segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Cordel que deixou Rede Globo e Pedro Bial indignados

(Antonio Barreto)


Curtir o Pedro Bial
E sentir tanta alegria
É sinal de que você
O mau-gosto aprecia
Dá valor ao que é banal
É preguiçoso mental
E adora baixaria.

Há muito tempo não vejo
Um programa tão 'fuleiro'
Produzido pela Globo
Visando Ibope e dinheiro
Que além de alienar
Vai por certo atrofiar
A mente do brasileiro.

Me refiro ao brasileiro
Que está em formação
E precisa evoluir
Através da Educação
Mas se torna um refém
Iletrado, 'zé-ninguém'
Um escravo da ilusão.

Em frente à televisão
Longe da realidade
Onde a bobagem fervilha
Não sabendo essa gente
Desprovida e inocente
Desta enorme 'armadilha'.

Cuidado, Pedro Bial
Chega de esculhambação
Respeite o trabalhador
Dessa sofrida Nação
Deixe de chamar de heróis
Essas girls e esses boys
Que têm cara de bundão.

O seu pai e a sua mãe,
Querido Pedro Bial,
São verdadeiros heróis
E merecem nosso aval
Pois tiveram que lutar
Pra manter e te educar
Com esforço especial.

Muitos já se sentem mal
Com seu discurso vazio.
Pessoas inteligentes
Se enchem de calafrio
Porque quando você fala
A sua palavra é bala
A ferir o nosso brio.

Um país como Brasil
Carente de educação
Precisa de gente grande
Para dar boa lição
Mas você na rede Globo
Faz esse papel de bobo
Enganando a Nação.

Respeite, Pedro Bienal
Nosso povo brasileiro
Que acorda de madrugada
E trabalha o dia inteiro
Dá muito duro, anda rouco
Paga impostos, ganha pouco:
Povo HERÓI, povo guerreiro.

Enquanto a sociedade
Neste momento atual
Se preocupa com a crise
Econômica e social

Você precisa entender
Que queremos aprender
Algo sério - não banal.

Esse programa da Globo
Vem nos mostrar sem engano
Que tudo que ali ocorre
Parece um zoológico humano
Onde impera a esperteza
A malandragem, a baixeza:
Um cenário sub-humano.

A moral e a inteligência
Não são mais valorizadas.
Os "heróis" protagonizam
Um mundo de palhaçadas
Sem critério e sem ética
Em que vaidade e estética
São muito mais que louvadas.

Não se vê força poética
Nem projeto educativo.
Um mar de vulgaridade
Já tornou-se imperativo.
O que se vê realmente
É um programa deprimente
Sem nenhum objetivo.

Talvez haja objetivo
"professor", Pedro Bial
O que vocês tão querendo
É injetar o banal
Deseducando o Brasil
Nesse Big Brother vil
De lavagem cerebral.

Isso é um desserviço
Mal exemplo à juventude
Que precisa de esperança
Educação e atitude
Porém a mediocridade
Unida à banalidade
Faz com que ninguém estude.

É grande o constrangimento
De pessoas confinadas
Num espaço luxuoso
Curtindo todas baladas:
Corpos "belos" na piscina
A gastar adrenalina:
Nesse mar de palhaçadas.

Se a intenção da Globo
É de nos "emburrecer"
Deixando o povo demente
Refém do seu poder:
Pois saiba que a exceção
(Amantes da educação)
Vai contestar a valer.

A você, Pedro Bial
Um mercador da ilusão
Junto a poderosa Globo
Que conduz nossa Nação
Eu lhe peço esse favor:
Reflita no seu labor
E escute seu coração.

E vocês caros irmãos
Que estão nessa cegueira
Não façam mais ligações
Apoiando essa besteira.
Não deem sua grana à Globo
Isso é papel de bobo:
Fujam dessa baboseira.

E quando chegar ao fim
Desse Big Brother vil
Que em nada contribui
Para o povo varonil
Ninguém vai sentir saudade:
Quem lucra é a sociedade
Do nosso querido Brasil.

E saiba, caro leitor
Que nós somos os culpados

Porque sai do nosso bolso
Esses milhões desejados
Que são ligações diárias
Bastante desnecessárias
Pra esses desocupados.

A loja do BBB
Vendendo só porcaria
Enganando muita gente
Que logo se contagia
Com tanta futilidade
Um mar de vulgaridade
Que nunca terá valia.

Chega de vulgaridade
E apelo sexual.
Não somos só futebol,
baixaria e carnaval.
Queremos Educação
E também evolução
No mundo espiritual.

Cadê a cidadania
Dos nossos educadores
Dos alunos, dos políticos
Poetas, trabalhadores?
Seremos sempre enganados
e vamos ficar calados
diante de enganadores?

Barreto termina assim
Alertando ao Bial:
Reveja logo esse equívoco
Reaja à força do mal.
Eleve o seu coração
Tomando uma decisão
Ou então: siga, animal.

FIM

Antonio Barreto


Cordel que deixou Rede Globo e Pedro Bial indignados
Antonio Barreto nasceu nas caatingas do sertão baiano, Santa Bárbara/Bahia-Brasil.Professor, poeta e cordelista. Amante da cultura popular, dos livros, da natureza, da poesia e das pessoas que vieram ao Planeta Azul para evoluir espiritualmente.Graduado em Letras Vernáculas e pós-graduado em Psicopedagogia e Literatura Brasileira.



Seu terceiro livro de poemas, Flores de Umburana, foi publicado em dezembro de 2006 pelo Selo Letras da Bahia.Vários trabalhos em jornais, revistas e antologias, tendo publicado aproximadamente 100 folhetos de cordel abordando temas ligados à Educação, problemas sociais, futebol, humor e pesquisa, além de vários títulos ainda inéditos.

Antonio Barreto também compõe músicas na temática regional: toadas, xotes e baiões.


BIG BROTHER BRASIL UM PROGRAMA IMBECIL.

Autor: Antonio Barreto, Cordelista natural de Santa Bárbara-BA, residente em Salvador.

Dona de casa – a Supermulher moderna


Também conhecida como “Dona do Lar” ou apenas “Do Lar” essa supermulher é capaz de enfrentar com garra a “luta” diária, manter em ordem a estrutura e funcionamento da casa onde vive com sua família, seu marido e seus filhos…. Estar sempre atualizada, em tudo o que diz respeito às suas funções, acessando a internet e a TV, lendo livros e revistas, participando de cursos…


Mesmo com o auxilio de uma empregada doméstica ou de uma diarista, é a Dona de Casa quem administra as “contas a pagar”… Cuida da saúde, nutrição, alimentação dos seus familiares, marido, filhos… Leva-os ao médico, dentista… Mantém lavada e passada, as roupas pessoais de cada um da família, das roupas de cama, mesa e banho… Cuida da higiene e limpeza das dependências da casa… Providencia a compra dos alimentos e do material de higiene e limpeza… Cuida das plantas do jardim, dos vasos, da horta, do cachorro, do passarinho… Providencia o material escolar dos filhos quando são pequenos e acompanha-os nas tarefas escolares e extra-escolares… Nunca esquece de planejar e executar a organização das festas da família, aniversários, Páscoa, Natal…. Faz as compras de presentes e lembranças…etc, etc, etc…. Apesar de tudo isso essa supermulher ouve continuamente das pessoas “queridas” marido, filhos… e das “amigas”… que elas são “dondocas“ e que “não fazem nada”.

Fonte:www.mh.etc.br

domingo, 30 de outubro de 2011

O teu riso

Tira-me o pão, se quiseres,
tira-me o ar, mas não
me tires o teu riso.

Não me tires a rosa,
a lança que desfolhas,
a água que de súbito
brota da tua alegria,
a repentina onda
de prata que em ti nasce.

A minha luta é dura e regresso
com os olhos cansados
às vezes por ver
que a terra não muda,
mas ao entrar teu riso
sobe ao céu a procurar-me
e abre-me todas
as portas da vida.

Meu amor, nos momentos
mais escuros solta
o teu riso e se de súbito
vires que o meu sangue mancha
as pedras da rua,
ri, porque o teu riso
será para as minhas mãos
como uma espada fresca.

À beira do mar, no outono,
teu riso deve erguer
sua cascata de espuma,
e na primavera , amor,
quero teu riso como
a flor que esperava,
a flor azul, a rosa
da minha pátria sonora.

Ri-te da noite,
do dia, da lua,
ri-te das ruas
tortas da ilha,
ri-te deste grosseiro
rapaz que te ama,
mas quando abro
os olhos e os fecho,
quando meus passos vão,
quando voltam meus passos,
nega-me o pão, o ar,
a luz, a primavera,
mas nunca o teu riso,
porque então morreria.

Pablo Neruda

sábado, 29 de outubro de 2011

Onde estamos?

Esse desafio já foi feito no primeiro Blog da AFA. Mas não custa nada repeti-lo, pelo menos serve para testar a memória de vocês.

Respondam no espaço "comentários" onde o casal se encontra quando foi tirada essa foto.

Dica: estou autografando-a por US$ 100. kkkkkkkkkkkk


sexta-feira, 28 de outubro de 2011

QUEM VAI PAGAR O PATO?

Havia dois irmãos que visitavam seus avós no sítio, nas férias.

Felipe, o menino, ganhou um estilingue para brincar no mato. Praticava sempre, mas nunca conseguia acertar o alvo.

Certa tarde viu o pato de estimação da vovó... Em um impulso atirou e acabou acertando o pato na cabeça e o matou. Ele ficou chocado e triste!

Entrou em pânico e escondeu o pato morto no meio da madeira!

Beatriz, a sua irmã viu tudo mas não disse nada aos avós.

Após o almoço no dia seguinte, a avó disse: "Beatriz, vamos lavar a louça"

Mas ela disse: " Vovó, o Filipe me disse que queria ajudar na cozinha".

E olhando para ele sussurrou: "Lembra do pato?"

Então o Felipe lavou os pratos.

Mais tarde o vovô perguntou se as crianças queriam pescar e a vovó disse:

"Desculpe, mas eu preciso que a Beatriz me ajude a fazer o jantar."

Beatriz apenas sorriu e disse, "Está bem, mas o Filipe me disse que queria ajudar hoje", e sussurrou novamente para ele,
"Lembra do pato?"

Então a Beatriz foi pescar e Filipe ficou para ajudar.

Após vários dias o Filipe sempre ficava fazendo o trabalho da Beatriz até que ele, finalmente não agüentando mais, confessou para a avó que tinha matado o pato.

A vovó o abraçou e disse: "Querido, eu sei... eu estava na janela e vi tudo, mas porque eu te amo, eu te perdoei.

Eu só estava me perguntando quanto tempo você iria deixar a Beatriz fazer você de "escravo"!
Seja o que for, você precisa saber que Deus estava na janela e viu tudo como aconteceu.

Ele conhece toda a sua vida ... Ele quer que você saiba que Ele te ama e que você já está perdoado.

