domingo, 28 de fevereiro de 2010

CENTENÁRIO DE ARMANDO MONTEIRO

Capa da Edição Especial já esgotada.

Descendentes e agregados de Armando e Carmelita Monteiro reuniram-se no SESC - Hotel de Iparana sob a liderança de Teresa Cristina para comemorar o Centenário de seu patriarca. Estiveram presentes um total de 57 pessoas para celebrar a vida e o legado de união disseminado por Armando Monteiro.
Inicialmente foi exibido um filme sobre a história de Armando editado por Teresa e por seu filho Raul, no qual continha fotos marcantes de sua trajetória familiar, emocionando todos os presentes.

Após esta primeira fase muitos depoimentos se sucederam (Filhos: Aélio, Airton, Marilena e Carmen. Netos: Teresa, Aélio Filho, Carlos Almir, Eline e da agregada Ana Paula esposa de Carlos Almir). Tivemos ainda um momento de (re)viver, com a “Crônica da Minha Infância”, desenvolvida e narrada pelo neto Augusto César, atual tesoureiro da AFA, filho de Aroldo e Helena. Foi o momento em que todos os presentes se projetaram para a Fazenda Santa Fé e vivenciaram uma manhã de domingo, com todos os temperos e emoções da família quando lá se reuniam para vivenciar a partilha do AMOR em família.

Momentos que não são mais possíveis.... mas que encontram-se gravados na memória de todos que tiveram a oportunidade de apreender de este homem justo e agregador e que são passados por gerações e gerações aos seus descendentes.

Foi lançada a Revista Manchette editada pelo bisneto Raul, filho de Teresa e Sérgio, irmão da Laís. Uma bela peça publicitária que além da estética primorosa percebe-se a zelo e amor ali depositado.

Armando Monteiro o homem que não conheci fisicamente, mas que o reconheço no seu legado: a UNIÃO FAMILIAR.

A AFA agradece seu exemplo como ser humano, cidadão e acima de tudo como modelo de Pai, Marido e Avô.
Texto: Carlos Almir e Ana Paula

Flávia Assaife tem livro lançado em Portugal


Nossa prima, Flávia, nos manda do Rio de Janeiro essa mensagem:
Olá Amigos,

O meu Livro "Ouço a Voz do Coração através de um Mergulho Interior" lançado em Portugal, já pode ser adquirido no link abaixo:


http://www.worldartfriends.com/store/628-flavia-assaife-ouco-a-voz-do-coracao.html


Em breve, você receberá o convite para o lançamento no Brasil do meu 2º livro "Sussurros da Alma" , espero por você...

Abraços

Flávia Assaife (Flor)

Salim

Um cara engravatado entra na lojinha do Salim, na Rua 25 de Março, e olha com desprezo para o balcão escuro, as roupas penduradas em ganchos e o chão de tacos de madeira sem polimento.

O Salim se irrita com o desprezo do sujeito e resmunga:
-Está olhando feio bro lodjínia de Salim burquê? Com este lodjínia, Salim tem abartamento na Guarujá, tem casa na Búzios, casa na Cambos da Jordão, tem casa no Riviera da Zão Lorenço, tem abartamento no Beirute, tem filho estuda medicina no Estados Unidos, tem filha estuda moda na Baris, tudo só com lodjínia!

O sujeito vira e diz:
- O senhor sabe quem eu sou? Eu sou fiscal do Imposto de Renda!
- Muito brazer! Eu Salim, maior mentiroso do 25 de Março!

Enviado por Arlindo de Almeida Simões, Fortaleza/Ce

VENDE-SE TUDO

(Por Martha Medeiros)

No mural do colégio da minha filha encontrei um cartaz escrito por uma
mãe, avisando que estava vendendo tudo o que ela tinha em casa, pois a
família voltaria a morar nos Estados Unidos. O cartaz dava o endereço
do bazar e o horário de atendimento. Uma outra mãe, ao meu lado, comentou:
- Que coisa triste ter que vender tudo que se tem.
- Não é não, respondi, já passei por isso e é uma lição de vida.
Morei uma época no Chile e, na hora de voltar ao Brasil, trouxe comigo
apenas umas poucas gravuras, uns livros e uns tapetes. O resto vendi
tudo, e por tudo entenda-se: fogão, camas, louça, liquidificador, sala
de jantar, aparelho de som, tudo o que compõe uma casa.
Como eu não conhecia muita gente na cidade, meu marido anunciou o
bazar no seu local de trabalho e esperamos sentados que alguém
aparecesse. Sentados no chão. O sofá foi o primeiro que se foi. Às
vezes o interfone tocava às 11 da noite e era alguém que tinha ouvido
comentar que ali estava se vendendo uma estante. Eu convidava pra
subir e em dez minutos negociávamos um belo desconto. Além disso, eu
sempre dava um abridor de vinho ou um saleiro de brinde, e lá se iam
meus móveis e minhas bugigangas. Um troço maluco: estranhos entravam
na minha casa e desfalcavam o meu lar, que a cada dia ficava mais nu,
mais sem alma .

No penúltimo dia, ficamos só com o colchão no chão, a geladeira e a
tevê. No último, só com o colchão, que o zelador comprou e,
compreensivo, topou esperar a gente ir embora antes de buscar.
Ganhou de brinde os travesseiros.Guardo esses últimos dias no Chile
como o momento da minha vida em que aprendi a irrelevância de quase
tudo o que é material. Nunca mais me apeguei a nada que não tivesse
valor afetivo. Deixei de lado o zelo
excessivo por coisas que foram feitas apenas para se usar, e não para se amar.
Hoje me desfaço com facilidade de objetos, enquanto que torna-se cada
vez mais difícil me afastar de pessoas que são ou foram importantes,
não importa o tempo que estiveram presentes na minha vida. Desejo para
essa mulher que está vendendo suas coisas para voltar aos Estados
Unidos a mesma emoção que tive na minha última noite no Chile.
Dormimos no mesmo colchão, eu, meu marido e minha filha, que na época
tinha 2 anos de idade. As roupas já estavam guardadas nas malas. Fazia
muito frio. Ao acordarmos, uma vizinha simpática nos ofereceu o café
da manhã, já que não tínhamos nem uma xícara em casa.
Fomos embora carregando apenas o que havíamos vivido, levando as
emoções todas: nenhuma recordação foi vendida ou entregue como brinde.
Não pagamos excesso de bagagem e chegamos aqui com outro tipo de leveza.

.... só possuímos na vida o que dela pudermos levar ao partir.....

Enviado por Carmen Holanda, Fortaleza/Ce

sábado, 27 de fevereiro de 2010

Lúcia, uma das fundadoras da AFA, faz aniversário hoje

Lúcia, à esquerda, ao lado de Helena, na Festa de Natal da AFA, em 2.009


Lúcia Almeida Queiroz é uma das Fundadoras da AFA. Casada há 45 anos com Vanderilo Queiroz, o casal tem 4 filhos: Susy, Sany, Vanderilo Filho e Felipe.
No início de nossa Associação Lúcia foi de uma atuação marcante. Hoje devido a questões de saúde, mas graças a Deus sob controle, morando longe do centro da cidade, nem sempre pode frequentar às reuniões, PORÉM O QUE ELA FEZ NÃO SERÁ ESQUECIDO."...
Parabéns minha prima voce é que devia ser a Presidente de Honra.


Nota redigida e enviada por Carmen Holanda

Frases dignas de prêmios

- 'O que te engorda não é o que você come entre o Natal e o Ano Novo, mas o que você come entre o Ano Novo o Natal' - Solange Couto.

- 'Se o horário oficial é o de Brasília, por que a
gente tem que trabalhar na segunda e na sexta?' - Dorival Caymi.

- 'Para seu marido não acordar com a macaca...
Depile-se' - Cláudia Ohana.

- 'Por maior que seja o buraco em que você se
encontra, pense que, por enquanto, ainda não há terra em cima' - Dercy Gonçalves.

- 'Cabelo ruim é igual a bandido.... Ou tá preso ou tá armado' - Ronaldinho Gaúcho.

- 'Preguiçoso é o dono da sauna, que vive do suor dos outros' - Roberto Justus.

- 'Não me considere o chefe, considere-me apenas um colega de trabalho que sempre tem razão' - Galvão Bueno.

- 'Malandro é o pato, que já nasce com os dedos
colados para não usar aliança' - Zeca Pagodinho.

- 'Mulher gorda é que nem Ferrari... Quando sobe na balança vai de zero a cem em um segundo' - Reginaldo Leme.

- 'Os psiquiatras dizem que uma em cada quatro pessoas tem alguma deficiência mental... Fique de olho em três dos seus amigos. Se eles parecerem normais, o retardado é você' - Antônio Palocci.

- 'Se homossexualismo fosse normal.... Deus teria criado Adão e Ivo' - Gilberto Braga.

- 'Casamento começa em motel e termina em pensão' - Romário.

- 'Seja legal com seus filhos. São eles que vão
escolher seu asilo' - Itamar Franco.

- 'Antigamente, o homossexualismo era proibido no Brasil. Depois, passou a ser tolerado. Hoje é aceito como coisa normal... Eu vou-me embora antes que se torne obrigatório' - Arnaldo Jabor.

- 'Passar a mulher pra trás é fácil. O difícil é
passar adiante' - Eduardo Suplicy.

Enviado por Luciano Franco, Fortaleza/Ce

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010

Comer devagar diminui a ingestão de calorias em 10%


Por Anahad O'Connor
The New York Times

A afirmação

Para diminuir a quantidade de calorias ingerida, coma devagar.

Os fatos

As mães sempre pedem aos filhos na mesa de jantar que tenham calma e mastiguem bem a comida. Aparentemente, elas têm um motivo para isso.

Pesquisadores descobriram evidências, ao longo dos anos, que quando as pessoas devoram os alimentos acabam consumindo mais calorias do que quando se alimentam num ritmo mais lento. Um motivo é o efeito da ingestão mais rápida sobre hormônios.

Num estudo publicado no mês passado, cientistas descobriram que quando um grupo de participantes recebia uma porção idêntica de sorvete em diferentes ocasiões, eles liberavam mais hormônios que davam a sensação de saciedade quando tomavam o sorvete em 30 minutos, em vez de 15. Os cientistas coletaram amostras de sangue e mediram a insulina e os hormônios do trato intestinal antes, durante e depois do sorvete. Eles descobriram que dois hormônios que sinalizam a sensação de saciedade, ou de “estar cheio” mostraram uma resposta mais pronunciada quando os participantes tomaram o sorvete mais devagar.

A sensação de saciedade leva a comer menos, como sugeriu outro estudo publicado no The Journal of the American Dietetic Association em 2008. Nesse estudo, os participantes relataram maior saciedade e consumiram aproximadamente 10% menos calorias quando comeram devagar, em comparação a quando simplesmente “engoliram” os alimentos. Em outro estudo, com 3 mil participantes, publicado no The British Medical Journal, as pessoas que informaram comer rapidamente e comer até se sentirem “cheias” tiveram risco três vezes maior de estarem acima do peso em comparação a outras pessoas.

Em outras palavras, os especialistas afirmam que diminuir o ritmo e saborear mais os alimentos é bom e não dói.

