quarta-feira, 30 de setembro de 2009

Pensamento

Dominar-se a si próprio é uma vitória maior do que vencer milhares em uma batalha. Buda Sakyamuni

Homenagem para Terezinha Cartaxo Ponte (Têca) por Teresa Cristina

"A morte não é o fim de tudo. Ela não é senão o fim de uma coisa e o começo de outra. Na morte, o homem acaba e a alma começa." (Victor Hugo)
Por meio desta reflexão, inicio minha fala para homenagear esta pessoa ímpar na vida de cada um de nós. Com sua partida, ela nos deixa um legado de forte conteúdo carismático e cristão!
Dedicada à família, sabia ouvir, acolher de modo especial a todos que dela necessitavam. Sempre tinha uma mensagem de otimismo e fé para dizer! Voz mansa, palavras agregadores e resignadas, sempre estava pronta para servir, feliz em fazer as coisas sem esperar recompensas. Foi uma mulher guerreira, pois nunca perdeu a fé mesmo diante das vicissitudes que enfrentou...
Durante toda sua existência, apresentou gestos de simplicidade, grandeza, compreensão e generosidade, com uma dedicação contínua e silenciosa, sem querer aparecer. Dela jamais poderemos esquecer e muito menos deixar de tê-la sempre presente em nossos corações e nossas vidas.
Acreditamos que D Têca esteja, agora, na sua experiência de vida verdadeira , pois “nós não somos seres humanos tendo experiência espiritual e sim seres espirituais tendo experiência humana” (Gurdjieff).
Assim, nossa querida, insubstituível, admirada e amada Têca, agradecemos ao bom Deus o privilégio de termos vivido próximos a você e, com certeza, você nos deixa um exemplo a ser seguido...
Para encerrar, fico imaginando que você nos queira dizer agora e ensaio algumas palavras com esta: “Não chorem a minha morte; partilhem as minhas histórias e experiências e terminem cada uma delas com um sorriso na boca e um brilho nos olhos...”

Por Teresa Cristina

Grande Fortaleza gera 33 mil vagas com carteira assinada


A taxa de desemprego diminuiu de 12,3% em julho para 11,7% em agosto último

A Região Metropolitana de Fortaleza (RMF) registrou, em agosto último, a abertura de 33 mil novas vagas com carteira assinada. A informação foi divulgada nesta quarta-feira pelo Sistema Nacional de Empregos/Instituto de Desenvolvimento do Trabalho (Sine/IDT), conforme a Pesquisa de Emprego e Desemprego da Região Metropolitana. De julho para agosto, o número de desempregados passou de 12,3% a 11,7% Segundo o coordenador do Sistema Nacional de Empregos (Sine) e Instituto de Desenvolvimento do Trabalho (IDT), Ari Célio Mendes, o nível de emprego é positivo pelo quarto mês consecutivo em praticamente todos os segmentos. Na Grande Fortaleza estão empregadas 1,52 milhão de pessoas, sendo que o setor que mais emprega é o de serviços, com 710 mil vagas, seguido do comércio (300 mil) e da indústria (271 mil)


Redação do O POVO Online, com informações do repórter Carlos Henrique Coelho

Ainda sobre o aniversário da SAC

Antes, um aviso:

Preciso acomodar melhor minha rotina e assim comunico a todos que minha presença no Blog não terá mais, pelo menos por um tempo, a frequência constante de antes.

Voltarei a essas páginas somente em momentos eventuais quando algum fato assim o exigir. Josélia e a SAC, é claro, são sempre bons motivos para eu estar aqui.


Agora, leiam a troca de e-mails entre mim e a Josélia. Acho que ela exagerou um pouco comigo, mas fiquei envaidecido.

Em seguida leiam o belo texto "Quindins da Portaria" a que ela se refere.







Obrigada, meu Presidente!


Voce sempre encontra uma maneira delicada e elegante de estar ou de se fazer presente nos eventos de nossa família.
Saber se fazer presente, é um dom de poucos e voce é um desses poucos.
Procure na internet "Quindins na portaria" e entenda porque eu encontrei nessa crônica da Martha Medeiros, esse meu querido primo Sérgio que sabe como ninguem, estar junto ...
Um grande abraço.
Josélia


Eis a minha resposta:


Minha cara e admirada prima Josélia,

Poucas postagens fiz em nosso Blog com tanta satisfação como essa a que você se refere em seu amável e-mail, sobre a festa de aniversário da SAC, postada no último domingo.

Mas mesmo tendo me esforçado, não consegui expressar a metade da metade da metade do que a equipe da SAC, você e Waldo, este in memorian, merecem. Pelo menos tentei.

Falando-se em motivação de equipe, pelo que tenho testemunhado, a SAC é um case a ser estudado e explorado pelos estudiosos em gestão de recursos humanos nas empresas e organizações em geral.

É bom saber que o público alvo da SAC, no caso os deficientes visuais do meu querido estado do Ceará, têm uma equipe tão lúcida e motivada para lhes servir.

Desejo-lhe mais e mais sucesso na honrosa missão que você vem exercendo com tamanho brilhatismo e parabéns à dedicada e valorosa equipe da Sociedade de Assistência aos Cegos - SAC.

Abraços,

Sérgio Almeida
QUINDINS NA PORTARIA

Martha Medeiros

Estava lendo o novo livro do Paulo Hecker Filho, Fidelidades, onde, numa de suas prosas poéticas, ele conta que, antigamente, deixava bilhetes, livros e quindins na portaria do prédio de Mário Quintana: "Para estar ao lado sem pesar com a presença". Há outras histórias e poemas interessantes no livro, mas me detive nesta frase porque não pesar aos outros com nossa presença é um raro estalo de sensibilidade.
Para a maioria das pessoas, isso que chamo de um raro estalo de sensibilidade tem outro nome: frescura.
Afinal, todo mundo gosta de carinho, todo mundo quer ser visitado, ninguém pesa com sua presença num mundo já tão individualista e solitário.Ah, pesa. Até mesmo uma relação íntima exige certos cuidados.
Eu bato na porta antes de entrar no quarto das minhas filhas e na de meu próprio quarto, se sei que está ocupado.
Eu pergunto para minha mãe se ela está livre antes de prosseguir com uma conversa por telefone.Eu não faço visitas inesperadas a ninguém, a não ser em caso de urgência, mas até minhas urgências tive a sorte de que fossem delicadas.
Pessoas não ficam sentadas em seus sofás aguardando a chegada do Messias, o que dirá a do vizinho.
Pessoas estão jantando.
Pessoas estão preocupadas.
Pessoas estão com o seu blusão preferido, aquele meio sujo e rasgado, que elas só usam quando ninguém está vendo.
Pessoas estão chorando.
Pessoas estão assistindo a seu programa de tevê favorito.
Pessoas estão se amando.
Avise que está a caminho.
Frescura, jura?
Então tá, frescura, que seja.
Adoro e-mails justamente porque são sempre bem-vindos, e posso retribuí-los, sabendo que nada interromperei do lado de lá.
Sem falar que encurtam o caminho para a intimidade.
Dizemos pelo computador coisas que, face a face, seriam mais trabalhosas.
Por não ser ao vivo, perde o caráter afetivo?
Nem se discute que o encontro é sagrado.
Mas é possível estar ao lado de quem a gente gosta por outros meios.
Quando leio um livro indicado por uma amiga, fico mais próxima dela.
Quando mando flores, vou junto com o cartão.
Já visitei um pequeno lugarejo só para sentir o impacto que uma pessoa querida havia sentido, anos antes.
Também é estar junto.
Sendo assim, bilhetes, e-mails, livros e quindins na portaria não é distância: é só um outro tipo de abraço.

Influência Militar - novas tendências da moda







Influência Militar
A influência militar na moda é tão forte , que pode ser considerada uma inspiração , mais que uma tendência. Um grande exemplo disso são as jaquetas ” tipo ” militar que estão super lindas e atuais ! olha só , nestas fotos abaixo ! Chris Benz , Marc Jacobs , Rag & Bone
Fonte - Jornal O Povo

terça-feira, 29 de setembro de 2009

Pensamento

Se você já construiu castelos no ar, não tenha vergonha deles. Estão onde devem estar. Agora, dê-lhes alicerces. Henry Thoreau

O importante é a taxa dos jovens


O Brasil dificilmente vai conseguir produzir quedas dramáticas na proporção de analfabetos, que hoje corresponde a 10% da população com mais de 15 anos. E as razões que determinam tal "fracasso" não são todas necessariamente más. É preciso antes de mais nada distinguir entre os analfabetos jovens e velhos. Enquanto a taxa de iletrados é de 12,4% entre as pessoas com mais de 25 anos, ela fica em apenas 2,2% para a população entre 15 e 24 anos. Isso significa que índices da ordem de 10% são basicamente um problema do passado. Se o Brasil não fizer nada em favor dessa população e apenas deixar o tempo passar, o analfabetismo já cairá. Vai levar ainda algumas décadas, porque a expectativa de vida (inclusive a dos mais pobres) tem aumentado ao longo dos últimos anos, mas essas taxas relativamente altas de iletrados têm prazo de validade para acabar. Poderíamos, é claro, catalisar esse processo investindo em programas de alfabetização do adulto. O problema aqui é principalmente a falta de interesse dos supostos interessados. Segundo a última Pnad, apenas 3% dos analfabetos fora da idade escolar frequentaram uma sala de aula em 2008. As matrículas nessa modalidade de ensino têm caído ao longo dos últimos anos, principalmente no nível fundamental.
De algum modo, eles parecem estar sobrevivendo relativamente bem mesmo sem saber ler e escrever. Seria interessante investigar quais as causas da baixa procura pelos cursos, além, é claro, de sua ineficácia e das velhas e conhecidas dificuldades de acesso. Para o futuro, entretanto, o que importa é olhar para as taxas de analfabetismo entre os mais jovens. E a situação neste caso não enseja comemorações. Os 2,2% registrados na faixa entre 15 e 24 preocupam. Pior ainda quando se considera que, entre os 10 e 14 anos, o índice sobe para 3,1%. Isso significa que a escola está ensinando a ler tarde e mal. Não haveria, em princípio, nenhum motivo para não conseguirmos proporções inferiores a 1% nessas faixas, como ocorre em países do Primeiro Mundo. Não estamos aqui falando de vencer o analfabetismo funcional, que implica atingir um nível de leitura e escrita adequado às necessidades do indivíduo, mas de derrotar o analfabetismo absoluto, para o que basta ser capaz de decodificar um bilhete com meia dúzia de palavras simples. HÉLIO SCHWARTSMAN DA EQUIPE DE ARTICULISTAS