Ele está apenas querendo saber quanto tempo você vai deixar o inimigo fazer de você um escravo.

Deus só está esperando você pedir perdão, Ele não só perdoa, mas Ele se esquece.

É pela graça e misericórdia de Deus que somos salvos. Vá em frente e faça a diferença na vida de alguém.

Lembre-se sempre: Deus está na janela e sabe de tudo!

"A vontade de Deus nunca irá levá-lo aonde a Graça de Deus não irá protegê-lo."


Enviado por Arlindo Almeida/Fortaleza

quinta-feira, 27 de outubro de 2011

Dicas para o uso do Celular no trabalho

por Rosana Fá

Segue uma "corrente" de conscientização, podem repassar!

De acordo com dados da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações), o número de acessos de telefonia móvel já ultrapassa os 183 milhões no Brasil. Isso significa que a cada 100 habitantes, 95,26 têm um número de celular. E como se não bastasse a quantidade, a variedade de tecnologia embutida nos aparelhos permite que as pessoas fiquem conectadas praticamente 24 horas por dia.Essa percepção, contudo, pode dificultar a vida de um profissional dentro do ambiente de trabalho. Não é raro encontrar colaboradores que estão com o aparelho aos ouvidos o tempo todo. Para quem pensa que o assunto é ultrapassado, é melhor rever seu comportamento.Para a consultora em Recursos Humanos do Grupo Soma Desenvolvimento Corporativo, Jane Souza, as regras para uso do celular dentro do ambiente de trabalho nunca deixaram de existir. Mas, agora, elas devem ser retomadas com mais vigor. “O celular é uma ferramenta para facilitar a comunicação, mas não deve ser vista como primordial. Ele não deve ser o dominante”, alerta.Para ela, a utilização de quaisquer tecnologias dentro do ambiente de trabalho requer bom senso do profissional, acima de qualquer coisa. A especialista em comportamento e moda no trabalho Rosana Fá pensa de forma semelhante. Para ela, tanto em ambientes corporativos, como em qualquer outro local, seja aberto ou fechado, o bom senso é o que deve predominar. A questão, diz a especialista, chega a ultrapassar as barreiras da etiqueta. “É uma questão de educação”, afirma.

Produtividade e a política da boa vizinhança

No trabalho, não é só a questão da educação que pesa na hora de utilizar o aparelho. Neste caso, a questão também é prática. “No ambiente de trabalho, o uso excessivo do celular pode atrapalhar o rendimento e interferir na produtividade do profissional”, lembra Jane. E mesmo que ele não atenda o aparelho, assim que ele “toca”, a concentração já foi embora. Dependendo da área de atuação, essa distração pode gerar até acidentes.Além da distração, Rosana também enxerga outros problemas na má utilização do celular, como o fato de atrapalhar o trabalho do colega ao lado. Para ela, antes de pendurar o aparelho nos ouvidos, é melhor olhar para o lado e tentar fazer uma espécie de política da boa vizinhança. “Nesses momentos, o certo é a pessoa se colocar no lugar do outro e tentar não invadir espaços”, afirma Rosana. “É desagradável quando somos praticamente obrigados a ouvir a conversa dos outros”, diz.

O que fazer?

Como saber qual é o limite? É evidente que desligar o aparelho simplesmente não é a solução ideal. “Passamos o dia inteiro no trabalho, claro que as situações pessoais invadem o ambiente profissional”, lembra Rosana. “Além disso, para muita gente, o celular é uma ferramenta importante de trabalho”, completa. A especialista não vê problemas em ter o aparelho e utilizá-lo no trabalho. A questão está no excesso.“Falar em regras é complicado, porque temos de levar em consideração o ambiente de trabalho desse profissional, a área na qual ele atua e a política da empresa”, lembra Jane. A consultora explica que, em ambientes mais flexíveis, o uso do celular com mais frequência não é visto com tanto rigor. Já em ambientes mais rígidos, o comportamento é outro.Por isso, o ideal é que o profissional observe o ambiente de trabalho. Nesses casos, para quem entrou recentemente na empresa, a situação fica mais complicada. “Quando a empresa é bem estruturada, ela já orienta os profissionais sobre pontos específicos. O que não pode é cobrar desse profissional algo que não foi passado a ele”, reforça a consultora.Com ou sem orientação, a primeira regra é ter bom senso. Evitar toques altos ou colocar o aparelho no vibra-call vêm em seguida. “Dependendo do assunto, dá para ficar no ambiente de trabalho, mas falar em voz baixa, para não invadir o espaço do colega é o ideal”, lembra Rosana. “Se for urgência ou algum segredo, que todo mundo tem, é melhor se retirar”, diz.Para Jane, porém, até o modo silencioso prejudica. “Tem gente que fica ansiosa para atender ou resolver o assunto, isso prejudica a concentração no trabalho”, reforça. “E se isso acontece o tempo todo, é pior ainda. Tudo o que está fora da medida não é bom”. Com relação às saídas, a consultora concorda que muitas vezes elas são necessárias. Porém, essas saídas devem ser controladas. “O problema é quantas vezes você levanta da mesa para resolver esses problemas”.A consultora aconselha ainda que atender uma chamada de emergência no trabalho é comum e normal. “Mas amigos, parentes e assuntos do dia a dia podem esperar”, afirma Jane. A especialista em etiqueta alerta, contudo, que, se a situação demanda tempo do profissional atendendo o celular, o melhor caminho é avisar o líder. “Falar é tornar a relação mais transparente”, diz.“Se é uma questão pontual, é bom sinalizar ao gestor o que está acontecendo. Dessa forma, ele tem a oportunidade de compreender melhor o comportamento do profissional”, completa Jane.

Celular tocou na reunião. E agora?

Em reuniões ou em algum atendimento a clientes, a regra é clara: o celular deve ficar desligado ou no silencioso. Tocou? Não atenda! “Já é extremamente deselegante tocar nessas situações. Atender, é pior”, acredita a consultora. Jane aconselha que, se tiver de atender algum cliente, ou antes, de entrar em alguma reunião, o profissional deve se organizar para deixar as pessoas informadas, pegar os recados e retornar quando possível.E se for um assunto importante ou mesmo relacionado ao trabalho? “Se esse profissional espera uma ligação importante e sabe que terá de atender, ele deve avisar os participantes da reunião dessa necessidade antes que ela aconteça. Se o telefone tocar, é só sair, sem atrapalhar o andamento da conversa”, reforça Rosana.

Uma questão de imagem

Ficar o dia todo com o celular a tira-colo pode não passar uma boa imagem do profissional. “Se forem assuntos pessoais, certamente a imagem será negativa”, reforça Rosana. Para não passar por situações constrangedoras no trabalho devido ao aparelho, fique atento às dicas já passadas pelas especialistas:

·
Primeiro passo é ter bom senso;
· Veja se a empresa não tem regras sobre o uso do celular;
· Deixe o aparelho no silencioso ou no vibra-call;·
Tente conter a ansiedade em responder ao SMS ou à ligação. Você não pode ser escravo do celular!;
· Lembre-se: amigos, namorados(as) podem esperar;
· Em situações de emergência, dependendo do assunto, saia do ambiente de trabalho;·
Se tiver de atender, fale baixo;
· Se passar por situações que demandem muito tempo ao celular, fale com seu líder;·

Lembre-se de que você não trabalha sozinho e que o fato de você atender a ligação pode atrapalhar seu colega.

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

A Química do Amor


Você já ouviu esta frase: Rolou uma química entre nós! Será que existe mesmo uma explicação científica para o amor?

O sentimento não afeta só o nosso ego de forma figurada, mas está presente de forma mais concreta, produz reações visíveis em nosso corpo inteiro. Se não fosse assim como explicar as mãos suando, coração acelerado, respiração pesada, olhar perdido (tipo "peixe morto"), o ficar rubro quando se está perto do ser amado?

Afinal, o amor tem algo a ver com a Química? Na verdade O AMOR É QUÍMICA! Todos os sintomas relatados acima têm uma explicação científica: são causados por um fluxo de substâncias químicas fabricadas no corpo da pessoa apaixonada. Entre essas substâncias estão: adrenalina, noradrenalina, feniletilamina, dopamina, oxitocina, a serotonina e as endorfinas. Viu como são necessários vários hormônios para sentir aquela sensação maravilhosa quando se está amando?

A dopamina produz a sensação de felicidade, a adrenalina causa a aceleração do coração e a excitação. A noradrenalina é o hormônio responsável pelo desejo sexual entre um casal, nesse estágio é que se diz que existe uma verdadeira química, pois os corpos se misturam como elementos em uma reação química.

Mas acontece que essa sensação pode não durar muito tempo, neste ponto os casais têm a impressão que o amor esfriou. Com o passar do tempo o organismo vai se acostumando e adquirindo resistência, passa a necessitar de doses cada vez maiores de substâncias químicas para provocar as mesmas sensações do início. É aí que entra os hormônios ocitocina e vasopressina, são eles os responsáveis pela atração que evolui para uma relação calma, duradoura e segura, afinal, o amor é eterno!

Por Líria Alves
Graduada em Química
Equipe Brasil Escola
Fonte: www.brasilescola.com

terça-feira, 25 de outubro de 2011

As Armadilhas da Língua Portuguesa

Esta postagem confirma uma regra básica na comunicação. Nem sempre uma palavra a mais esclarece mais. No mais das vezes, só confunde.

Tautologia é o termo usado para definir um dos vícios de linguagem. Consiste na repetição de uma idéia, de maneira viciada, com palavras diferentes, mas com o mesmo sentido. O exemplo clássico é o famoso 'subir para cima' ou o 'descer para baixo'. Mas há outros, como você pode ver na lista a seguir:

- elo de ligação
- acabamento final
- certeza absoluta
- quantia exata
- nos dias 8, 9 e 10, inclusive
- juntamente com
- expressamente proibido
- em duas metades iguais
- sintomas indicativos
- há anos atrás
- vereador da cidade
- outra alternativa
- detalhes minuciosos
- a razão é porque
- anexo junto à carta
- de sua livre escolha
- superávit positivo
- todos foram unânimes
- conviver junto
- fato real
- encarar de frente
- multidão de pessoas
- amanhecer o dia
- criação nova
- retornar de novo
- empréstimo temporário
- surpresa inesperada
- escolha opcional
- planejar antecipadamente
- abertura inaugural
- continua a permanecer
- a última versão definitiva
- possivelmente poderá ocorrer
- comparecer em pessoa
- gritar bem alto
- propriedade característica
- demasiadamente excessivo
- a seu critério pessoal
- exceder em muito .

Note que todas essas repetições são dispensáveis. Por exemplo, 'surpresa inesperada'. Existe alguma surpresa esperada? Claro que não.

Enviado por Flávio Almeida Franco, Fortaleza/Ce

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

Você sabe do Celso ?...

(VERÍDICO E EXCELENTE!)