Conclusão

Comer mais devagar pode aumentar a sensação de saciedade, reduzindo a ingestão de calorias

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

Estudo sugere que pessoas menos inteligentes fumam mais

Os fumantes parecem ter menor quociente de inteligência (QI) do que os não-fumantes, e, quanto mais uma pessoa fuma, "menos esperta" ela parece ser, segundo pesquisadores do Centro Médico Sheba, em Israel. Em pesquisa com 20 mil recrutas israelenses, os especialistas descobriram que homens jovens que fumam um maço de cigarros por dia ou mais têm QI 7,5 pontos menor do que aqueles que nunca fumaram.

Avaliando os recrutas militares de 18 anos de idade - 28% que fumavam pelo menos um cigarro por dia, 3% que eram ex-fumantes e 68% que nunca tinham fumado -, os pesquisadores notaram que a média de pontuação dos fumantes nos testes de inteligência foi bem menor do que a dos não-fumantes - 94, contra 101 -, independentemente de status socioeconômico e da escolaridade dos pais. E os resultados indicaram, ainda, que, quanto mais cigarros eles fumavam diariamente, piores eram seus resultados nos testes de QI - de 98 para pessoas que fumavam de um a cinco cigarros por dia, para 90 daqueles que fumavam mais de um maço.

De acordo com os autores, os participantes foram proibidos de fumar no período dos testes, assim, os sintomas de abstinência podem ter afetado os resultados dos fumantes. Porém, mesmo aqueles que começaram a fumar pouco tempo antes da pesquisa, após entrarem no exército, apresentaram pior QI do que os não-fumantes, o que indica pouca influência da abstinência de nicotina sobre os resultados.

Baseados nesses resultados, os especialistas concluíram que pessoas com menor QI são mais propensas a começar a fumar e a fumar mais cigarros, e que os resultados não indicam que o tabagismo possa tornar as pessoas menos inteligentes. Por isso, eles defendem que "adolescentes com pior QI podem ser foco de programas desenvolvidos para a prevenção do tabagismo".

Fonte: Addiction. Fevereiro de 2010

A IMPORTÂNCIA DO CAFEZINHO




Dois leões fugiram do Jardim Zoológico.

Na hora da fuga, cada um tomou um

rumo diferente, para despistar

os perseguidores.


Um dos leões foi para as matas

e o outro foi para o

centro da cidade.

Procuraram os leões por todo

o lado, mas ninguém os

encontrou.

Depois de um mês, para surpresa geral,

o leão que voltou foi justamente

o que fugira para as matas.


Voltou magro, faminto, alquebrado.

Foi preciso pedir a um deputado

que arranjasse uma

vaga no Jardim Zoológico.

Assim, o leão foi

reconduzido a sua jaula.

Passaram-se oito meses e

ninguém mais se lembrou do

leão que fugira para

o centro da cidade, quando

um dia, o bicho foi

recapturado e voltou ao

Jardim Zoológico gordo,

sadio, vendendo saúde.


Mal ficaram juntos de novo,

o leão que fugira para a

floresta perguntou

ao colega:

- Como é que conseguiste ficar

na cidade esse tempo

todo e ainda voltar

com saúde?

Eu, que fugi para a mata, tive que

voltar, porque quase não

encontrava o que c omer ... !!!


O outro leão então explicou:

- Enchi-me de coragem

e fui esconder-me numa

repartição pública.

Cada dia comia um funcionário

e ninguém dava por falta dele.

- E por que voltaste então para cá?

Tinham acabado

os funcionários?


- Nada disso.

Funcionário público é coisa

que nunca se acaba.

É que eu cometi um

erro gravíssimo.

Tinha comido o diretor

geral, dois superintendentes,

cinco adjuntos, três coordenadores,

dez assessores,

doze chefes de seção,

quinze chefes de

divisão,várias secretárias,

dezenas de funcionários

e ninguém deu por falta deles!


Mas... No dia em que eu comi

o que servia o

cafezinho...

Estraguei tudo!!!


Enviado por Arildo Almeida, Fortaleza/Ce

terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

Surpresas nos 80 anos de José Aldemir

Familiares e amigos de José Aldemir, reunidos em seu entorno, compartilharam na Comunidade Face de Cristo de uma missa alusiva aos seus 80 anos. Após o evento litúrgico, foi servido um brunch e outras surpresas ocorreram, como a entrega da placa comemorativa por sua neta Gabriela, que também estava aniversariando.
Texto: Carlos e Paula

Aniversariantes do dia - Aldemir Holanda e Gabriela Holanda



Quem nasceu também nesta data foi a Gabriela Holanda, filha dos sócios Carlos Almir e Ana Paula e neta de Aldemir e Carmen. Gabi estuda no Colégio Antares, cursa inglês e, nas horas vagas gosta de sair para o shopping com as amigas, comer sushi e atualizar-se das novidades na internet. Ah, acompanha sempre os pais nas idas à praia do Icaraí, no Condomínio Village.

Aniversariantes do dia - Aldemir Holanda e Gabriela Holanda


Hoje é o aniversário do sócio Aldemir Holanda, casado com uma das fundadoras da AFA Carmen Monteiro Holanda. Aldemir celebra com muita saúde seus 80 anos de vida.

Bem, falar do vovô Aldemir é falar de homem com energia de sobra, ele vibra com as conquitas dos filhos, netos, irmãos e amigos. Lembro-me dos tempos de criança que ele adorava brincar com os netos, comprar revistinhas da Turma da Mônica, quem não lembra as disputas que fazíamos para acompanhá-lo nas idas aos supermercados todas as quintas-feiras? E agora, com a rotina do trabalho eu adorava almoçar na companhia dos avós.

Vovô que você continue esbanjando simpatia, alegria e saúde de sobra!!!

Aniversariante do Dia - 22/02

José Aldemir de Holanda Filho. Casado com Ana Maria tem dois filhos: Priscila que cursa Engenharia Elétrica na Universidade Federal do Ceará e Aldemir Neto aluno do Colégio Ari de Sá Cavalcante.Trabalha em uma Empresa aclopada à Petrobrás e passa 28 dias embarcado e 28 dias com a família. Infelizmente está trabalhando tendo assim que transferir os festejos da data...
Texto: Carmen

A AFA deseja muito Sucesso e Paz.

Desculpe-nos pelo atraso na postagem

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

APRENDA A DAR PRESENTES


Três filhos saíram de casa, conseguiram bons empregos e prosperaram.
Anos depois, eles se encontraram e estavam discutindo sobre os presentes que eles conseguiram comprar para a mãe, que já era bem idosa.
O primeiro disse:
- "Eu consegui comprar uma casa enorme para nossa mãe...".
O segundo disse:
- "Eu mandei para ela uma Mercedes zerinho com motorista.".
O terceiro sorriu e disse:
- "Certamente meu presente foi melhor. Vocês sabem como a mamãe gosta da Bíblia, mas ela está praticamente cega e não consegue mais ler.
Então mandei pra ela um papagaio marrom raro que consegue recitar a Bíblia todinha. Foram 12 anos de treinamento num mosteiro, por 20 monges diferentes. Eu tive de doar US$ 100, 000.00 para o mosteiro,mas valeu a pena. Nossa mãe precisa apenas dizer o capítulo e versículo que o papagaio recita sem um único erro".
Tempos depois, os filhos receberam da mãe uma carta de agradecimento pelos presentes:
Primeiro: "Milton, a casa que você comprou é muito grande. Eu moro apenas em um quarto, mas tenho de limpar a casa todinha...".
Segundo: "Maycon, eu estou muito velha pra sair de casa e viajar. Eu fico em casa o tempo todo e nunca uso o Mercedes que você me deu. E o motorista também é muito mal educado...".
Terceiro: "Querido Marvin, você foi o único filho que teve bom senso pra saber que o que a sua mãe realmente gosta é de coisas simples.
Aquele franguinho estava delicioso, muito obrigada."

Enviado por Carmen Holanda, Fortaleza/Ce

Gordura Trans





O que é

Gordura trans é o nome popular de um tipo de gordura não saturada. Ela pode se apresentar tanto na forma monosaturada como na forma polinsaturada.
Informações sobre a gordura trans
Uma classe específica deste tipo de gordura está presente, em pequena quantidade, nas carnes e em diversos outros produtos de origem animal, consumidos freqüentemente por grande parte das pessoas.

Quimicamente as moléculas da gordura trans se apresentam de forma semelhante as das gorduras não trans; contudo, ambas possuem características diferentes.

Nas moléculas de gordura trans, os átomos de hidrogênio são pareados e se ligam duplamente aos átomos de carbono, característica também comum as gorduras não saturadas, contudo, o ponto de fusão da trans é bem mais alto.
Ao contrário de outros tipos de gordura, a trans, além de não ser necessária ao nosso organismo, é extremamente prejudicial à saúde. Sabe-se que seu consumo aumenta muito o risco de doenças do coração.

As gorduras trans que não são de origem animal, são consideradas bem mais prejudiciais à saúde do que aquelas que já se apresentam naturalmente nos alimentos, como por exemplo, as que estão presentes em alimentos como a carne.

Diante dos malefícios que ela traz a saúde, órgãos de controle da saúde em todo o mundo recomendam a redução de seu consumo. Este tipo de gordura está, na maioria das vezes, relacionada à obesidade.

Muitos países adotaram um controle rígido de seu consumo, como por exemplo, a obrigatoriedade de se revelar sua quantidade ou presença no rótulo das embalagens. Diante disso, empresas alimentícias já estão removendo voluntariamente a gordura trans de seus produtos.

Curiosidade: os alimentos que mais possuem gordura trans são: biscoitos recheados industrializados, salgadinhos de pacote, pipoca de micro-ondas, molhos de salada, maioneses, hamburgueres, margarinas, sorvetes, chocolates, etc.

Dica: antes de comprar um produto industrializado, olhe no rótulo da embalagem a tabela com informações. Dê preferência para os alimentos sem gordura trans. Muitas empresas já estão fabricando produtos, como os acima citados, sem este tipo de gordura.

Fonte: www.todabiologia.com

domingo, 21 de fevereiro de 2010

FOLIÕES DA AFA NO ICARAÍ I

Vários sócios da AFA passaram o Carnaval reunidos no Condomínio Village do Icaraí.
Um reduto de amigos que curtem o prazer da partilha em torno de uma boa mesa, uma rodada de barulho e/ou uma mesa de dominó. Neste carnaval a organização foi tamanha que até camisas foram confeccionadas, com o seguinte lema: Ão... Ão... Ão... na frente e Ê... Ê... Ê... atrás. Tradução não publicável. Proibida para menos de 18 anos...KKKK
Sérgio e Simone (sócios)
Maria, Mozira,Simone (sócia), Isabelle (sócia), amiga, Vera, Marcia,

Flávia, Ana Paula (sócia), Vladia e esposo.

Augusto César - Guto (sócio) na brincadeira com tinta.