Fonte: Folha de São Paulo, 29/08/2009 - São Paulo SP

segunda-feira, 28 de setembro de 2009

A causa da educação

Estamos cientes dos avanços registrados no processo de mobilização social, mas precisamos avançar ainda mais pela causa da educação
MILÚ VILLELA

Há um consenso cada vez maior da importância da participação dos pais na vida escolar de seus filhos. Os resultados extraídos da Prova Brasil mostram que essa participação pode contribuir para melhorar o desempenho escolar, como mostrou recentemente um estudo do Unicef. Por outro lado, essa participação é ainda muito tímida e os pais têm delegado às escolas a função da educação plena de seus filhos, o que é um grande equívoco. Há um sábio provérbio africano que diz: "É preciso toda uma aldeia para educar uma criança". Sem a participação efetiva dos pais e de toda a sociedade, fica difícil acelerar o tempo para que a educação brasileira possa melhorar, de forma que crianças e jovens não apenas passem pela escola, mas, de fato, aprendam. Ao completar três anos de existência no último dia 6/9, o movimento Todos pela Educação já pode comemorar expressivas vitórias, graças ao trabalho em parceria com vários setores da sociedade. Por outro lado, o movimento sabe que ainda precisa colocar uma maior força na mobilização social pela causa da educação, o que não apenas irá refletir numa maior participação dos pais na educação dos filhos como também em tornar a educação a prioridade número um dos brasileiros. A última pesquisa, realizada pelo Ibope/CNI, em 2007, por solicitação do movimento, mostrou que a educação ocupa a sexta prioridade entre os brasileiros e que 72% dos pais estão satisfeitos com a qualidade da educação oferecida aos seus filhos. Isso é preocupante se levarmos em conta que, apesar dos avanços recentes, o Brasil, em comparação com países mais desenvolvidos, está muito distante quanto à aprendizagem de seus alunos, como revelam os resultados do Pisa. Em relação, à meta de aprendizagem do Todos pela Educação, por exemplo, só 23% dos alunos que concluem a quarta série do ensino fundamental 1 alcançaram o nível adequado de aprendizagem em matemática. Na oitava série do ensino fundamental 2, esse percentual cai para 14% e, ao final do ensino médio, chega a 10%. Para ter uma ideia do tamanho do desafio que teremos pela frente, a meta de aprendizagem para 2022 é de 70%! Portanto, se, por um lado, temos metas claras para melhorar a qualidade da educação brasileira, o que há tempos atrás seria difícil de imaginar, por outro lado, estamos muito distantes de oferecer uma educação de qualidade para nossos alunos. Em recente artigo, o professor José Pastore chamou a atenção para a baixa qualidade da educação brasileira como o principal entrave para que o país ocupe posição de destaque no ranking mundial da competitividade. Como envolver e sensibilizar os pais nessa importante tarefa não é algo simples, tratando-se de um país tão desigual entre suas regiões e de tamanho continental. Nesse contexto, vale salientar o papel das denominações religiosas, que, em parceria com o Ministério da Educação e o Todos pela Educação, têm contribuído para envolver as famílias e os pais no processo educacional. O tamanho continental do Brasil exige, por outro lado, o forte e decisivo envolvimento dos meios de comunicação. O projeto "No ar, Todos pela Educação", em parceria com a Associação Brasileira das Emissoras de Rádio e Televisão (Abert), contando com mais de 2.000 rádios em todo o país, vem também ajudando nesse processo de mobilização pela causa de uma educação de qualidade para todos os brasileiros. Cabe parabenizar a mais recente iniciativa da Rede Globo de Televisão, da Fundação Roberto Marinho e do Canal Futura pelo lançamento do Globo Educação, um programa semanal, aos sábados, divulgando as boas práticas educacionais realizadas por escolas públicas de todo o país. Outro belo exemplo da força dos meios de comunicação tem sido a mobilização realizada pelo movimento Educar para Crescer, da Editora Abril, em parceria com o Todos pela Educação, que lançou um conjunto de três cartilhas dirigidas aos pais e empresários com dicas para participar da vida escolar de seus filhos e melhorar a qualidade da educação. Neste momento em que o Todos pela Educação completa três anos de existência, estamos cientes dos avanços registrados no processo de mobilização social, mas precisamos avançar ainda mais pela causa da educação e, assim, legar às futuras gerações um Brasil mais justo e verdadeiramente independente. Sonhamos com esse país e acreditamos que é possível com a participação de todos. MILÚ VILLELA é membro fundador e coordenadora da Comissão de Articulação do movimento Todos pela Educação, embaixadora da Unesco e presidente do Faça Parte-Instituto Brasil Voluntário, do MAM (Museu de Arte Moderna de São Paulo) e do Instituto Itaú Cultural.

Fonte: Folha de São Paulo, 28/09/2009 - São Paulo SP

Pensamento

"Não há satisfação maior do que aquela que sentimos quando proporcionamos alegria aos outros." M. Taniguchi

domingo, 27 de setembro de 2009

ANIVERSÁRIO DA SAC – 67 ANOS








No dia 18/09 último, estando em Fortaleza, tive a rara satisfação de assistir na companhia da minha Tia Socorro, à festa de aniversário da SAC -Sociedade de Assistência aos Cegos, instituição que é uma dádiva para os cearenses e um orgulho para nossa família, já que é dirigida pela nossa querida Josélia e que por tantos anos foi conduzida com extrema dedicação e competência pelo nosso saudoso Waldo, seu esposo, desaparecido em circunstâncias trágicas há quase três anos. A obra deixada por Waldo marcou definitivamente a história da oftalmologia cearense. Não é exagero afirmar que ela pode ser dividida em duas partes : antes e depois de Waldo Pessoa de Almeida. Na SAC isso é muito fácil se constatar.

Já fiz algumas visitas a essa importante instituição. E a cada nova visita me surpreendo com o resultado do trabalho que lá é desenvolvido. Estou para ver equipe de trabalho tão dedicada. Há fatos que de tão exemplares tornam-se até curiosos, a exemplo de colaboradores que pedem desculpas a seus superiores por terem de trabalhar nos fins de semana, então fora de seu horário de trabalho, em virtude de haver trabalhos acumulados e assim poderem atualizar eventuais tarefas. Bem curioso é esse pedido de desculpa, hein? Francamente, não é o que costumamos ver regularmente em ambientes de trabalho por esse mundo a fora, onde pessoas ficam o tempo todo olhando o relógio torcendo que chegue logo a hora de irem para casa.
















A programação desse dia festivo foi pontuada de eventos interessantíssimos e todos despertaram o total interesse dos presentes, mesmo de visitantes pouco freqüentes como é o meu caso e o de Socorro.
Foi emocionante ver a solenidade de posse dos novos acadêmicos da ALASAC – Academia de Letras e Artes da SAC. Nessa Academia têm cátedra tanto os deficientes visuais que são autores de obras literárias quanto artistas cegos de um modo geral, daí a inclusão das Artes em seus objetivos. Até lançamento de livro tivemos a oportunidade de presenciar nesse dia. Foi um livro de Ortografia dos irmãos Olímpio e Murilo Araújo, o primeiro um deficiente visual. C0mprei-o e recomendo como recomendo também o livro de poesias do Prof. Paulo Roberto Cândido de Oliveira, da SAC, o "Viagem ao Ceu Particular" que também adquiri na ocasião.















Visitamos a Sala Escura. Trata-se de um ambiente totalmente desprovido de qualquer iluminação que serve de laboratório para as aulas práticas que são ministradas na SAC. Posso afirmar que ao ter estado nessa sala, pude perceber um pouco das enormes dificuldades que os deficientes passam em sua realidade do dia a dia. Fui conduzido por um simpático aluno da SAC inteiramente cego, fruto de um acidente jogando futebol que lhe provocou um descolamento irreversível de retina. Mas naquele ambiente, pelo menos entre nós dois, naquela manhã de sexta-feira, as coisas se inverteram drasticamente, pois ele, à sua maneira de aplicado aluno da SAC, se movimentava com desenvoltura naquele ambiente onde eu não via nada além da escuridão. Conheci poucas pessoas em minha existência com tanta alegria de viver quanto aquele rapaz de quarenta anos dono de uma simpatia tão contagiante, mesmo sendo cego há cerca de cinco anos. E quanto à Sala Escura, não exagero ao dizer que após conhecê-la tive de rever alguns conceitos.

Impressionante também foi a dança de Hip Hop dos alunos deficientes visuais. A performance dançante que aquele grupo de mais de vinte garotos e garotas fez sobre aquele palco relativamente pequeno foi de arrepiar. O espetáculo dançante que vimos já seria muito difícil até para as pessoas com visão total, imaginem sendo executado por deficientes visuais.

Sugiro a quem ainda não conhece a SAC que procure um tempinho para conhecer e ver o quanto é maravilhoso o trabalho lá realizado. Claro que os serviços médicos e sobretudo cirúrgicos que lá se realizam são de extrema importância, até porque é de lá que são gerados os recursos financeiros que sustentam a casa. Porém, é impressionante a grandeza do trabalho ligado à saúde e educação, em especial aos aspectos de reabilitação psicológica de pessoas que não têm visão, sobretudo os que adquirem a cegueira quando adultos.

No meio de tanta festa com as pessoas transbordando tal alegria, é gratificante constatar o quanto nossa Josélia é querida por todos os que fazem a SAC, tanto pelos demais dirigentes, pelos funcionários e muito especialmente pelos alunos. E é evidente como naquele ambiente tão nobre se percebe em todos os lugares a grandeza da obra deixada pelo Waldo. A conclusão que se pode tirar é que a forma trágica como ele se foi, aliada à grandiosidade de seu trabalho, sem dúvida fez com que os colaboradores se desdobrassem para dar continuidade a essa obra de rara qualidade.