- Bom dia, é da recepção?

- Sim.

- Eu gostaria de falar com alguém que me desse informações sobre um paciente. Queria saber se certa pessoa está melhor ou piorou...
- Qual e o nome do paciente?
- Chama-se Celso e está no quarto 302.
- Um momentinho, vou transferir a ligação para o setor de enfermagem.....
- Bom dia, sou a enfermeira Lourdes... O que deseja?
- Gostaria de saber as condições clínicas do paciente Celso do quarto 302, por favor!
- Um minuto, vou localizar o médico de plantão....

- Aqui é o Dr. Carlos plantonista.

Em que posso ajudar?
- Olá, doutor. Precisaria que alguém me informasse sobre a saúde do Celso que está internado há três semanas no quarto 302.
- Ok, meu senhor, vou consultar o prontuário do paciente... Um instante só!.... Hummm! Aqui está... Ele se alimentou bem hoje, a pressão arterial e pulso estão estáveis, responde bem à medicação prescrita e vai ser retirado do monitor cardíaco até amanhã. Continuando bem, o médico responsável assinará alta em três dias.
- Ahhhh, Graças a Deus! São notícias maravilhosas! Que alegria!
- Pelo seu entusiasmo, deve ser alguém muito próximo dele, certamente da família!?
- Não, sou o próprio Celso telefonando aqui do 302! É que todo mundo entra e sai deste quarto e ninguém me diz nada. Eu só queria saber como estou...


Enviado por Arlindo Almeida/Fortaleza

domingo, 23 de outubro de 2011

A LENDA DO "VAGA-LUME"

Conta a lenda que uma vez uma serpente começou a perseguir um vaga-lume.
Este fugia rápido da feroz predadora, e a serpente não desistia.
Primeiro dia , ela o seguia. Segundo dia ,ela o seguia...
No terceirodia, já sem forças, o vaga-lume parou e falou á serpente :
-Posso te fazer tres perguntas?
-Não estou acostumada a dar este precedente a ninguém porém como vou te devorar, podes perguntar.
Contestou a serpente!!
-Pertenço a tua cadeia alimentícia ? Perguntou o Vaga lume.
-Não, respondeu a serpente.
-Eu te fiz algum mal ? Diz o vaga-lume.
-Não. Tornou a responder a serpente.
-Então por que queres acabar comigo ???
-Porque não suporto ver-te brilhar.

Conclusões: Muitas vezes nos envolvemos em situações nas quais nos perguntamos:Por que isso me acontece se não fiz nada de mal , nem causei dano a ninguém? Certamente a resposta seria : Porque não suportam ver-te brilhar... !
Quando isso acontecer, não deixe diminuir seu brilho.Continue sendo você mesmo,! Segue fazendo o melhor!Não permita que te lastimem, nem que te retardem.Segue brilhando e não poderão tocar-te... Porque tua luz continuará intacta.Tua essência permanecerá, aconteça o que acontecer... Seja sempre autêntico, embora tua luz incomode os predadores.!!

Enviado por Arlindo Almeida/Fortaleza

sábado, 22 de outubro de 2011

Camões num vestibular da Universidade da Bahia

Camões e a falta de sexo.


foi apresentado aos alunos, o seguinte

trecho de um poema de Camões, para ser

interpretado:

"Amor é fogo que arde sem se ver,

é ferida que dói e não se sente,

é um contentamento descontente,

dor que desatina sem doer."

Uma das candidatas, de apenas 16 anos, deu a sua interpretação:

"Ah! Camões, se vivesses hoje em dia, tomavas uns

antipiréticos, uns quantos analgésicos e Prozac para

depressão. Compravas um computador, consultavas a internet

e descobririas que essas dores que sentias, esses calores que te

abrasavam, essas mudanças de humor repentinas, esses

desatinos sem nexo, não eram feridas de amor, mas somente

falta de sexo!"


Tirou dez. A banca deve ter constatado que, depois de
passados mais de 500 anos, só agora, alguém desconfiou

Amor é um Fogo que Arde sem se Ver

Amor é um fogo que arde sem se ver;
É ferida que dói, e não se sente;
É um contentamento descontente;
É dor que desatina sem doer.

É um não querer mais que bem querer;
É um andar solitário entre a gente;
É nunca contentar-se e contente;
É um cuidar que ganha em se perder;

É querer estar preso por vontade;
É servir a quem vence, o vencedor;
É ter com quem nos mata, lealdade.

Mas como causar pode seu favor
Nos corações humanos amizade,
Se tão contrário a si é o mesmo Amor?

Luís Vaz de Camões, in "Sonetos"

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Um sonho realizado






SEM VOCÊ SOU INCOMPLETA

“Um dos ingredientes, mais importantes de uma vida feliz e equilibrada é a auto-estima, é você gostar de si mesmo, se amar, se respeitar.”
Augusto Curry”

Meu bem:
Ao realizar seu sonho, você provou que se ama e que é capaz de presentear-se, fazendo aquilo que gosta.
Cada vez o admiro mais. A sua coragem, o seu modo de ser, a responsabilidade como age como cristão, esposo, pai, sogro, avô, irmão, ministeriado e amigo, são comentados por muita ‘gente boa “...
Já que a riqueza do AMOR vale mais que o amor à riqueza, somos BILIONÁRIOS.
Beijos.
Carmen

Foi assim que coloquei no Cartaz de “Boas-Vindas” que preparei para meu marido.

Aproveitando um cruzeiro marítimo, programado por meu cunhado Aldésio
para espairecer a viuvez dolorida de quase um ano, no dia 31 de agosto de 2011, os irmãos Aldemir, Aurenice e Aurenívia, formaram um quarteto consangüíneo, rumo ao continente europeu.
Por motivo de saúde, não os acompanhei, mas assessorada por nossos filhos, genros, noras , netos e a prima Socorrinha, ficamos torcendo para que tudo saísse a contento.
De Lisboa rumaram para Paris, em um outro avião, onde permaneceram por três dias. Ficaram deslumbrados com a beleza da capital francesa.
No dia 5 de setembro se dirigiram para Veneza onde embarcaram no Grandioso navio “MAS MÚSICA” com destino a Atenas e as ilhas gregas.
Visitaram Venesa, Dubronik, Bari, Carfu, Mykonos, Katalon, Athen, Mykonos e Santorini.
Regressam dia 13 de Setembro, foram recebidos com faixas, cartazes e muito carinho por parte de todos..

Enviado por Carmen Holanda/Fortaleza

quinta-feira, 20 de outubro de 2011

Crônica do Amor


Ninguém ama outra pessoa pelas qualidades que ela tem, caso contrário os honestos, simpáticos e não fumantes teriam uma fila de pretendentes batendo a porta.

O amor não é chegado a fazer contas, não obedece à razão. O verdadeiro amor acontece por empatia, por magnetismo, por conjunção estelar.

Ninguém ama outra pessoa porque ela é educada, veste-se bem e é fã do Caetano. Isso são só referenciais.

Ama-se pelo cheiro, pelo mistério, pela paz que o outro lhe dá, ou pelo tormento que provoca.

Ama-se pelo tom de voz, pela maneira que os olhos piscam, pela fragilidade que se revela quando menos se espera.

Você ama aquela petulante. Você escreveu dúzias de cartas que ela não respondeu, você deu flores que ela deixou a seco.

Você gosta de rock e ela de chorinho, você gosta de praia e ela tem alergia a sol, você abomina Natal e ela detesta o Ano Novo, nem no
ódio vocês combinam. Então?

Então, que ela tem um jeito de sorrir que o deixa imobilizado, o beijo dela é mais viciante do que LSD, você adora brigar com ela e ela adora implicar com você. Isso tem nome.

Você ama aquele cafajeste. Ele diz que vai e não liga, ele veste o primeiro trapo que encontra no armário. Ele não emplaca uma semana nos empregos, está sempre duro, e é meio galinha. Ele não tem a
menor vocação para príncipe encantado e ainda assim você não consegue despachá-lo.

Quando a mão dele toca na sua nuca, você derrete feito manteiga. Ele toca gaita na boca, adora animais e escreve poemas. Por que você ama
este cara?

Não pergunte pra mim; você é inteligente. Lê livros, revistas, jornais. Gosta dos filmes dos irmãos Coen e do Robert Altman, mas sabe que uma boa comédia romântica também tem seu valor.

É bonita. Seu cabelo nasceu para ser sacudido num comercial de xampu e seu corpo tem todas as curvas no lugar. Independente, emprego fixo, bom saldo no banco. Gosta de viajar, de música, tem loucura
por computador e seu fettucine ao pesto é imbatível.

Você tem bom humor, não pega no pé de ninguém e adora sexo. Com um currículo desse, criatura, por que está sem um amor?

Ah, o amor, essa raposa. Quem dera o amor não fosse um sentimento, mas uma equação matemática: eu linda + você inteligente = dois apaixonados.

Não funciona assim.

Amar não requer conhecimento prévio nem consulta ao SPC. Ama-se justamente pelo que o Amor tem de indefinível.

Honestos existem aos milhares, generosos têm às pencas, bons motoristas e bons pais de família, tá assim, ó!

Mas ninguém consegue ser do jeito que o amor da sua vida é! Pense nisso. Pedir é a maneira mais eficaz de merecer. É a contingência maior de quem precisa.

Arnaldo Jabor

Fonte:http://pensador.uol.com.br

quarta-feira, 19 de outubro de 2011

UMA LINDA MONTAGEM

Familiares e Leitores, compartilho com vocês essa linda montagem de Elvis com Martina Macbride, um presente que me foi enviado pelo nosso Primo Arlindo.

terça-feira, 18 de outubro de 2011

DIA DO MÉDICO


Aquí nosso Querido Primo Arlindo representando todos os Médicos da Família, aos quais a AFA Parabeniza e deseja que Deus continue sempre Iluminando suas mentes, corações, e guiando suas mãos para prosseguirem seus caminhos, trazendo vidas ao mundo, Oferecendo qualidade de vida, e Salvando Vidas.
A palavra VIDA oculpa todos os espaços quando vocês Médicos estão exercendo seu Ofício.



Poema Por Regina Azenha

Vestes brancas que lembram a pureza dos lírios,
semblante calmo…olhar sereno
mãos ágeis como as de um guerreiro a lutar…

tantas vidas ves nascer,através de tuas mãos
tantas outras, ves sucumbir na morte,
mas não desistes,continuas na lida constante,
fazes da tua profissão, a própria Vida…tua própria sorte.

Às vezes és o pai,outras o irmão, e sempre o ombro amigo,
pois não te preocupas só em cuidar da matéria,
em certos momentos tens que cuidar do espírito
dos que tem a alma doente, e vêem em ti a salvação

Não és alguém comum,
pois Deus com certeza te elegeu,
para exerceres este dom sublime,
tão divino e que é todo teu

Não és simplesmente um Homem
és médico…
és um desses anjos, que vem lá do céu…


Fonte:http://cinezencultural.com.br

segunda-feira, 17 de outubro de 2011

Um Conselho

TODO DIA PRATIQUE ESVAZIAR SUA MENTE DE TODAS AS ATITUDES QUE NÃO SÃO SADIAS.