Gabriela e Rafela (sócias)




Pensando bem


Luis Fernando Veríssimo

Pensando bem em tudo o que a gente vê e vivencia
e ouve e pensa, não existe uma pessoa certa pra gente.
Existe uma pessoa que se você for parar pra pensar é, na verdade, a pessoa errada.
Porque a pessoa certa faz tudo certinho!
Chega na hora certa, fala as coisas certas,
faz as coisas certas, mas nem sempre a gente tá precisando das coisas certas.
Aí é a hora de procurar a pessoa errada.
A pessoa errada te faz perder a cabeça, perder a hora, morrer de amor...
A pessoa errada vai ficar um dia sem te procurar
que é pra na hora que vocês se encontrarem
a entrega ser muito mais verdadeira.
A pessoa errada, é na verdade, aquilo que a gente chama de pessoa certa.
Essa pessoa vai te fazer chorar, mas uma hora depois vai estar enxugando suas lágrimas.
Essa pessoa vai tirar seu sono.
Essa pessoa talvez te magoe e depois te enche de mimos pedindo seu perdão.
Essa pessoa pode não estar 100% do tempo ao seu lado, mas vai estar 100% da vida dela esperando você.
Vai estar o tempo todo pensando em você.
A pessoa errada tem que aparecer pra todo mundo,
porque a vida não é certa.
Nada aqui é certo!
O que é certo mesmo, é que temos que viver cada momento, cada segundo, amando, sorrindo, chorando, emocionando, pensando, agindo,
querendo,conseguindo...
E só assim, é possível chegar àquele momento do dia em que a gente diz: "Graças à Deus deu tudo certo"
Quando na verdade, tudo o que Ele quer é que a gente encontre a pessoa errada pra que as coisas comecem a realmente funcionar direito pra
gente...

10 Alimentos Para Viver Mais


AVEIA
Ajuda a diminuir o colesterol ruim, o LDL. Ganhou o selo de redutor do risco de doenças cardíacas da FDA, agência americana de controle de alimentos e remédios.
Quantidade recomendada: 40 gramas por dia de farelo ou 60 gramas da farinha.

ALHO
Reduz a pressão arterial e protege o coração ao diminuir a taxa de colesterol ruim e aumentar os níveis do colesterol bom, o HDL. Pesquisas indicam que pode ajudar na prevenção de tumores malignos.
Quantidade recomendada: um dente por dia (para diminuir o colesterol e a pressão arterial).

AZEITE DE OLIVA
Auxilia na redução do LDL. Sua ingestão no lugar de margarina ou manteiga pode reduzir em até 40% o risco de doenças do coração.
Quantidade recomendada: 15 mililitros por dia ou uma colher (de sopa rasa).

CASTANHA-DO-PARÁ
Assim como noz, pistache e amêndoa, auxilia na prevenção de problemas cardíacos. Também ganhou o selo de redutora de doenças cardiovasculares da FDA.
Quantidade recomendada: 30 gramas por dia ou de cinco a seis unidades.

CHÁ VERDE
Auxilia na prevenção de tumores malignos. Estudos indicam ainda que pode diminuir as doenças do coração, prevenir pedras nos rins e auxiliar no tratamento da obesidade.
Quantidade recomendada: de quatro a seis xícaras por dia (para reduzir os riscos de gastrite e câncer no esôfago).

MAÇÃ
Ajuda a prevenir tumores malignos, diz o médico Michael Roizen. O consumo regular de frutas variadas auxilia na redução de doenças cardíacas e da pressão sangüínea, além de evitar doenças oculares como catarata.
Quantidade recomendada: cinco porções de frutas por dia.

PEIXES
Os peixes ricos em ômega 3, como a sardinha, o bacalhau e o salmão, são poderosos aliados na prevenção de infartos e derrames. Estudos indicam também que reduzem dores de artrite, melhoram a depressão e protegem o cérebro contra doenças como o mal de Alzheimer.
Quantidade recomendada: pelo menos 180 gramas por semana (para reduzir o risco de doenças cardiovasculares).

SOJA
Ajuda a reduzir o risco de doenças cardiovasculares, segundo a FDA. Seu consumo regular pode diminuir os níveis de colesterol ruim em mais de 10%. Há indicações de que também ajuda a amenizar os incômodos da menopausa e a prevenir o câncer de mama e de cólon.
Quantidade recomendada: 150 gramas de grão de soja por dia, o equivalente a uma xícara de chá (para reduzir o colesterol).

TOMATE
Auxilia na prevenção do câncer de próstata.
Quantidade recomendada: uma colher e meia (sopa) de molho de tomate por dia.

VINHO TINTO
A uva vermelha, presente no vinho ou no suco, ajuda a aumentar o colesterol bom e evita o acúmulo de gordura nas artérias, prevenindo doenças do coração.
Quantidade recomendada: dois copos de suco de uva ou uma taça de vinho tinto por dia.

* As quantidades de alimentos indicadas se referem apenas à prevenção das doenças especificadas. A dosagem ideal para o combate das demais ainda não foi identificada pelos pesquisadores.
Fonte: site Você sabia

Shakespeare



Perguntei a um sábio,
a diferença que havia
entre amor e amizade,
ele me disse essa verdade...
O Amor é mais sensível,
a Amizade mais segura.
O Amor nos dá asas,
a Amizade o chão.
No Amor há mais carinho,
na Amizade compreensão.
O Amor é plantado
e com carinho cultivado,
a Amizade vem faceira,
e com troca de alegria e tristeza,
torna-se uma grande e querida
companheira.
Mas quando o Amor é sincero
ele vem com um grande amigo,
e quando a Amizade é concreta,
ela é cheia de amor e carinho.
Quando se tem um amigo
ou uma grande paixão,
ambos sentimentos coexistem
dentro do seu coração.

William Shakespeare

Aprender rápido é uma competência valorizada



Em um mercado que muda sem parar, a agilidade para aprender coisas novas virou uma habilidade valorizada

Elisa Tozzi - Revista Você S.A.


A maior mudança de carreira enfrentada pela engenheira paranaense Karime Abib, de 37 anos, foi trocar um emprego de gerente de qualidade e garantia na Delphi, fabricante de autopeças, por outro, na Unilever, para ser gerente de inovação e complexidade, responsável por reformular a imagem da marca aos olhos do consumidor. Ao fazer a transição do mercado automotivo para o de bens de consumo, Karime precisou entender em pouco tempo uma série de diferenças entre os setores e as culturas corporativas — além de conhecer novas pessoas e, claro, manter o desempenho na nova função. “Observava atentamente como meus novos colegas e chefes agiam”, diz.

Karime Abib, engenheira, 37 anos: agilidade de aprendizagem a ajudou a crescer na carreira

A capacidade de aprender rapidamente se tornou uma competência valorizada no mercado de trabalho. Por quê? Porque as empresas e os negócios vivem um período de mudanças frequentes, no qual a bagagem de conhecimento que um profissional acumula na carreira nem sempre dá conta de todas as situações a que ele estará exposto. A saída, então, é desenvolver um esforço de atualização permanente, tentando dominar as novidades e as tendências do mercado e da profissão.

Segundo o headhunter Gerson Correia, da empresa de consultoria Talent Solution, essa característica é fundamental para crescer na carreira. “Nas empresas, a palavra de ordem hoje é mudança. Um profissional só se desenvolve se conseguir se adaptar facilmente.” Rodolfo Eschenbach, diretor da área de talentos da consultoria Accenture, em São Paulo, é da mesma opinião:

“Esse profissional é cada vez mais procurado pelas empresas que precisam de gente ágil em seus quadros”. Uma das características dessa competência é saber encarar as transformações de maneira positiva — sem pânico e com dedicação para esquecer os próprios preconceitos e se abrir ao novo. De acordo com Fernanda Pomim, responsável pela área de liderança da consultoria Korn/Ferry do Brasil, a habilidade é mais frequente em profissionais com elevado grau de autoconhecimento. “Essas pessoas conseguem avaliar melhor os sucessos e fracassos e aprender com os erros e acertos”, afirma.

"As empresas precisam de profissionais com agilidade para se adaptarem rapidamente às mudanças exigidas pelo mercado."
Rodolfo Eschenbach, diretor da área de talentos da consultoria Accenture

É possível desenvolver a característica ao longo da carreira. Para isso, o importante é ter vontade de encarar desafios e pedir feedback constantemente. O domínio dessa competência, segundo a Korn/Ferry, também é importante para cargos de liderança. “Liderar uma equipe ou ser responsável por um projeto numa área na qual não se tem tanta intimidade ajuda a ampliar o aprendizado”, diz Fernanda.

“Além disso, para aprender rápido é preciso ouvir com atenção as críticas de colegas e chefes.”

sábado, 20 de fevereiro de 2010

MULHERES MODERNAS !!!




A moça passeava às margens do lago, quando, de repente, apareceu um sapo dizendo:
- Olhe, eu sou um engenheiro e fui transformado em um sapo por uma bruxa malvada. Se você me beijar, eu me caso com você e seremos felizes para sempre!
A mocinha toda contente, pegou o sapo e o colocou no bolso da jaqueta.
Enquanto ela ia a caminho de casa, o sapo começou a ficar impaciente e perguntou:
- Ei, você não vai me beijar?
Ela respondeu:
- De jeito nenhum! Faço muito mais dinheiro com um sapo falante do que com um marido engenheiro.

Estudo mostra que variações musicais podem influenciar o corpo humano



Música clássica poderia servir de tratamento a pressão alta e problemas do coração

Essa é para quem sempre disse que quem canta os males espanta. Pesquisadores descobriram que o fluxo do sangue e as taxas respiratórias podem ser sincronizadas com música, e suas variações podem influenciar no corpo humano, relaxando-o ou excitando-o.

Luciano Bernardi, pesquisador de Medicina Interna da Universidade Pavia, na Itália, afirma que a música pode induzir mudanças no sistema cardiovascular. “Não é apenas a emoção que cria as mudanças cardiovasculares, mas este estudo sugere que também o oposto pode ser possível, que as mudanças cardiovasculares podem ser a base para as emoções, de forma bidirecional”, relata Bernardi.

O estudo, publicado no Journal of the American Heart Association, foi feito com 24 participantes, sendo 12 cantores experientes e 12 pessoas que não possuíam qualquer treinamento musical. Além disso, todas as pessoas tinham idades, etnias e educações parecidas, uma vez que a diferenciação desses fatores poderia gerar respostas diferentes.

Cinco faixas de música clássica e dois minutos de silêncio foram apresentados às pessoas, que estavam sendo analisadas com eletrocardiogramas e monitores para que fossem medidos itens como pressão do sangue, fluxo arterial cerebral e respiratório e estreitamento dos vasos sangüíneos na pele.

Os resultados foram interessantes. Os pesquisadores da Universidade Pavia descobriram que conforme aconteciam os crescendos um aumento gradual do volume e intensidade nas músicas, os vasos sangüíneos das pessoas se estreitavam, a pressão sangüínea subia, os batimentos cardíacos ganhavam velocidade e amplitude da respiração aumentava. Em cada faixa de música a porção do efeito foi proporcional à mudança no perfil musical. Quando aconteciam os decrescendos ou as pausas de dois minutos em silêncio, o corpo das pessoas relaxava, e todos os índices que haviam crescido, diminuíam.

Juntamente com as respostas do corpo aos crescendos e decrescendos, certas frases rítmicas musicais pareciam sincronizar com o ritmo inerente do coração. Essas frases, vindas de duas peças do compositor Verdi, tinham 10 segundos cada, tempo similar ao padrão de oscilação na pressão sangüínea. Essas respostas do coração não estavam relacionadas à emoção, e tampouco precisaram de qualquer mudança na respiração para acontecerem.

De acordo com o site TG Daily , vários outros estudos relacionados à música já foram feitos, e mostram que ela pode diminuir o stress, aumentar a performance atlética de uma pessoa e aumentar as habilidades motoras de pacientes com problemas neurológicos. “O que estamos aprendendo com os estudos atuais e anteriores é que alternar entre músicas rápidas e lentas pode ser potencialmente mais eficaz”, disse Bernardi.