Visite o site da SAC : http://www.sac.org.br/

O futuro do emprego

GILBERTO DIMENSTEIN - Folha de São Paulo

O jovem terá de mudar de atitude para trabalhar e as empresas terão de mudar seu ambiente para atrair talentos

NO ANO passado, 730 mil universitários e recém-formados se candidataram a 2.334 vagas de estágios e trainees de algumas das mais cobiçadas empresas, entre as quais Microsoft, Sadia, Nestlé, Itaú-Unibanco, Braskem, Unilever. Apesar da abundante oferta de mão de obra -cerca de 3.100 candidatos por vaga- vinda das melhores faculdades do país, 10% dos postos não foram preenchidos.Responsável pela seleção, a psicóloga Sofia Esteves, presidente da Cia. de Talentos, já sabe há muito tempo que a maioria dos jovens não passa na peneira por causa da baixa formação (não ter fluência em inglês, por exemplo) e até dificuldade de expressar com clareza uma ideia. Isso é, porém, parte do problema. Uma pesquisa que ela conduziu, concluída no mês passado, com 31 mil universitários, mostra que o assunto é mais complexo e revela um conflito geracional -as empresas não estão entendendo os jovens, formados na chamada era da informação. E os jovens não entendem o que as empresas pedem. "Há um modo diferente de encarar o mundo", afirma a psicóloga.

A pesquisa mostrou que quase a totalidade dos universitários que disputaram as vagas de trainee e de estágio estão habituados a navegar em mais de uma rede social pela internet, como Orkut e Facebook. É uma geração que aprendeu a não reverenciar hierarquias, criada num ambiente interativo e colaborativo, com uma enorme variedade de opções. O que existe de habilidade para tarefas simultâneas e velozes, falta em foco e aprofundamento. É uma atitude reforçada pelo clima familiar, com a mudança da relação de autoridade de pais e filhos. Imagina-se que a empresa possa refletir esse tipo de ambiente com baixa hierarquia e até, quem sabe, falta de limites. A pesquisa indicou que entre as cincos razões para se deixar uma empresa, o salário está em quarto lugar. "A maior motivação não é o dinheiro", afirma Sofia.

Em primeiro lugar, aparece a "falta de desenvolvimento profissional" como a maior razão para não ficar no emprego. Em segundo, praticamente empatado, "não ter ambiente de trabalho agradável" e, em terceiro, "não ter qualidade de vida". Detalhando-se as respostas, vemos que muitos imaginam a empresa como um espaço de lazer que proporciona bem-estar. Seria quase um clube, movido a criatividade. Na seleção, essa visão dos candidatos transparece. Para o jovem, o que significa prazer é, na visão do empregador, incapacidade de lidar com a disciplina. Quando um fala em ambiente criativo, outro suspeita de falta de disposição em obedecer à hierarquia. Em suma, essa geração quer ficar num lugar prazeroso, criativo, onde possa se sentir evoluindo. Daí se explica a crescente tendência entre os jovens de preferir abrir suas próprias empresas, onde talvez até ganhem menos e vivam com mais insegurança, mas consigam determinar seu horário de trabalho.

Tantos candidatos não preenchem tão poucas vagas porque há também uma carência de comprometimento. Uma parte deles é cortada simplesmente porque não vai às entrevistas. Isso depois de passarem nas duras provas, que exigem, entre outros requisitos, além de fluência em língua estrangeira, testes de raciocínio lógico. Lembremos que, nesse caso, eles estão disputando postos em algumas das mais reverenciadas marcas do mundo empresarial. Sofia diz que, certa vez, marcou 18 entrevistas para um sábado. Apenas dois se apresentaram. "Liguei para eles. Muitos não foram porque não conseguiram acordar cedo no final de semana ou tinham marcado, naquela hora, outros compromissos."
O problema prossegue depois que eles passam nessa apertadíssima seleção. Cerca de 15% dos aprovados não suportaram a pressão e desistiram logo no primeiro ano de trabalho -o que, para empresa, é dinheiro jogado fora. O que se vê aqui é o problema da falta de resiliência, a dificuldade de suportar as adversidades. Ou, mais simples, a dificuldade de ouvir não. "Alguns saem porque seu projeto não é aprovado e ficaram aborrecidos", conta Sofia.

PS - A pesquisa revela que o jovem entra na empresa já vendo a porta de saída; 14% acham que deveriam ficar no máximo quatro anos; outros 51% até, no máximo, dez anos. O resumo, na visão de Sofia, é que o jovem terá de mudar de atitude para trabalhar e as empresas terão de mudar seu ambiente de trabalho para atrair talentos. Nem um lugar fechado que iniba a criatividade -nem tão aberto que parece a casa dos pais, onde não existe frustração. Nessa combinação, talvez esteja o futuro do emprego.

sábado, 26 de setembro de 2009

O Advogado

Um advogado estacionou seu Mercedes novo em folha na frente de seu
escritório, pronto para mostrá-lo para seus colegas.
Logo que ele abriu a porta para sair, um caminhão passou raspando e
arrancou completamente a porta.
O advogado atordoado usou imediatamente o seu telefone celular, discou 190

e dentro e minutos um policial chegou.
Antes que o policial tivesse uma oportunidade o advogado começou a gritar
histericamente que a Mercedes que ele tinha comprado no dia anterior
estava agora totalmente arruinada e nunca mais seria a mesma.
Por conta disso, iria processar o motorista, Deus e o mundo, fazer e
acontecer afinal era doutor, etc, etc...
Quando o advogado finalmente se acalmou, o policial agitou sua cabeça em
desgosto e descrença... e disse:
"Eu não posso acreditar no quão materialistas vocês advogados são e disse
mais:
- "Vocês são tão focados em suas posses que não notam mais nada.
- Como você pode dizer tal coisa? O Sr. tem noção do valor de uma
Mercedes? Pergunta o advogado.
O policial respondeu:
- O Sr. não percebeu que perdeu seu braço esquerdo? Está faltando do
cotovelo pra baixo. Ele deve ter sido arrancado quando o caminhão bateu no

Sr. - Grita o advogado.

- Cadê meu Rolex????

Enviado por Arlindo de Almeida Simões, Fortaleza/Ce

Gestos ajudam a desenvolver inteligência

Pesquisa mostra novas possibilidades na relação corpo-pensamento

Ao entrar em um café movimentado, você provavelmente verá pessoas conversando e gesticulando. Um homem no balcão indica o café que deseja ─ xícara média, ─ e suas mãos assumem um formato familiar, mostrando o tamanho da xícara. Ao lado dele, duas irmãs riem. Enquanto uma delas conta uma história sobre sua viagem a Fernando de Noronha e todos os peixes que viu nos mergulhos que fez, suas mãos sacodem e se movem rapidamente no mar invisível à sua frente. O instinto de gesticular acompanhando a fala é fundamental para a natureza humana.
Se você já questionou o porquê dos gestos, provavelmente pensou que gesticulamos para auxiliar na compreensão do que estamos querendo dizer. Indicar o tamanho de uma xícara ou a dose de uma bebida pode ajudar o balconista a entender exatamente o que você deseja. Mostrar onde o peixe se escondeu ou a velocidade com que ele se movimentou pode ajudar a amiga a criar uma imagem mais exata da sua percepção dos recifes locais.
Mas, será que os gestos podem ter também outra finalidade? Muitos cientistas acreditam que os gestos podem ajudar o interlocutor e os movimentos das mãos ajudam a pensar. Cientistas se interessam cada vez mais pela relação corpo-pensamento, ou como nosso corpo dá forma a processos mentais abstratos. Os gestos estão no centro dessa questão. O debate se concentra no papel do movimento na aprendizagem, e nas pesquisas sobre como os alunos aprendem a resolver problemas de matemática na sala de aula.
A titulo de ilustração, considere o problema da soma: 3 + 2 + 8 = _ + 8. Um aluno pode criar uma forma de “v”, com o indicador e o dedo médio, entre os algarismos 2 e 3, enquanto tenta entender o conceito de “agrupamento”, somando os números adjacentes, técnica que pode ser usada para resolver o problema.
Pesquisas anteriores mostraram que quando foi solicitado aos alunos para gesticular enquanto conversassem sobre problemas, aprenderam a resolvê-los de forma mais eficiente. Isso foi verificado, independentemente de se dizer aos alunos quais gestos fazer ou se os gestos eram espontâneos.
Agora a questão é: como isso acontece? O novo estudo, conduzido por Susan Goldin-Meadow e Zachary Mitchell, da University of Chicago, e por Susan Wagner-Cook, da University of Iowa, teve como foco a resolução de problemas matemáticos por alunos de terceira e quarta séries do ensino básico. Os alunos treinados a utilizar a forma de “v”, ao resolver um problema como 3 + 2 + 8 = __ + 8, aprenderam a solucioná-lo com maior eficácia. Além disso, os alunos apresentaram melhor desempenho mesmo se treinados a empregar a forma de “v” em pares de números errados. Pelo simples ato de fazer o gesto o corpo sugere o conceito de “agrupamento”.
A questão então é: qual teria sido exatamente o procedimento que permitiu isso? Durante o estudo, todos os alunos memorizaram a frase “Quero deixar um lado igual ao outro”. Na ocasião, foi solicitado que os alunos dissessem a frase em voz alta quando fosse apresentado um problema a ser resolvido. Os autores sugerem que os alunos que gesticularam também tentaram criar uma correlação entre a fala e os gestos de forma a unir os dois significados. Esse procedimento poderia consolidar o novo conceito de “agrupamento” na mente dos alunos.
O mesmo processo poderia ocorrer em qualquer situação em que a pessoa que fala e gesticula tenta entender, seja relembrando detalhes de eventos passados ou imaginando como montar uma bicicleta recém retirada da embalagem.
O estudo tem implicações importantes para o campo da Psicologia Cognitiva.
Historicamente, esse campo entende conceitos (os elementos básicos do pensamento), como representações abstratas que não contam com a fisicalidade. Essa noção, conhecida como dualismo cartesiano, agora está sendo desafiada por outra linha de pensamento, chamada Cognição Corporal, que entende conceitos como representações corporais baseadas na percepção, ação e emoção. Embora muitas evidências sustentem a visão da Cognição Corporal, até agora nunca existiu um relato detalhado baseado em experimentos de como a incorporação dos gestos desempenha um papel na aprendizagem de novos conceitos.
O estudo também tem implicações práticas aos professores didáticas, que podem reformular sua didática para ensinar aos alunos novos conceitos utilizando gestos. Os resultados desse estudo podem não valer para os gestos feitos em bares e cafés que você costuma frequentar, no entanto, na próxima vez que conversar com uma amiga gesticuladora, pode ser interessante considerar como o movimento das mãos contribuem para dar forma aos pensamentos dela e aos seus.