Retirado do Livro: Pense Positivo todos os Dias de Norman Vincent Peale

domingo, 16 de outubro de 2011

DIFERENÇA ENTRE ENGENHOSIDADE E INTELIGÊNCIA.

1 - A NASA: Quando, antes dos anos 60, a NASA iniciou o envio de astronautas para o espaço, advertiram que as suas canetas não funcionariam à gravidade zero, dado que a tinta não desceria à superfície onde se desejaria escrever.

Ao fim de 6 anos de testes e investigações, que exigiu um gasto de 12 milhões de dólares, conseguiram desenvolver uma esferográfica que funcionava em gravidade zero, debaixo de água, sobre qualquer superfície incluindo vidro e num leque de temperaturas que iam desde abaixo de zero até 300 graus centígrados.

Os Russos, pelo seu lado, ao depararem com o mesmo problema, descartaram as canetas e, simplesmente deram lápis às suas tripulações para que pudessem escrever sem problemas.

2 - O EMPACOTADOR DE SABONETES:

Em 1970, um cidadão japonês enviou uma carta a uma fábrica de sabonetes de Tókio, reclamando ter adquirido uma caixa de sabonetes que, ao abri-la, estava vazia. A reclamação colocou em marcha todo um programa de gestão administrativa e operacional; os engenheiros da fábrica receberam instruções para desenhar um sistema que impedisse que este problema voltasse a repetir-se. Depois de muita discussão, os engenheiros chegaram ao acordo de que o problema tinha sido desencadeado na cadeia de empacotamento dos sabonetes, onde uma caixinha em movimento não foi cheia com o sabonete respectivo.

Por indicação dos engenheiros desenhou-se e instalou-se uma sofisticada máquina de raios "X" com monitores de alta resolução, operada por dois trabalhadores encarregados de vigiar todas as caixas de sabonete que saíam da linha de empacotamento para que, dessa maneira se assegurasse de que nenhuma ficaria vazia. O custo dessa máquina superou os 250,000 dólares.

Quando a máquina de raios "X" começou a falhar ao fim de cinco meses de ser operada pelos três turnos da empresa, um trabalhador da área de empacotamento pediu emprestado um potente ventilador (ventoinha) de 50 dólares e apenas o apontou na direção da parte final da passadeira transportadora. À medida que as caixinhas avançavam nessa direção, as que estavam vazias simplesmente saíam voando da linha de empacotamento, por estarem mais leves.

3 - O HOTELEIRO de NY:

O gerente geral de uma cadeia hoteleira americana viajou pela segunda vez para Seul no lapso de um ano; ao chegar ao hotel onde devia hospedar-se foi recebido calorosamente com um "Bienvenido nuevamente señor, que bueno es verlo una vez más en nuestro hotel". Duvidando de que o recepcionista tivesse tão boa memória e surpreendido pela recepção, propôs-se que - no seu retorno a New York- imporia igual sistema de tratamento ao cliente na cadeia hoteleira que administrava.
No seu regresso convocou e reuniu todos os seus gerentes pedindo-lhes para desenvolver uma estratégia para tal pretensão. Os gerentes decidiram implementar um software de reconhecimento de rostos, base de dados atualizada dia a dia, câmaras especiais, com um tempo de resposta em micro segundos, assim como a pertinente formação dos empregados, etc., cujo custo aproximado seria de 2.5 milhões de dólares.

O gerente geral descartou a idéia devido aos elevados custos. Meses depois, na sua terceira viagem a Seul, tendo sido recebido da mesma maneira, ofereceu uma boa gratificação ao recepcionista para que lhe revelasse como o faziam.

O recepcionista disse-lhe então: “Repare senhor, aqui temos um acordo com os taxistas do aeroporto; durante o trajeto eles perguntam ao passageiro se já antes se hospedou neste hotel, e, se a resposta é afirmativa, eles, à chegada ao Hotel, depositam as malas do hóspede do lado direito do balcão de atendimento. Se o cliente chega pela primeira vez, as suas malas são colocadas do lado esquerdo. O taxista é gratificado com um dólar pelo seu
trabalho"

AÍ ESTÁ A DIFERENÇA ENTRE INTELIGÊNCIA E ENGENHOSIDADE...

Viva a Vida

Para viver a vida que você quer, você deve ser quem você é. Isso pode soar como um bonito jogo de palavras, mas pense a respeito.

Você pensa seus próprios pensamentos? Você sonha seus próprios sonhos? Você determina suas próprias metas? Ou você os pega emprestados de outros? Ter mais e mais do que você não quer realmente não lhe trará felicidade.

A vida que você deseja não está em seguir os sonhos de outros, a idéia de outros sobre o melhor lugar para viver ou a idéia de outros sobre o melhor carro para dirigir.

A verdadeira felicidade e realização requerem que você tenha coragem de ser você mesmo. Existe uma razão para você querer as coisas que você quer. É porque você é a pessoa melhor equipada para alcançá-las.

Quando você perseguir o que realmente deseja da vida, então estará satisfazendo seu conjunto de oportunidades, dando sua própria e especial contribuição, criando valores como só você pode fazer.

Seja você de verdade. Você e o mundo inteiro serão mais ricos com isso.


Fonte:www.rivalcir.com

sábado, 15 de outubro de 2011

ALUNOS... INTELIGENTES (?)

Professor: O que devo fazer para repartir 11 batatas por 7 pessoas?
Aluno: Purê de batata, senhor professor!
( Faz sentido!)

Professor:- Joaquim, diga o presente do indicativo do verbo caminhar.
Aluno:- Eu caminho... tu caminhas... ele caminha...
Professor:- Mais depressa!
Aluno:- Nós corremos, vós correis, eles correm!
(E não é verdade?)

Professor: "Chovia" que tempo é?
Aluno: É tempo muito mau, senhor professor.
(alguma dúvida?)

Professor: Quantos corações nós temos?
Aluno: Dois, senhor professor.
Professor: Dois!?
Aluno: Sim, o meu e o seu!
(a lógica explica...certinho!)

Dois alunos chegam tarde à escola e justificam-se:
- O 1º Aluno diz: Acordei tarde, senhor professor! Sonhei que fui à Polinésia e a viagem demorou muito.
- O 2º Aluno diz: E eu fui esperá-lo no aeroporto!
(fisicaquanticamente falando quem discute??? está certo!)

Professor: Pode dizer-me o nome de cinco coisas que contenham leite?
Aluno: Sim, senhor professor. Um queijo e quatro vacas..
(me diga onde ele errou?)

Um aluno de Direito a fazer um exame oral: O que é uma fraude?
Responde o aluno: É o que o Sr. PrOfessor está a fazer.
O professor muito indignado: Ora essa, explique-se...
Diz o aluno:Segundo o Código Penal comete fraude todo aquele que se aproveita da ignorância do outro para o prejudicar!
(E então... na lógica...)

PROFESSORA: Joãozinho, me diga sinceramente, você ora antes de cada refeição?
Joãozinho: Não professora, não preciso... A minha mãe é uma boa cozinheira.
(sem comentários)

PROFESSORA: Artur, a tua redação "O Meu Cão" é exatamente igual à do seu irmão. Você copiou?
ARTUR: Não, professora. O cão é que é o mesmo.

PROFESSOR: Bruno, que nome se dá a uma pessoa que conTinua a falar, mesmo quando os outros não estão interessados?
BRUNO: Professor.
( a melhor de todas sem dúvida!!!!!!!!!!!)

Enviado por Luciano Almeida Franco , Fortaleza/Ce

Carta de Abraham Lincoln ao Professor de seu filho

Nao é a toa que certas pessoas ficaram na história...


"Caro Professor

Ele terá de aprender que nem todos os homens são justos, nem todos são verdadeiros, mas,
por favor diga-lhe que, para cada vilão,há um herói, que para cada egoísta, há também um líder dedicado;
ensine-lhe, por favor, que para cada inimigo haverá também um amigo;
ensine-lhe que mais vale uma moeda ganha que uma encontrada,
ensine-o a perder mas também a gozar da vitória, afaste-o da inveja e dê-lhe a conhecer a alegria profunda do sorriso silencioso;
faça-o maravilhar-se com os livros, mas deixe-o também perder-se com os pássaros do céu, as flores do campo, os montes e os
vales.
Nas brincadeiras com os amigos, explique-lhe que a derrota honrosa vale mais que a vitória vergonhosa, ensine-o a acreditar em si, mesmo se sozinho contra todos.
Ensine-o a ouvir a todos, mas, na hora da verdade, a decidir sozinho,
ensine-o a rir quando estiver triste e explique -lhe que por vezes os homens também choram.
Ensine-o a ignorar as multidões que reclamam sangue e a lutar só contra todos, se ele achar que tem razão.
Trate-o bem, mas não o mime, pois só o teste do fogo faz o verdadeiro aço, deixe-o ter a coragem de ser impaciente e a paciência de ser corajoso.
Transmita-lhe uma fé sublime no Criador e fé também em si, pois só assim poderá ter fé nos homens.
Eu sei que estou lhe pedindo muito, mas veja o que pode fazer,caro professor."

Abraham Lincoln, 1830.


Enviado por Arlindo Almeida/Fortaleza

sexta-feira, 14 de outubro de 2011

Com os que não veem...

O cego é um vencedor
Enfrentando a escuridão
Sempre precisando do auxílio
Do amigo e do irmão
Quando encontrá-lo na rua,
Estenda-lhe a sua mão.

Celso Florêncio


Aboletado no décimo terceiro andar de um hotel da Avenida Beira-mar, estive, recentemente, em Fortaleza. Portanto, dormindo e acordando nos braços do esmeraldino mar de minha terra natal.
Mar diferente do mar da Bahia que é de um azul profundo; e como creem os baianos, abençoado por Iemanjá, o mais querido dos seus Orixás.
Mas a Avenida Beira-mar é muito extensa, dirão os interessados em saber onde, de fato, eu me hospedei.
Saibam todos que eu fiquei na volta da jurema, de onde podia ver a praia de Iracema e as jangadinhas do Mucuripe, no seu vaivém, o dia todo, e à noite também.
Estava a dois passos da Peixada do Alfredo, o restaurante de minha preferência, desde rapazinho, onde se come um saboroso pargo, aqui na Bahia conhecido como vermelho.
Mais alguns quarteirões, e podia driblar o calor de mais de 30 graus, degustando, na sorveteria "50 sabores", um sorvete diet de cajá, com gosto de cajá.
Como veem, fiquei num dos locais mais aprazíveis e românticos da insinuante capital cabeça-chata...