Um resultado como esse pode provar quer a música pode ser utilizada em terapias para doenças cardíacas ou problemas de pressão alta, noticiou o site Forbes . “O perfil da música (crescendo ou decrescendo) é continuamente rastreado pelos sistemas cardíaco e respiratório. Isso fica evidente quando a música é rica em ênfases, como nas óperas”, ressaltou Bernardi. “Essas descobertas aumentam nosso entendimento de como a música pode ser utilizada em medicina de reabilitação”, completa.
Fonte: site sou vegetariano

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

Ao trabalho


Anúncio publicado em 1.919

Enviado por Joseoly Moreira, Fortaleza/Ce

Curiosidades sobre o Sangue

Uma pessoa normal possui cerca de cinco litros de sangue, representando até 7% de seu peso. Ele é vermelho-vivo nas artérias e vermelho-escuro nas veias. São 96500 km de veias e artérias.
O sangue retirado do corpo coagula-se em seis minutos.
Em um minuto o sangue circula por todo o corpo. Essa viagem fica mais rápida ao praticarmos exercícios físicos. Quase um litro de sangue passa pelo cérebro nesse período.

Para quem vive ao nível do mar, uma gota de sangue contém 5 milhões de glóbulos vermelhos (ou hemácias). Em habitantes de regiões mais altas, esse número aumenta para 7 milhões. Eles transportam o oxigênio da respiração pelo corpo. O organismo destrói perto de 1 trilhão de glóbulos vermelhos por dia.Nessa mesma gota, temos 9 mil glóbulos brancos (ou linfócitos).

Fonte: site você sabia.

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

SAÚDE MENTAL



Rubem Alves

Fui convidado a fazer uma preleção sobre saúde mental. Os que me convidaram supuseram que eu, na qualidade de psicanalista, deveria ser um especialista no assunto. E eu também pensei. Tanto que aceitei. Mas foi só parar para pensar para me arrepender. Percebi que nada sabia. Eu me explico.

Comecei o meu pensamento fazendo uma lista das pessoas que, do meu ponto de vista, tiveram uma vida mental rica e excitante, pessoas cujos livros e obras são alimento para a minha alma. Nietzsche, Fernando Pessoa, Van Gogh, Wittgenstein, Cecília Meireles, Maiakovski. E logo me assustei. Nietzsche ficou louco. Fernando Pessoa era dado à bebida. Van Gogh matou-se. Wittgenstein alegrou-se ao saber que iria morrer em breve: não suportava mais viver com tanta angústia. Cecília Meireles sofria de uma suave depressão crônica. Maiakoviski suicidou-se.

Essas eram pessoas lúcidas e profundas que continuarão a ser pão para os vivos muito depois de nós termos sido completamente esquecidos. Mas será que tinham saúde mental? Saúde mental, essa condição em que as idéias comportam-se bem, sempre iguais, previsíveis, sem surpresas, obedientes ao comando do dever, todas as coisas nos seus lugares, como soldados em ordem unida, jamais permitindo que o corpo falte ao trabalho, ou que faça algo inesperado; nem é preciso dar uma volta ao mundo num barco a vela, bastar fazer o que fez a Shirley Valentine (se ainda não viu, veja o filme) ou ter um amor proibido ou, mais perigoso que tudo isso, a coragem de pensar o que nunca pensou.

Pensar é uma coisa muito perigosa... Não, saúde mental elas não tinham. Eram lúcidas demais para isso. Elas sabiam que o mundo é controlado pelos loucos e idosos de gravata. Sendo donos do poder, os loucos passam a ser os protótipos da saúde mental. Claro que nenhum dos nomes que citei sobreviveria aos testes psicológicos a que teria de se submeter se fosse pedir emprego numa empresa. Por outro lado, nunca ouvi falar de político que tivesse estresse ou depressão. Andam sempre fortes em passarelas pelas ruas da cidade, distribuindo sorrisos e certezas.

Sinto que meus pensamentos podem parecer pensamentos de louco e por isso apresso-me aos devidos esclarecimentos. Nós somos muito parecidos com computadores. O funcionamento dos computadores, como todo mundo sabe, requer a interação de duas partes. Uma delas chama-se hardware, literalmente "equipamento duro", e a outra denomina-se software, "equipamento macio". O hardware é constituído por todas as coisas sólidas com que o aparelho é feito.

O software é constituído por entidades "espirituais" - símbolos que formam os programas e são gravados nos disquetes.

Nós também temos um hardware e um software. O hardware são os nervos do cérebro, os neurônios, tudo aquilo que compõe o sistema nervoso. O software é constituído por uma série de programas que ficam gravados na memória. Do mesmo jeito como nos computadores, o que fica na memória são símbolos, entidades levíssimas, dir-se-ia mesmo "espirituais", sendo que o programa mais importante é a linguagem.

Um computador pode enlouquecer por defeitos no hardware ou por defeitos no software. Nós também. Quando o nosso hardware fica louco há que se chamar psiquiatras e neurologistas, que virão com suas poções químicas e bisturis consertar o que se estragou. Quando o problema está no software, entretanto, poções e bisturis não funcionam. Não se conserta um programa com chave de fenda. Porque o software é feito de símbolos, somente símbolos podem entrar dentro dele.

Assim, para se lidar com o software há que se fazer uso dos símbolos. Por isso, quem trata das perturbações do software humano nunca se vale de recursos físicos para tal. Suas ferramentas são palavras, e eles podem ser poetas, humoristas, palhaços, escritores, gurus, amigos e até mesmo psicanalistas.

Acontece, entretanto, que esse computador que é o corpo humano tem uma peculiaridade que o diferencia dos outros: o seu hardware, o corpo, é sensível às coisas que o seu software produz. Pois não é isso que acontece conosco? Ouvimos uma música e choramos. Lemos os poemas eróticos de Drummond e o corpo fica excitado. Imagine um aparelho de som. Imagine que o toca-discos e os acessórios, o hardware, tenham a capacidade de ouvir a música que ele toca e se comover. Imagine mais, que a beleza é tão grande que o hardware não a comporta e se arrebenta de emoção! Pois foi isso que aconteceu com aquelas pessoas que citei no princípio: a música que saía de seu software era tão bonita que seu hardware não suportou.

Dados esses pressupostos teóricos, estamos agora em condições de oferecer uma receita que garantirá, àqueles que a seguirem à risca, saúde mental até o fim dos seus dias. Opte por um software modesto. Evite as coisas belas e comoventes. A beleza é perigosa para o hardware. Cuidado com a música. Brahms e Mahler são especialmente contra-indicados. Já o rock pode ser tomado à vontade.

Quanto às leituras, evite aquelas que fazem pensar. Há uma vasta literatura especializada em impedir o pensamento. Se há livros do doutor Lair Ribeiro, por que se arriscar a ler Saramago? Os jornais têm o mesmo efeito. Devem ser lidos diariamente. Como eles publicam diariamente sempre a mesma coisa com nomes e caras diferentes, fica garantido que o nosso software pensará sempre coisas iguais. E, aos domingos, não se esqueça do Silvio Santos e do Gugu Liberato.

Seguindo essa receita você terá uma vida tranqüila, embora banal. Mas como você cultivou a insensibilidade, você não perceberá o quão banal ela é. E, em vez de ter o fim que tiveram as pessoas que mencionei, você se aposentará para, então, realizar os seus sonhos. Infelizmente, entretanto, quando chegar tal momento, você já terá se esquecido de como eles eram.


Autor: Rubem Alves
Enviado por: Dilson de Almeida, Rio de Janeiro/RJ

Volta às aulas: atenção e cuidado na hora de compor a lancheira

Saúde no recreio

Patrícia Paz

Após o Carnaval, a rotina retorna com tudo. Dentre as preocupações do cotidiano e a volta às aulas, algo, no entanto, costuma ficar esquecido: o preparo do lanche das crianças. A lancheira do recreio da garotada já esteve repleta de alimentos calóricos e mais atrativos para o paladar, deixando a saúde um pouco esquecida. Em função da preocupação com o aumento da obesidade infantil – que chama atenção das autoridades para problemas como a desnutrição no País -, os pais adotaram uma postura mais atenta na hora de avaliar opções saudáveis e funcionais para o preparo do lanche das crianças.



Dentre as mudanças de hábito, o lanche passou a ser visto como uma refeição essencial durante o dia, pois repõe os gastos energéticos das atividades escolares. Antes, porém, ele era tido como o principal responsável por afugentar o apetite do almoço e, por essa razão, costumava ser preparado com menos atenção e tratado como um ‘agrado’ para a criançada.



Os pais estão que estão mais atentos para a importância dessa refeição sabem que é preciso evitar os alimentos ricos em gordura e açúcar, como biscoitos e bolos recheados, salgados fritos e refrigerantes. Na hora de variar o cardápio, preferem combinar opções de alimentos energéticos (ricos em carboidratos), construtores (fontes de proteína) e reguladores (fonte de vitaminas, sais minerais e fibras). Entre as opções de alimentos energéticos estão os pães, torradas e salgados integrais (sem recheio ou cobertura), os cereais matinais à base de aveia, frutas e as famosas barrinhas

Para os alimentos construtores é possível escolher os queijos (minas fresco, mussarela, requeijão, ricota), frios magros (blanquet de peru e presunto magro), leite, bebidas à base de soja e iogurtes. O único cuidado é que todos esses alimentos devem ser armazenados em garrafas ou lancheiras térmicas. As frutas frescas ou secas, os sucos naturais e a água de coco fazem parte do grupo dos alimentos reguladores, que são ricos em fibra e água, ajudam no equilíbrio do organismo e evitam a desidratação.

As combinações também são importantes para não tornar o lanche algo enjoativo. Alternar sucos com os alimentos energéticos, construtores e reguladores é a alma do negócio. Algumas opções costumam ser ideais, como:

- suco de fruta + sanduíche + salada de fruta;


- suco de fruta + barra de cereal + banana;


- salada de fruta + iogurte + granola ou cereal matinal;


- vitaminas com frutas e aveia + sanduíche.

Outra dica importante para os pais na escolha do lanche é a de sempre optar por alimentos que durem até a hora em que será consumido, além de privilegiar frutas cujas cascas podem ser ingeridas ou retiradas facilmente (maçã, banana, pêra, uva, mexerica).


Fonte: site abíliodiniz/UOL

Contar carneirinhos não ajuda a combater insônia, diz estudo





Por Anahad O'Connor
The New York Times

Contar carneirinhos não ajuda a pegar no sono, segundo cientistas

Qual sua dica para dormir melhor?
A afirmação
Contar carneirinhos ajuda a cair no sono.

Os fatos
O motivo pelo qual as pessoas contam carneirinhos, em vez de passarinhos ou veleiros, é incerto; algumas autoridades acham que isso pode ter a ver com um sistema de cálculo criado por pastores na antiga Bretanha.

Porém, não há dúvidas que a frase se incorporou à linguagem. E seu significado é bem claro – a monotonia da tarefa deveria embalar seu sono.