Fonte: Site UOL

Lusitanas

DISK FINADOS
Lançaram em Portugal, o novo serviço por telefone, é o Disk-Finados.Você telefona e ouve um minuto de silêncio !

ACIDENTE AÉREO
Um avião caiu no cemitério em Portugal. O acidente foi horrível já retiraram 35.000 mortos !

CURVA PERIGOSA
O português estava dirigindo em uma estrada, quando viu uma placa que dizia:'Curva Perigosa à Esquerda'. Ele não teve dúvidas: virou à direita!

AGENDA DE TELEFONE
Por que os portugueses usam somente a letra 'T' em suas agendas de telefone? Telefone do Antonio, telefone do Joaquim, telefone do Manoel,

LOJA DE SAPATOS
O Manuel foi, na segunda-feira, a uma loja de sapatos. Escolheu, escolheu e acabou se decidindo por um par de sapatos de cromo alemão.O vendedor entregou o sapato, mas foi logo advertindo-o:- Sr., estes sapatos costumam apertar os pés nos primeiros cinco dias.- Não! tem problema. Eu só vou usá-los no domingo que vem.

Enviado por Carmen Holanda, Fortaleza/Ce

Traição à mineira

SÓ 3 VEIZ

Mineirim no leito de morte, decidiu ter uma conversa definitiva com a sua companheira de toda a vida sobre a fidelidade da mesma:
- Muié, pode falá sem medo... já vô morrê mess e prifiro sabê tudim direitim...- Ocê arguma veiz traiu eu?
- Ô Zé, num fala dessas coisa que eu tenho vergonha....
- Pode falá muié....
- Quero não...
- Fala muié, disimbucha...
- Mió dexá pra lá, Zé.
- Vai, conta...
-Queto Zé, morre em paz...
Depois de muita insistência ela resolveu abrir o jogo:-Tá bão Zé, vou contá, mais num i responsabilizo...
- Pode contá.
- Ói Zé, traí sim, mas foi só trêis veiz.
- Intão conta sô! Trêis veiz nessa vida toda até qui num foi muito!
-A primera foi quando cê foi demitido daqueli imprego qui ce brigou cum chefe.
- Ué, mas eu fui adimitido dinovo logo dispôis sô..
- Pois é Zé...eu fui lá cunversá cum ele, acabei dano pra ele e ele ti contratô di vorta.
- Ah, muié, cê foi muito boa cumigo...essa traição num dá nem pra leva a mar, foi pela necessidade da nossa famía...tá perdoada.
E a segunda?- Lembra quando cê foi preso pru modi daquele furdunço que cê prontô na venda?
- Lembro muié, mas num fiquei nem meio dia na cadeia.
- Pois é Zé...eu fui lá cunversá cum delegado e acabei dano pra ele ti sortá.
- Ê muié, isso nem conta também não, a carsa foi justa...imagina ficá preso lá um tempão. Ocê nem me traiu, foi pela nossa famía e pela minha liberdade,uai.
E a úrtima?
- Lembra quando cê si candidatô pra vereadô?
- Lembro muié...quase me elegeru.
- Pois é... eu qui consegui aqueles 2.752 voto...

Enviado por Maria Luiza de A. Sobral, Fortaleza/Ce

sexta-feira, 25 de setembro de 2009

Casamento por interesse: será que é um bom negócio?



Marina Vasconcellos
Relações onde não há amor tendem ao fracasso


Vamos imaginar uma situação típica de casamento: você conhece alguém que lhe atrai, começa a namorar, vive uma paixão deliciosa, sente muito tesão, aproxima-se da família do outro, planejam o casamento, compram o apartamento... e acham que será tudo muito lindo e gostoso quando trocarem as alianças. Bem, nem sempre é assim, posto que a partir do momento que passam a viver juntos, convivendo com as diferenças e manias ou defeitos do outro (que antes não incomodavam por não fazerem parte do seu dia-a-dia), e passando pelas dificuldades do cotidiano comuns a todos, o humor muda, a paciência diminui, os conflitos começam a tomar forma e você começa a se questionar se fez a escolha certa.

Não quero dizer que casamento é só coisa ruim, de jeito algum, apenas pretendo frisar que conviver com outra pessoa requer maturidade, troca, disposição para abrir mão de certas coisas, paciência, tolerância, aceitação das diferenças, colocar-se no lugar do outro sempre, apoio mútuo, enfim, é uma oportunidade única de crescimento pessoal se ambos estiverem dispostos a isso.

Agora, se mesmo estando disposto e amando o cônjuge já é difícil passar por certas situações e colocar em prática tudo isso, imagine no casamento onde não há amor, onde tudo o que se almeja é o dinheiro do outro e as vantagens que este pode lhe proporcionar? Como será passar por dificuldades no relacionamento? Aonde ficará a paciência e a disposição em resolver possíveis conflitos numa boa, se não há o afeto que permeia a relação? E os filhos como serão criados? Que modelo de relação lhes será passado?

Direcionar sua vida em função do dinheiro pode lhe trazer terríveis conseqüências, a começar por não vivenciar uma relação saudável pautada no amor com alguém ao seu lado, estando fadada à miséria emocional, à não realização afetiva, e não aprendendo a lidar com situações de frustração ou falta, já que essa relação deve ser sempre "perfeita" para que o casal permaneça junto - não há espaço para a dificuldade financeira, qualquer passo em falso coloca tudo a perder, além de não existir interesse e investimento no aprofundamento da relação conjugal; ninguém pode falhar, qualquer situação que saia do previsto pode assumir proporções enormes, já que não há a aceitação do outro pelo que ele "é", e sim pelo que ele "tem".

Há pessoas que arriscam-se a mudar de país, acompanhando um marido estrangeiro que mal conhece, indo atrás da sedução de uma vida financeira farta em um país mais desenvolvido (dá status morar fora...), correndo o risco de isolarem-se nesses lugares desconhecidos, estando sempre à sombra de alguém, sofrendo o isolamento imposto por estarem longe dos amigos e familiares. Em muitos casos a solidão não suporta o novo estilo de vida. Finalmente, diria que se você pretende casar-se por interesse, que este seja por sua felicidade, por sua realização como pessoa, como ser humano, por querer crescer e experimentar um novo modo de dividir as coisas com alguém especial ao seu lado. Pois sabemos muito bem que o dinheiro ajuda bastante, mas não garante a felicidade de ninguém!

Marina Vasconcellos é psicóloga graduada pela PUC SP, com especialização em Psicodrama Terapêutico pelo Instituto Sedes Sapientiae, Psicodramatista Didata pela Federação Brasileira de Psicodrama (FEBRAP) e Terapeuta Familiar e de Casal pela UNIFESP
Fonte: Site Minha Vida/UOL

quinta-feira, 24 de setembro de 2009

Nota de Pesar - Retificando

Comunico aos familiares e amigos da família que a missa de 7o dia de D. Terezinha foi adiada para terça-feira, dia 29 de setembro, às 19 horas, pois o Pe William encontra-se impossibilitado de celebrá-la na data anterior.

Paz e Luz,

P.

QUADRILHA




Carlos Drummond de Andrade


João amava Teresa que amava Raimundo
que amava Maria que amava Joaquim que amava Lili
que não amava ninguém.
João foi para os Estados Unidos, Teresa para o convento,
Raimundo morreu de desastre, Maria ficou para tia,
Joaquim suicidou-se e Lili casou com J. Pinto Fernandes
que não tinha entrado na história.

quarta-feira, 23 de setembro de 2009

Nota de Pesar


Com solidariedade cristã comunico a todos o falecimento D. Terezinha Cartaxo Ponte, mãe do estimado Sérgio Cartaxo, esposo de Teresa Cristina, ontem dia 22 de setembro. A missa de sétimo dia será dia 28 de setembro, às 18:30 horas, na comunidade Face de Cristo, no cocó.


D. Terezinha foi e é exemplo de Mulher, Máe, Avó, Sogra, Tia, Irmã, Amiga... um exemplo a ser seguido... Uma guerreira.


Paz e Luz aos homes e mulheres de BEM.


SEPARE O SEU LUXO

Texto: Luciana von Borries

''Uma vez li uma definição de supérfluo que achei simplesmente perfeita: "supérfluo é tudo que não importa pra você".
Genialisso. Tem muito a ver com valores, que assim como a própria palavra já diz: cada um tem os seus. E aí? Quanto vale as coisas que mais importam pra você? Tenho pensado muito nisso, nestes tempos de crise. O que realmente tem valor, já que todo mundo agora precisa poupar? Então resolvi fazer minha própria definição de luxo, porque é por aí que os economistas recomendam que a gente deva começar a cortar, não é mesmo?
Pra muita gente, luxo pode ser um grande privilégio, ser dono de uma lancha de 30 pés, freqüentarem um SPA 5 estrelas, fazer um cruzeiro pra Grécia, ter um Porsche ou morar em uma cobertura de mil metros quadrados. Ok, ótimo! Mas isso tudo são luxos que o dinheiro pode comprar. Mas e aqueles luxos intransferíveis, exclusivos, divinos e verdadeiramente impagáveis? Particularmente são os que mais me seduzem. E esses não precisam ser cortados. Bem pelo contrário, deveriam ser mais perseguidos do que técnico de seleção em Copa do Mundo. Sabe por quê?
Luxo é amar e ser correspondido.Luxo é fazer uma viagem linda e morrer de saudade da família.
Luxo é gozar de saúde e bom humor aos 80 anos.
Luxo é ter amigos que te falam a verdade.
Luxo é sentir tesão e amor pela mesma pessoa, por anos a fio.
Luxo é ser respeitado pelas suas idéias.
Luxo é ter a natureza como vizinha.Luxo é receber o amor dos filhos pra sempre.
Luxo é se divertir trabalhando.Luxo é realizar sonhos de infância.Luxo é continuar sonhando, apesar de ter crescido.Luxo é comer fruta do pé.
Luxo é não ter muro ao redor de casa.
Luxo é ter paz de espírito, apesar do caos.
Luxo é saber separar tudo isso do supérfluo que o mundo insiste em nos vender bem caro. Que tal uma grande reciclagem de valores?
Quem puder fazer isso, quem sabe até consiga sair dessa crise uma pessoa melhor do que entrou !!!!!''