*** *** ***

Nesta minha estada em Fortaleza, aproveitei para conhecer a Sociedade de Assistência aos Cegos, SAC, uma instituição modelar, presidida, com desvelo e competência, por Maria Josélia Almeida, há 50 anos vivendo-a intensamente.
Tinha que fazer essa visita. Afinal, na Biblioteca da SAC estão algumas de minhas crîonicas, em Braille, o que muito me envaidece.
A exemplo do que acontece com o Instituto Benjamin Constant, inagurado por Dom Pedro II, no Rio de Janeiro, em setembro de 1854, a Sociedade de Assistência aos Cegos do Ceará é, sem sombra de dúvida, um centro de referência, a nível estadual, nas questões relativas à deficiência visual.
Centenas de cidadãos, que nasceram cegos ou por isso ou por aquilo perderam a visão, são acolhidos nessa benemérita Sociedade, fundada em 19 de setembro de 1942.
Um acolhimento, vale ressaltar, sem qualquer tipo de discriminação ou privilégio.
Recebem assistência médica, psicológica e pedagógica, eficiente e devotada, em pé de igualdade, os ricos e os pobres que a procuram.
E saem de lá, ou lá permanecem, conscientes de que uma pessoa, por ser cega, não perde a cidadania.
Na SAC, pois, inclusão é a palavra de ordem.
Comoveu-me ver como a Sociedade dá integral assistência a dezenas de criancinhas cegas, a maioria de pequenos recursos financeiros.
Todas têm atendimento médico, escolar, e alimentar, nos dois turnos.
E o mais importante: ouvem dos que fazem a instituição, que eles são úteis e capazes como qualquer cidadão, tudo obedecendo um moderno processo que promove a inserção social do deficiente visual.

*** *** ***

Enquanto percorria as dependências da SAC - suas salas de aula, de recreio, seu restaurante e sua Biblioteca -, e diante da realidade de cada cego que de mim se aproximava, lembrava-me quão frágeis sãos os versos do poeta Vicente de Carvalho, que aqui transcrevo: "Ver é o supremo bem...E eu insisto em cismar/ se a alma será, talvez, uma função do olhar./ Cegos, nunca saibais verdade tão dorida/ para a cegueira: o olhar vale mais do que a vida!"
Os que não veem também vivem, e bem.

*** *** ***

Se algum dia esta crônica cair nos "olhos" de uma pessoa cega, peço-lhe que se lembre da figura de um dos maiores oftalmologistas deste país: o doutor José Cardoso de Moura Brasil. (Recorda-se, por acaso, o leitor do colírio Moura Brasil? Ardia, paca!)
Tão competente e caridoso foi este especialista que, volvidos tantos anos de sua morte (10.01.1929), ele ainda é reverenciado tanto pelos que veem como pelos que não veem.
Humberto de Campos, descrevendo-lhe o perfil, diz que o nome desse famoso médico cearense "enchia o país". E que a sua popularidade se estendia "dos seringais do Amazonas às coxilhas do Rio Grande do Sul".
Que o espírito e o exemplo do doutor Moura Brasil - e aqui, em pensamento, presto uma homenagem aos médicos da SAC; os de ontem e os de agora - que o espírito e o exemplo, redigo, desse saudoso oculista conterrâneo esteja em cada canto da Sociedade de Assistência aos Cegos de minha terra, que, com alegria e orgulho, acabo de conhecer.

Notas - 1) Os versos que abrem esta crônica os tirei de um poema de Celso Florêncio do Nascimento, um cego assistido pela SAC.
- 2) Amanhã, 14 de outubro, é o Dia Mundial da Visão. Hoje, faltam recursos para combater a cegueira. Principalmente nos países menos desenvolvidos onde vivem 90% dos cegos!

Felipe Jucá
Fonte: http://www.felipejuca.com/visualizar.php?idt=3274470

Deu Branco


No Salão de Frankfurt, em setembro, a Volkswagen mostrou a cor branca em todos os lados do estande: nas paredes, no chão e, claro, na maioria dos carros. Na ocasião, o presidente da filial brasileira, Thomas Schmall, disse que uma das tendências que levaria do evento para o Brasil seria a cor dos veículos. “Vai estar em alta nos próximos anos”, afirmou. Promessa feita e cumprida: o Fox chegou às lojas em novembro e entre as cores disponíveis está o Branco Cristal. “Queremos incentivar o consumidor a olhar para a cor branca, mas é claro que o preconceito não vai acabar tão cedo”, afirma Fabrício Biondo, gerente-executivo de planejamento e marketing da VW.

O preconceito a que Biondo se refere é que em algumas cidades brasileiras, como São Paulo (SP), o branco é a cor escolhida para táxis, além dos carros de frota. Há também quem os chame de “ambulância”. Sedãs como Civic, Jetta e Fusion já começam a ser vistos nessa cor. Mas será que a hegemonia de preto e prata está ameaçada? Não, segundo Luiz Carlos Augusto, diretor da Jato Dynamics do Brasil. Ele explica que até outubro deste ano foram vendidos 9,72% de carros brancos, contra 9,47% em 2008 inteiro. “Boa parte são frotistas, sim, mas esse número tende a crescer para o consumidor final com a oferta de outros lançamentos, como Agile ou Captiva”, diz.

Nos carros de luxo e esportivos, o branco já é bem aceito. Henry Visconde, diretor da Eurobike, rede que tem as marcas BMW, Audi, Land Rover, Volvo, Porsche e Mini, garante que não há restrição por parte desse público. “Hoje 15% dos meus carros vendidos são brancos, contra 70% de preto e prata.”

A fabricante de tintas PPG é otimista sobre o futuro da nova cor. “Acreditamos que aqui, em 2015, a quantidade de modelos brancos nas ruas vai dobrar, subindo para 18%”, afirma Carlos Morelli, gerente de marketing da PPG. Os especialistas fazem questão de lembrar que a cor tem a vantagem de ser umas das mais visíveis à noite, aumentando a segurança, além de manter a temperatura da cabine menor, em relação ao preto.


AMARELOU?

Havia um tempo em que carro branco ficava amarelado com o passar dos anos. Mas desde 2000 isso ficou mais difícil, pois ele recebe duas camadas, uma de tinta e outra de verniz especial. Antes, só havia a primeira. Para evitar o perigo do amarelamento pelo sol, deve-se encerar o veículo duas vezes ao ano, pelo menos. A cera dá brilho e não deixa fixar muita sujeira.


Fonte:http://quatrorodas.abril.com.br

quinta-feira, 13 de outubro de 2011

O que significa Família

..Tropecei .

...Tropecei em um
estranho que passava e lhe pedi perdão.
Ele respondeu:
"desculpe-me, por favor;
também não a vi.."
Fomos muito educados, seguimos nosso caminho e nos despedimos.


Mais tarde, eu estava cozinhando e meu filho estava muito perto de mim.
Ao me virar quase esbarro nele. Imediatamente
gritei com ele;
ele se retirou sentido,
sem que eu notasse
quão dura que
lhe falei.

Ao me deitar Deus me disse suavemente: "Você tratou a um estranho de forma cortês, mas destratou o filho que você ama.
Vá a cozinha e irá encontrar umas flores no chão, perto da porta.
São as flores que ele cortou e te trouxe: rosa, amarela e azul.
Estava calado para te entregar, para fazer uma surpresa e você não viu as lágrimas que chegaram aos seus olhos..."


Me senti miserável e começei a chorar. Suavemente me aproximei de sua cama e lhe disse:
"Acorde querido! Acorde!
Estas são as flores que você cortou para mim?"
Ele sorriu e disse:
"Eu as encontrei junto de uma árvore, e as cortei, porque são bonitas como você."


Filho, sinto muito pelo que disse hoje, não devia gritar com você.
Ele respondeu:
"está bem mamãe, te amo de todas as formas."


Entenda que se você morrer amanhã, em questão de dias a empresa onde você trabalha cobrirá seu lugar. Porém, a Família que deixamos sentirá a perda pelo resto da vida.
Pense neles, porque geralmente nos entregamos mais ao trabalho que a nossa Família..
Será que não é uma inversão
pouco inteligente?


Então, que há por trás desta história?
Você sabe o significado de
Família em inglês?


F A M I L Y:
"Father And Mother I Love You"
(Papai e Mamãe, eu os amo)



Enviado por Carmen Holanda/Fortaleza

quarta-feira, 12 de outubro de 2011

Mensagem do Dia da Criança

Você criança,
que vive a correr,
é a promessa
que vai acontecer…
é a esperança
do que poderíamos ser…
é a inocência
que deveríamos ter…
Você criança, de qualquer idade,
vivendo entre o
sonho e a realidade
espargem pelas ruas da cidade,
suas lições de amor e de simplicidade!
Criança que brinca,
corre, pula e grita
mostra ao mundo,
como se deve
viver
cada momento, feliz,
como quem acredita
em um mundo melhor
que ainda vai haver!
Você é como uma raio de luz
a iluminar os nossos caminhos,
assemelhando-se ao Menino Jesus,
encanta-nos com todo teu carinho!
Você é a criança,
que um dia vai crescer!
É a promessa,
que vai se realizar!
É a esperança
da humanidade se entender!
É a realidade
que o adulto precisa ver…
e também aprender a ser…




Lauro Kisielewicz

Enviado pelo amigo Norberto Garrido de Salvador/Ba

terça-feira, 11 de outubro de 2011

FALANDO DOS HOMENS

Fernanda Montenegro ao lado do sempre seu Fernando Torres


Essa vai dar o que falar. Mas como se trata de texto de autoria de uma das mais extraordinárias mulheres deste país, não hesitei em publicar.

Por Fernanda Montenegro

... Minha Amiga, se Você acha que Homem dá muito trabalho, case-se com uma Mulher e aí Você vai ver o que é Mau Humor !
O modo de vida, os novos costumes e o desrespeito à natureza tem afectado a sobrevivência de vários seres e entre os mais ameaçados está o macho da espécie humana.
Tive apenas 1 exemplar em casa, que mantive com muito zelo e dedicação num casamento que durou 56 anos de muito amor e companheirismo, (1952-2008) mas, na verdade, acredito que era ele quem também me mantinha firme no relacionamento.
Portanto, por uma questão de auto-sobrevivência, lanço a campanha 'Salvem os Homens!'


Tomem aqui os meus poucos conhecimentos em fisiologia da masculinidade a fim de se preservar os raros e preciosos exemplares que ainda restam.


1. Habitat
Homem não pode ser mantido em cativeiro.
Se for engaiolado, fugirá ou morrerá por dentro.
Não há corrente que os prenda e os que se submetem à jaula perdem o seu DNA.
Você jamais terá a posse ou a propriedade de um homem, o que vai prendê-lo a você é uma linha frágil que precisa ser reforçada, diariamente, com dedicação, atenção, carinho e amor.