Mas será que funciona? Cientistas da Universidade de Oxford fizeram o teste. Em seu estudo, que aparece no jornal Behavior Research and Therapy, dois pesquisadores recrutaram pessoas que sofrem de insônia e as separaram em dois grupos. Depois as monitoraram enquanto as pessoas tentavam técnicas diferentes para adormecer em várias noites.

Os pesquisadores descobriram que os participantes demoravam um pouco mais para adormecer nas noites em que foram instruídos a se distrair contando carneirinhos ou não receberam instrução alguma. No entanto, quando os participantes foram instruídos a imaginar um cenário relaxante – uma praia, por exemplo –, eles adormeceram em média 20 minutos antes do que em outras noites. Contar carneirinhos, como sugeriram os cientistas, pode simplesmente ser algo tedioso demais para se fazer por muito tempo, enquanto imagens de uma orla tranquila ou uma corrente de água serena são algo atraente o suficiente para nos mantermos concentrados.

Em outros estudos de Oxford, cientistas compararam pessoas que dormem “bem” com pessoas que sofrem de insônia, e encontraram diferenças em seus pensamentos antes do adormecer. Os que sofrem de insônia vislumbravam menos cenários de qualquer tipo e tinham mais pensamentos sobre imagens desagradáveis, preocupações, barulho no ambiente, “relações íntimas” e coisas que fizeram durante o dia.

Conclusão
Não conte carneirinhos para pegar no sono. Em vez disso, tente imaginar cenas relaxantes.

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

Airton faz aniversário






O aniversariante de hoje é João Airton de Almeida Monteiro. Casado com Eliane Gurgel Monteiro, de cuja união nasceram três filhas: Eliana (1967), Eline (1968) e Eveline (1971).
Airton é um empresário bem sucedido no segmento de prestação de serviços. Participou do Movimento Rotário de Fortaleza, no Clube RC – Fortaleza – Alagadiço de 1975 a 2003, tendo exercido a Presidência no período de Julho/1988 a Junho/1989.
Participa da AFA – Associação da Família Almeida desde sua fundação, tendo exercido a presidência no ano de Julho/1988 a Junho/1989.
Atua ativamente na Comunidade Católica Face de Cristo desde 1993, tendo sido membro do Conselho desta Comunidade e seu Ecônomo em 1996 e 2003.
Avô de sete netos: Luana, Luiz Fernando, Airton Neto, Lucas, Luíza e Maria Celina

Ao aniversariante, a AFA deseja muitas felicidades e muitos anos de vida.

Alzheimer-Interessantíssimo

A cada 1 minuto de tristeza perdemos a oportunidade de sermos felizes por 60 segundos.

Sobre o Alzheimer
Roberto Goldkorn é psicólogo e escritor

Meu pai está com Alzheimer. Logo ele, que durante toda vida se dizia 'o Infalível'. Logo ele, que um dia, ao tentar me ensinar matemática, disse que as minhas orelhas eram tão grandes que batiam no teto. Logo ele que repetiu, ao longo desses 54 anos de convivência, o
nome do músculo do pescoço que aprendeu quando tinha treze anos e que nunca mais esqueceu: esternocleidomastóideo.

O diagnóstico médico ainda não é conclusivo, mas, para mim, basta saber que ele esquece o meu nome, mal anda, toma líquidos de canudinho, não consegue terminar uma frase, nem controla mais suas funções fisiológicas, e tem os famosos delírios paranóicos comuns nas demências tipo Alzheimer.

Aliás, fico até mais tranqüilo diante do 'eu não sei ao
certo' dos médicos; prefiro isso ao 'estou absolutamente certo de que.....', frase que me dá arrepios.

E o que fazer... para evitarmos essas drogas?

Como?

Lendo muito, escrevendo, buscando a clareza das idéias, criando novos circuitos neurais que venham a substituir os afetados pela idade e pela vida 'bandida'.

Meu conselho: é para vocês não serem infalíveis como o meu pobre pai; não cheguem ao topo, nunca, pois dali só há um caminho: descer. Inventem novos desafios, façam palavras cruzadas, forcem a memória, não só com drogas (não nego a sua eficácia, principalmente as nootrópicas), mas correndo atrás dos vazios e lapsos.

Eu não sossego enquanto não lembro do nome de algum velho conhecido, ou de uma localidade onde estive há trinta anos.. Leiam e se empenhem em entender o que está escrito, e aprendam outra língua, mesmo aos sessenta anos.

Coloquem a palavra FELICIDADE no topo da sua lista de prioridades: 7 de cada 10 doentes nunca ligaram para essas 'bobagens' e viveram vidas medíocres e infelizes - muitos nem mesmo tinham consciência disso.

Mantenha-se interessado no mundo, nas pessoas, no futuro. Invente novas receitas, experimente (não gosta de ir para a cozinha?
Hum... Preocupante). Lute, lute sempre, por uma causa, por um ideal, pela felicidade. Parodiando Maiakovski, que disse 'melhor morrer de vodca do que de tédio', eu digo: melhor morrer lutando o bom combate do que ter a personalidade roubada pelo Alzheimer.

Dicas para escapar do Alzheimer:

Uma descoberta dentro da Neurociência vem revelar que o cérebro mantém a capacidade extraordinária de crescer e mudar o padrão de suas conexões.

Os autores desta descoberta, Lawrence Katz e Manning Rubin (2000), revelam que NEURÓBICA, a 'aeróbica dos neurônios', é uma nova forma de exercício cerebral projetada para manter o cérebro ágil e saudável, criando novos e diferentes padrões de atividades dos
neurônios em seu cérebro. Cerca de 80% do nosso dia-a-dia é ocupado por rotinas que, apesar de terem a vantagem de reduzir o esforço intelectual, escondem um efeito perverso; limitam o cérebro.

Para contrariar essa tendência, é necessário praticar
exercícios 'cerebrais' que fazem as pessoas pensarem somente no que estão fazendo, concentrando-se na tarefa. O desafio da NEURÓBICA é fazer tudo aquilo que contraria as rotinas, obrigando o cérebro a um trabalho
adicional. Tente fazer um teste:

- use o relógio de pulso no braço direito;
- escove os dentes com a mão contrária da de costume;
- ande pela casa de trás para frente; (vi na China o pessoal treinando isso num parque);
- vista-se de olhos fechados;
- estimule o paladar, coma coisas diferentes;
- veja fotos de cabeça para baixo;
- veja as horas num espelho;
- faça um novo caminho para ir ao trabalho.
A proposta é mudar o comportamento rotineiro!
Tente, faça alguma coisa diferente com seu outro lado e estimule o seu cérebro. Vale a pena tentar!
Que tal começar a praticar agora, trocando o mouse de lado?
Que tal começar agora enviando esta mensagem, usando o mouse com a mão esquerda?
FAÇA ESTE TESTE E PASSE ADIANTE PARA SEUS (SUAS) AMIGOS (AS).
'Critique menos, trabalhe mais. E, não se esqueça nunca de agradecer!'
Sucesso para você!!!

Obs.esta mensagem foi enviada por mim, com a

mão esquerda.

Enviado por Augusto César (Guto), Fortaleza/Ce

Dulce falece no Rio de Janeiro

Vejam a triste notícia que somente hoje recebo de Déa



Dulce, minha irmã mais velha, após longa enfermidade, leucemia, nos deixou físicamente no dia 05/02; nos deixou apenas em aparência porque sua lembrança permanecerá sempre conosco, assim como tem permanecido a lembrança de nossos pais.

Ela trouxe em sua herança inúmeros valores morais como a dignidade, honestidade, responsabilidade, capacidade de estudo e capacidade de ajudar os semelhantes.

Temos inúmeras recordações dos benefícios que ela nos prodigalizou com sua inteligência e sensibilidade.

Eu mesma encaminhei minha vida de escolar e profissional através do exemplo, dos incentivos e dos úteis conselhos que soube me transmitir.

Recordá-la, portanto, significa recordar inúmeros episódios que vivem na minha e certamente vivem na vida dos meus irmãos.

Os laços de afeto construídos perdurarão para além da vida física para que um dia –quem sabe–, possamos unir os tempos vividos.

Abraços, Déa.

terça-feira, 16 de fevereiro de 2010

ANIVERSARIANTE DO DIA


Hoje é dia do aniversário da sócia Ana Maria, esposa de Aldemir Filho e mãe de Priscila e de Aldemir Neto. Mulher perspicaz e extremamente zelosa com sua casa. Além do seu trabalho na corporação policial dedica seu tempo em empreender novos detalhes na decoração de seu lar. Sempre atualizada nas tendências de ambientações.

Coisas musicais

Dois homens condenados à cadeira elétrica foram levados para a mesma ante-sala no dia da execução.
O padre lhes deu a extrema-unção, o carcereiro fez o discurso formal e uma prece final foi rezada pelos participantes.
O carrasco, voltando-se ao primeiro homem, perguntou:
- Você tem um último pedido?
- Tenho. Como eu adoro forró, axé, gostaria de ouvir o CD do Calcinha Preta, Saia Rodada, Calypso, Mulheres Perdidas, Cavaleiros do Forró, Moleca 100 Vergonha, Banda Faraós, e pela última vez antes de morrer, se for possível, o CD do Robério e seus teclados, Harmonia do Samba, Asa de Águia, Frank Aguiar e para encerrar, o Belo.
- Ok, tudo bem. Seu pedido será realizado.
O carrasco virou para o segundo condenado e perguntou:
- E você, qual seu último pedido?
- Posso morrer primeiro?

Enviado por Arlindo de Almeida Simões, Fortaleza/Ce

Música "Lobo Mau" causa polêmica no carnaval da Bahia

A música "Lobo Mau", sucesso do grupo de pagode O Báck, tem provocado polêmica neste Carnaval e dois artistas já se recusaram a cantá-la por causa da sua letra, que faria alusão à pedofilia. Na sexta-feira, o cantor Tatau, ex-Araketu, não atendeu aos fãs que lhe pediam a música, atitude seguida por Carla Perez neste sábado (13), quando desfilava com o seu bloco infantil Algodão Doce no Circuito Osmar, no Campo Grande.

"Desculpem, eu trabalho com as crianças, sou mãe, tenho filhos. Quero cantar músicas que vocês pedem, mas tenho respeito pelas crianças. Tem muito lobo mau que é mau mesmo por aí", afirmou a mãe de Camilly Vitória e Victor Alexandre, que acompanhavam a apresentação, negando o pedido feito pelo público já no final da sua apresentação.

A letra da polêmica diz, em determinado trecho: "Sou o lobo mau, sou o lobo mau, au, au. Vou te comer, vou te comer, vou te comer". E em outra parte, cita Chapeuzinho Vermelho, "menina danada, merenda boa, feita pela vovozinha". Alheia à discussão, Ivete Sangalo cantou a música nas noites de sexta-feira (12) e sábado (13).

Ivete, por sinal, foi a responsável maior pela popularização de Lobo Mau, ao cantá-la durante o Festival de Verão (em janeiro). A partir dali, a música virou hit e passou a ser executada em quase todos os shows de axé e pagode. E Ivete virou a madrinha do Lobo Mau.

No circuito do Campo Grande, Ivete alegou que seu conterrâneo João Gilberto, também nascido em Juazeiro/Ba, já cantara em outros tempos a música "Lobo Bobo", um dos ícones da Bossa Nova, que Ivete cantarolou trechos em cima de seu Trio Elétrico do Bloco "Coruja".