Enviado por Heloísa Helena A. Sobral

Comer menos carne evita câncer, ataques cardíacos e o aquecimento global

O Fundo Mundial para Pesquisas contra o Câncer recomenda que um indivíduo não coma mais do que 500 gramas de carne vermelha por semana para diminuir seus riscos de contrair câncer. [Imagem: Wikimedia]



Jacquelline Partarrieu







Ação pessoal e ação global
A Sociedade Europeia de Cardiologia anunciou que é possível trabalhar contra as mudanças climáticas e ainda se defender das doenças cardiovasculares e do câncer, tudo com uma única ação - comendo menos carne vermelha.
A criação mundial de rebanhos bovinos responde por 18% de todas as emissões de gases causadores do efeito estufa.
Por outro lado, o Fundo Mundial para Pesquisas contra o Câncer recomenda que um indivíduo não coma mais do que 500 gramas de carne vermelha por semana para diminuir seus riscos de contrair câncer. E as conexões entre o consumo excessivo de carne vermelha e as doenças cardiovasculares são bem conhecidas.
Ou seja, as doenças cardiovasculares e o câncer são duas das principais enfermidades que assolam a humanidade e que têm conexões com os mesmos fatores que influenciam as mudanças climáticas. Há outros exemplos, como a influenza e a salmonela, ligadas às zoonoses induzidas pelo crescente número de rebanhos animais.
Doenças e mudanças climáticas
A Organização Mundial da Saúde já está adotando e disseminando políticas de saúde que buscam explorar as inter-relações entre o aquecimento global e diversos tipos de enfermidades.
As associações médicas profissionais, contudo, ainda não estão fazendo o mesmo, e as conexões entre as doenças cardiovasculares e o câncer e as mudanças climáticas são um campo ainda não explorado pelos médicos no esclarecimento e na orientação dada aos seus pacientes.



Autoridade dos médicos
A Sociedade Europeia de Cardiologia está começando a defender esta prática. Segundo a entidade, é difícil para os políticos fazerem as alterações necessárias nos setores de energia, transporte, agricultura, planejamento urbano e planejamento familiar se eles não contarem com o entendimento público acerca dessas questões.
E os médicos e cientistas da área de saúde podem auxiliar na disseminação desse conhecimento na medida que têm a autoridade para endossar os novos comportamentos que podem, ao mesmo tempo, auxiliar seus pacientes a protegerem de fato sua própria saúde, assim como ajudarem a combater os efeitos que o homem está exercendo sobre o clima do planeta.


Fonte: Site Gostei Abril

Falece Da. Terezinha Cartaxo

Recebemos com pesar essa nota de falecimento. A AFA envia condolências à família enlutada

Acaba de falecer Dona Terezinha Cartaxo, mãe de nosso associado Sérgio Cartaxo.
Seu corpo está sendo velado à rua Júlio Siqueira 854. às 8,00 haverá uma Missa, e em seguida será sepultada no Cemitério Metropolitano de Fortaleza.

Nota enviada por Carmen Holanda, Fortaleza/Ce

terça-feira, 22 de setembro de 2009

Domínio feminino

- Muito bem...
- gritou São Pedro
- vamos organizar em duas filas:Homens que sempre dominaram as mulheres, façam fila do lado esquerdo;
Homens que sempre foram dominados pelas suas mulheres façam fila à direita.
Depois de muita confusão, os homens estão em fila.
A fila dos dominados por suas mulheres tem mais de 100 km.
A fila dos que dominavam mulheres tinha só um fulano.
São Pedro fala em alta voz:
- Vocês deveriam ter vergonha! Deus criou vocês a Sua imagem e semelhança e vocês se deixaram dominar por suas mulheres.
Apenas um de vocês honrou o nome e deixou Deus orgulhoso de Sua criação.
Aprendam com ele!
Virando-se para o homem solitário, São Pedro diz:
- Conte-nos como você fez para ser o único nesta fila?
E o homem timidamente respondeu:
- Eu não sei, foi minha mulher que me mandou ficar aqui!!!

Enviado por Arlindo de Almeida Simões, Fortaleza/Ce

Laís aniversaria


Aniversariante do dia 22 de setembro :

Lais. Filha de Teresa e Sérgio Cartaxo. é uma jovem estudiosa, aluna do Colégio Ari de Sá Cavalcante, onde faz o Curso Médio. Seu esporte favorito é o Basquete, e participa com empenho no time do colégio.

Nota redigida pela avó da aniversariante, Carmen Holanda

segunda-feira, 21 de setembro de 2009

O mundo sem mulheres!

(Arnaldo Jabor)

O cara faz um esforço desgraçado para ficar rico pra quê?
O sujeito quer ficar famoso pra quê?
O indivíduo malha, faz exercícios pra quê?
A verdade é que é a mulher o objetivo do homem.
Tudo que eu quis dizer é que o homem vive em função da mulher.
Vivem e pensam em mulher o dia inteiro, a vida inteira.
Se a mulher não existisse, o mundo não teria ido pra frente.
Homem algum iria fazer alguma coisa na vida para impressionar outro homem, para conquistar sujeito igual a ele, de bigode e tudo.
Um mundo só de homens seria o grande erro da criação.
Já dizia a velha frase que 'atrás de todo homem bem-sucedido existe uma grande mulher'.
O dito está envelhecido.
Hoje eu diria que 'na frente de todo homem bem-sucedido existe uma grande mulher'.
É você, mulher, quem impulsiona o mundo.
É você quem tem o poder, e não o homem
É você quem decide a compra do apartamento, a cor do carro, o filme a ser visto, o local das férias.
Bendita a hora em que você saiu da cozinha e, bem-sucedida, ficou na frente de todos os homens.
E, se você que está lendo isto aqui for um homem, tente imaginar a sua vida sem nenhuma mulher.
Aí na sua casa, onde você trabalha, na rua.
Só homens.
Já pensou?
Um casamento sem noiva?
Um mundo sem sogras?
Enfim, um mundo sem metas.

ALGUNS MOTIVOS PELOS QUAIS OS HOMENS GOSTAM TANTO DE MULHERES:
1- O cheirinho delas é sempre gostoso, mesmo que seja só xampu.
2- O jeitinho que elas têm de sempre encontrar o lugarzinho certo em nosso ombro, nosso peito. 3- A facilidade com a qual cabem em nossos braços.
4- O jeito que tem de nos beijar e, de repente, fazer o mundo ficar perfeito.
5- Como são encantadoras quando comem.
6- Elas levam horas para se vestir, mas no final vale a pena.
7- Porque estão sempre quentinhas, mesmo que esteja fazendo trinta graus abaixo de zero lá fora.
8- Como sempre ficam bonitas, mesmo de jeans com camiseta e rabo-de-cavalo.
9- Aquele jeitinho sutil de pedir um elogio.
10- O modo que tem de sempre encontrar a nossa mão.
11- O brilho nos olhos quando sorriem.
12- O jeito que tem de dizer 'Não vamos brigar mais, não..'
13- A ternura com que nos beijam quando lhes fazemos uma delicadeza.
14- O modo de nos beijarem quando dizemos 'eu te amo'.
15- Pensando bem, só o modo de nos beijarem já basta.
16- O modo que têm de se atirar em nossos braços quando choram.
17- O fato de nos darem um tapa achando que vai doer.
18- O jeitinho de dizerem 'estou com saudades'.
19- As saudades que sentimos delas.
20- A maneira que suas lágrimas tem de nos fazer querer mudar o mundo para que mais nada lhes cause dor.

Isso NÃO é uma corrente, apenas mande para todas as mulheres de sua lista, para elas perceberem o quanto são importantes, e para os homens, para que eles lembrem o quanto as mulheres são essenciais !!!

Enviado por Heloísa Helena de A. Sobral, Fortaleza/Ce

Consulta de Remédios

Geralmente, desconfio desse tipo de mensagem que se recebe pela internet mesmo vindo de pessoas bem intencionadas. Mas parece que essa procede.

Consulta de Remédios - Espetacular

Basta digitar o nome do remédio desejado no site abaixo, você terá também os genéricos e os similares de todas as marcas, com os respectivos preços em todo o Território Nacional. Como tudo que é bom não é divulgado, peço-lhes que divulguem aos seus parentes e conhecidos.

Façam bom uso!!!

http://www.consultaremedios.com.br/

Enviado por Heloísa Helena A. Sobral, Fortaleza/Ce

domingo, 20 de setembro de 2009

O gol foi de cabeça

A torcida do Ceará reclama do gol sofrido no jogo contra a equipe do Paraná nesse sábado no Castelão, alegando que o atacante da equipe paranaense teria feito o gol com a mão.

Mas a equipe da AFA, tendo o Sérgio Cartaxo e Raul como repórteres, esteve no Castelão e constatou que o gol do atacante Welington Silva foi legítimo.

Foi gol de cabeça. Com a cabeça do dedo.

Veja a foto e clique no endereço abaixo para ver o vídeo.

http://www.youtube.com/watch?v=UbIV4tmPhMc


Comente.

AFA - Decisão da Assembleia

Durante o evento de sábado último, 19/09, a assembleia constituída dos sócios presentes deliberou que a idade limite para sócio remido passou de 75 para 80 anos.

Devemos ressaltar que o motivo dessa decisão é uma razão que tem de ser vista pelo seu lado positivo: As pessoas hoje vivem bem mais, o que é muito bom.

Como é sabido até os países tiveram que se ajustar a realidade semelhante aumentando a idade para aposentadoria. A AFA agindo assim segue os mesmos passos.

Porém, quem já adquiriu esse direito de ser sócio remido aos 75 anos antes dessa Assembleia de 19/09 não vai perder o seu direito.

AÇÚCAR é a droga da vez?