2. Alimentação correcta
Ninguém vive de vento.
Homem vive de carinho, comida, bebida e sexo.
Dê-lhe em abundância.
É coisa de homem, sim, e se ele não receber de você vai pegar de outra. Beijos matinais e um 'eu te amo’ no café da manhã os mantém viçosos , felizes e realizados durante todo o dia.
Um abraço diário é como a água para as samambaias.
Não o deixe desidratar.
Pelo menos uma vez por mês é necessário, senão obrigatório, servir um prato especial.
Portanto, não se faça de dondoca preguiçosa e fresca.
Homem não gosta disso.
Ele precisa de companheira autêntica, forte e resolutiva.


3. Carinho
Também faz parte de seu cardápio – homem mal tratado fica vulnerável a rapidamente interessar-se na rua por quem o trata melhor.
Se você quer ter a fidelidade e dedicação de um companheiro completo, trate-o muito bem, caso contrário outra o fará e você só saberá quando não houver mais volta.


4. Respeite a natureza
Você não suporta trabalho em casa? Cerveja ? Futebol? Pescaria? Amigos? Liberdade? Carros?
Case-se com uma Mulher.
Homens são folgados.
Desarrumam tudo.
São durões.
Não gostam de telefones.
Odeiam discutir a relação.
Odeiam shoppings.
Enfim, se quiser viver com um homem, prepare-se para isso.


5. Não anule sua origem
O homem sempre foi o macho provedor da família, portanto é típico valorizar negócios, trabalho, dinheiro, finanças, investimentos, empreendimentos. Entenda tudo isso e apoie.


6. Cérebro masculino não é um mito
Por insegurança, a maioria dos homens prefere não acreditar na existência do cérebro feminino.
Por isso, procuram aquelas que fingem não possuí-lo (e algumas realmente não possuem! Também, 7 bilhões de neurônios a menos).
Então, aguente mais essa: mulher sem cérebro não é mulher, mas um mero objecto de decoração.
Se você se cansou de colecionar amigos gays e homossexuais delicados, tente se relacionar com um homem de verdade .
Alguns vão-lhe mostrar que têm mais massa cinzenta do que você.
Não fuja desses, aprenda com eles e cresça.
E não se preocupe, ao contrário do que ocorre com as mulheres, a inteligência não funciona como repelente para os homens.
Não faça sombra sobre ele...
Se você quiser ser uma grande mulher tenha um grande homem ao seu lado, nunca atrás.
Assim, quando ele brilhar, você vai pegar um bronzeado.
Porém, se ele estiver atrás, você vai levar um pé-na-bunda.
Aceite: homens também têm luz própria e não dependem de nós para brilhar.
A mulher sábia alimenta os potenciais do parceiro e os utiliza para motivar os próprios.
Ela sabe que, preservando e cultivando o seu homem, estará salvando a si mesma.
E, Minha Amiga, se Você acha que Homem dá muito trabalho, case-se com uma Mulher e aí Você vai ver o que é Mau Humor!
Só tem homem bom quem sabe fazê-lo ser bom!
Eu fiz a minha parte, por isso meu casamento foi muito bom e consegui fazer o Fernando muito feliz até o último momento de um enfisema que o levou de mim.
Eu fui uma grande mulher ao lado dele, sempre.




Com carinho,
Fernanda Montenegro.


Biografia
Iniciou sua carreira no ano de 1950, na peça "Alegres Canções nas Montanhas", ao lado daquele que seria seu marido por toda a vida, Fernando Torres (actor).
Sua estreia em cinema se dá na produção de 1964 para a Tragédia Carioca de Nelson Rodrigues, A Falecida, sob direção de Leon Hirszman.
Além de ter sido cinco vezes contemplada com o Prêmio Molière, ter recebido três vezes o Prêmio Governador do Estado de São Paulo e de inúmeros outros prêmios em teatro e cinema, ganhou ainda o Urso de Prata de melhor actriz e concorreu ao Óscar de melhor actriz em 1999 e ao Globo de Ouro de Melhor actriz em filme dramático [1]pelo filme Central do Brasil de Walter Salles. Recebeu também vários prêmios da crítica americana, no mesmo ano (Los Angeles Film Critics Award, National Board of Review Award).
Em televisão participou em centenas de teleteatros na extinta TV Tupi, que na direção revezavam-se Fernando Torres (actor), Sérgio Brittoe Flávio Rangel. , telenovelas na extinta TV Excelsior e na TV Rio e na Rede Record e dezenas de produções na Rede Globo.
Tem dois filhos: a actriz Fernanda Torres e o director Cláudio Torres, um dos sócios da Conspiração Filmes, produtora de publicidade e cinema.
Torres é seu sobrenome de casada, apesar de ser viúva. Quando solteira possuía Silva, ao invés de Torres.

segunda-feira, 10 de outubro de 2011

Esperando Garcia

RUY CASTRO - FOLHA DE SÃO PAULO


RIO DE JANEIRO - Tom Jobim e Dolores Duran acabaram de compor a canção que se tornaria "Por Causa de Você" ("Ah, você está vendo só/ Do jeito que eu fiquei/ E que tudo ficou..."). Tom gostou do resultado. Tanto que se virou para a parceira e perguntou: "Você já imaginou, Dolores, o Sinatra cantando essa nossa música?". A cética Dolores achou graça: "Tom, o Sinatra só vai cantar essa nossa música quando o homem pisar na Lua".
Naquele ano, 1957, o homem pisar na Lua ainda era visto pelo vulgo como a coisa mais remota do mundo -mais até do que o dia em que as galinhas criassem dentes. Na verdade, galinhas com dentes eram comuns em mafuás da roça ou dos subúrbios, ao lado de atrações como vacas de cinco pernas e Konga, a Mulher-Gorila. Já o homem pisar na Lua, só em filme de Hollywood.
Pois aconteceu que Frank Sinatra cantou -e gravou- "Por Causa de Você", com letra em inglês de Ray Gilbert e o título de "Don't Ever Go Away", no dia 11 de fevereiro de 1969, por volta de 10 da noite. Exatamente cinco meses, nove dias e algumas horas antes de Neil Armstrong descer da Apolo 11 e dar aquele primeiro passeio pela Lua. Afinal, não era tão impossível assim.
Há pouco, a corregedora do CNJ (Conselho Nacional de Justiça), ministra Eliana Calmon, disse que só conseguirá inspecionar a Justiça de São Paulo "no dia em que o sargento Garcia prender o Zorro". Referia-se a uma famosa série da TV americana, rodada pela Disney em 1957, e em que, de fato, o Zorro sempre escapava no último rolo.
Mas isto foi naquele tempo. Hoje, nada impede que a Disney, cada vez mais chegada a ousadias que nunca teriam ocorrido ao velho Walt, produza um remake da série. Em que o sargento Garcia não apenas prenderá o Zorro, como fará uma faxina em regra na Justiça de São Paulo, digo, da Califórnia

domingo, 9 de outubro de 2011

Novo Administrador na Praça


No dia 07 próximo passado colou grau pela Universidade Estadual do Ceará, o atual Tesoureiro da AFA, Sérgio Cartaxo. Todos que fazemos a AFA o parabenizamos e nos orgulhamos de seu Título de Bacharel em Administração de Empresas. Para ser um ótimo Administrador Cartaxo só precisa de duas coisas muito fáceis para ele, pois já fazem parte de seu caráter,que é Trabalhar com ética e amor. Seja Feliz Sr. Administrador!

Doutorado na Argentina


A Diretoria da AFA com muito orgulho comunica que, sua atual vice-presidente Teresa Cristina foi selecionada para o Doutorado em Saúde Pública, que se realizará em Boenos Aires - Argentina, pela ESLA-ESJUS.
Desejamos Muita Sorte nessa sua nova caminhada!

Aniversário de Zildene



Na sequência ao Casamento foi comemorado o aniversário de 70 anos de Zildene Falcão, onde foi proposta a Convenção da AFA para São Luíz.

CASAMENTO EM SÃO LUÍZ






Dia 17 de setembro, passado, vários sócios AFA compareceram, ao casamento de Ana Iracema e Mário Luís, filhos de Ieda Almeida e Zildene Falcão, em São Luis-MA. Na oportunidade, cinco ex-presidentes e a atual presidente se encontraram e pousaram para foto durante o jantar para os padrinhos e convidados de fora...A novidade é que a presidente Josélia Almeida anunciou sua intenção de trabalhar para que a nossa convenção em 2012, seja mesmo na Ilha do Amor, no que foi ratificada por mais de 20 sócios presentes...

sábado, 8 de outubro de 2011

Definição de filho por José Saramago:

"Filho é um ser que nos foi emprestado para um curso intensivo de como amar alguém além de nós mesmos, de como mudar nossos piores defeitos para darmos os melhores exemplos e de aprendermos a ter coragem. Isto mesmo ! Ser pai ou mãe é o maior ato de coragem que alguém pode ter, porque é se expor a todo tipo de dor, principalmente da incerteza de estar agindo corretamente e do medo de perder algo tão amado. Perder? Como? Não é nosso, recordam-se? Foi apenas um empréstimo".

Enviado por Arlindo de Almeida Simões, Fortaleza/Ce

Antes dos 29

RUY CASTRO


RIO DE JANEIRO - Aos 29 anos cravados, Mario de Andrade publicou "Pauliceia Desvairada", Nelson Rodrigues estreou em teatro com "A Mulher Sem Pecado" e Tom Jobim compôs (com Vinicius de Moraes) as canções de "Orfeu da Conceição". Com essa idade, Clarice Lispector já tinha lançado seu romance "Perto do Coração Selvagem"; Ferreira Gullar, o livro-poema "A Luta Corporal"; e Jorge Amado, "Jubiabá", "Mar Morto" e "Capitães da Areia".
Aos 29, Carlos Drummond acabara de escrever que no meio do caminho tinha uma pedra, que João amava Teresa que amava Raimundo, e que, se seu verso não dera certo, fora o nosso ouvido que entortara.
Castro Alves, naturalmente, tivera só 24 anos para construir "Os Escravos" e toda a sua obra; Álvares de Azevedo, nem isso -morrera aos 21, pouco depois de fazer a "Lira dos 20 Anos".
Manuel Antonio de Almeida publicou "Memórias de um Sargento de Milícias" muito antes dos 29. Idem Joaquim Manuel de Macedo, com "A Moreninha"; José de Alencar, com "O Guarani"; João do Rio, com "A Alma Encantadora das Ruas"; e Lima Barreto, com "Recordações do Escrivão Isaías Caminha".
Aos 29 anos, Paulo Francis já espalhava o terror pelo Rio como crítico de teatro; Millôr Fernandes era um nome consagrado no texto e no desenho; e Glauber Rocha, que fora endeusado por "Deus e o Diabo na Terra do Sol", começava até a ser contestado, por causa de "Terra em Transe". Quanto a Dolores Duran, Leila Diniz e Cazuza, foram apenas alguns que fizeram tudo antes dos 29 e logo pegaram o chapéu.
Outro país, outros tempos. No Brasil de hoje, fica decretado que a minoridade se estende aos 29 anos e que, até essa idade, qualquer marmanjo munido de uma carteira de estudante, real ou falsificada, pode continuar pagando meia-entrada nas bilheterias e na vida.

sexta-feira, 7 de outubro de 2011

Os TRÊS homens que andaram sobre as águas

Três homens andaram sobre as águas em toda a história da Humanidade:


O primeiro foi Cristo.