Lobo Bobo
Ronaldo Bôscoli e Roberto Menescal
Canta João Gilberto

Era uma vez um lobo mau
Que resolveu jantar alguém
Estava sem vintém
Mas arriscou
E logo se estrepou
Um chapeuzinho de maiô
Ouviu buzina e não parou
Mas lobo mau insiste
E faz cara de triste
Mas chapeuzinho ouviu
Os conselhos da vovó
Dizer que não pra lobo
Que com lobo não sai só

Lobo canta
Pede, promete tudo, até amor
E diz que fraco de lobo
É ver um chapeuzinho de maiô
Mas chapeuzinho percebeu
Que lobo mau se derreteu
Pra ver você, que lobo também
Faz papel de bobo
Só posso lhe dizer
Chapeuzinho agora traz
O lobo na coleira
Que não janta nunca mais

domingo, 14 de fevereiro de 2010

ANIVERSARIANTE DO DIA

Hoje é dia do aniversário de Gabriel - filho de Alexandre e Alfrânia e neto de nossa querida Josélia e do saudoso Valdo.

A AFA deseja que seus sonhos se realizem e que sua família dissemine cada vez mais o exemplo de nosso Valdo.

Paz e Luz.

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2010

Sobreviva ao calor

GABRIELA CUPANI
DA REPORTAGEM LOCAL
IARA BIDERMAN
COLABORAÇÃO PARA A FOLHA DE SÃO PAULO

O tema é inescapável: que calor é esse? Nestes dias em que as temperaturas locais são a prova viva e quentíssima do aquecimento global, não dá para esperar pelos efeitos das propostas da última cúpula do clima. E, como também não dá para mudar os números marcados nos termômetros, a opção pessoal é tomar algumas medidas para diminuir a sensação de calor.
Para ajudar na tarefa, a Folha selecionou 25 dicas simples e viáveis, de 13 especialistas, para refrescar a casa e o corpo. Confira a seguir.

A FLOR CERTA
Algumas flores têm um perfume que cria uma atmosfera de frescor, como a madressilva, que é uma espécie trepadeira. A flor de laranjeira também é ótima opção. E a angélica, encontrada em floriculturas nesta época do ano, é uma boa opção perfumada para arranjos.

ÁGUA NA HIPOTENSÃO
Para evitar queda de pressão relacionada ao calor, tome muita água. Se o dia já amanheceu quente, tome dois copos logo após se levantar. E continue se hidratando, com água ou sucos, a cada duas horas. Se houver queda de pressão, vá para um lugar fresco e deite-se, mantendo as pernas mais elevadas do que a cabeça. E esqueça aquela velha história de comer sal: não funciona, pode aumentar a retenção de líquidos e, em pessoas predispostas, desregular a pressão arterial.

BEBA
Estoque bebidas geladas com "temperos" refrescantes: chá de capim-limão, suco de abacaxi misturado com chá-verde etc.

CORTINAS
Feche-as nas horas mais quentes do dia, para diminuir a entrada de calor. O importante é que elas sejam de tecidos leves, sintéticos ou naturais -os que esquentam mais são os mais "fechados", com muitos fios por centímetro. Os tecidos mais vazados permitem melhor ventilação. Por isso, um tecido que é "leve" por ser feito com fios bem finos, como a organza ou o voal, não é necessariamente o melhor, porque pode ter a construção mais fechada. As cores devem ser claras. Se a cortina é dupla (composta por um xale e uma cortina mais leve atrás), feche apenas a parte de dentro.

PERSIANAS ESPECIAIS
Cortinas celulares (tipo de persiana com folha em formato de colmeias que cria isolamento térmico) reduzem a passagem do calor exterior, além de permitirem boa circulação do ar.

BLECAUTE
Em um ambiente em que bate sol direto durante boa parte do dia, pode-se usar esse tipo de cortina para maior isolamento térmico. Impedindo a entrada da luz, a entrada excessiva do calor também é bloqueada. Há, no mercado, blecautes importados que têm proteção contra raios UV.

TELA SOLAR
Esse tipo de cortina reduz em até 70% a entrada dos raios solares. O material tem pequenas aberturas, por isso não prejudica a luminosidade.

REFEIÇÕES
Troque a tradicional dupla arroz e feijão por porções de carboidratos que podem ser servidas frias, como cuscuz marroquino com legumes ou salada de grãos. Introduza frutas nas saladas -como cubos de manga, gomos de tangerina, lascas de morango ou ameixa. Outra dica é usar suco de laranja gelado com ervas e outros condimentos para temperar saladas.

RESPIRE
Há um pranayama da ioga que serve para refrescar o corpo. Chama-se "sitickari". Encoste a língua na parte de trás dos dentes. Relaxe os lábios e inspire lentamente, deixando o ar entrar pelas laterais da boca e sentindo o ar fresco passar pelas mucosas internas da bochecha e pela língua. Solte o ar lentamente pelo nariz. Repita de dez a 15 vezes. Originalmente, o exercício é feito sentado, com as pernas cruzadas, mas pode ser feito em qualquer posição.

ERVAS AROMÁTICAS
Na falta de espaço, vasos de hortelã, manjericão e outras ervas colocados no parapeito da janela cumprem uma dupla função: além de servirem como uma minicortina verde, exalam um aroma que causa a sensação de frescor.

MAQUIAGEM
No calor, quanto menos camadas de produtos sobre a pele, melhor. Uma dica é usar maquiagem que já tenha filtro solar na fórmula ou substituir a base por bloqueador solar com cor. Há também filtros solares em spray com efeito refrescante.

ELETRÔNICOS
Se todos estão ligados, há mais fontes geradoras de calor no ambiente. Ligue apenas o que estiver usando e desligue quando mudar de atividade. Além de refrescar, é mais ecológico.

MORINGAS
Água fresca é mais indicada do que a gelada. Ela mantém a sensação de frescor por mais tempo. Para ter sempre água fresquinha, conserve-a em moringas. A cerâmica e a porcelana são materiais com bom isolamento térmico, impedindo que a temperatura ambiente esquente a água. As moringas de porcelana são mais caras, mas têm a vantagem de não deixar gosto na água.

HORTELÃ
Coloque folhas da erva na forma para fazer gelo -além de gelar, os cubos deixarão a água ou o suco perfumado e a erva aumenta a sensação de frescor.

LÂMPADAS
Ao diminuir a potência delas, há menos geração de calor; além disso, o ambiente a meia-luz passa a sensação de mais frescor. Para ambientes onde não se quer usar lâmpada fria, uma solução é colocar um dimmer e controlar a intensidade a luz.

ROUPAS DE CAMA
Use lençol de puro algodão. Nesse caso, ao contrário do que acontece com as cortinas, um tecido natural de trama mais fechada (como algodão com mais de 200 fios/cm) é melhor, porque permite maior troca térmica entre o corpo e a superfície de contato e absorve melhor o suor.

AROMATIZADORES
Alguns aromas aumentam a sensação de frescor. O óleo essencial de hortelã-pimenta e o de laranja podem ser usados no banho ou para aromatizar ambientes, em casa ou no trabalho. Na ducha, pingue de três a cinco gotas no chão. Também podem ser acrescentadas uma ou duas gotas ao sabonete em gel ou dez gotas aos aromatizadores de ambiente.

PLANTAS NAS JANELAS
Os ambientes voltados para a face norte são os que mais esquentam. Nesses, vale a pena criar uma "cortina verde", com jardineiras e vasos de plantas em frente à janela. Vasos grandes também podem criar uma barreira na varanda, para esta não se tornar uma enorme porta de entrada para o calor.

TRAVESSEIROS
Prefira os de látex. Eles têm uma estrutura aerada, com furos, que aumenta a ventilação, por isso não esquentam. Os de espuma de poliuretano e de penas de ganso não são os mais indicados para as noites muito quentes. Para quem sofre demais com o calor, há também colchonetes de látex, que medem cerca de três centímetros de altura e podem ser colocados sobre o colchão.

MOLHE-SE
Quando não dá para tomar uma boa ducha, um "banho de gato" ajuda. Molhar alguns pontos do corpo com água fresca diminui a temperatura do sangue que circula no local. Molhe os pulsos e as têmporas: como são pontos com artérias mais superficiais, o efeito refrescante é mais rápido.

SOFÁ
Excesso de tecidos acumula calor, portando as mantas sobre os estofados podem sair de cena até a temperatura baixar. Exceção: se o estofado é de tecido que "esquenta" (como veludo), colocar um tecido claro, de fios naturais, por cima isola o calor do estofado e absorve o do corpo. O melhor é, no lugar de mantas, fazer capas de sarja ou linho -esses tecidos não têm o caimento ideal para serem usados como mantas soltas.

ESPELHOS D'ÁGUA
Pequenos espelhos d'água com plantas aquáticas refrescam o ambiente. Para a eliminação das larvas de Aedes aegypti (vetor da dengue), coloque, para cada litro d'água, 10 ml de água sanitária com 2,5% de cloro ativo uma vez por semana.

PRATO FRIO
Use acompanhamentos frios para as carnes grelhadas: caponata de beringela, fatias de abobrinha e cenoura grelhadas e resfriadas, abóbora em cubos com molho de laranja. Evite frituras e excesso de álcool nas refeições. Bebidas alcoólicas desidratam e aumentam a temperatura do corpo.

HIDRATANTES
Com o calor, a pele produz mais óleo e qualquer produto tem mais dificuldade em ser absorvido. Para manter a hidratação, troque os cremes espessos e óleos por hidratantes à base de gel ou espuma.

TREPADEIRAS
Cercas vivas ou trepadeiras sobre os muros aumentam o isolamento térmico da casa toda. As espécies trepadeiras também podem ser usadas em janelas com grades.



--------------------------------------------------------------------------------
Fontes: ANDERSON ALEGRO, diretor da Aruna Yoga; CELSO AMODEO, cardiologista do HCor; CYNTHIA ANTONACCIO, nutricionista da Equilibrium Consultoria; DENISE STEINER, dermatologista; FERNANDO PIVA, decorador; GISELE SAPIRO LEVI, diretora da Copespuma; IRMA NEVES FERREIRA, assistente da Superintendência de Controle de Endemias, SP; LUCIANE SCATTONE, dermatologista; MARCELO FAISAL, arquiteto e paisagista; MÁRCIO BORRASCA, gerente da Copel; PAULO OLZON, clínico-geral; RAMIRO SANCHEZ PALMA, da Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção; SÂMIA MALUF, psicóloga e aromatóloga

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010

Por que o jogo de futebol amador também é chamado de “pelada”?

De acordo com o Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa, “pelada”, designando partidas amadoras e improvisadas de futebol, deriva do substantivo péla. Esta palavra significa bolas de borracha. Embora o dicionário não aponte o período em que a palavra “pelada” foi inicialmente empregada com este significado, o termo que a originou data da Europa do século XIV.

Fonte: site Cultura Popular

Dicas de Português

Professor Dílson Catarino

A violência faz com que os cidadãos de bem se enclausurem.

Frases desse tipo fazem com que eu creia que o cidadão que a escreveu precise aprender as regras da língua portuguesa com urgência, pois a falta de estudo faz com que ocorram muitas inadequações gramaticais e isso faz com que as pessoas se acostumem a falar erradamente.

E aí, caro internauta, que está achando de meu texto?

Maravilhoso, não é mesmo? Não! Está horrível! Recheado de um dos vícios mais comuns do Brasil: o verbo fazer.