Nos EUA, especialistas em saúde e nutrição começam a tratar o açúcar com o mesmo rigor que isolou o tabaco do convívio social – e o alvo número 1 é o refrigerante
André Petry, de Nova York = Revista VEJA


Montagem sobre foto Chris Collins/Corbis/Latin Stock


No dia em que o primeiro europeu colocou uma pitada de açúcar na bo-ca, o mundo começou a girar mais rápido. A data precisa desse acon-tecimento não foi registrada pela história, mas se deu em algum momento da Idade Média. De lá para cá, na vertigem da descoberta do açúcar, a civilização ocidental passou a mudar num ritmo intenso. "O açúcar redesenhou o mapa demográfico, econômico, ambiental, po-lítico, cultural e moral do mundo", diz a historiadora canadense Elizabeth Abbott, autora de um livro sobre a civilização do açúcar, Sugar, a Bittersweet History (Açúcar, uma História Agridoce). Em séculos de tragédia e glória, o açúcar transformou a alimentação do Ocidente, escravizou gerações de africanos nas Américas, foi combustível da Revolução Industrial, promoveu guerras e impérios, dizimou paraísos ecológicos, ergueu e pulverizou fortunas – e, nos trópicos, moldou a identidade brasileira. Movido pela sua energia calórica, o mundo segue girando rápido, tão rápido que estamos agora na soleira de outra mudança vertiginosa: o açúcar começa a ser considerado um vilão da saúde humana, um veneno tão prejudicial que merece ser tratado com o mesmo rigor empregado contra – suprema decadência! – o tabaco. Está mais perto o dia em que um pacote de açúcar trará a inscrição: "O Ministério da Saúde adverte: este produto é prejudicial à saúde".
O açúcar, em suas várias formas, é o grande promotor da obesidade, mas seus níveis altos no sangue podem ser associados a quase todas as moléstias degenerativas, do ataque cardíaco ao derrame cerebral e ao diabetes. Existem suspeitas científicas sérias de que o açúcar possa até ser uma das causas de alguns tipos de câncer. Na lista, está o câncer de pâncreas, o mesmo que matou o ator Patrick Swayze aos 57 anos na semana passada. Em Harvard, pesquisadores acompanharam 89 000 mulheres e 50 000 homens e descobriram que os refrigerantes podem aumentar o risco de câncer de pâncreas em mulheres, só em mulheres. Antes que os homens se sintam premiados pela natureza, outro estudo, que examinou 1.800 doentes, sugere que uma dieta açucarada pode aumentar o risco de câncer do intestino grosso em homens, só em homens.


Fonte : Revista VEJA


Leia matéria completa clicando no endereço a seguir:




sábado, 19 de setembro de 2009

Momentos marcantes do nosso Encontro

A AFA reunida disseminando o Amor fraternal e a convivência em Família



Valéria e Valdísio















Momentos de confraternização












Muitos momentos...








Augusto César... trabalhando....























Momento ARTE com cantor Ciribáh Soares


Hoje tivemos um momento muito especial em nossa associação: os casais Valéria e Valdísio e Ana e Claúdio ingressaram em nosso quadro familiar. A AFA se sente honrada.


Estes casais fazem parte da nossa história.... Em vários ocasiões conosco partilharam e partilham
o Amor desinteressado... O espírito de família.












Ana e Cláudio

Cuidado com as advogadas



O sujeito lembra-se que é aniversário de sua filha e que ainda não havia comprado seu presente. Ele pára seu carro diante de uma loja de brinquedos, entra e pergunta à vendedora:

- Quanto custa a Barbie que está na vitrine ?

De uma forma educada a vendedora responde:

- Qual Barbie?

Pois nós temos:

* Barbie vai a academia por R$ 19,95

* Barbie joga volley por R$ 19,95

* Barbie vai as compras por R$ 19,95

* Barbie vai a praia por R$ 19,95

* Barbie vai dançar por R$ 19,95

* Barbie advogada divorciada por R$ 265,95.

O cara, assombrado, pergunta:

- Por que a Barbie advogada divorciada custa R$ 265,95, enquanto as outras custam apenas R$ 19,95?

A vendedora responde:

- Senhor, a Barbie ADVOGADA DIVORCIADA vem com:

* O carro do Bob,

* A casa do Bob,

* A lancha do Bob,

* O trailler do Bob,

* Os móveis do Bob,

* O celular do Bob,...

sexta-feira, 18 de setembro de 2009

Como chegar ao local do Encontro da AFA

Para chegar ao local de nosso Encontro siga conforme abaixo:

Siga na Av. Rogaciano Leite sentido praia - sertão, em seguida dobre à esquerda na Av. Desembargador Gonzaga, no último retorno antes da Av. Oliveira Paiva, dobre à esquerda na Rua Júlio Lima, siga em frente até o final da rua e você estará no Condomínio Villagio Carrara.

Chegue lá antes das 11 horas da manhã desse sábado para reencontrar seus amigos e parentes e também ouvir um show musical com o excelente cantor Ciribáh Soares.

Colabore com o planejamento do nosso Encontro confirmando antecipadamente sua presença, de sua família e convidados com :

Carmen - 3267 1806 ou Helena - 3227-5821

Clique sobre a imagem para ampliar

Zildeni aniversaria



Zildeni Falcão é o aniversariante de hoje. Casado com Iêda, o casal reside em São Luiz/Ma, onde Zildeni se estabeleceu criando um importante grupo empresarial no segmento das comunicações.


A AFA envia ao aniversariante os parabéns.

quinta-feira, 17 de setembro de 2009

A AFA conta com sua presença

Estamos esperando por você, sua família e amigos no próximo sábado dia 19/09.

Nesse dia a AFA oferecerá aos associados, seus familiares e amigos um baião de dois e uma sobremesa. Cada é associado é responsável de levar as bebidas e carnes que irão consumir, bem como a de seus familiares e amigos. O ambiente dispõe de um espaço de lazer com piscina, assim não esqueçam de levar seus trajes de banho.

Como chegar:

Siga na Av. Rogaciano Leite sentido praia - sertão, em seguida dobre à esquerda na Av. Desembargador Gonzaga, no último retorno antes da Av. Oliveira Paiva, dobre à esquerda na Rua Júlio Lima, siga em frente até o final da rua e você estará no Condomínio Villagio Carrara.

Colabore com o planejamento do nosso Encontro confirmando antecipadamente sua presença, de sua família e convidados com :

Carmen - 3267 1806 ou
Helena - 3227-5821

COMEÇAR A MUDANÇA... DENTRO DE CASA...

COMEÇAR A MUDANÇA... DENTRO DE CASA...

O BRASILEIRO É ASSIM ....

- Saqueia cargas de veículos acidentados nas estradas.
- Estaciona nas calçadas, muitas vezes debaixo de placas proibitivas.
- Suborna ou tenta subornar quando é pego cometendo infração.
- Troca voto por qualquer coisa: arei a, cimento, tijolo, dentadura.
- Fala no celular enquanto dirige.
-Trafega pela direita nos acostamentos num congestionamento.
- Para em filas duplas, triplas em frente às escolas
- Viola a lei do silêncio.
- Dirige após consumir bebida alcoólica.
- Fura filas nos bancos, utilizando-se das mais esfarrapadas desculpas.
- Espalha mesas, churrasqueira nas calçadas.
- Pega atestados médicos sem estar doente, só para faltar ao trabalho.
- Faz gato de luz, de água e de tv a cabo.
- Registra imóveis no cartóri o num valor abaixo do comprado, muitas vezes irrisórios, só para pagar menos impostos.
- Compra recibo para abater na declaração do imposto de renda para pagarmenos imposto.
- Muda a cor da pele para ingressar na universidade através do sistema decotas.
- Quando viaja a serviço pela empresa, se o almoço custou 10 pede notafiscal de 20.
- Comercializa objetos doados nessas campanhas de catástrofes.
- Estaciona em vagas exclusivas para deficientes.
- Adultera o velocímetro do carro para vendê-lo como se fosse pouco rodado.
- Compra produtos pirata com a plena consciência de que são pirata.
- Substitui o catalisador do carro por um que só tem a casca.
- Diminui a idade do filho para que este passe por baixo da roleta do ônibus, sem pagar passagem.
- Emplaca o carro fora do seu domicílio para pagar menos IPVA.
- Freqüenta os caça-níqueis e faz uma fezinha no jogo de bicho.
- Leva das empresas onde trabalha, pequenos objetos como clipes, envelopes,canetas, lápis.... como se isso não fosse roubo.
- Comercializa os vales-transporte e vales-refeição que recebe das empresasonde trabalha.
- Falsifica tudo, tudo mesmo.. só não falsifica aquilo que ainda não foiinventado...
- Quando volta do exterior, nunca diz a verdade quando o fiscal aduaneiro pergunta o que traz na bagagem...
- Quando encontra algum objeto perdido, na maioria das vezes não devolve.
E quer que os políticos sejam honestos....
Escandaliza-se com a farra daspassagens aéreas...
Esses políticos que aí estão saíram do meio desse mesmo povo... ou não ?
Brasileiro reclama de quê, afinal?

Enviado por Arlindo de Almeida Simões, Fortaleza/Ce

Desconheço o autor mas concordo plenamente com esse texto. Costumo falar que o problema não é o Congresso. Ele é apenas a "Ponta do Iceberg".
Vejam que meu pessimismo é o pior que pode existir.

De onde vem o nome das estações do ano?

No passado, o ano era dividido em veris (bom tempo, estação da floração), e hiems (mau tempo, estação do frio).
Juan Corominas, diz que o sistema de quatro estações foi adotado a partir do século XVII. Derivados do latim, o nome das estações significam:
Primavera (de primo vere, quer dizer princípio da boa estação);
Verão (de veranum tempus, significa tempo da frutificação);
Outono (de tempus autumnus, é o mesmo que tempo de ocaso) e
Inverno (de tempus hibernus, quer dizer tempo de hibernar).

Fonte: site Cultura Popular

quarta-feira, 16 de setembro de 2009

Sabedoria com Humor

Há tantas coisas na vida mais importantes que o dinheiro!
Mas custam caro.