O segundo foi Pedro.



O terceiro foi Ivangivaldo.





Ivangivaldo???......??.....Quem é...Ivangivaldo???











Enviado por Luciano Almeida Franco, Fortaleza/Ce

quinta-feira, 6 de outubro de 2011

Confira frases marcantes de Steve Jobs, fundador da Apple, morto ontem nos EEUU

Steve Jobs na apresentação do iPad 2
(Foto: Beck Diefenbach/Reuters)


Famoso pela oratória, Jobs ajudou a definir rumos da tecnologia.
Confira as visões do empresário sobre a internet, o futuro, a vida e a morte.


O legado de Steve Jobs vai além da Apple, da Pixar e dos produtos que ele ajudou a desenvolver. Famoso pela oratória, pela capacidade de síntese de ideias e pelo carisma em suas apresentações, Jobs deixa ainda uma coleção de afirmações polêmicas, frases visionárias e pensamentos que ajudaram a definir os rumos da tecnologia nos últimos anos. O G1 selecionou algumas das frases de Jobs. Confira

Sobre a vida
“Eu trocaria toda a minha tecnologia por uma tarde com Sócrates” –Newsweek, 2001

“Ser o homem mais rico do cemitério não me interessa. Ir para a cama à noite dizendo que fizemos algo maravilhoso, isso importa para mim”–The Wall Street Journal, 1993

“Você quer passar o resto de sua vida vendendo água com açúcar ou quer ter a chance de mudar o mundo?”– em entrevista a John Sculley para o livro “Odyssey: Pepsi to Apple”

“Às vezes a vida te bate com um tijolo na cabeça. Não perca a fé. Estou convencido de que a única coisa que me fez continuar foi que eu amava o que eu fazia. Você precisa encontrar o que você ama. E isso vale para o seu trabalho e para seus amores.Seu trabalho irá tomar uma grande parte da sua vida e o único meio de ficar satisfeito é fazer o que você acredita ser um grande trabalho. E o único meio de se fazer um grande trabalho é amando o que você faz. Caso você ainda não tenha encontrado[ o que gosta de fazer], continue procurando. Não pare. Do mesmo modo como todos os problemas do coração, você saberá quando encontrar. E, como em qualquer relacionamento longo, só fica melhor e melhor ao longo dos anos. Por isso, continue procurando até encontrar, não pare" – discurso durante formatura em Stanford, 2005

“Você não pode conectar os pontos olhando para a frente; você só pode conectar os pontos olhando para trás. Assim, você precisa acreditar que os pontos irão se conectar de alguma maneira no futuro. Você precisa acreditar em alguma coisa – na sua coragem, no seu destino, na sua vida, no karma, em qualquer coisa. Este pensamento nunca me deixou na mão, e fez toda a diferença na minha vida.” – discurso durante formatura em Stanford, 2005

“Lembrar que eu estarei morto em breve é a ferramenta mais importante que eu encontrei para me ajudar a fazer grandes escolhas na vida. Por que quase tudo – todas as expectativas externas, todo o orgulho, todo o medo de se envergonhar ou de errar – isto tudo cai diante da face da morte, restando apenas o que realmente é importante. Lembrar que você vai morrer é a melhor maneira para eu saber evitar em pensar que tenho algo a perder. Você já está nu. Não há razão para não seguir o seu coração.” – discurso durante formatura em Stanford, 2005

“Isto foi o mais perto que cheguei da morte e espero que seja o mais perto que eu chegue nas próximas décadas. Tendo passado por isso, posso dizer agora com mais certeza do que quando a morte era apenas um conceito intelectual: nnguém quer morrer. Até mesmo as pessoas que querem ir para o céu não querem morrer para ir para lá. Ainda, a morte é um destino que todos nós compartilhamos. Ninguém conseguiu escapar dela. E assim é como deve ser porque a morte é talvez a melhor invenção da vida. É o agente que faz a vida mudar. É eliminar o velho para dar espaço para o novo. Neste momento, o novo são vocês, mas algum dia não tão longe, vocês gradualmente serão o velho e darão espaço para o novo. Desculpa eu ser tão dramático, mas é a verdade” – discurso durante formatura em Stanford, 2005

“Seu tempo é limitado. Por isso, não perca tempo em viver a vida de outra pessoa. Não se prenda pelo dogma, que nada mais é do que viver pelos resultados das ideias de outras pessoas” – discurso durante formatura em Stanford, 2005

“Tenha vontade, tenha juventude. Eu sempre desejei isso para mim. E agora, que vocês se formam para começar algo novo, eu desejo isso para vocês” – discurso durante formatura em Stanford, 2005

Sobre tecnologia
“Eu acho que [a tecnologia] fez o mundo ficar mais próximo e continuará fazendo isso. Existem desvantagens para tudo e consequências inevitáveis para tudo. A peça mais corrosiva da tecnologia que eu já vi se chama televisão, mas novamente, a televisão, no seu melhor, é magnífica.” – Revista Rolling Stone, dezembro de 2003

“Nascemos, vivemos por um momento breve e morremos. Tem sido assim há muito tempo. A tecnologia não está mudando muito este cenário” – Revista Wired, fevereiro de 1996

“Se você é um carpinteiro e está fazendo um belo armário de gavetas, você não vai usar um pedaço de compensado na parte de trás porque as pessoas não o enxergarão, pois ele estará virado para a parede. Você sabe que está lá e, então, usará um pedaço de madeira bonito ali. Para você dormir bem à noite, a qualidade deve ser levada até o fim”— Revista Playboy, 1987

“O único problema da Microsoft é que eles não têm estilo. Eles não têm estilo nenhum. E não falo isso nas pequenas coisas, falo em tudo, no sentido de que eles não pensam em ideias originais e de que eles não levam cultura para os seus produtos – Documentário ‘Triumph of the Nerds’, 1996

Sobre o futuro
“Eu sempre estarei ligado à Apple. Espero que durante toda a minha vida o meu fio se cruze com o fio da Apple, como uma tapeçaria. Posso ficar afastado por algum tempo, mas eu sempre vou voltar.” – Revista Playboy dos Estados Unidos, fevereiro de 1985

“A principal razão para a maioria das pessoas comprarem um computador para suas casas será para se conectar a uma rede nacional de comunicações. Estamos apenas nos primeiros estágios do que será uma grande revolução para a maioria das pessoas – tão revolucionária quanto o telefone.” – Revista Playboy (edição americana), fevereiro de 1985

“A indústria do computador desktop está morta. A inovação virtualmente acabou. A Microsoft domina cada uma destas inovações. Isso acabou. A Apple perdeu. O mercado do PC desktop entrou em uma fase negra e ficará nela pelos próximos 10 anos ou até o final desta década” – Revista Wired, fevereiro de 1996

“Se eu tivesse largado esta única disciplina na faculdade [caligrafia], o Mac não teria diversas fontes e espaços proporcionais entre elas. E já que o Windows copiou o Mac, seria provável que nenhum outro computador tivesse a mesma coisa”. – discurso durante formatura em Stanford, 2005

Sobre a Apple
"Nunca tivemos vergonha de roubar grandes ideias” – Documentário ‘Triumph of the Nerds’, 1996

“Se eu estivesse liderando a Apple, eu apostaria tudo pelo Macintosh e depois me ocuparia com um próximo grande lançamento. A guerra do PC acabou, a Microsoft venceu há muito tempo” – Revista Fortune, 1996

“Estes produtos são um lixo. Não há mais sexo neles” – BusinessWeek, 1997

“Ninguém tentou nos engolir desde que eu estou aqui. Acho que eles têm medo de qual seria o nosso sabor” – reunião com acionistas, 1998

“Cara, a gente patenteou ele” (apresentando o iPhone) – Macworld, 2007

“Fizemos os botões na tela ficarem tão bons que você vai querer clicar neles” [sobre o Mac OS X] – Revista Fortune, janeiro de 2000

“Entrará para a história como uma grande mudança na indústria musical. Isso é histórico. Eu não posso subestimar isso” [sobre a loja virtual iTunes Music Store] – Revista Fortune, maio de 2003

“A cura para a Apple não está no corte de preços. A cura para a Apple está em inovar o meio de sair deste problema” – Apple Confidential: The Real Story of Apple Computer, 1999

Fonte: G1

Steve Jobs morre aos 56 anos


O cofundador e ex-presidente do conselho de administração da Apple morreu nesta quarta-feira aos 56 anos, vítima de um câncer no pâncreas que vinha tratando desde 2003. Perfeccionista, criativo, inovador e ousado, ele ajudou a tornar os computadores mais amigáveis e revolucionou a animação, a música digital e o telefone celular. Jobs marcou o mundo da tecnologia ao apresentar produtos como o Macintosh, o iPod, o iPhone e o iPad. Afastado da empresa desde 17 de janeiro para cuidar da saúde e sem prazo para voltar, o executivo renunciou ao cargo em 24 de agosto. "Sempre disse que, se chegasse o dia que eu não pudesse mais cumprir minhas funções e expectativas como CEO da Apple, seria o primeiro a informar. Infelizmente, esse dia chegou", dizia a nota à época.

A saúde de Jobs virou notícia em 2004, quando ele anunciou que passara por uma cirurgia para remover um tipo raro de câncer pancreático, diagnosticado em 2003, e que a operação fora bem-sucedida. Depois, em 2009, Jobs fez um transplante de fígado e ficou afastado da companhia que fundou ao lado do engenheiro Steve Wozniak por vários meses. Mesmo com as licenças, Jobs continuou ativo na tomada de decisões da empresa, chegando se reunir a portas fechadas com o presidente americano, Barack Obama, em fevereiro, e lançar o iPad 2, em março, surpreendendo ao subir ao palco para apresentar o produto.

Detalhes do estado de saúde de Jobs sempre foram um mistério. Uma fotografia que mostrava o executivo muito magro e com aparência debilitada (sobre a qual recaíram suspeitas de manipulação) foi publicada pelo site americano de celebridades TMZ dois dias após ele ter deixado o cargo de presidente-executivo da Apple. Em fevereiro, Jobs foi fotografado pelo jornal americano The National Enquirer na mesma clínica onde o ator Patrick Swayze, morto em setembro de 2009, recebeu tratamento para câncer de pâncreas.


Fonte:http://tecnologia.terra.com.br

quarta-feira, 5 de outubro de 2011

Salvo pela gentileza...

Conta-se uma história de um empregado em um frigorifico da Noruega.

