eu entendo que isso seja um grande problema para o senhor, mas não me prejudica em nada, não me incomoda.

O rato foi até o porco e disse:

- Há uma ratoeira na casa, uma ratoeira !

- Desculpe-me Sr. Rato, disse o porco, mas não há nada que eu possa fazer, a não ser orar. Fique tranqüilo que o Sr. Será lembrado nas minhas orações.

O rato dirigiu-se à vaca. E ela lhe disse:

- O que ? Uma ratoeira ? Por acaso estou em perigo? Acho que não !

Então o rato voltou para casa abatido, para encarar a ratoeira. Naquela noite ouviu-se um barulho, como o da ratoeira pegando sua vítima.

A mulher do fazendeiro correu para ver o que havia pego.

No escuro, ela não viu que a ratoeira havia pego a cauda de uma cobra venenosa. E a cobra picou a mulher… O fazendeiro a levou imediatamente ao hospital. Ela voltou com febre.

Todo mundo sabe que para alimentar alguém com febre, nada melhor que uma canja de galinha. O fazendeiro pegou seu cutelo e foi providenciar o ingrediente principal.

Como a doença da mulher continuava, os amigos e vizinhos vieram visitá-la.

Para alimentá-los, o fazendeiro matou o porco.

A mulher não melhorou e acabou morrendo.

Muita gente veio para o funeral. O fazendeiro então sacrificou a vaca, para alimentar todo aquele povo.

“Na próxima vez que você ouvir dizer que alguém está diante de um problema e acreditar que o problema não lhe diz respeito, lembre-se que quando há uma ratoeira na casa, toda fazenda corre risco. O problema de um é problema de todos.”

Cuidados com a exposição ao sol




A pele é o órgão responsável pela cobertura do organismo e sua proteção. Dividido em camadas, compreende a derme e a epiderme. A derme é a camada externa da pele composta por colágeno, elastina, proteínas e outros que dão sustentação à epiderme. Essa é a camada mais profunda da pele composta por queratina, melanócitos e células imunitárias.

Por ser o maior órgão do organismo e o responsável pela sua proteção, a pele requer muitos cuidados. A pele quando não cuidada pode apresentar vários problemas como:

Ressecamento: provocado pela falta de alimentação natural, que proporciona hidratação à mesma, e ainda a não utilização de hidratantes de pele de origem cosmética ou farmacêutica.

Queimadura: provocada pela exposição exagerada ao sol ou ainda por acidentes com substâncias quentes e outras.

Alterações de coloração: provocada por bronzeamento ou por aparecimento de manchas brancas, ásperas e arredondadas que descamam irregularmente.

Por ser o maior órgão, a pele deve ser bem cuidada para que ela proteja bem o organismo contra agentes externos. A utilização de hidratantes bem como a ingestão de alimentos benéficos à pele auxilia na manutenção da elasticidade e maciez da pele. Os protetores e bloqueadores solar devem ser utilizados diariamente mesmo em dias de pouco sol, já que a claridade e algumas classes de lâmpadas irradiam sobre a pele podendo provocar o envelhecimento precoce da mesma. É importante que a pele seja protegida contra os raios nocivos do sol (UVA e UVB) para prevenir o câncer de pele e queimaduras.

Se existe o desejo de bronzear sugere-se que ainda sim utilize protetores contra os raios ultravioletas, pois assim poderá ativar a produção da melanina sem prejudicar tanto a pele.


Por Gabriela Cabral
Equipe Brasil Escola