Nós, brasileiros, o adoramos; usamos fazer para tudo: "fazer café", "fazer a cama", "fazer os cabelos", "fazer as unhas", "fazer um bolo", "fazer sala", "fazer onda", "fazer neném", "fazer amor", "fazer um favor", "fazer uma promessa", "fazer embaixadinhas", "fazer gol", "fazer marcação", "fazer as malas". Faça tudo, mas me faça um favor: pare de usar o verbo fazer para tudo!!

Quanto à frase apresentada, é inadequado usar o verbo "fazer" no sentido de "trazer como consequência". O aconselhável é que se use um destes verbos: "acarretar", "causar", "implicar", "levar alguém a fazer algo" ou mesmo "trazer como consequência". O primeiro parágrafo do meu texto ficaria melhor assim:

Frases desse tipo me levam a crer que o cidadão que a escreveu precise aprender as regras da Língua Portuguesa com urgência, pois a falta de estudo causa a ocorrência de muitas inadequações gramaticais e isso acarreta às pessoas o costume de falar erradamente."

A frase apresentada também ficaria mais bem estruturada se fosse escrita, por exemplo, desta maneira:

A violência leva os cidadãos de bem a se enclausurarem.
A violência acarreta (implica, causa) o enclausuramento dos cidadãos de bem.

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

No seu 'VELÓRIO' ...

Pergunta o professor:
- O que gostaria que falassem de você no seu VELÓRIO?

O 1º aluno respondeu:
- Que eu fui um grande médico e um ótimo pai de família.
O 2º aluno disse:
- Que eu fui um homem maravilhoso, excelente pai de família, e um
professor de grande influência no futuro das crianças.
Aí, o 3º arrasou:
- Gostaria que eles dissessem: ..."OLHA, ELE ESTÁ SE MEXENDO..."

CFM proíbe médicos de dar cupons e vales-desconto

Prática é comum principalmente para medicamentos de médio e alto custo

Para o Conselho Federal de Medicina, método que serve para fidelizar pacientes e médicos a certas marcas esbarra no Código de Ética

A Vida

Flávia Assaife


A vida é uma estrada...
Uma estrada indefinida...
Trilhamos seu percurso,
Através das escolhas por nós decididas!

A cada curva uma surpresa,
Podendo ser triste ou de extrema beleza!

Viver a vida é uma certeza,
Diante de tantas incertezas!

Ser feliz é uma opção
Cabe a cada um de nós a decisão

Viva a vida com amor
Enfrente os desafios com ardor
Dê asas para a imaginação
Ouça sua emoção
Não perca de vista a razão, para não sofrer desilusão!
Mas siga os conselhos do seu coração!
Na estrada da vida é você quem dá a direção.

terça-feira, 9 de fevereiro de 2010

A 'TRAVESSIA DO MAR VERMELHO'...




Às margens do Mar Vermelho, Moisés discute com os seus oficiais.
- "Moisés, os egípcios estão cada vez mais próximos", informa um deles.
- "E são milhares!", completa outro.
- "O que vamos fazer?", pergunta um terceiro.

- "Calma!", intervém Moisés, - "Não se desesperem! Vou mandar abrir as águas do mar, nós atravessaremos por esta passagem e, assim que terminarmos de passar, as águas tornarão a se fechar impedindo que os egípcios nos sigam."
- "Uau!", exclama o assessor de imprensa, - "se você fizer isso, eu juro que te consigo no mínimo dez páginas na Bíblia!"

Exercícios para não esquecer: dicas para pessoas que estão perdendo a memória

Exercícios para não esquecer: dicas para pessoas que estão perdendo a memória
A doença de Alzheimer e outras enfermidades neurodegenerativas podem levar as pessoas que lutam contra essas condições a não conseguirem efetuar diversas tarefas simples e cotidianas, como reconhecer seus próprios filhos ou pessoas próximas.

Para ajudar na prevenção dos sintomas dessas doenças, pesquisadores definiram algumas estratégias que podem ajudar as pessoas a se adaptarem aos problemas de memória e talvez retardar um pouco o avanço desses sintomas. Entre essas estratégias estão:

• Faça “fotos mentais”.

Ter uma boa memória é, na verdade, ter facilidade em aprender. Isso significa que é importante saber fazer associações com as informações. Uma boa dica é, quando deixar as chaves de casa em algum lugar, tente associar ao objeto mais próximo, fazendo uma espécie de “foto mental” do local.

• Treine seu cérebro a se lembrar.

O treino de memória é uma ótima saída para quem está preocupado com o Alzheimer. Fazer associações mnemônicas com informações familiares é bastante útil. Se você conhece alguém cujo sobrenome é “Coelho”, digamos, tente associar à Páscoa. O exemplo pode parecer bobo, mas restringirá as opções e facilitará o trabalho do cérebro, ao mesmo tempo em que ele se acostuma a fazer novos caminhos para acessar as memórias.

Outro truque é achar pistas e forçar o cérebro a fazer as ligações. Se você não consegue se lembrar do nome de um lugar, anote pedaços ou as letras que você acha que têm alguma ligação. Quanto mais você anotar informações, mais fácil a memória pode vir à tona.

• Aproveite a tecnologia.

Um sistema de alerta por celular para lembrar compromissos ou mesmo um palmtop com arquivos contendo as informações de alimentação diária podem ser úteis. Além disso, aprender a mexer no novo “brinquedo” ajuda a deixar o cérebro mais ativo.

• Não perca o bom humor.

Problemas de memória podem afetar as variações de humor e vice-versa. Exercícios físicos e atividades mentalmente estimulantes também podem ajudar esse ciclo a girar no sentido positivo


Fonte: site O que eu tenho/UOL

Discussão entre casais: raiva contida pode ser pior para a saúde

Uma pequena briga pode ser boa para a saúde de pessoas casadas, pois a supressão da raiva, quando um dos cônjuges inicia uma disputa, pode aumentar as chances de uma morte prematura. Ao contrário, casais que fazem defesa de seus pontos discordantes, expressando insatisfação e – o mais importante – resolvendo os conflitos, parecem ter uma melhor saúde.

Para chegar a essas conclusões, pesquisadores da Universidade de Michigan, EUA, acompanharam quase 200 casais durante 17 anos. Durante esse período, os analisadores chegaram a quatro tipos de casais: aqueles cujos parceiros jamais brigavam; aqueles em que ambos sempre comunicavam enfaticamente sua raiva e insatisfação ao parceiro; e os casais em que apenas um dos parceiros não respondia às intimidações (um grupo cujas esposas assimilavam as provocações e outro em que os maridos o faziam).

“A comparação entre ambos os cônjuges que suprimiam suas raivas e os outros três tipos é, no mínimo, intrigante”, diz Ernest Harburg, um dos autores do estudo. Os resultados mostraram que esses casais tinham o dobro de chances de risco de morte do que os indivíduos de outros grupos.

“Quando os casais optam por estarem juntos, a principal função de ambos é conseguir se reconciliar após um conflito”, explica Harburg. “Normalmente, ninguém é treinado para isso e a maioria replica o exemplo dos próprios pais. Mas se você não sabe como fazê-lo, apenas ‘enterra sua raiva’, e isso pode gerar insatisfação e ressentimentos constantes. E se você não tenta resolver o problema, isso, definitivamente, é um mau sinal.”

Aproximadamente 23% dos cônjuges que tinham um relacionamento cujos conflitos não eram resolvidos, morreram no período do estudo. Nos outros três grupos, combinadamente, apenas 19% dos indivíduos faleceram. Para chegar a esses números, os pesquisadores nivelaram o estudo, contabilizando outros riscos à saúde que poderiam levar à morte.

Um estudo similar continua em andamento, com casais acompanhados durante 30 anos. Harburg observa que os resultados preliminares apontam números ainda maiores quanto ao risco de morte de indivíduos que não sabem gerenciar brigas e reconciliações.
Fonte: site O que eu tenho/UOL

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010

Preferência por cão ou gato pode indicar grau de instrução, sugere estudo

Donos de gatos tendem a possuir maior escolaridade, revelou pesquisa britânica.

Fonte: BBC

As pessoas que possuem gato têm maior probabilidade de ter feito curso universitário do que as que têm como bicho de estimação um cachorro, sugeriu pesquisa da Universidade de Bristol, na Grã-Bretanha. Das 2.524 residências pesquisadas, nas 47,2% onde havia gato tinha pelo menos uma pessoa com nível universitário, em comparação a 38,4% das casas onde havia cachorro.

O estudo concluiu que os longos turnos, provavelmente associados a empregos que exigem maior qualificação, podem tornar pouco prático ter cachorro.

A pesquisa revelou ainda que o número desses animais no país pode ser maior do que se imaginava. O Departamento de Ciência Clínica Veterinária de Bristol indicou que pode haver 10,3 milhões de gatos e 10,5 milhões de cachorros de estimação na Grã-Bretanha. Uma estimativa anterior, divulgada em um trabalho científico de 1989, indicou que havia 6,2 milhões de gatos e 6,4 milhões de cachorros. No total, estima-se que 26% das residências britânicas possuem gatos e 31%, cães.

Homens e cães
O nível de instrução foi o fator que se destacou mais na pesquisa, de acordo com Jane Murray, especialista em epidemiologia felina da Universidade de Bristol, mas surgiram outras informações no decorrer do trabalho científico.

Dentre as pessoas que participaram do estudo verificou-se ainda que há maior probabilidade de que os donos de cães sejam homens, vivam na área rural e tenham menos de 55 anos de idade. É mais provável que o dono de um gato seja mulher e viva em residências menores, de uma só pessoa.

A idade das crianças em uma família também parece fazer diferença na hora de se escolher o bicho de estimação - é mais comum encontrar gatos do que cachorros em casas onde moram menores de dez anos.

Murray disse que os pesquisadores esperam repetir o estudo usando os resultados do censo de 2011 para ter uma ideia mais clara das tendências britânicas sobre animais de estimação.

domingo, 7 de fevereiro de 2010

Pensamentos iluminados

William Shakespeare

Eu aprendi...
...que ignorar os fatos não os altera;

Eu aprendi...
...que quando você planeja se nivelar com alguém, apenas esta permitindo que essa pessoa continue a magoar você;

Eu aprendi...
...que o AMOR, e não o TEMPO, é que cura todas as feridas;

Eu aprendi...
...que ninguém é perfeito até que você se apaixone por essa pessoa;

Eu aprendi...
...que a vida é dura, mas eu sou mais ainda;

Eu aprendi...
...que as oportunidades nunca são perdidas; alguém vai aproveitar as que você perdeu.

Eu aprendi...
...que quando o ancoradouro se torna amargo a felicidade vai aportar em outro lugar;

Eu aprendi...
...que não posso escolher como me sinto, mas posso escolher o que fazer a respeito;

Eu aprendi...
...que todos querem viver no topo da montanha, mas toda felicidade e crescimento ocorre quando você esta escalando-a;

Eu aprendi...
...que quanto menos tempo tenho, mais coisas consigo fazer.
(Boa noite , Amor )

FLASHS DO 'AMOR'...


Amor I
- Sabe, querida, quando você fala me faz lembrar o mar...
- Puxa, amor. Não sabia que te impressiono tanto.
- Não é que me impressione. É que enjoa.