Certo dia ao término do trabalho foi inspecionar a câmara frigorifica. Inexplicavelmente, a porta se fechou e ele ficou preso dentro da câmara. Bateu na porta com força, gritou por socorro, mas ninguém o ouviu, todos já haviam saído para suas casas e era impossível que alguém pudesse escutá-lo.

Já estava quase cinco horas preso, debilitado com a temperatura insuportável.

De repente a porta se abriu e o vigia entrou na câmara e o resgatou com vida.

Depois de salvar a vida do homem, perguntaram ao vigia:

Porque foi abrir a porta da câmara se isto não fazia parte da sua rotina de trabalho?.

Ele explicou: Trabalho nesta empresa há 35 anos, centenas de empregados entram e saem aqui todos os dias e ele é o único que me cumprimenta ao chegar pela manhã e se despede de mim ao sair.

Hoje pela manhã disse “Bom dia” quando chegou.

Entretanto não se despediu de mim na hora da saída. Imaginei que poderia ter-lhe acontecido algo. Por isto o procurei e o encontrei..



Pergunta: E VOCÊ, SERIA SALVO?


Enviado por Arlindo Almeida/Fortaleza

terça-feira, 4 de outubro de 2011

O PONTO NEGRO

Certo dia, um professor chegou na sala de aula e disse aos alunos para se prepararem para uma prova-relâmpago.
Todos acertaram suas filas, aguardando assustados o teste que viria.
O professor foi entregando, então, a folha da prova com a parte do texto virada para baixo, como era de costume.
Depois que todos receberam, pediu que desvirassem a folha.
Para surpresa de todos, não havia uma só pergunta ou texto, apenas um ponto negro, no meio da folha.

O professor, analisando a expressão de surpresa que todos faziam, disse o seguinte:

- Agora, vocês vão escrever um texto sobre o que estão vendo.

Todos os alunos, confusos, começaram, então, a difícil e inexplicável tarefa.
Terminado o tempo, o mestre recolheu as folhas, colocou-se na frente da turma e começou a ler as redações em voz alta.
Todas, sem exceção, definiram o ponto negro, tentando dar explicações por sua presença no centro da folha.
Terminada a leitura, a sala em silêncio, o professor então começou a explicar:


- Esse teste não será para nota, apenas serve de lição para todos nós. Ninguém na sala falou sobre a folha em branco.
Todos centralizaram suas atenções no ponto negro.
Assim acontece em nossas vidas.
Temos uma folha em branco inteira para observar e aproveitar, mas sempre nos centralizamos nos pontos negros.
A vida é um presente da natureza dado a cada um de nós, com extremo carinho e cuidado.
Temos motivos para comemorar sempre!
A natureza que se renova, os amigos que se fazem presentes, o emprego que nos dá o sustento. No entanto, insistimos em olhar apenas para o ponto negro!
O problema de saúde que nos preocupa, a falta de dinheiro, o relacionamento difícil com um familiar, a decepção com um amigo.
Os pontos negros são mínimos em comparação com tudo aquilo que temos diariamente, mas são eles que povoam nossa mente.

Pense nisso!
Tire os olhos dos pontos negros de sua vida.
Aproveite cada bênção, cada momento que o Criador te dá.

Tranqüilize-se e seja ... FELIZ!

Enviado por Arlindo Almeida/Fortaleza

Sabe com quem está falando?

KKKKKKKKKK

Um policial federal vai a uma fazenda e diz ao dono, um velho fazendeiro:- Preciso inspecionar sua fazenda. Há uma denúncia de plantação ilegal na região.
O fazendeiro diz:

- Ok, mas não vá naquele campo ali. E aponta para uma determinada área.

O oficial, irritado com isso, diz indignado:
- O senhor sabe que tenho o poder do governo federal comigo?
E tira do bolso um crachá mostrando seu cargo ao fazendeiro:
- O meu cargo dá autoridade de ir aonde eu quero, fazer o que eu quero e quando eu quiser....e entrar em qualquer propriedade.
Não preciso pedir ou responder a nenhuma pergunta. Está claro? Me fiz entender?
O fazendeiro pede desculpas educadamente e volta para o que estava fazendo.
Poucos minutos depois, o fazendeiro ouve uma gritaria e vê o oficial do governo federal correndo para salvar sua própria vida, perseguido pelo Santa Gertrudes, o maior touro da fazenda.
A cada passo o touro vai chegando mais perto do oficial, que parece que será chifrado antes de conseguir alcançar um lugar seguro. O oficial está apavorado.
O fazendeiro larga suas ferramentas, corre para a cerca e grita com todas as forças de seus pulmões:

- "Seu Crachá, mostra o seu CRACHÁ!

Enviado por Luciano Almeida Franco, Fortaleza/Ce

AS MELHORES PANELAS PARA A SUA SAÚDE



Nutricionista dá dicas essenciais para você colocar mais saúde em seus pratos. Escolher a panela é fundamental para isso. Conheça os vários tipos de panela existentes e faça a melhor decisão!

--------------------------------------------------------------------------------


Quem não quer uma vida saudável? Muitas pessoas praticam exercícios físicos, vão ao médico regularmente e buscam uma alimentação balanceada, mas poucas sabem que esta vida saudável também passa pela cozinha, principalmente, pelas panelas. E para quem acredita que estamos falando somente dos alimentos, muita atenção. O uso correto dos utensílios domésticos é fundamental para auxiliar na busca por uma vida saudável. A nutricionista Renata Trotta dá dicas importantes sobre os diversos tipos de panelas e a melhor maneira de usa-las.

Alumínio: são as mais comuns e as mais baratas. Estudos relacionam a ingestão do alumínio com a incidência do Mal de Alzheimer. O ideal é não utilizar a esponja de aço na hora da limpeza para não liberar o alumínio, pois este pode se misturar aos alimentos na hora da preparação. Não guarde alimentos dentro da panela de alumínio!

Barro: esse material poroso favorece a penetração de alimentos, facilitando a cultura de bactérias. Para evitar rachaduras, recomenda-se esperar a panela esfriar antes de lavá-la.

Esmaltado: este material distribui bem o calor durante o preparo dos alimentos. O esmalte pode conter elementos tóxicos como o chumbo. Aposte na esponja macia para não arranhar a pintura e utilize utensílios que não agridam o material.

Ferro: reage com a acidez do alimento liberando mais ferro. O tempo de uso da panela (quanto mais tempo de uso mais libera ferro) e a temperatura da chama interferem na quantidade de ferro liberada pela panela. É importante não guardar alimentos prontos nestas panelas, pois oxidam. Após a lavagem deve ser seca sob a chama do fogão. Indicada para crianças, gestantes, vegetarianos e anêmicos.

Inox: ideal para o uso diário. O calor se espalha uniformemente, o que faz com que o alimento cozinha por igual e não grude no fundo da panela. No primeiro uso, ferva água, que deve ser descartada, por três ou quatro vezes consecutivas para ajudar a eliminar o níquel que ela libera nesta fase. Em excesso, o níquel é tóxico ao organismo e frequentemente associado a males como dermatites de contato, alergias, distúrbios renais e hepáticos, infertilidade, câncer pulmonar, estomatite, gengivite, cefaléias, insônia e náuseas. Para evitar o aparecimento de manchas, é aconselhável enxugá-la imediatamente depois de lavada.

Teflon: é uma boa opção porque não requer muito óleo no preparo dos alimentos, já que é antiaderente. Mas é bom tomar cuidado com os arranhões provocados por esponjas de aço e até por colheres de metal. Arranhada, esta panela pode soltar o material da qual é feita, o plástico politetrafluoretileno (PTFE), que já esteve sob suspeita de ser cancerígeno, especialmente durante o preparo de alimentos com alto teor proteico, como carnes, ovos e leite. Não custa tomar cuidado.

Vidro: é uma das mais resistentes e duráveis. É a única panela que não transfere qualquer resíduo para o alimento. Mas, não conduz bem o calor e a comida pode queimar mais rápido. O ideal é utilizar somente para sopas e molhos.

Outros utensílios

Esponja: este utensílio é um ótimo ambiente para a proliferação de bactérias. A troca deve ser feita quando a esponja já dá sinais de desgaste. É fundamental ter uma esponja para lavar os copos, outra para pratos, panelas e talheres.

Colher de pau: dê preferência às colheres de silicone, já que as de madeira favorecem a proliferação das bactérias


Fonte: Site Sua Dieta/UOL

segunda-feira, 3 de outubro de 2011

Inocentes e culpados

RUY CASTRO - FOLHA DE SÃO PAULO


RIO DE JANEIRO - O menino de dez anos, aluno da 4ª série de uma escola em São Caetano do Sul (Grande São Paulo), que feriu a professora e se matou dando um tiro na cabeça com uma arma que pertencia a seu pai, entrou no noticiário cinco meses depois do rapaz de 23 anos que voltou à sua escola em Realengo (zona Oeste do Rio) e disparou contra uma turma, matando 12 alunos, de 12 a 14 anos, e também se matando em seguida.
Um caso não supera o outro, apenas o substitui no noticiário. E histórias com potencial parecido de tragédia seguem acontecendo. Eis algumas da semana passada.
Numa escola de Belo Horizonte (MG), um aluno de 11 anos foi flagrado com um revólver 38, por sorte, descarregado. Em outra escola, esta de Ribeirão Preto (313 km de SP), um garoto de seis anos foi apanhado com uma faca na mochila. Segundo disse à diretora, a arma lhe foi dada por sua mãe, "para que se defendesse", não se sabe de quem.
Também em Ribeirão Preto, o boato sobre um tiroteio numa escola local fez com que os pais de mais de 200 alunos corressem até lá, desesperados, para tentar salvar seus filhos. Ao chegar, souberam que não havia tiroteio -pelo menos, a PM assim lhes garantiu. Mas o fato de ter corrido esse rumor já indica uma anormalidade.
Em ainda outra escola, em Praia Grande (litoral de São Paulo), uma pistola semiautomática 365, com capacidade para sete tiros, foi encontrada entre as coisas de uma menina de 14 anos. Pelo que se apurou, no entanto, a arma pertenceria a um seu colega, de 15 anos, já suspeito no passado de envolvimento com o tráfico, ou a outro de 16, também já acusado de roubo.
Freud foi o primeiro a dizer que não existiam crianças inocentes. Mas nossos meninos estão sendo convocados cedo demais a fazer o papel de culpados.

domingo, 2 de outubro de 2011

sábado, 1 de outubro de 2011

Aniversariantes do mês


Outubro

05- Wilma (sócia)
07- Socorrinha
11- Zeldinha (sócia)
16- Aélio (Lelo) sócio
19: Lia (filha do casal Lisélia e Carlos.
26- Rafaela(sócia)
28- Sinhá(sócia )
30- Ana Paula (sócia)

A AFA deseja aos Aniversariantes de outubro muitas Felicidades, Amor e muita Paz. QUE DEUS OS ABENÇÕE!

A Diretoria