Grouxo Max

terça-feira, 15 de setembro de 2009

Chuveiros domésticos podem dar um banho de bactérias



Respirando micróbios
Os chuveiros domésticos oferecem um ambiente propício para a proliferação de micróbios potencialmente patogênicos, que podem ser inalados na forma de partículas suspensas, de acordo com um estudo realizado por pesquisadores da Universidade do Colorado (UC) em Boulder, nos Estados Unidos.
A pesquisa, que será publicada esta semana no site e em breve na edição impressa da revista Proceedings of the National Academy of Sciences (Pnas), concluiu que cerca de 30% dos chuveiros analisados abrigava níveis consideráveis de Mycobacterium avium, ligada a doenças pulmonares.
O patógeno contamina com mais frequência pessoas com sistemas imunológicos comprometidos e, eventualmente, pode infectar também pessoas saudáveis.
Bactérias no chuveiro
De acordo com o autor principal do estudo, Norman Pace, os cientistas analisaram cerca de 50 chuveiros de nove cidades em sete estados norte-americanos.
Não é surpreendente encontrar patógenos em águas da rede pública, de acordo com Pace, mas os pesquisadores descobriram que algumas das bactérias se aglutinam, formando um "biofilme" viscoso que adere ao interior dos chuveiros, em uma concentração mais de 100 vezes maior que a encontrada na água encanada.
"Quando a pessoa liga o chuveiro e recebe um jato de água, provavelmente está levando também uma carga particularmente elevada de Mycobacterium avium, que pode não ser muito saudável", disse Pace. O estudo é parte de um esforço maior de sua equipe, cujo objetivo é avaliar a microbiologia dos ambientes internos, com apoio da Fundação Alfred P. Sloan.
Trocando a banheira pelo chuveiro
Outra pesquisa realizada pelo Hospital Nacional Judaico, em Denver, indicou que houve um crescimento nos Estados Unidos, nas últimas décadas, de infecções pulmonares relacionadas a espécies de bactérias não ligadas à tuberculose, como a Mycobacterium avium. Segundo os autores, esse crescimento pode estar ligado ao fato de a população do país ter passado a utilizar mais o chuveiro e menos a banheira.
"A água que jorra do chuveiro pode distribuir gotículas recheadas de patógenos que ficam suspensos no ar e podem ser facilmente inalados, penetrando nas partes mais profundas dos pulmões", afirmou Pace.
Os sintomas da doença pulmonar causada pelo M. avium, segundo o estudo, podem incluir cansaço, tosse seca persistente, falta de ar, fraqueza e sensação geral de mal-estar. "Pessoas com o sistema imunológico comprometido, como mulheres grávidas, idosos e aqueles que estão lutando contra outras doenças, são mais propensas a tais sintomas", disse.


Fonte: site abril

Racismo na confeitaria



Uma senhora entra numa confeitaria e pede ao balconista uma torta "Nega Maluca".
O balconista diz à cliente que usar o nome "Nega Maluca" hoje em dia pode dar cadeia, em face da lei Eusébio de Queiroz, do artigo quinto da constituição, do código penal, do código civil, do código de ética, etc, além das leis Afonso Arinos e Maria da Penha e o Fórum Social Mundial, que está discutindo estas questões.
- Então, meu filho, como peço esta torta????
- "Torta Afro-descendente com problemas mentais"


Enviado por Arlindo de Almeida Simões, Fortaleza/Ce

Sabedoria com Humor

O mundo estaria salvo se os homens de bem tivessem a mesma ousadia dos canalhas.

Nelson Rodrigues

segunda-feira, 14 de setembro de 2009

Regina Brett - 90 Anos

1. A vida não é justa, mas ainda é boa.
2. Quando estiver em dúvida, apenas dê o próximo pequeno passo.
3. A vida é muito curta para perdermos tempo odiando alguém.
4. Seu trabalho não vai cuidar de você quando você adoecer. Seus amigos e seus pais vão. Mantenha contato.
5. Pague suas faturas de cartão de crédito todo mês.
6. Você não tem que vencer todo argumento. Concorde para discordar.
7. Chore com alguém. É mais curador do que chorar sozinho.
8. Está tudo bem em ficar bravo com Deus. Ele agüenta.
9. Poupe para a aposentadoria, começando com seu primeiro salário.
10. Quando se trata de chocolate, resistência é em vão.
11. Sele a paz com seu passado, para que ele não estrague seu presente.
12. Está tudo bem em seus filhos te verem chorar.
13. Não compare sua vida com a dos outros. Você não tem idéia do que se trata a jornada deles.
14. Se um relacionamento tem que ser um segredo, você não deveria estar nele.
15 Tudo pode mudar num piscar de olhos; mas não se preocupe, Deus nunca pisca.
16. Respire bem fundo. Isso acalma a mente.
17. Se desfaça de tudo que não é útil, bonito e prazeroso.
18. O que não te mata, realmente te torna mais forte.
19. Nunca é tarde demais para se ter uma infância feliz. Mas a segunda só depende de você e mais ninguém.
20. Quando se trata de ir atrás do que você ama na vida, não aceite "não" como resposta.
21. Acenda velas, coloque os lençóis bonitos, use a lingerie elegante. Não guarde para uma ocasião especial. Hoje é especial.
22. Se prepare bastante; depois, se deixe levar pela maré...
23. Seja excêntrico agora, não espere ficar velho para usar roxo.
24. O órgão sexual mais importante é o cérebro.
25. Ninguém é responsável pela sua felicidade, além de você.
26. Encare cada "chamado" desastre com essas palavras: Em cinco anos, vai importar?
27. Sempre escolha a vida.
28. Perdoe tudo de todos.
29. O que outras pessoas pensam de você não é da sua conta.
30. O tempo cura quase tudo. Dê tempo.
31. Indepedentemente de a situação ser boa ou ruim, irá mudar.
32. Não se leve tão a sério. Ninguém mais leva...
33. Acredite em milagres.
34. Deus te ama por causa de quem Ele é, não pelo que vc fez ou deixou de fazer.
35. Não faça auditoria de sua vida. Apareça e faça o melhor dela agora.
36. Envelhecer é melhor do que morrer jovem.
37. Seus filhos só têm uma infância.
38. Tudo o que realmente importa, no final, é que você amou.
39. Vá para a rua todo dia. Milagres estão esperando em todos os lugares.
40. Se todos jogássemos nossos problemas em uma pilha e víssemos os de todo mundo, pegaríamos os nossos de volta.
41. Inveja é perda de tempo. Você já tem tudo o que precisa.
42. O melhor está por vir.
43. Não importa como vc se sinta, levante, se vista e apareça.
44. Produza.
45. A vida não vem embrulhada em um laço, mas ainda é um presente
Regina Brett - 90 Anos

Loira

Um colega de trabalho para sua colega loira.
- Conheço uma maneira de conseguir uns dias de folga.
- E como é que vai fazer isso? - Diz a loira.
- Vou demonstrar. - Diz o empregado.
Nisto, ele sobe pela viga, e pendurou-se de cabeça para baixo no teto.
Nesse momento o chefe entrou, viu o empregado pendurado no teto e perguntou:
- Que diabo estás fazendo?
- Sou uma lâmpada, respondeu o empregado.
- Hummm... acho que você precisa de uns dias de folga. Vá pra casa.. Ouvindo isto, o homem desceu da viga e dirigiu-se para a porta, feliz da vida.
A loira preparou-se imediatamente para sair também.
O chefe puxou-a pelo braço e perguntou-lhe:
- Onde você pensa que vai?
- Eu vou pra casa! Não consigo trabalhar no escuro...!!!

Enviado por Arlindo de Almeida Simões, Fortaleza/Ce

PENSAMENTO

Em todos os momentos seja como um deus: soberano absoluto do reino de sua consciência.
Paramahansa Yogananda - El Amante Cósmico

Itacoeli é a aniversariante


A aniversariante de hoje é a primeira dama da AFA, Itacoeli de Abreu Franco.
O Blog da AFA envia os parabéns à aniversariante desejando-lhe muitas felicidades e muitos anos de vida.

domingo, 13 de setembro de 2009

Que tal programar um sábado diferente com os familiares e amigos?


ATENÇÃO membros da Família Almeida e amigos, estão todos convidados para o nosso próximo encontro que acontecerá no próximo dia 19/09, ao meio dia, na residência do casal Ana Maria e Aldemir Filho.

Será um momento de pura descontração e alegria em família. Teremos um churrasquinho delicioso, boa música com o cantor Ciribáh Soares, muito bate-papo e para aqueles que desejarem a piscina estará liberada.

Um dos ingredientes fundamentais para a festa ser perfeita é a sua presença, também a sua alegria e descontração. Participe e traga seus familiares para que o evento seja um SUCESSO.
A diretoria lembra que é importante levar as bebidas e a carne para churrasco.

Reunião da AFA - novo endereço

Comunicamos a todos que a REUNIÃO DA AFA terá novo endereço a residência do casal Ana Maria e Aldemir Filho. Esta mudança será devido o grave estado de saúde da mãe do sócio Sérgio Cartaxo. Assim, anotem o novo endereço na Rua Júlio Lima 940, casa 13, Condomínio Villagio Carrara, este localiza-se nas proximidades da Igreja da Glória, na Cidade dos Funcionários.

Como chegar: Siga na Av. Rogaciano Leite sentido praia - sertão, em seguida dobre à esquerda na Av. Desembargador Gonzaga, no último retorno antes da Av. Oliveira Paiva, dobre à esquerda na Rua Júlio Lima, siga em frente até o final da rua e você estará no Condomínio Villagio Carrara.


Sorriso sincero garante casamento duradouro



Casais se sentem mais seguros e confiantes para expressar seus sentimentos, diz estudo


Um estudo realizado pela Universidade de Pittsburgh, nos Estados Unidos, identificou que pessoas que sorriem de forma sincera e verdadeira têm mais chances de manter o casamento. Segundo os pesquisadores, a sinceridade do sorriso revela a atitude da pessoa diante da vida. Geralmente são pessoas mais otimistas, que conservam o bom humor ? mesmo diante de situações adversas e isso faz toda diferença nos relacionamentos.

Foram analisadas duas mil mulheres casadas, com idades entre 42 e 52 anos. Naquelas que são casadas há mais tempo e disseram não enfrentar problemas no casamento, observou-se uma ação otimista perante a vida e um sorriso sincero para com o seu parceiro, já as que atravessavam conflitos na relação mostraram-se fechadas e com um sorriso forçado.

O estudo avaliou ainda outros fatores que poderiam afetar o casamento, como problemas econômicos, insatisfação profissional, ciúme, insegurança e traição. Também foram avaliados aspectos como a atividade sexual e o status social.