Amor II
Adão e Eva passeavam pelo Paraíso. E a Eva pergunta:
- Adão, você me ama? E o Adão, resmungando:
- E eu lá tenho outra escolha?

Amor III
O cara pergunta para a mulher:
- Querida, quando eu morrer, você vai chorar muito?
- Claro, querido. Você sabe que eu choro por qualquer besteira...

Amor IV
O marido decide mudar de atitude. Chega em casa todo machão e ordena:
- Eu quero que você prepare uma refeição dos deuses para o jantar
e quando eu terminar espero uma sobremesa divina. Depois do jantar você vai me fazer um whisky e preparar um banho porque eu preciso relaxar. E tem mais. Quando eu terminar o banho, adivinha quem vai me vestir e me pentear?
- O funcionário da funerária... - respondeu placidamente a esposa.

Amor V
Querida, o que você prefere? Um homem bonito ou inteligente?
Nem um, nem outro. Você sabe que eu só gosto de você.

Amor VI
Marido e mulher estão tomando cerveja num barzinho. Ele vira pra ela e diz:
- Você está vendo aquela mulher lá no balcão, tomando whisky sozinha? Pois eu me separei dela faz sete anos! Depois disso ela nunca mais parou de beber.
A mulher responde:
- Não diga bobagens. Ninguém consegue comemorar durante tanto tempo assim!

O coração das mulheres com mais de 45


Doenças cardiovasculares matam mais mulheres que o câncer de mama e útero. Saiba como prevenir

Denise Mello

As mulheres conseguiram conquistar a independência financeira, a liberdade de expressão e uma porção de outras coisas que tornaram suas vidas muito melhores. Será? Que todas essas conquistas trazem 1 milhão de alegrias, ninguém duvida. Mas não podemos deixar de considerar que este ritmo, tão acelerado, traz consigo uma série de prejuízos que podem comprometer, inclusive, a saúde do coração.

Para se ter uma ideia, dados recentes publicados pela Organização Mundial da Saúde (OMS) mostram que as cardiopatias respondem por um terço das mortes entre mulheres no mundo. Isso significa 8,5 milhões de óbitos por ano e mais de 23 mil por dia.

Se tudo isso já não fosse tão grave, as brasileiras ainda têm que conviver com um recorde da América Latina, que seria melhor não possuirmos: 30% das mortes femininas em nosso País são ocasionadas por doenças cardiovasculares. Para o cardiologista Otávio Gebara, do Hospital Santa Paula de São Paulo, esses números são fruto de uma população mal informada, que acredita que a saúde da mulher se resume às consultas ao ginecologista uma vez ao ano. "Infelizmente as pacientes não têm um olhar preventivo para esses males. Para elas, o grande cuidado com a saúde está no exame de Papanicolau. E as enfermidades do coração são seis vezes mais frequentes do que o câncer na mulher", alerta.

Entre as principais causas desses números, está a dificuldade feminina em controlar o peso, os níveis de colesterol e a pressão alta. "Tanto a hipertensão quanto o colesterol alto comprometem os vasos sanguíneos, causando problemas de circulação, principalmente a formação de coágulos", diz o especialista. Gebara ainda afirma que o processo de envelhecimento aumenta os riscos para essas doenças. "Depois do período da menopausa esse risco se agrava e a fase mais crítica para as mulheres é depois dos 45 anos de idade. Isso porque o ritmo acelerado de sua jornada dupla ou tripla acaba afastando-a de hábitos saudáveis, como manter uma dieta bem equilibrada, praticar exercícios regularmente, evitar o sal, controlar os níveis de estresse e fazer um check-up anualmente", explica.

A boa notícia é que 80% do risco podem ser evitados com mudanças no estilo de vida e, em casos já diagnosticados, o uso de medicação pode ajudar. Ou seja, a responsabilidade do cuidado e o futuro estão nas mãos de cada uma.

Para prevenir, a dica é se observar
A adoção de uma alimentação saudável, além da perda de medidas, são fatores fundamentais para a prevenção das cardiopatias. Com isso a mulher se sente mais disposta a praticar atividades físicas que contribuem para diminuir a pressão sanguínea e assim, fortalecer o coração. "Portanto, o ideal é incluir mais frutas, legumes e verduras no cardápio diário e moderar o consumo de carnes, massas e frituras. O consumo excessivo de álcool também pode ocasionar sérios problemas cardíacos, incluindo derrame cerebral. Já com relação ao fumo, o melhor a fazer é parar definitivamente, já que a nicotina e o monóxido de carbono atingem o sistema cardiovascular, aumentando as chances de infarto", completa o médico.
Fonte: Revista Viva Saúde

sábado, 6 de fevereiro de 2010

Comemorar o que?

Essa é cruel ! ! ! rrrrrrrrsssssss

Um grupo de colegas de universidade decidiu comemorar os 20 anos de
formatura com um jantar. Discutiram, discutiram, e acabaram decidindo pelo
Café Estrela, porque as garçonetes usavam minissaias bem curtinhas e decotes
bem generosos.

Dez anos depois, para comemorar os 30 anos de formatura, discutiram,
discutiram, e acabaram decidindo pelo Café Estrela, porque a comida era
muito boa e a seleção de vinhos valia a pena.

Para comemorar os 40 anos de formatura, discutiram, discutiram, e acabaram
decidindo pelo Café Estrela, porque era um lugar tranquilo, onde poderiam
jantar em paz, e o cigarro era proibido.

Para comemorar os 50 anos de formatura, discutiram, discutiram, e acabaram
decidindo pelo Café Estrela, porque havia caminhos para as cadeiras de rodas
e havia até um elevador.

Para comemorar os 60 anos de formatura, discutiram, discutiram, e acabaram
decidindo pelo Café Estrela. Acharam que seria uma grande idéia, já que
nunca tinham ido jantar lá

SABEDORIA INFANTIL

O autor e conferencista Leo Buscaglia certa ocasião falou de um concurso em que tinha sido convidado como jurado.O objetivo era escolher a criança mais cuidadosa.
Eis alguns dos vencedores:

---------------------------------------------------------------------- ------
Um garoto de 4 anos tinha um vizinho idoso ao lado, cuja esposa havia falecido recentemente. Ao vê-lo chorar, o menino foi para o quintal dele, e simplesmente sentou-se em seu colo. Quando a mãe perguntou a ele o que havia dito ao velhinho, ele respondeu:
- Nada. Só o ajudei a chorar.

---------------------------------------------------------------------- ------
Os alunos da professora de primeira série Debbie Moon estavam examinando uma foto de família.Uma das crianças da foto tinha os cabelos de cor bem diferente dos demais. Alguém logo sugeriu que essa criança tivesse sido adotada.Logo uma menina falou:
- Sei tudo sobre adoção, porque eu fui adotada.Logo outro aluno perguntou-lhe:
- O que significa "ser adotado"?
- Significa - disse a menina - que você cresceu no coração de sua mãe, e não na barriga!

---------------------------------------------------------------------- ------
Sempre que estou decepcionado com meu lugar na vida, eu paro e penso no pequeno Jamie Scott. Jamie estava disputando um papel na peça da escola. Sua mãe me disse que tinha procurado preparar seu coração, mas ela temia que ele não fosse escolhido.No dia em que os papéis foram escolhidos, eu fui com ela para buscá-lo na escola. Jamie correu para a mãe, com os olhos brilhando de orgulho e emoção:
- Adivinha o que, mãe!E disse aquelas palavras que continuariam a ser uma lição para mim:
- Eu fui escolhido para bater palmas e espalhar a alegria!

---------------------------------------------------------------------- ------
Conta uma testemunha ocular de Nova York:Num frio dia de Dezembro, alguns anos atrás, um rapazinho de cerca de 10 anos, descalço, estava em pé em frente a uma loja de sapatos, olhando a vitrine e tremendo de frio.Uma senhora se aproximou do rapaz e disse:
- Você está com pensamento tão profundo, olhando essa vitrine!
- Eu estava pedindo a Deus para me dar um par de sapatos - respondeu o garoto...
A senhora tomou-o pela mão, entrou na loja e pediu ao atendente para dar meia duzia de pares de meias para o menino. Ela também perguntou se poderia conseguir-lhe uma bacia com água e uma toalha. O balconista rapidamente atendeu-a e ela levou o garoto para a parte detrás da loja e, tirando as luvas, se ajoelhou e lavou seus pés pequenos e secou-os com a toalha.Nesse meio tempo, o empregado havia trazido as meias. Calçando-as nos pés do garoto, ela também comprou-lhe um par de sapatos. Ela amarrou os outros pares de meias e entregou-lhe. Deu um tapinha carinhoso em sua cabeça e disse:
- Sem dúvida, vai ser mais confortável agora.Como ela logo se virou para ir, o garoto segurou-lhe a mão, olhou seu rosto diretamente, com lágrimas nos olhos e perguntou:
- Você é a mulher de Deus?

Enviado por Carmon Monteiro de Holanda, Fortaleza/Ce

Ouve o que não quer

Provocar pessoas inteligentes pode lhe deixar com a cara no chão!

Certa vez Einstein recebeu uma carta da miss New Orleans onde dizia a ele :

" Prof. Einstein, gostaria de ter um filho com o senhor .. A minha justificativa se baseia no fato de que eu, como modelo de beleza, teria um filho com o senhor e, certamente , o garoto teria a minha beleza e a sua inteligência" .

Einstein respondeu:

" Querida miss New Orleans, o meu receio é que o nosso filho tenha a minha beleza e a sua inteligência.

************ ********* ********* ********* **

Quando Churchill fez 80 anos um repórter de menos de 30 foi fotografá-lo e disse:

- Sir Winston, espero fotografá-lo novamente nos seus 90 anos ..

Resposta de Churchill:

- Por que não ? Você me parece bastante saudável ..

************ ********* ********* ********* **

Telegramas trocados entre o dramaturgo Bernard Shaw e Churchill, seu desafeto.

Convite de Bernard Shaw para Churchill:

"Tenho o prazer e a honra de convidar digno primeiro-ministro para primeira apresentação minha peça Pigmaleão. Venha e traga um amigo, se tiver."
Bernard Shaw.

Resposta de Churchill:

"Agradeço ilustre escritor honroso convite. Infelizmente não poderei comparecer primeira apresentação. Irei à segunda , se houver."
Winston Churchill.

************ ********* ********* ********* **

O General Montgomery estava sendo homenageado, pois venceu Rommel na batalha da África, na IIª Guerra Mundial.

Discurso do General Montgomery:

' Não fumo , não bebo, não prevarico e sou herói '.

Churchill ouviu o discurso e com ciúme , retrucou:

' Eu fumo , bebo, prevarico e sou chefe dele.'

************ ********* ********* ********* **

Bate-boca no Parlamento inglês .

Aconteceu num dos discursos de Churchill em que estava uma deputada oposicionista, Lady Astor, do tipo Heloisa Helena do PSOL, que pediu um aparte . Todos sabiam que Churchill não gostava que interrompessem os seus discursos . Mas , concedeu a palavra à deputada ...

E ela disse em alto e bom tom :

- Sr. Ministro , se V. Excia. fosse o meu marido, eu colocava veneno em seu chá !

Churchill, lentamente , tirou os óculos , seu olhar astuto percorreu toda a platéia e, naquele silêncio em que todos aguardavam, lascou:

- Nancy, se eu fosse o seu marido , eu tomaria esse chá !