Os pesquisadores concluíram que os casais se sentem mais seguros e amparados quando recebem do outro um sorriso sincero e embora ele seja apenas um dos inúmeros componentes de uma relação estável e feliz. Sorrir com sinceridade já é um bom caminho para manter o casamento.

sábado, 12 de setembro de 2009

Cantor Ciribáh Soares será a atração musical no Encontro da AFA



Quem vive um pouco a vida noturna de Fortaleza, certamente já conhece a bela voz e o violão refinado de Ciribáh Soares, artista cearense que faz um estilo musical muito agradável. Com três CD's e um DVD lançado, Ciribáh estará animando nosso evento de sábado próximo, dia 19/09, no Condomínio Világio Carrara, de Ana Maria e Aldemir Filho.
.
Frequentemente, Ciribáh se apresenta com muito sucesso no conhecido e bastante frequentado "Bar do Papai" na Aldeota. Já trabalhou também na noite em São Paulo por vários anos, participa com frequência e brilhantismo de festivais de música pelo Brasil, e assim e será um privilégio para nós que fazemos a AFA ouvir com exclusividade um artista de tal qualidade e com tanta estrada. Devemos mais essa ao Luciano que o convidou para cantar para nós.
O terceiro CD de Ciribáh, "Canto e Cantarei", por exemplo, teve a produção musical de Manassés e Tarcísio Sardinha e as participações especiais são de Adelson Viana, Carlinhos Ferreira, Carlinhos Patriolino, Márcio Resende e Mimi Rocha, músicos do primeiríssimo time da cena musical cearense.
Confirme sua presença com :
Carmen - 3267 1806
Helena - 3227-5821
Agora ouça um pouco da arte desse notável artista cearense, clicando no endereço abaixo. Ligue as caixas de som:




A escola e o mercado de trabalho

Muito importante essa matéria sobre educação que a Revista VEJA traz esta semana

A escola dos seus filhos oferece atividades que podem ajudá-los a desenvolver habilidades úteis à futura vida profissional?

A instituição propõe aos alunos:
1.Trabalhos em grupo?
Sim
Não
"É a melhor forma de aprendizado, pois o estudante apreende o conteúdo ao mesmo tempo em que aprende a lidar com a equipe" Claudio de Moura Castro, especialista em educação e colunista de VEJA

2. Atividades esportivas?
Sim
Não
"São fundamentais para o desenvolvimento de competências úteis ao mercado de trabalho, como espírito de liderança, autonomia, habilidade em equipe" Luiz Carlos Cabrera, professor da FGV-SP

3. Atividades extracurriculares (línguas, teatro e música)?
Sim
Não
"Também ajudam a desenvolver competências apreciadas pelo mercado, como espírito de liderança, autonomia, habilidade em equipe" Luiz Carlos Cabrera, professor da FGV-SP

4. Palestras sobre mercado de trabalho?
Sim
Não
"É importante que os jovens conheçam as novas tendências do mercado e tirem dúvidas sobre carreiras" Luiz Carlos Cabrera, professor da FGV-SP

5. Exposição dos trabalhos feitos pelos próprios estudantes?
Sim
Não
"Realizar atividades sobre orientação profissional, com exposições dos projetos feitos pelos próprios alunos, é uma forma de trocar conhecimento e tirar dúvidas sobre o futuro" Bertha do Valle, pedagoga da Uerj

6. Visitas orientadas a fábricas, oficinas e lojas da comunidade?
Sim
Não
"Importante para o início de um diálogo entre educação escolar e trabalho. É um momento em que os estudantes podem minimamente entrar em contato com o mercado e tirar dúvidas" Bertha do Valle, pedagoga da Uerj

7. Leituras e pesquisas sobre ofertas de emprego e cursos profissionalizantes?
Sim
Não
"Permite a vinculação entre educação escolar, trabalho e práticas sociais, muito importante para a formação profissional do estudante" Bertha do Valle, pedagoga da Uerj

8. Simulação de atividades empresariais?
Sim
Não
"Confere ao estudante um espírito mais empreendedor e desperta a curiosidade para a contrução de uma carreira mais autônoma" Luiz Carlos Cabrera, professor da FGV-SP

Fontes: Bertha do Valle, pedagoga da Uerj, e Luiz Carlos Cabrera, professor da FGV-SP - Revista VEJA

sexta-feira, 11 de setembro de 2009

Sabedoria com Humor

O material escolar mais barato que existe na praça é o professor.

Chico Anísio.

Encontro da AFA terá grande atração musical



Mantendo a tradição da atual Diretoria, o próximo evento da AFA a ser realizado sábado, 19/09, no Condomínio Maison Versailles, residência do casal Teresa/Sérgio, contará com uma grande atração musical da cena cearense.

Luciano está conversando com o artista e tão logo a contratação seja efetivada, revelaremos o nome.

Uma coisa é certa: será um astro de primeira grandeza.

Aguardem a revelação do nome do artista, que será divulgado por este Blog.

Compareça ao evento, confirmando sua presença, de sua família e de seus convidados:

Fones: Carmen – 3267-1806

Helena – 3227-5821

Blog da AFA em alta

Nosso Blog da AFA continua a cada dia sendo mais visitado. São cerca de 6 mil acessos mensais. Realmente um número elevado por se tratar de um Blog quase que restrito aos membros da nossa família.

O que sentimos falta é de mais comentários. O pessoal parece que desaprendeu a comentar.

Sinto falta também de colaborações para ser postadas. Temos alguns colaboradores mais constantes, a exemplo de Arlindo, Déa e a própria Carmen, nossa ilustre Presidente de Honra. São um pouco raras colaborações de outros que não os citados.

Se alguém quiser fazer algum comentário e encontrar dificuldade, peço enviar mensagem com o comentário para o e-mail contido na parte superior da primeira página do Blog.

Faça nosso Blog ser melhor: mande suas colaborações e faça seus comentários.

O Blog agradece.

quinta-feira, 10 de setembro de 2009

Sabedoria com Humor

No Oriente o homem não pode ver a mulher antes de casar-se.

No Ocidente, depois.

Álvaro de Laiglesia

Associação da família Almeida – AFA Informativo

Clique sobre a imagem para ampliar


A AFA tem o prazer de comunicar a todos os queridos associados, que o próximo encontro será no dia 19 de setembro às 10 horas na residência do casal Teresa e Sérgio.
Nesse dia a AFA oferecerá aos associados, seus familiares e amigos um baião de dois e uma sobremesa.
Cada é associado é responsável de levar as bebidas e carnes que irão consumir, bem como a de seus familiares e amigos.
O ambiente dispõe de um espaço de lazer com piscina, assim não esqueçam de levar seus trajes de banho.
Lembramos da importância da participação de todos para que nosso evento seja um momento de descontração, confraternização, alegria e muita música.
E a tesouraria informa que estará funcionando a todo vapor.

Favor confirmar presença:
Fones: Carmen – 3267-1806
Helena – 3227-5821

Como chegar: Siga pela Av. Washington Soares até o balão do Beach Park dobre à esquerda no sentido do parque aquático, agora você estará na Av. Maestro Lisboa, siga em frente até o Colégio Christus Sul, após o colégio vire na segunda rua à esquerda, assim que dobrar você estará em frente ao Condomínio Maison Versalles, onde reside o casal Teresa e Sérgio (no mapa especificado de Festa da AFA).
Endereço – Rua Rafael Tobias 2909, casa 20, Condomínio Maison Versalles.

Segue mapa acima.

Mãe é mãe

Quatro mães católicas estão tomando um chá.
A primeira mãe, querendo impressionar as outras diz:
- Meu filho é padre. Quando ele entra em qualquer lugar todos se levantam e dizem:
"Boa tarde, Padre!"

A segunda mãe não fica para trás e comenta:
- Pois meu filho é bispo.
Quando ele entra em uma sala, com aquela roupa, todos param o que estão fazendo e dizem: "Sua bênção, Bispo!"

A terceira mãe, calmamente, acrescenta:
- Pois o meu é cardeal.
Quando entra em uma sala todos se levantam, beijam o seu anel e dizem:
"Sua bênção, Eminência!"

A quarta mãe permanece quieta...
Então, a mãe do cardeal, só para provocar, pergunta:
- " E o seu filho, não é religioso ? "
A quarta mãe responde:
- Meu filho tem 1,90 m , é bronzeado, com olhos verdes, pratica musculação e trabalha como stripper.
Quando entra numa sala, todo mundo olha e diz:








"MEEEEEEEUUUUUUUUUUU DEEEEUUUUSSSS!!!!!!"




Enviado por Déa de Almeida Azicoff, Rio de Janeiro/Rj

Luciano na II Mostra BNB da Canção Brasileira Independente



Recebo mensagem do Luciano sobre sua participação na Mostra da Canção no BNB




Sábado 12/09 - Show de Rogério Franco no Festival da Música Independente, no Centro Cultural do BNB, 15 hs.

Rogério Franco - Voz e violão
Luciano Franco - Teclado e guitarra;
Rodrigo - Percussão

O show terá repertório baseado na obra da parceria RogérioFranco&DalwtonMoura, que já conta com várias músicas gravadas. Haverá cópia da apresentação futuramente, para divulgação.

Enviado por Luciano Franco

quarta-feira, 9 de setembro de 2009

Sabedoria com Humor

O mais perigoso doce que se pode comer é o bolo de seu casamento.

Ditado americano

QUAIS ALIMENTOS SÃO RECOMENDADOS PARA UMA BOA CIRCULAÇÃO SANGUÍNEA?




MARIA JOSÉ DE ANDRADE, POR CARTA


Fonte: Revista Vida Natural


Vegetais são uma boa opção, pois são ricos em clorofila, substância que ajuda a eliminar toxinas do sangue.
Com eles, é importante a ingestão de substâncias como a alicina, fitoquímico presente no alho, e a vitamina C, encontrada em alta quantidade nas frutas cítricas.
Há, ainda, outros alimentos que estimulam a circulação, como gérmen de trigo, linhaça, cereais integrais, sementes oleaginosas e suco de uva integral.
Vale lembrar, no entanto, que é fundamental praticar atividades físicas regularmente e procurar manter o corpo sempre em movimento.